O que fazer se as pernas e pernas incharem com varizes

Danos nos tecidos moles após quedas e inchaços estão associados a dor, inchaço e hematomas. Se a vermelhidão e o inchaço da perna aparecerem sem ferimentos, acompanhados de dor aguda, provavelmente o problema está nos vasos problemáticos. A doença das varizes é uma das causas do processo inflamatório.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O mecanismo e as causas das manchas

As varizes são uma causa comum, mas subestimada, de dor nas pernas. Os vasos profundos não aparecem na superfície da pele. O fluxo venoso perturbado leva ao acúmulo de sangue nas extremidades inferiores. Manchas vermelhas com varizes indicam um processo patológico de longo alcance.

Nas varizes, as veias superficiais aumentam. Eles são conectados por válvulas aos vasos profundos nos quais o sangue é administrado. Para uma saída normal, são necessários três fatores:

  • respirar com o diafragma abdominal – na expiração, seu domo cai e na inspiração – para cima, reduzindo a pressão intra-abdominal e empurrando o sangue para cima;
  • a função da bomba muscular da perna, onde as veias profundas correm;
  • a eficiência de válvulas que não permitem que o sangue flua de volta.

Se o fluxo venoso for difícil devido ao prolongamento da sessão, espasmo do diafragma, as válvulas sofrerão uma carga aumentada. O aparecimento de varizes indica que o fluxo venoso foi prejudicado por algum tempo.

Como as veias são fixadas ao tecido conjuntivo e torcidas durante o transbordamento, com o tempo as paredes das veias se expandem e os nós aparecem. Os resíduos se acumulam, a microcirculação é perturbada, a inflamação ocorre. A saída difícil e a formação de nós cria um risco de trombose. Vermelhidão na perna com varizes indica trombose.

Deve-se tomar cuidado com o inchaço das pernas, se forem acompanhadas por falta de ar, fraqueza, aumento da pressão arterial. Quando o coração não tem tempo para lidar com o bombeamento de sangue venoso, a estagnação aparece. Ao mesmo tempo, o corpo “sente” uma escassez de sangue e atrasa a excreção de líquidos, o que leva ao inchaço e ao peso das pernas. A insuficiência cardíaca se manifesta pelo inchaço do pé. Quando pressionado na pele, um dente distinto permanece por um longo tempo.

Localização de pigmentação

Trombose e úlceras tróficas são duas das complicações mais comuns das varizes:

  1. A trombose do vaso é acompanhada de vermelhidão. A pele fica seca, áspera devido à desidratação e não se comprime. Se uma perna varicosa ficar vermelha sob o joelho ou ao longo da veia da perna, uma forte dor aparece, isso indica trombose.
  2. As úlceras nas pernas são uma consequência da insuficiência venosa crônica. Se surgirem pontos locais, que se fundem em pontos nos tornozelos, no contexto de secura e coceira, então estamos falando de uma violação da pele trófica com insuficiência de veias e artérias.

Diagnóstico de patologia

Quaisquer lesões na pele das pernas devem ser diferenciadas de hematomas, reações alérgicas, vasculite (processo inflamatório dos vasos sanguíneos). O aparecimento de manchas que não desaparecem por muito tempo, a pele seca e o peso nas pernas são uma ocasião para uma visita ao cirurgião.

Manchas vermelhas nas pernas indicam varizes apenas na presença de outros sintomas da doença:

  • inchaço e peso na perna;
  • sensação de plenitude no final do dia;
  • veias dilatadas visíveis.

Uma confirmação óbvia de varizes é o exame com Doppler por ultrassom. Usando um sensor, o diagnosticador monitora o fluxo sanguíneo, detectando o sangue venoso do refluxo de volta às veias da coxa e da perna. O diagnóstico por ultrassom é obrigatório se houver dor aguda nas panturrilhas ao caminhar, desaparecendo após cinco minutos de descanso.

Inchaço das pernas

Inchaço das pernas quase sempre indica estagnação. Fisiologicamente, o fluxo é perturbado durante a sessão prolongada, durante a gravidez, quando as veias são comprimidas na área do ligamento inguinal – para o local onde as pernas passam para o tronco.

Com congestão venosa prolongada, os vasos linfáticos são danificados. O inchaço persistente se desenvolve, que não diminui mesmo após uma noite de descanso. A linfa rica em proteínas forma um terreno fértil para bactérias. No contexto do linfedema, desenvolvem infecções de pele chamadas celulite. As alterações levam ao fato de a pele ficar áspera, marrom e coberta de úlceras.

Súbita vermelhidão e inchaço das pernas é sempre uma ocasião para uma rápida visita a um médico. A trombose venosa profunda se desenvolve em 1-2 dias, começando com a dor durante a caminhada. Anexar um processo inflamatório pode aumentar a temperatura do corpo. A pele das pernas parece estar queimando, seca e esticada.

Nanovein  Como reduzir a dor com pernas varicosas

Veias salientes

As veias salientes são um sinal óbvio de varizes, nem sempre indicando a gravidade da doença. Freqüentemente, pacientes com uma rede ramificada de veias indo do quadril para baixo não reclamam por muito tempo dos sintomas típicos da doença. Esse estágio das varizes é chamado de compensado e dura de 10 a 20 anos, dependendo da causa da violação da saída de sangue e estilo de vida.

Variedades de manchas

Pontos vermelhos e inchaço nas pernas combinados com dor indicam trombose, mas as alterações na pele podem ser diferentes. A cor das manchas também difere dependendo da causa de sua formação, do estágio da doença.

Tons de vermelho

No estágio inicial das varizes, o fluxo através das veias superficiais é perturbado, porque a microvasculatura transborda, o sangue estagna. Há uma vermelhidão indolor da pele, uma rede vascular é liberada. Gravidez, estilo de vida sedentário e treinamento de força com respiração inadequada aumentam a congestão venosa.

Sob pressão, a permeabilidade vascular aumenta, o fluido escapa para o tecido circundante. O edema comprime os capilares e aumenta a estagnação. Pomadas venotônicas ajudam pouco, pois a cura de manchas vermelhas das pernas com varizes só pode ser eliminada pela causa da estagnação. Glóbulos brancos – as células imunes penetram no local de estagnação, a inflamação se desenvolve.

Azul

Pernas machucadas são uma causa comum de contusões, que desaparecem após algumas semanas. Se o hematoma ocorre após um pequeno acidente vascular cerebral, ocorre sangramento intradérmico no contexto de fraqueza da parede vascular e distúrbios da coagulação sanguínea.

Em caso de dano vascular resultante de lesões ou compressão excessiva, as substâncias são liberadas – fatores de coagulação sanguínea. Existem doenças hereditárias (hemofilia, doença de von Willebrand) que interferem nos processos e aumentam o risco de hematomas. Num contexto de deficiência de vitamina K, a probabilidade de hemorragia na pele aumenta. A deterioração da coagulação está associada a leucemia, insuficiência hepática, processos infecciosos graves e comprometimento da formação de células sanguíneas.

A fraqueza das paredes dos vasos sanguíneos pode ser autoimune ou inflamatória quando o sistema imunológico ataca seus próprios tecidos. Porém, mais frequentemente, a causa são varizes, enfraquecendo as paredes e válvulas venosas. O sangue escorre do leito vascular, formando manchas.

Castanho

O aparecimento de manchas amarelas e marrons nos tornozelos também está associado a varizes, se acompanhado de inchaço e espessamento da pele. Um aumento na pressão venosa, juntamente com a fraqueza vascular, leva ao vazamento de líquido no espaço intercelular.

Pequenas manchas marrons são o resultado da entrada de glóbulos vermelhos no tecido e a liberação de moléculas de ferro. Manchas escuras nas pernas geralmente permanecem pequenas, mas com permeabilidade significativa da parede do vaso, toda a perna fica marrom. Como resultado, a dermatite se desenvolve – a pele fica vermelha, fica inflamada, engrossa e fica rígida. Em um estágio avançado, a lipodermatosclerose é diagnosticada.

Sem eliminar o problema inicial das veias, a integridade da pele é quebrada, as úlceras aparecem.

Com a formação de selos

Selos criados por nós varicosos ou espessamento da pele são chamados de inchaços. Normalmente, a pele muda no contexto de eczema – uma complicação associada à descamação e coceira no contexto de fluxo sanguíneo prejudicado. Áreas de fibrose ou nódulos ao longo das veias indicam inflamação – tromboflebite. Quaisquer inchaços e espessamentos são uma ocasião para o diagnóstico urgente.

Maneiras de se livrar de manchas

É possível se livrar de manchas com expansão varicosa se o fluxo venoso for restaurado. Os métodos tradicionais para manter veias saudáveis ​​incluem:

  • meias de compressão para manter a pressão nos vasos;
  • medicamentos venotônicos para melhorar a microcirculação, aliviar o inchaço e fortalecer as veias;
  • andando por 1-2 horas diariamente;
  • redução da pressão venosa, colocando um travesseiro à noite e enquanto descansa sob as pernas.

De fato, não existe tratamento tradicional para varizes; portanto, a cirurgia é recomendada nos estágios posteriores da doença.

medicação

Descongestionantes (drogas venotônicas) melhoram a função das veias:

  • fortalecer a parede dos vasos sanguíneos;
  • acelerar a microcirculação;
  • reduzir a inflamação.

O medicamento Phlebodia 600 contém a substância ativa diosmina, pertence ao grupo dos angioprotetores. O medicamento tem um efeito dependente da dose – isso significa que, ao tomá-lo, ele suporta as veias. Assim que o curso do tratamento termina, o trófico pode retornar à sua forma original.

A ferramenta reduz o grau de alongamento das veias, melhora a drenagem linfática e, portanto, remove o inchaço. A substância aumenta a estabilidade da parede capilar, reduz o acúmulo de células imunes de leucócitos nas paredes venosas – acalma a inflamação. Os análogos do Phlebodia 600 incluem Antistax e Troxerutin. Após 5 horas, o medicamento é distribuído ao longo das paredes da veia cava, válido por 96 horas.

Detralex reduz o tempo de esvaziamento das veias, aumenta a estabilidade dos capilares. A presença desses efeitos positivos da droga nas veias é comprovada por estudos clínicos. O efeito foi testado em comparação com o placebo (fictício) e confirmado tomando dois comprimidos por dia. Detralex e Phlebodia contêm uma substância ativa, portanto, eles funcionam igualmente na saída venosa.

Difere na composição e ação do Ginkor Fort, que contém extrato de ginkgo biloba, cloridrato de heptaminol, troxerutina. A droga aumenta o tônus ​​das paredes musculares das veias e capilares, reduz sua permeabilidade.

As substâncias inibem moléculas que contribuem para a transmissão de sinais sobre dor e inflamação, portanto, aliviam bem os sintomas:

  • vermelhidão;
  • pernas doloridas;
  • inchaço
Nanovein  Inchaço das pernas com varizes

A droga reduz a atividade de radicais livres e enzimas lisossomos, preserva as fibras de colágeno. As substâncias ajudam a manter a integridade da pele, impedem o aparecimento de focas, melhoram a saída venosa.

Anticoagulantes e agentes antiplaquetários são grupos de medicamentos que reduzem o risco de coágulos sanguíneos. São utilizados análogos de heparina, como Clexane, Aspirina e Tiklid. Meios são prescritos para prevenir embolia e danos aos vasos profundos, se a trombose já tiver se desenvolvido. Seu efeito colateral pode ser hemorragia.

Técnicas populares

Receitas populares de castanha da Índia estão disponíveis na forma de cremes. Eles são comprados em uma farmácia. Em casa, as compressas de folhas de couve quebradas, amarradas com um curativo nas veias afetadas, permanecem relevantes. Você pode fazer banhos contrastantes, mas lembre-se de que a água quente demais melhora as manifestações das varizes.

Se a perna estiver inchada e avermelhada, é melhor consultar um médico, e métodos alternativos devem ser usados ​​adicionalmente:

  1. Esfregue o gengibre, misture com o mel e faça compressas para aliviar a dor e a inflamação.
  2. Faça tintura de flores de acácia branca (inflorescência com vodka, infusão por 7 dias), lubrifique as áreas afetadas.
  3. Realize compressas noturnas com suco de aloe sob um filme plástico.
  4. Use compressas de gaze do vinagre de maçã caseiro feito de polpa.

Os produtos externos melhoram a condição da pele, penetram até o nível de tecido subcutâneo e veias superficiais, reduzem parcialmente o inchaço e a inflamação.

A intervenção cirúrgica

O cirurgião recomendará uma operação se houver trombose da veia superficial e houver refluxo reverso do sangue. Primeiro, terapia anticoagulante e meias de compressão são prescritos anti-inflamatórios não esteróides para reduzir a dor e a vermelhidão.

A intervenção cirúrgica não se destina a inchaços e manchas, mas a bandagem ou colagem de veias que não são capazes de conduzir sangue das pernas para o coração. Para vasos pequenos e contra estrelas, a escleroterapia é usada – uma técnica que oferece a introdução de espuma na veia. As técnicas cirúrgicas removem a veia com falha, mas não eliminam a causa do fluxo prejudicado.

Fisioterapia

As banheiras de contraste são procedimentos de fisioterapia fáceis de realizar em casa. Tomando banho, você pode adicionar bicarbonato de sódio e suco de limão, usar óleos aromáticos – hortelã, canela, gengibre. Não aqueça a temperatura da água acima de 36 graus.

Nos sanatórios para varizes, use banhos de radônio e aguarrás, terapia de lama, que reduz os processos inflamatórios. Em casa, você pode fazer envolvimentos frios com água salgada, argila azul ou um caldo de sálvia. Nas salas de fisioterapia são utilizados darsonval, microcorrentes e estimulação magnética.

Maneiras adicionais

Mudanças no estilo de vida são uma obrigação. Sessão prolongada provoca e suporta varizes, bem como excesso de peso. Os médicos recomendam reduzir o congestionamento:

  1. Levante-se a cada 30 minutos, tome medidas no local ou suba as escadas por 5 minutos.
  2. Tente reduzir o excesso de peso: mude para uma nutrição adequada e adicione 1-2 horas de caminhada por dia.
  3. Malhas de compressão serão úteis se o peso das pernas permanecer após a sessão. A compressão da canela mantém um nível de pressão para a saída de sangue.

A ginástica terapêutica com varizes não é apenas exercícios com elevações das pernas e uma bicicleta. A cada flexão do quadril, o ligamento inguinal do músculo iliopsoas é comprimido, como quando sentado. Os exercícios devem visar a extensão do quadril e o fortalecimento das nádegas:

  • as pernas balançam em pé de quatro;
  • rola nas costas com o arremesso de pernas esticadas;
  • ascensão da pelve de uma posição sentada no chão, com ênfase no chão;
  • sobe do braço e da perna opostos, deitados na fitball.

Caminhar é um exercício que requer regularidade.

Liberação do diafragma para melhorar a saída venosa. Pegue uma garrafa de plástico de 2 litros e encha com água. Deite-se de bruços, colocando uma garrafa na borda inferior das costelas. Inspire, empurrando as costelas para os lados, respire até que a dor desapareça. A respiração diafragmática envolve a abertura do peito para os lados, que pode ser rastreada pelo movimento das costelas inferiores. O lombo não se dobra. Para liberar os vasos, vale a pena visitar um osteopata.

Complicações e conseqüências

A principal complicação de manchas com varizes é a formação de úlceras tróficas e coágulos sanguíneos. A pigmentação com congestão venosa grave indica que a pele não recebe sangue suficiente e não pode lidar com a excreção de produtos para decomposição de tecidos. Como resultado – o desenvolvimento de úlceras, eczema, supuração, o anexo de outra infecção.

Manchas com varizes indicam uma violação da saída, que é repleta de formação de coágulos sanguíneos e desenvolvimento de tromboflebite. Quase 30% dos pacientes com trombose precisam de cirurgia de emergência dentro de um mês.

Prevenção de vermelhidão e inchaço das pernas

A principal complicação de manchas com varizes é a formação de úlceras tróficas e a formação de coágulos sanguíneos. Quase 30% dos pacientes com trombose precisam de cirurgia de emergência dentro de um mês.

Mudar a cor da pele nas pernas é o último estágio da doença que pode ser evitado mesmo em caminhadas comuns. Medidas preventivas devem ser tomadas entre os jovens. As meninas devem se calar nas férias e usar sapatos confortáveis. O calcanhar causa pressão na pelve pequena, sobrecarregando os músculos, causando varizes. Ao longo da vida, monitore a respiração diafragmática, coma fibra para se livrar da constipação.

Lagranmasade Portugal