Por que uma perna incha e como tratá-la

Entre as causas do aparecimento de edema da perna esquerda (ou extremidade direita) estão os fatores externos que não estão associados a doenças e as disfunções internas do corpo. No entanto, quando você vê essa patologia, não deve entrar em pânico: o problema não representa um perigo mortal e é fácil identificar as características de sua ocorrência após um pequeno diagnóstico.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Variedades e principais causas de edema de uma perna

Reconhecer o edema da perna esquerda é mais fácil do que determinar sua aparência. Para um terapeuta experiente, esse processo não é difícil. Existem vários tipos de edema, cuja definição ajudará a identificar ainda mais as causas de sua formação:

  • mecânica – aparecer após lesões, como resultado da gravidez, bem como no caso da formação de tumores em diferentes partes do corpo;
  • hidrêmico – aparece com doenças renais e está associado à estagnação de fluidos;
  • estagnado – surgem devido a problemas nos capilares e vasos sanguíneos;
  • cachectal – surgem devido à desidratação ou depleção grave do corpo, como resultado de doença cardíaca;
  • neuropáticos – são formados como resultado de diabetes ou alcoolismo;
  • alérgico – caracterizado por uma aparência rápida e forte gravidade.

A identificação das causas e o tratamento do edema da perna esquerda começa com a determinação do tipo de inchaço. Depois disso, o médico fica mais fácil de estabelecer o diagnóstico correto. No entanto, o edema nem sempre é formado como resultado da doença. Existem causas específicas de edema de uma perna que não requerem terapia complexa:

  • aumento da carga – trabalho em pé, atividade física pesada;
  • pés planos formados;
  • regime inadequado de beber e abuso de líquidos na hora de dormir;
  • problemas com processos metabólicos no corpo;
  • o hábito de estar sempre sentado de pernas cruzadas;
  • posição muito baixa na cadeira durante a operação ou o uso de assentos macios;
  • sapatos errados – salto alto demais ou sola plana;
  • excesso de peso;
  • lesão no tornozelo ou dedo do pé;
  • gravidez (mas o edema em um membro raramente se espalha sem processos patológicos).

Todas as causas que não estão relacionadas a doenças de órgãos podem ser facilmente corrigidas através de mudanças no estilo de vida. No entanto, sintomas graves, como diabetes mellitus, podem estar ocultos por trás de alguns sintomas.

Doenças que provocam inchaço de um membro

Entre as causas de edema da perna direita ou esquerda, destacam-se os componentes mais graves – doenças. Os mais comuns são:

  • varizes, o edema é primeiro sutil, depois se intensifica com a permanência prolongada nas pernas;
  • patologias do sistema cardiovascular – quaisquer problemas com o coração e os vasos sanguíneos, incluindo hipertensão, podem levar a um inchaço acentuado de um membro;
  • doença renal – o edema é muito forte, geralmente afeta os dois membros. No entanto, em alguns casos, pode haver inchaço de uma perna, escurecimento concomitante da pele ao redor dos olhos e uma alteração na natureza da urina;
  • doença intestinal – edema é acompanhado por diarréia e outros sintomas do trato gastrointestinal;
  • Doença "elefante" – a drenagem linfática na epiderme piora, o metabolismo é prejudicado;
  • doença da tireóide – edema pode ser elástico, afetando as partes inferiores das pernas. Possível inchaço adicional do corpo, letargia e sonolência;
  • tromboflebite – ao contrário das varizes, é sempre acompanhada por uma sensação de calor nas veias, vermelhidão e dor ao longo de sua localização;
  • coágulos sanguíneos nas veias – ductos bloqueados impedem o coração de receber a quantidade certa de sangue, sua circulação é perturbada;
  • A osteomielite é uma doença dos ossos e articulações, na qual ocorre um processo inflamatório agudo.

Se, por exemplo, a perna direita está inchada, sua cor mudou muito e a sensibilidade foi prejudicada, você precisa consultar um médico. Algumas doenças sugerem a presença de várias complicações ao mesmo tempo, o que leva a edema grave e até gangrena das extremidades inferiores.

Nanovein  Como é tratada a argila varicosa

Sintomas concomitantes e diagnóstico de patologia

Se uma perna estiver inchada, mas aparecerem sintomas adicionais, isso quase sempre exige uma consulta com um médico:

  • dor e falta de ar – insuficiência cardíaca é possível;
  • uma temperatura acima de 39 graus é um sinal do início da inflamação;
  • aumento da pressão em uma mulher grávida;
  • dor nas articulações severa;
  • convulsões.

Um forte edema matinal do rosto e dos olhos pode falar sobre problemas renais.

Etapas de diagnóstico

O diagnóstico de doenças começa no consultório do terapeuta. Então, de acordo com os resultados da pesquisa, ele encaminhará um dos especialistas de perfil restrito. Para identificar o problema, você precisa se submeter a uma ultra-sonografia, raios-X, linfocintilografia (exame de vasos sanguíneos e nós); em alguns casos, você precisa se submeter a uma ressonância magnética. Testes de sangue e urina adicionalmente prescritos. Se houver suspeita de uma doença cardíaca, é feito um cardiograma.

Qual é o perigo de inchaço de uma perna

As razões pelas quais o inchaço de uma perna pode ser tão perigoso estão ocultas em possíveis doenças do coração, rins e sistema endócrino. Se uma perna inchar constantemente, é necessário consultar um médico. Caso contrário, uma pessoa está aguardando a progressão da doença que causou a patologia.

Entre os sinais de deterioração estão: ganho de peso, inchaço sob os olhos, crises freqüentes de hipertensão, dor intensa e incapacidade de se mover normalmente.

Mesmo o edema mais simples causado por trauma, na ausência de tratamento, pode assumir uma forma crônica. Às vezes, o edema se transforma em uma doença de "elefante", há uma violação do fluxo linfático e as varizes se desenvolvem.

Primeiros socorros para detectar edema

Antes de usar fundos para aliviar o edema, é necessário fornecer ao paciente (ou a si mesmo) os primeiros socorros. No entanto, eles são eficazes apenas na ausência de doenças graves – por causa do calor, pela manhã, por causa do estresse.

Primeiro, você precisa liberar as pernas de roupas e sapatos, lavá-los com água fria e tentar relaxar. Você pode usar um creme relaxante para aliviar o inchaço da perna direita ou esquerda. Aplique com movimentos de massagem. Depois disso, você precisa descansar por cerca de 20 minutos, colocando as pernas um pouco acima do nível da cabeça.

Após os primeiros procedimentos, eles iniciam um tratamento mais sério – o uso de compressas e banhos, além de outras receitas de medicina alternativa. Na presença de doenças, o médico prescreve medicamentos para aliviar o inchaço patológico.

Qual médico entrar em contato

Se o inchaço aparecer em uma perna, entre em contato com um terapeuta. Eles serão encaminhados a um cardiologista, nefrologista ou flebologista, dependendo do tipo de edema e sintomas associados. Se você suspeitar de uma doença da tireóide, consulte um endocrinologista.

Métodos de tratamento

Entre os métodos de tratamento do edema, não há uma opção. A terapia deve ser abordada de forma abrangente, incluindo todos os meios recomendados pelo médico:

  1. Massagem terapêutica. O terapeuta mostrará como fazê-lo corretamente para aliviar o inchaço.
  2. Ginástica. Um conjunto de exercícios será selecionado por um especialista.
  3. Banhos e fricção. São usadas principalmente receitas folclóricas, decocções de ervas, sal marinho.
  4. Descanso total. Sem esse componente, o tratamento rápido e de alta qualidade é impossível.

Após determinar a causa do edema da perna esquerda ou direita, o médico prescreverá o tratamento. Na terapia complexa, os medicamentos são necessariamente usados. Lidar com o edema ajudará:

  • flebotônicos são prescritos – medicamentos que fortalecem veias e vasos sanguíneos (Eskuzan, Venarus, Detralex, Troxevasin);
  • use anticoagulantes – anticoagulantes (aspirina, Lyoton);
  • em alguns casos, medicamentos são prescritos para melhorar a função cardíaca, estimulando a função de bombeamento;
  • diuréticos são prescritos como parte do complexo tratamento de edema e varizes;
  • agentes antiplaquetários – usados ​​para limpar o sangue do colesterol e das placas – são prescritos conforme necessário.

Além disso, roupas de compressão são usadas para reter líquidos. Com edema causado por doenças das articulações, sapatos ortopédicos ou palmilhas são selecionados.

Remédios alternativos para inchaço da perna esquerda

O uso da medicina tradicional no tratamento do edema de um membro é eficaz e apropriado. Os métodos podem ser usados ​​tanto em combinação com a terapia principal quanto como tratamento de suporte:

  1. Envoltórios com folhas de bétula. Você precisa levar panos de algodão – lençóis ou toalhas velhas, pedaços de pano – sacos são formados a partir deles. Você pode levar fronhas velhas. Folhas de bétula são derramadas nelas e colocadas em pé. Eles se dão bem e esperam os membros suarem. Após cerca de 2-3 horas, as fronhas são removidas.
  2. Compressa e massagem leve. Você pode usar uma decocção de qualquer erva adequada para uma compressa. Molhe o papel de algodão e envolva-o em uma perna com problema. Em seguida, coloque em uma bolsa e embrulhe. Você precisa deixar a noite toda.
  3. Terebintina. Terebintina pura misturada com 2 partes de óleo de mamona quente ajudará no edema de uma perna. Limpe a pele, coloque meias altas e deixe a noite toda. Durante a noite, qualquer inchaço deve desaparecer.
  4. Sal marinho. Despeje água morna na bacia e coloque cerca de 30-40 g de sal marinho. A perna é ajustada por 30 minutos, o procedimento é completado por lavagem e uma massagem leve.
  5. Peppermint São jogadas 3-4 gotas de éter de hortelã-pimenta em água fria e o pé é colocado no banho.
Nanovein  Inflamação dos gânglios linfáticos na virilha

Um grupo separado pode distinguir ervas medicinais para eliminar o edema. Eles podem ser tomados interna e externamente na forma de compressas.

Ervas para o tratamento de edema

Entre as ervas populares para aliviar o inchaço causado por um estilo de vida inadequado, lesões e outros fatores não associados a doenças graves dos órgãos internos, existem:

  1. Centáurea. Usou 1 colher de chá. centáurea azul e 1 xícara de água fervente. Você precisa insistir no produto a noite toda, filtrar pela manhã e 2 colheres de sopa. eu tomado antes de cada refeição. Você não pode engravidar!
  2. Linho. Sementes usadas e inflorescências – uma mistura de 3 colheres de sopa. eu despeje 1 litro de água fervente e deixe esfriar. Você precisa tomar 2 colheres de sopa. eu Você pode adicionar um pouco de mel, pois o produto é amargo.
  3. Cereja Use talos colhidos por si mesmo. Tome 250 ml de água fervente 2 colheres de sopa. eu seque as pernas e deixe por 40-60 minutos. Quando a mistura esfriar, tome 1-2 colheres de sopa. Você não pode beber com doença hepática!
  4. Camomila de farmácia. Um sedativo que, na forma de uma forte decocção, alivia bem o inchaço. Despeje 12 inflorescências com 250 ml de água fervente e deixe esfriar. Você precisa tomar 1 colher de sopa. eu antes de comer.
  5. Calêndula Erva medicinal conhecida que alivia bem o inchaço. Tome 2 colheres de chá. 500 ml de água fervente, você pode adicionar 1 colher de chá. centáurea flores. Aceito com trabalho sedentário, de salto alto. Você pode beber antes de cada refeição.

O tratamento com ervas não deve durar mais de 1 mês, pois pode ocorrer dependência. Se os remédios populares forem usados ​​como parte de uma terapia complexa, alterne-os entre si.

Eliminação de edema com varizes

Se o inchaço na perna direita ou esquerda aparecer como resultado de varizes, você poderá se livrar dele usando métodos e medicamentos adicionais. Uma recomendação importante é o uso de atividade física moderada sem forte envolvimento do pé. Ideal para combater varizes de asanas de ioga.

Você não pode praticar esportes de força com saltos e solavancos acentuados.

Natação e esportes aquáticos são ótimos para eliminar o inchaço causado por varizes. No entanto, não se pode prescindir de drogas na remoção de patologias. Em geral, são semelhantes aos utilizados no tratamento de edema de outras doenças.

Todos os medicamentos são tomados estritamente pelo curso, e os resultados do tratamento são avaliados pelo médico após repetidos exames e análises.

Recomendações adicionais

Independentemente das causas do acúmulo de líquidos, os médicos recomendam o uso de esforço físico leve para tratar o inchaço de uma perna. Todos os exercícios podem ser feitos diretamente na cama ou no chão da casa:

  • A “tesoura” – estimula perfeitamente o fluxo sanguíneo – oscila com as pernas retas;
  • “Bicicleta” – enquanto estão deitados em um sofá duro com os pés, eles fazem movimentos como se estivessem andando de bicicleta;
  • “Birch” – pernas levantadas, você pode começar da parada contra a parede, as costas são apoiadas pelas mãos na região lombar;
  • esqui, corrida e ciclismo são os esportes mais permitidos e com alta atividade.

Recomenda-se revisar a dieta – remova pratos muito salgados e defumados, introduza alimentos mais saudáveis. Legumes, frutas e frutos, bem como cereais e produtos proteicos saudáveis ​​devem ser a base da dieta.

Prevenção de papos

Para que a perna direita ou esquerda não incha e não incha de vez em quando, você precisa seguir regras simples de prevenção. Eles não ajudarão a se livrar de doenças dos rins, coração e varizes, mas facilitarão o processo de possível tratamento.

Sapatos confortáveis ​​de salto baixo devem ser usados ​​e a pressão excessiva nos pés deve ser evitada.

Os médicos aconselham a normalizar a dieta, remover uma grande quantidade de doces, gorduras e alimentos salgados. Também é útil para a prevenção se envolver em atividade física moderada, realizar exercícios terapêuticos e massagem nos pés.

Se o inchaço for atormentado pela manhã, à noite você precisará evitar a ingestão excessiva de líquidos. Uma xícara de café, um dos melhores produtos diuréticos, ajudará a remover o excesso de água.

Lagranmasade Portugal