Produtos apícolas para varizes

Infelizmente, 30% das pessoas no planeta já estão familiarizadas com varizes. A principal manifestação da doença são as veias dilatadas nas pernas. Na juventude, esses sintomas praticamente não incomodam. As mulheres costumam considerar as varizes como um problema cosmético e, em vez do tratamento, preferem usar calças que mascaram um defeito feio.

Ignorar a doença com a idade leva a complicações graves, que, infelizmente, requerem intervenção cirúrgica. No entanto, se o tratamento for iniciado a tempo, complicações graves podem ser evitadas. O uso de apiterapia (neste caso, o tratamento de varizes com abelhas) permite não apenas livrar-se dos sintomas da doença, mas também evitar a cirurgia. Existem fatos conhecidos quando casos avançados de varizes, nos quais a medicina oficial recomendava apenas a remoção cirúrgica de cortes de veias, foram eliminados com a ajuda da apiterapia.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tratamento milagroso: apiterapia

A palavra é derivada do latim "abelha", traduzido como "tratamento com abelhas". Os métodos usados ​​na apiterapia são realmente construídos sobre o uso de produtos apícolas. Os principais componentes de cura incluem mel, pólen, geléia real e própolis, cera de abelha morta, cera, pão de abelha e, é claro, veneno de abelha. Os produtos de cura produzidos por insetos trabalhadores são os componentes básicos de pomadas, tinturas e comprimidos. As preparações são generalizadas e são usadas em combinação com picadas de abelhas.

Na sua essência, uma abelha é um tipo de seringa descartável com um medicamento exclusivo. De acordo com o potencial terapêutico, não há análogos para ele. O veneno de abelha tem um efeito positivo na maioria dos sistemas corporais, aumenta significativamente a imunidade. A apiterapia para varizes fornece excelentes resultados. O veneno de abelha, que entra no corpo, atua como um poderoso catalisador para processos fisiológicos.

Inúmeros desenvolvimentos com esquemas e tabelas especiais foram a base da apiterapia. Com a ajuda deles, o tratamento mais bem sucedido das varizes é realizado pelas abelhas. Revisões de pessoas que passaram por essa terapia por si mesmas não darão a oportunidade de duvidar dos excelentes resultados.

Enormes benefícios

O veneno de abelha é um composto químico muito complexo que contém cinquenta substâncias diferentes. Mas os principais componentes do tratamento são peptídeos. Seus vários compostos são capazes de anestesiar com mais eficiência do que o ópio, tonificar o sistema nervoso e estabilizar o sistema cardiovascular.

Uma enorme vantagem do veneno de abelha é sua naturalidade. Não possui corantes, componentes químicos, aditivos prejudiciais. Ao contrário de qualquer medicamento que tenha efeitos colaterais, o veneno de abelha é extremamente benéfico. De fato, nem uma única “química” é capaz de substituir o poder de cura apresentado pela natureza.

Mas o fator mais importante devido ao qual a cura completa é alcançada é a capacidade única de influenciar a causa, não o efeito. Por exemplo, com uma doença como varizes, o tratamento começa com o sistema circulatório. E os sintomas desaparecem com o tempo. O veneno de abelha tem um efeito positivo nos órgãos formadores de sangue, melhora a composição do sangue e ajuda a afiná-lo. Fortalece perfeitamente as paredes dos vasos sanguíneos, o que possibilita o uso da apiterapia não apenas no tratamento de varizes, mas também com conseqüências mais graves que aparecem em casos avançados.

No entanto, você deve usar cuidadosamente esse método. Para não prejudicar sua saúde, você precisa saber exatamente o que existe com um método de tratamento como apiterapia, indicações e contra-indicações.

Indicações de uso

Como as abelhas são tratadas para varizes? A picada de um inseto listrado é enviada diretamente para um nó da veia e para locais que causam dor intensa. Ficando sob a pele, o veneno penetra na região venosa afetada pelas varizes. Nesse caso, o paciente experimenta alívio imediatamente. Contribuindo para a expansão dos capilares, a apiterapia para varizes melhora significativamente o fluxo venoso. Isso permite que você se livre dos nós dolorosos formados nas veias.

O veneno de abelha inclui um componente único – hirudin. É ele quem produz a dissolução dos coágulos sanguíneos. Além disso, o hirudin estimula perfeitamente a circulação sanguínea não apenas venosa, mas também capilar. Como regra, várias sessões são suficientes para o paciente sentir resultados positivos. Com o tempo, os nós desaparecem completamente da superfície, a pele ganha uma aparência mais atraente. Junto com isso, o paciente se livra da dor constante.

A remoção da rede venosa levará um pouco mais de tempo. No entanto, esses defeitos estão sujeitos à apiterapia. Deve-se notar que qualquer doença é muito mais rápida e eficaz na eliminação dos estágios iniciais de desenvolvimento. Portanto, você não deve adiar a visita a um especialista, exacerbando as varizes, que no estágio avançado exigirão muito mais força e paciência.

Contra-indicações

Infelizmente, existem vários fatores nos quais esse método de tratamento não pode ser usado. E não importa quais efeitos excelentes a apiterapia garanta, devem ser consideradas contra-indicações.

Uma alergia a picadas de abelha é extremamente rara. Cerca de duas em cada cem pessoas sofrem com essas reações. É por isso que vale a pena ter muito cuidado com o estágio inicial do tratamento. No caso de identificação de intolerância individual ao veneno de abelha, é necessário parar imediatamente de arder pelas abelhas. Deve-se tomar cuidado com a apiterapia para pessoas alérgicas a vários produtos da apicultura (mel, própolis).

O tratamento com picadas de abelha é proibido durante a gravidez e a amamentação. As doenças oncológicas também são uma contra-indicação. Durante uma exacerbação de doenças crônicas, a apiterapia deve ser abandonada. Em doenças infecciosas graves e tuberculose, o tratamento com abelhas é proibido. Você não deve usar esse método em temperaturas elevadas, pois pode sinalizar o desenvolvimento de uma infecção ou uma exacerbação da doença.

A presença de diabetes tipo 1 torna o procedimento impossível. Ao mesmo tempo, o diabetes tipo 2 não é um obstáculo à apiterapia. As doenças graves dos rins e do fígado (hepatite crônica) são uma contra-indicação clara do método de tratamento considerado.

Com muita cautela, esse método de terapia deve ser usado em relação a crianças (até 14 anos). Seu sistema imunológico ainda não foi formado, portanto, se não houver grande necessidade, é melhor cancelar completamente o procedimento.

Como observado anteriormente, há uma certa porcentagem de pessoas cujo tratamento com varizes de abelhas provoca manifestações alérgicas desagradáveis. Mas muitas vezes nem todos podem dizer com certeza como seu corpo reagirá a uma dose de veneno. É por isso que a apiterapia deve ser iniciada com um bioensaio.

Como regra, esse teste é realizado em duas etapas. No primeiro dia, uma abelha é colocada na região lombossacra. A picada é removida imediatamente após uma mordida. Monitore com muito cuidado a reação do corpo. Com resultados positivos, o teste continua no segundo dia. A picada é removida em um minuto.

Se vermelhidão, inchaço é formado no local da amostra, então não vale a pena o risco. No entanto, se o corpo tiver tolerado previamente picadas de abelha sem consequências, podemos concluir que o teste obteve resultados positivos e o método de tratamento é adequado.

Curso de terapia

Em algumas doenças, uma abelha é colocada em um local específico. São essas doenças que incluem varizes. O tratamento permite alcançar excelentes resultados.

A picada permanece na pele e o veneno de abelha derrama no corpo. Juntamente com ele, uma pessoa recebe a dose necessária de nutrientes para combater a doença. O resultado do tratamento dura muito tempo.

O veneno tem efeito dentro de 24 horas, portanto as sessões são repetidas todos os dias. O número de procedimentos depende diretamente do grau de negligência das varizes, mas na maioria das vezes são necessárias 10 a 20 visitas. Ao mesmo tempo, um excelente efeito é perceptível mesmo após a primeira sessão. O curso mínimo é de 56 abelhas. O número máximo de mordidas é de 200 vezes no verão e 250 no inverno. Isto é devido à característica fisiológica da abelha, que é mais ativa na estação quente. Dependendo da tolerância individual, até 35 abelhas podem ser colocadas em uma sessão.

Onde ser tratado

Somente um médico certificado deve tratar varizes com picadas de abelha. As análises podem ser as mais otimistas, mas um apelo a especialistas nacionais está repleto de consequências imprevistas. Por exemplo, se ocorrer uma reação alérgica grave, é improvável que um médico popular forneça ressuscitação de emergência. Muitas clínicas são especializadas em apiterapia. Abelha e tratamento em casa é comum. Não é tão importante onde o curso do tratamento será realizado; o principal é garantir que você esteja lidando com um médico e não com um amador.

Lembre-se de que um especialista competente começará o curso do tratamento com um bioensaio de tolerância ao veneno de abelha.

Sensações desagradáveis

O procedimento em questão é doloroso? Sim Como regra, uma experiência de tratamento não planejada, quando as abelhas mordiam inesperadamente, era recebida por todas as pessoas. E é uma questão completamente diferente quando uma pessoa decide recorrer a um "médico" listrado por motivos de saúde. Deve-se notar que a dor causada por varizes das extremidades inferiores excede significativamente a picada de abelha. O efeito terapêutico é instantâneo. Uma pessoa não apenas se livra da dor, mas também volta à vida normal.

Nanovein  Como lidar com varizes durante a gravidez

Cada sessão subsequente é marcada por manifestações menos dolorosas. O corpo se acostuma, e a reação às mordidas é um pouco entorpecida. A acuidade visual do procedimento dura os primeiros trinta segundos. Depois, há calor ou dormência leve. Às vezes, os médicos antes do procedimento esfriam um pouco a área destinada a uma refeição com cubos de gelo. Isso permite reduzir a dor.

Após a sessão, o paciente pode se sentir mal, expresso por fraqueza, letargia e, às vezes, um aumento de temperatura. Os principais sintomas na maioria dos pacientes são coceira e pequeno inchaço nos locais das mordidas.

Existem várias técnicas de picada de abelha. A escolha depende da tolerância individual do veneno das abelhas e da natureza da doença. Uma cuidadosa seleção de locais para mordidas é baseada na apiterapia. Os pontos de picada para varizes estão localizados nos nós venosos. Outro esquema pode ser usado no qual os locais das mordidas são pontos de acupuntura (biologicamente ativos).

Preço do tratamento

Determinar o custo da terapia é bastante difícil, porque você precisa considerar muitos fatores, como o estágio da doença e a reação individual ao veneno. Com base nisso, um esquema de picada individual é desenvolvido. Os números abaixo ajudarão você a determinar em qual apiterapia resultará. O preço de uma abelha é de vinte e cinco rublos. Assim, a taxa mínima (56 sessões) custará 1400 rublos.

A maioria das pessoas compartilha feedback sobre os excelentes resultados da apiterapia. Em vez de cirurgia, alguns pacientes optaram pelas abelhas para tratar varizes. Os comentários são simplesmente incríveis. A apiterapia é realmente capaz de realizar milagres. Todos os pacientes enfatizam que a dor desapareceu após a primeira sessão e os sintomas de recuperação são observados após vários procedimentos.

Dose letal

Apiterapia é absolutamente inofensiva. Mas estar na colméia sem um traje de proteção especial pode ser fatal. A dose letal para um adulto é de 100 a 500 picadas. Note-se que 50 picadas de cada vez podem causar intoxicação tóxica grave.

Em vez de uma conclusão

As abelhas sempre exigiam uma atitude especial. Nos tempos antigos, os apicultores gozavam de grande respeito, porque colocavam suas vidas em perigo mortal. Mesmo assim, a apiterapia era bastante popular. Hoje, o tratamento de varizes com abelhas é reconhecido como o método mais eficaz de se livrar dessa doença.

As varizes são a doença mais comum em pessoas submetidas a pressão ortostática constante. Na maioria das vezes, a dor se torna permanente, é mais difícil remover o inchaço resultante com a medicação após cada dose. A dependência da farmacologia leva à falta de métodos de abordagem individual.

Nesses casos, a medicina tradicional é usada, ou seja, o tratamento de varizes com abelhas. A apiterapia inclui uma ampla variedade de receitas e possibilidades. A escolha de um método individualmente adequado se torna uma questão de tempo, pois há um número significativo de receitas.

No artigo, diremos:

O que é apiterapia?

A apiterapia é um método conservador para o tratamento de várias doenças, incluindo varizes. O resultado da apicultura é mel, própolis. São essas substâncias naturais que possuem um conjunto de vitaminas e uma combinação única de ingredientes.

O tratamento das abelhas para varizes envolve:

  • melhorar o funcionamento das válvulas das veias;
  • mudanças na composição do sangue, a criação de glóbulos vermelhos resistentes a estímulos externos;
  • fortalecer as camadas dos vasos sanguíneos;
  • altera o metabolismo.

Com varizes, as melhorias listadas tornam possível abordar de maneira abrangente o tratamento da expansão das veias, tratar a fonte do problema e não os sintomas.

O veneno de abelha contém vários grupos de substâncias ao mesmo tempo que produzem um efeito analgésico pronunciado, têm um efeito antitumoral e cicatrizante, estimulam o sistema imunológico e normalizam a função das glândulas endócrinas.

O método mais eficaz em apiterapia é a exposição a abelhas. O lixo pode desencadear uma reação ao veneno das abelhas em segundos.

Antes de iniciar o tratamento com abelhas, o conjunto necessário de testes deve ser aprovado. É necessário excluir uma reação alérgica a produtos apícolas e abelhas.

Ao alterar o fluxo, como resultado, é possível evitar a formação de coágulos sanguíneos. O número de coágulos sanguíneos nos vasos muda. Aumentando a taxa de fluxo, a taxa metabólica muda, como resultado, é possível remover o inchaço.

Tratamento para picadas de abelhas varicosas

O veneno de abelha é considerado curativo em pequenas quantidades para o corpo humano. Muitas vezes, a composição de medicamentos e pomadas de farmácia inclui veneno de abelha.

O veneno de abelha, ou apitoxina, é um produto da produção de glândulas de abelha de uma abelha. O uso de veneno de abelha com varizes é popular devido à sua composição.

A composição do veneno de abelha inclui:

  1. Melittin. Este componente é muito importante para varizes. Devido a essa substância natural, é possível reduzir a pressão arterial em alguns minutos, para reduzir os processos inflamatórios. A substância está envolvida no processo de anticoagulação e também possui propriedades antibacterianas. Por meios de laboratório, esta substância não pode ser removida. Este é o resultado da secreção exclusiva da glândula de abelhas.
  2. Adolapina. Analgésico natural. Apesar de a adolapina ser considerada analgésica, também é uma substância necessária para aliviar a inflamação. Em combinação com a melitina, ajo em todo o corpo como um cluster anti-inflamatório.
  3. Hialuronidase. A substância é usada para remover hematomas. Com varizes, surgem pequenas complicações. Com inflamação excessiva, toques leves deixam tumores no sangue. A substância elimina o defeito liquefazendo os aglomerados.

O veneno de abelha contém mais de 50 substâncias. Listado acima é o conjunto de componentes necessários para o tratamento de varizes.

Na maioria das vezes, a picada de abelha é aplicada diretamente no local da veia resultante. Assim, o veneno entra diretamente no sistema sanguíneo.

Tratamento para varizes com abelhas mortas

A matança de abelhas é um espécime extinto de um bando de abelhas. A colheita é realizada duas vezes por ano: inverno e verão. A morte no tratamento de varizes é eficaz devido ao alto teor de heparina nas próprias abelhas.

A heparina é um componente natural projetado especificamente para o sistema vascular. As principais vantagens, no tratamento de varizes, reduzem a inflamação, melhoram a circulação sanguínea e fortalecem as paredes dos vasos sanguíneos.

Com base na subpestilência das abelhas, criam: pomadas, tinturas, água e álcool, pós. Cada uma das espécies, à sua maneira, afeta a expansão das veias.

Tratamento de varizes

As abelhas são obtidas cortando os topos dos favos de mel. As tampas de cera contêm uma combinação de abelhas e mel. A composição inclui: própolis, o segredo da saliva das abelhas, partículas de pólen e mel.

Com varizes, uma pomada é feita a partir de zabrus. Com a ajuda de uma pomada, a massagem é realizada no campo da formação de varizes.

Como qualquer outro método, o tratamento com abelhas não é uma panacéia, seus benefícios são inegáveis, mas também podem ser prejudiciais.

Tratamento de varizes

Perga é um aglomerado de pólen coberto de mel pelas abelhas. Depois de colocar o mel, as abelhas cobrem tudo com cera. Com o tempo, o pólen e o mel começam a fermentar.

Perga, em primeiro lugar, encontrou sua aplicação como um meio de fortalecer a imunidade. Seu efeito complexo no corpo não é totalmente compreendido.

Com varizes, o pão de abelha é mastigado em partes ao longo do dia. Como afeta o corpo de maneira abrangente, seu uso em contato direto com varizes é impraticável.

Onde os procedimentos começam?

Antes de iniciar o tratamento, são feitos os testes necessários. Primeiro de tudo: um exame geral de sangue e um teste de coagulação e outros. Com base nos resultados das análises, são identificadas as conseqüências que podem ocorrer durante a terapia, bem como a presença de patologias que impedem o uso da apiterapia.

Apesar dos benefícios, o choque anafilático resultante pode agravar uma doença como varizes ou causar morte.

Curso de terapia médica

No curso da terapia, o veneno de abelha é mais frequentemente usado diretamente. Esta é a maneira mais eficiente e rápida.

O procedimento é realizado com abelhas vivas. A picada de uma abelha é enviada diretamente para a parte visível da expansão varicosa e faz com que a abelha pique sozinha. Como resultado, o veneno penetra diretamente na veia e se espalha principalmente no local da doença.

O veneno causa a expansão dos capilares ao redor da ramificação resultante das veias. Devido a isso, a dor associada à doença é reduzida.

A terapia desse tipo melhora a saída de sangue nas varizes. Há uma sensação de leveza. Com a passagem regular do procedimento, os ramos venosos desaparecem, o estado dos vasos melhora significativamente.

Onde ir para esse tratamento

As abelhas são tratadas para varizes em instituições médicas licenciadas para realizar tais procedimentos. Em todo o país, nas grandes cidades, existem médicos licenciados.

Existem também centros dedicados exclusivamente à apiterapia. Cada médico é permitido antes dos procedimentos somente após a certificação preliminar, que é confirmada após um certo período.

Esses centros são considerados com grande confiança, uma vez que são especialistas precisamente focados no foco que realizam pesquisas nessa área e podem identificar as dosagens necessárias com base na personalidade do corpo.

Existem casas de apiterapia em apicultores. Em alguns casos, a terapia nesses locais é realizada sob a supervisão de um médico, mas essa prática é rara. É impossível controlar a quantidade de veneno introduzida, por isso há sempre um risco.

Apesar da falta de controle, a presença de óleos essenciais secretados pelas abelhas ao coletar pólen tem um efeito benéfico não apenas nas varizes, mas também no corpo como um todo.

Nanovein  Cure sua vida

Contra-indicações e sensações da terapia

A apiterapia não é recomendada como principal tratamento para varizes: diabetes tipo 1, crianças com baixa coagulação sanguínea, doentes e tratados para tuberculose, sofrendo de doenças crônicas de órgãos, oncologia, infectados por infecções.

Pessoas com critérios ausentes relatam um aumento significativo da força e tratamento eficaz para varizes. Os pacientes notam uma leve dor durante o início do procedimento, mas após alguns minutos fica mais fácil, o inchaço desaparece e a aparência das pernas melhora.

Os médicos notam um aumento significativo no tônus ​​vascular, devido ao fortalecimento das paredes das veias, as varizes retornam ao seu verdadeiro estado. A composição do sangue se torna mais fluida e evita a formação de novos sintomas. Os médicos recomendam se submeter ao procedimento várias vezes ao ano. Assim, é possível evitar recaídas de doenças ou prevenir o aparecimento de sintomas.

Antes de iniciar a apiterapia, você deve consultar seu médico e realizar um teste de alergia para detectar sensibilidade ao veneno de abelha!

Estudos no campo da apiterapia comprovam a eficácia de métodos de tratamento de várias doenças, incluindo varizes. Muitas vezes, os médicos precisam lidar com casos únicos de exposição a abelhas e seus produtos no corpo humano.

Na prática, não é recomendável realizar procedimentos de forma independente com as abelhas. Se os métodos forem usados ​​incorretamente ou incorretamente, poderão ocorrer complicações.

Na prática mundial, um número significativo de métodos e receitas de: abelhas, cera de abelha, mel e componentes obtidos como resultado da apicultura se acumularam. Cada receita tem uma composição única de substâncias e enzimas que afetam o corpo de maneira saudável.

O tratamento de varizes com abelhas, também chamado de apiterapia ou terapia com apitoxina, é considerado um dos métodos mais eficazes e eficientes. A cura de muitas doenças através do uso de picadas de abelhas e produtos apícolas é praticada há muito tempo, a primeira menção deste método de tratamento é mencionada em tratados antigos.

Apesar da alta eficiência desse método, ele pode ser usado longe de sempre, uma vez que possui um número suficientemente grande de várias contra-indicações e riscos de efeitos colaterais. Quais métodos de tratamento com abelhas são os mais comuns, eficazes e relativamente seguros – vamos falar sobre isso em mais detalhes.

Características do tratamento com abelhas

Ao contrário da crença popular, o tratamento de varizes (HRV) com abelhas não se limita apenas a essas picadas de insetos. Para eliminar os sintomas da doença, são utilizados vários produtos da apicultura, entre os quais é necessário citar como, por exemplo, morbidade, zabrus, mel natural e muitos outros. Somente o médico pode escolher a opção de tratamento mais ideal, de acordo com as indicações individuais e a condição do paciente.

Dependendo dos sintomas expressos, do grau e da forma das varizes, os seguintes componentes naturais podem ser usados ​​no processo de tratamento:

Além dos produtos listados acima, no processo de tratamento de varizes, o mel natural comum, a própolis e a geléia real são frequentemente usados. Ao comprá-los, não se deve esquecer que o preço não pode ser baixo. Isso se deve ao alto nível de custos e mão de obra no processo de produção.

Conselhos! A maioria dos produtos apícolas está entre os alérgenos mais fortes. As instruções dizem que você pode usar qualquer ferramenta apenas se não houver risco de desenvolver reações alérgicas.

Tratamento de picada de abelha

O tratamento de varizes com picadas de abelha pode ser justamente atribuído à categoria dos métodos mais eficazes, eficazes e muito dolorosos. Dependendo do grau e da forma das varizes, bem como da presença ou ausência de contra-indicações indiretas para uma sessão de apiterapia, podem ser usadas duas a trinta picadas de abelha.

Como regra, o procedimento para conduzir essa sessão é o seguinte:

  1. As abelhas são aplicadas a pontos biologicamente ativos no corpo do paciente, localizados nas imediações dos vasos e veias afetados. Como regra, uma abelha libera uma picada imediatamente após a aplicação no corpo do paciente.
  2. Depois que a picada é feita, a picada permanece no corpo do paciente por mais alguns minutos, pois durante esse período porções do veneno de abelha em cura continuam a fluir para o tecido.
  3. Como regra, durante a primeira sessão, apenas duas picadas de abelha são praticadas. Na ausência de desenvolvimento de edema ou outros sinais de piora, o número de mordidas pode ser aumentado para trinta. O número final de mordidas depende do tipo de técnica utilizada.
  4. Como regra geral, à medida que o número de mordidas aumenta, reações típicas da parte do corpo, como, por exemplo, o aparecimento de vermelhidão na pele, um leve inchaço e dor, desaparecem quase completamente com o tempo. Isto é devido ao desenvolvimento do vício do corpo na ação do veneno de abelha.

As picadas de abelha também são um tipo de reflexologia, ou seja, ajudam a relaxar e subsequentemente aumentam o tônus ​​do tecido muscular, como o vídeo neste artigo demonstra claramente. Note-se que a automedicação com a ajuda de picadas de abelha não é possível, um método semelhante de terapia é praticado exclusivamente em um número limitado de centros médicos especializados.

Conselhos! A fim de evitar o desenvolvimento de efeitos colaterais antes da aplicação da apiterapia, visando eliminar as causas e sintomas da VBP, recomenda-se que o paciente seja submetido a um exame completo do corpo.

Tratamento de subpestilência de abelhas

Nos casos em que o uso de picadas de abelha não é permitido de acordo com as indicações médicas, esse método de tratamento pode ser substituído por opções alternativas bastante dignas, incluindo, por exemplo, a mortalidade de abelhas. Podmor representa abelhas mortas, secas artificial ou naturalmente.

No processo de tratamento da HBP, você pode usar tanto a morte pura quanto o pó preparado com base nela.

As receitas mais populares que incluem esta substância são as seguintes:

  1. É necessário tomar pó diário, preparado com base na morte na sua forma mais pura. Somente um especialista pode determinar a dose apropriada de um medicamento, mas, como regra, ele não excede meia colher de chá.
  2. Dois punhados pequenos de morte devem ser derramados com um litro de vodka de alta qualidade e depois deixar o produto infundir por uma a três semanas em um local escuro e fresco. O uso dessa tintura deve ser um meio de limpar os membros afetados.

Além disso, uma pequena quantidade de pó da morte pode ser adicionada a pomadas e cremes preparados em casa para o tratamento da HBP. Esta substância possui propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, imunomoduladoras e tônicas.

Própolis e mel

O mel e a própolis têm propriedades anti-inflamatórias, imunomodulatórias, curativas e antibacterianas únicas. Como regra, esses produtos da apicultura são usados ​​como um dos componentes de misturas terapêuticas, infusões e unguentos, que podem ser preparados em casa.

As seguintes opções para o uso de mel e própolis são mais frequentemente usadas para tratar a VPP:

  1. O mel líquido natural deve ser distribuído sobre um pedaço de tecido fino e depois aplicado nas veias afetadas. Por cima, é desejável envolver os pés com um filme e uma toalha quente. Manter essa compressa deve durar de uma a duas horas; se ocorrer uma sensação desagradável, o procedimento deve ser interrompido imediatamente.
  2. A apiterapia é melhor feita com uma pomada preparada com base em própolis natural de abelha. Para fazer tal ferramenta é bastante simples, para isso é necessário: trinta gramas de própolis pré-moída devem ser bem misturados com 200 gramas de gordura animal natural. Em seguida, a mistura deve ser aquecida em banho-maria até obter uma consistência homogênea e colocada em um recipiente de vidro. Insista que essa pomada deve durar duas semanas, após as quais é aplicada nas veias afetadas.
  3. Mel e alho. Para obter uma tintura eficaz e saborosa o suficiente, misture bem trezentos gramas de mel líquido natural e a mesma quantidade de polpa obtida do alho pré-esmagado. A mistura resultante deve ser infundida por duas semanas, após as quais use uma colher de sopa uma vez ao dia. Tome a mistura de preferência de manhã.

Conselhos! Deve-se lembrar que, se aparecerem sintomas e manifestações perturbadoras, mesmo menores, de natureza alérgica, você deve interromper imediatamente o curso do tratamento e consultar seu médico.

O uso de carne bovina

O Perga é um pólen de plantas com flores processadas por abelhas, que deve ser usado em sua forma original para obter um efeito curativo. Não é recomendado categoricamente sujeitar o pão de abelha a aquecimento ou hipotermia, condições de alta e baixa temperatura afetam negativamente a composição química do produto, reduzindo seu benefício.

Para eliminar as causas e sintomas das varizes, reduzir a dor, o inchaço, fortalecer e aumentar o tônus ​​das veias e vasos sanguíneos, é recomendável tomar meia colher de chá por dia de perga. O produto não deve ser engolido imediatamente, antes de ser utilizado com cuidado.

A duração do tratamento com a ajuda do pão de abelha não deve exceder um a dois meses. No entanto, nos casos mais graves, é possível aumentar o período indicado para seis meses.

A cera de abelha natural não é menos eficaz para o tratamento da VFC. Com base nisso, você pode preparar uma mistura de cura, que deve ser usada como um agente externo.

Para obter esse medicamento, você precisa misturar duas colheres de sopa de folhas de urtiga secas e banana com meio copo de cera de abelha. Para obter uma consistência uniforme, a mistura deve ser pré-aquecida em banho-maria. Aplique esta pomada nas veias afetadas pelo menos uma vez durante o dia.

Portanto, o tratamento com BPV pelas abelhas não se limita ao uso exclusivo de mel, veneno de abelha ou outros produtos. Para obter o efeito máximo, recomenda-se combinar pelo menos três opções diferentes para agentes terapêuticos.

Não é recomendável realizar o tratamento em casa por conta própria, antes de usar qualquer prescrição, você deve sempre consultar seu médico.

Lagranmasade Portugal