O médico trata trombose

Muita informação sobre tromboflebite nas veias das extremidades inferiores: sintomas, princípios de tratamento, complicações.

As consequências da doença são graves. Ao primeiro sinal, você deve procurar ajuda profissional. Um flebologista trata doenças das veias das extremidades inferiores.

Nem em todos os hospitais um médico desta especialização recebe e recebe tratamento. Um flebologista é uma especialização estreita de um médico que lida exclusivamente com o tratamento de problemas associados a veias das extremidades inferiores e outras partes do corpo. Na ausência de um flebologista praticante, vale a pena ir a uma consulta com um cirurgião, preferencialmente vascular. Eles tratam problemas nas veias, incluindo tromboflebite.

A direção da medicina, que lida com essas questões, estudando em detalhes a anatomia das veias das extremidades inferiores, outras partes do corpo, é destacada. Em algumas clínicas, o tratamento complexo de doenças das veias das extremidades inferiores é praticado:

  • O cirurgião remove as veias, realiza operações.
  • Um flebologista trata problemas venosos com métodos médicos, realiza um período de reabilitação, consulta com uma indicação de medidas preventivas.

Na divisão do tratamento, a experiência dos médicos desempenha um papel. Com tratamento oportuno e adequado, podem ser evitados os problemas dos vasos e os efeitos da tromboflebite.

Quando procurar tratamento

A tromboflebite das extremidades inferiores é representada por duas formas:

No primeiro caso, a doença se manifesta, progride sem motivo aparente. Às vezes, é um trauma que precede a doença.

As manifestações da doença são de natureza local, expressas por mudanças externas:

  1. Dor ao longo da veia, aumentando com o movimento.
  2. Rigidez no movimento devido à dor.
  3. Vermelhidão na veia afetada, aumentando com a progressão. A tromboflebite não se caracteriza pelo inchaço da área afetada.
  4. A veia afetada se torna densa devido à inflamação, assemelha-se a um cordão ao toque.
  5. Na área afetada, a temperatura do corpo aumenta, a temperatura geral aumenta.
  6. Muitas vezes doenças, calafrios.

A tromboflebite é perigosa para a migração, a separação de um trombo das paredes do vaso afetado. Faz com que o coágulo entre nas veias profundas, o desenvolvimento de embolia pulmonar. A doença geralmente leva à morte.

A doença crônica leva muito tempo, com exacerbações periódicas da condição. No momento da exacerbação, os sintomas listados são observados. Durante os períodos de calmaria, sintomas externos podem não estar presentes.

Como um médico faz um diagnóstico

Um flebologista externo terá exame externo suficiente, palpação para determinar o diagnóstico. Para determinar a localização, tamanho do coágulo sanguíneo, confirmar o diagnóstico preliminar, o médico precisará de estudos instrumentais – um ultrassom dos vasos.

Quando você precisa visitar um médico

Hoje, o estilo de vida envolve estresse no corpo, especialmente nos vasos das extremidades inferiores. Fatores que provocam varizes, tromboflebite:

  • Ecologia ruim;
  • Situações estressantes;
  • Tempo gasto no computador, sentado na TV;
  • Comida errada.

O tratamento da doença depende das características do corpo, o estilo de vida de uma pessoa. Muitas vezes tromboflebite, varizes ocorrem em mulheres, a razão é usar sapatos estreitos, modelos de salto alto.

Trombose em uma mulher

A consulta ao flebologista é necessária se houver sinais:

  • Dor nas pernas de uma natureza constante e explosiva.
  • Sensação de peso nas panturrilhas.
  • No final do dia, inchaço, vermelhidão na área dos pés e extremidades inferiores.
  • Formações vasculares na forma de estrelas aparecem na pele.
  • Há uma expansão de vasos sanguíneos, veias.
  • Convulsões ocorrem periodicamente, principalmente à noite.
  • Sinais de danos à pele, camada subcutânea, de natureza tromboflebica.

Na primeira consulta, um flebologista examinará as veias do paciente. Com base nos resultados, é decidido se a nomeação de laboratório adicional e exames de hardware são necessários.

A competência do flebologista inclui o tratamento de outras patologias:

  • Úlceras tróficas na pele;
  • Varizes;
  • Veias de aranha;
  • Trombose;
  • Insuficiência venosa.

Graças ao equipamento mais recente, um cirurgião vascular diagnostica com precisão doenças venosas, identifica patologias presentes no corpo e se desenvolve paralelamente à doença subjacente. Para o tratamento, um flebologista indica uma consulta médica com o paciente.

Um resultado favorável do tratamento depende de uma visita oportuna a um médico. O tratamento independente é proibido – atrasa a viagem ao médico, não traz melhorias. Não é proibido usar receitas folclóricas, mas coordenar com um flebologista.

Técnicas modernas usadas em flebologia

Hoje, os flebologistas têm muitas técnicas e hardware, graças aos quais você pode obter um resultado positivo. O tratamento pelo método de afetar as veias afetadas das extremidades inferiores é dividido em três grupos:

  • Métodos de tratamento conservador.
  • Cirurgia radical.
  • Agentes minimamente invasivos.

A terapia medicamentosa é o uso de drogas que, quando combinadas no estágio inicial da doença, dão um resultado favorável.

Medicamentos utilizados no tratamento da tromboflebite:

  • Analgésicos;
  • Medicamentos anti-inflamatórios não esteróides;
  • Rotina derivada que restaura a estrutura das paredes dos vasos sanguíneos;
  • Preparações enzimáticas;
  • Desagregantes;
  • Pomadas e géis com heparina para uso local.

Métodos de tratamento minimamente invasivos incluem a instalação de um implante na veia, que desempenha o papel de um filtro que impede o movimento do coágulo sanguíneo nas veias profundas.

Um método radical é uma operação que permite remover uma seção danificada das veias.

Uma abordagem abrangente para o tratamento da tromboflebite é comum.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tromboflebite: características da doença e especialistas competentes em seu diagnóstico e tratamento

A tromboflebite é um processo inflamatório localizado na parede da veia e acompanhado pela formação de um trombo, que fecha o lúmen vascular.

As causas dessa patologia podem ser agentes infecciosos, trauma na veia, diminuição da velocidade do fluxo sanguíneo, aumento da coagulabilidade e flutuações na reatividade do corpo.

Muitas vezes, a tromboflebite é uma complicação de doenças infecciosas, intervenções cirúrgicas, parto e patologias tumorais. Existem várias classificações de tromboflebite.

Um deles (por localização) distingue doenças de veias superficiais ou profundas. Outra classificação envolve a divisão da tromboflebite em aguda, subaguda e crônica.

A resposta para a pergunta que médico deve ser consultada para o tratamento da tromboflebite é determinada pelo estágio do processo patológico, sua forma e gravidade.

Portanto, é necessário considerar com mais detalhes as características das formas da doença.

Características das formas de tromboflebite

A tromboflebite aguda manifesta-se pelos seguintes sintomas:

  • dor ao longo das veias afetadas;
  • aumento da temperatura corporal;
  • calafrios;
  • hiperemia da pele ao longo das veias.

Se não for tratada, algumas formas de tromboflebite aguda (geralmente causadas por infecções) são acompanhadas pela formação de pus, a formação de abscessos ao longo da veia.

Médico coágulo de sangue

Nanovein  Como aliviar o inchaço das pernas com varizes

Isso pode levar ao phlegmon; portanto, a tromboflebite aguda requer tratamento correto oportuno.

No caso em que a terapia correta da condição não foi iniciada nos estágios iniciais da patologia aguda, aumenta a probabilidade de cronização da tromboflebite.

Em alguns casos, a transição para uma forma crônica também é possível com o tratamento oportuno adequado.

Se aparecerem sintomas suspeitos, consulte um especialista imediatamente. Muitos pacientes estão se perguntando qual médico pedir tromboflebite.

A resposta para isso pode ser mista. Quando os sintomas da patologia aparecem, o terapeuta pode encaminhar o paciente para uma consulta com um flebologista e um cirurgião vascular, dependendo das características do caso clínico.

A trombose é um risco de inflamação e o desenvolvimento de tromboflebite, geralmente os conceitos de trombose e tromboflebite não são compartilhados.

Um médico que lida com trombose e sua terapia deve tomar medidas para evitar o desenvolvimento de reações inflamatórias.

Portanto, é importante saber qual médico consultar com trombose para prescrever o curso correto da terapia.

A ajuda profissional é a chave para o sucesso do tratamento

O principal especialista que possui um nível de qualificação suficiente para o tratamento da tromboflebite é um flebologista.

Este médico é guiado por coágulos sanguíneos nas características anatômicas e fisiológicas das veias, bem como nas manifestações de possíveis patologias vasculares.

A ajuda de um flebologista é especialmente importante nos estágios iniciais do desenvolvimento do processo patológico: o tratamento medicamentoso e fisioterapêutico inibe a taxa de seu desenvolvimento, reduzindo a probabilidade de medidas cirúrgicas.

No tratamento da tromboflebite, a ajuda de um cirurgião vascular também pode ser necessária. Este médico também lida com coágulos sanguíneos como uma ressecção das veias afetadas, o que é aconselhável nos estágios finais da patologia ou em casos graves.

Depois de responder à pergunta, qual médico trata a tromboflebite em diferentes estágios de desenvolvimento, você deve lidar com esses sintomas quando precisar visitar um médico.

Coágulos sanguíneos com os quais o médico deve entrar em contato

Sintomas nos quais você deve consultar um especialista para o tratamento da tromboflebite

A consulta de um flebologista é necessária quando certos sintomas aparecem, incluindo:

  1. Dor nas extremidades inferiores, sensação de peso.
  2. Inchaço das pernas.
  3. O aparecimento de uma "rede vascular" na pele das pernas.
  4. A manifestação de distúrbios tróficos da pele.
  5. Sintomas convulsivos.

Esses sinais indicam um possível desenvolvimento de tromboflebite. Para esclarecer o diagnóstico, o médico prescreve angioscanning duplex. Esta técnica corrige a condição das veias profundas e superficiais, determina a presença de coágulos sanguíneos.

Correção terapêutica da tromboflebite

A terapia dessa patologia é determinada pelo estágio e forma da doença. A forma aguda da tromboflebite requer tratamento hospitalar.

Entre as medidas de terapia não medicamentosa, destacam-se:

  • adesão ao repouso na cama;
  • a posição das extremidades inferiores no pneu para melhorar a saída de sangue venoso;
  • beber em excesso na ausência de contra-indicações;
  • frio ao determinar a pulsação das artérias do pé.

A medida mais importante é a correção médica da tromboflebite, que inclui tomar os seguintes medicamentos:

  1. Medicamentos anti-inflamatórios não esteróides (diclofenaco, cetoprofeno).
  2. Desagregantes (Trental, Reopoliglyukin).
  3. Heparina.
  4. Derivados de rotina (Troxerutin, Rutozid).

Um regime de medicação correto pode ser prescrito por um médico com base em um exame completo do paciente. Como medidas do tratamento fisioterapêutico da tromboflebite, fototerapia, campos magnéticos, a terapia com EHF pode atuar.

Uma abordagem integrada ao tratamento da tromboflebite permite alcançar uma melhoria notável na condição do paciente e reduzir a probabilidade de necessidade de intervenção cirúrgica.

Profilaxia para tromboflebite

Apesar de os métodos modernos de tratamento poderem corrigir com sucesso a doença, é melhor evitar a possibilidade de seu desenvolvimento e progressão.

As principais medidas preventivas, especialmente para a categoria de pessoas predispostas ao desenvolvimento de tromboflebite, devem incluir:

  1. Atadura elástica das extremidades inferiores.
  2. Exercício terapêutico.
  3. Recepção de vitaminas e minerais.
  4. Recepção de banhos de mar e ar.

No caso de risco de desenvolver patologia, é necessário evitar estagnação do sangue (sentado em uma posição), flutuações acentuadas de temperatura (banhos quentes, sauna, banho, insolação prolongada).

Os médicos que tratam a trombose alertam para a necessidade de corrigir o excesso de peso, assim como a recusa em levantar pesos. Para evitar coágulos sanguíneos, os médicos aconselham a melhorar a saída venosa.

Para esses fins, você precisa tomar um banho de contraste, usar um salto baixo, palmilhas macias e também levantar as pernas enquanto descansa.

A educação física regular também ajuda a reduzir a probabilidade de coágulos sanguíneos.

Deve-se lembrar que o acesso oportuno a um médico é a chave para a detecção e tratamento bem-sucedidos de uma patologia tão séria como a tromboflebite. É importante seguir todas as recomendações de um especialista e aplicar medidas preventivas sem exacerbar o processo patológico.

A trombose venosa é um processo patológico que se caracteriza pelo aparecimento de uma obstrução (coágulo sanguíneo) na corrente sanguínea, o desenvolvimento de congestão e a oxigenação prejudicada. Poucas pessoas sabem qual médico trata a trombose venosa e os especialistas observam uma grande porcentagem de visitas tardias a instituições médicas.

O corpo humano é caracterizado por trombose venosa nas extremidades inferiores. Vasos superficiais ou profundos podem se sobrepor. Se houver um bloqueio completo do lúmen, eles falam de trombose aguda.

O flebologista lida com o tratamento do processo patológico

No entanto, operações urgentes são realizadas por um médico com um perfil de cirurgia vascular. A trombose é perigosa não apenas pela formação de alterações distróficas e necróticas locais, mas também por descolamentos de coágulos sanguíneos com subsequente bloqueio dos ramos da artéria pulmonar.

Por que ocorre trombose venosa?

Com trombose, eles procuram o médico com mais frequência nos últimos estágios da progressão da patologia. No entanto, esta doença é sempre o resultado de certas razões, cuja consideração permite reduzir o número de casos clínicos. As veias profundas são afetadas devido aos seguintes fatores:

  • anormalidades anatômicas congênitas dos vasos venosos ou sistema de coagulação sanguínea;
  • patologias oncológicas;
  • doenças endócrinas (na maioria das vezes implica interrupções nos hormônios sexuais);
  • excesso de peso corporal;
  • complicações pós-operatórias;
  • fraturas graves (uma pessoa não se move por um longo tempo);
  • lesão paralítica dos membros inferiores;
  • alguns processos infecciosos (sepse, pneumonia, abscessos de várias origens).

Além disso, estão em risco pessoas com mais de 40 anos que se deslocam pouco no trabalho, costumam fazer vôos longos, fumar ou se envolver em grandes esforços físicos.

Se ocorrer um bloqueio das veias superficiais, que é mais característico do sexo feminino, os seguintes motivos devem ser assumidos:

  • varizes das extremidades inferiores (a principal causa da patologia);
  • doenças do sangue;
  • processos infecciosos;
  • lesões traumáticas ou queimaduras;
  • patologias de natureza alérgica e autoimune;
  • doença cardiovascular;
  • doenças metabólicas;
  • processos patológicos nos pulmões.

Muitas vezes, os pacientes com trombose procuram atendimento médico se houver uma complicação como a tromboflebite. Esta condição ocorre devido a um risco aumentado de infecção da área afetada do membro inferior.

Como identificar a doença?

Os médicos descrevem vários sintomas principais que indicam trombose venosa dos membros inferiores:

  • sensação de peso nas pernas, agravada após esforço físico e à noite;
  • sensação de plenitude nas pernas;
  • síndrome da dor que irradia para a perna inteira, às vezes tocando o períneo e a região lombar;
  • parestesia (sensações de arrepios, dormência, queimação no membro);
  • aumento da perna em volume (inchaço comum);
  • embranquecimento da pele às vezes com um tom cianótico sobre a área afetada;
  • aumento na temperatura local e às vezes geral (especialmente característica de tromboflebite);
  • protrusão das veias safenas devido ao transbordamento de vasos profundos;
  • resfriamento do membro em comparação com um saudável.
Nanovein  Prevenção de trombose das veias dos membros inferiores

Os pacientes geralmente exigem um médico que trate tromboflebite – um processo inflamatório no local da trombose. Esta patologia é caracterizada por vermelhidão, inchaço grave e febre. Às vezes, focos com úlceras tróficas se formam, que são infectados e sangram. A dor aumenta bastante. A condição requer atenção médica imediata.

Características do diagnóstico de trombose na consulta médica

Ao ser admitido em um médico qualificado, o paciente conta todas as nuances do desenvolvimento do processo patológico, indica fatores predisponentes (o médico faz as perguntas principais). Em seguida, é realizado um exame inicial, que já permite suspeitar de trombose venosa profunda no membro inferior. Quando um médico com especialização em perfil restrito (flebologista, cirurgião vascular) está envolvido em trombose venosa, ele é obrigado a conduzir os seguintes métodos de diagnóstico:

  • vários testes funcionais (Marching, Pratt, Homans e assim por diante);
  • Dopplerografia (ultrassonografia);
  • angiografia (exame vascular invasivo).

O último método é o "padrão ouro" para médicos vasculares. Ele permite que você faça um diagnóstico final, esclareça a localização e o tamanho do trombo, escolha o método de tratamento mais eficaz.

Como um médico trata a trombose?

As medidas terapêuticas são completamente dependentes da negligência do processo patológico. Um médico trata a trombose de maneira conservadora e cirúrgica. Certifique-se de usar medicamentos que diluam o sangue e ajudem a dissolver coágulos sanguíneos.

Eficaz é considerada manipulação endoscópica, durante a qual o coágulo sanguíneo é removido. Em casos avançados, é necessário ressecar os vasos venosos.

Se o paciente desenvolver inflamação, são necessários métodos fundamentais para resolver o problema. Um médico trata a tromboflebite com o uso de drogas antibacterianas e procedimentos cirúrgicos. Para evitar essa intervenção invasiva, recomenda-se estudar os materiais para a prevenção de trombose ou visitar um médico que anotará as recomendações.

A tromboflebite é uma inflamação da parede vascular (na maioria das vezes veias) e o aparecimento de um trombo no lúmen de um vaso. O coágulo sanguíneo resultante interfere no fluxo sanguíneo normal e, se romper, representa uma ameaça significativa à vida e à saúde humanas. Portanto, você não pode adiar uma visita ao médico – você deve passar pelos exames necessários e receber tratamento adequado. Nós lhe diremos qual médico trata a tromboflebite.

Flebologista ou Cirurgião Vascular

Mais recentemente, um cirurgião foi encaminhado a um cirurgião para o tratamento de varizes e tromboflebite. Em muitas cidades pequenas, a situação ainda não mudou. Nas grandes cidades, a escolha é mais ampla: ao primeiro sinal de tromboflebite, você precisa entrar em contato com um flebologista. Se necessário, ele encaminhará a cirurgia para um cirurgião vascular.

Preste atenção! Devido à falta de pessoal qualificado, em algumas clínicas não existe uma distinção tão clara: um cirurgião vascular pode muito bem fazer consultas terapêuticas.

Tratamento medicamentoso, exames necessários para estabelecer um diagnóstico preciso – tudo isso é prerrogativa de um flebologista. Um cirurgião vascular está envolvido em operações para remover veias danificadas.

Na primeira visita, o flebologista após um exame visual o direcionará para os seguintes testes:

  • angioscanning duplex (ultra-som) dos vasos sanguíneos;
  • exame de sangue clínico;
  • coagulograma sanguíneo.

Os dois últimos nem sempre são nomeados – principalmente em casos difíceis.

Depois de obter uma imagem clara da doença, o flebologista pode decidir sobre a necessidade de intervenção cirúrgica.

As próprias operações para remover coágulos sanguíneos ou introduzir uma armadilha especial são realizadas por um cirurgião vascular. Eles são realizados de forma planejada e urgente em caso de trombose aguda. Todas as manipulações são feitas sob anestesia geral, após a qual o paciente deve receber medicação, fisioterapia e roupa íntima de compressão.

Recomendação! Antes da cirurgia, o membro afetado deve ser barbeado e lavado. Se a anestesia geral for planejada, os enemas de limpeza serão prescritos antes dele.

Após uma solução cirúrgica para o problema de tromboflebite durante o período de recuperação, é observado por um flebologista.

Qual médico trata tromboflebite em mulheres grávidas

Durante a gravidez, um terceiro círculo de circulação sanguínea aparece no corpo de uma mulher – a placenta. Este é um fardo significativo para o sistema circulatório, e o aumento da coagulação sanguínea, como uma defesa natural do corpo contra futuras perdas de sangue durante o parto, aumenta o risco de tromboflebite.

Em caso de suspeita de tromboflebite, a gestante deve primeiro entrar em contato com o obstetra-ginecologista, no qual ela é observada.

Importante! As primeiras manifestações de tromboflebite ocorrem em um período de cerca de 10 a 12 semanas. Após 30 semanas de gravidez, pode voltar a agravar.

Um obstetra-ginecologista avaliará o risco de coágulos sanguíneos e encaminhará, se necessário, a um hemostasiologista e genética. Se o diagnóstico for confirmado, o hemostasiologista terá que observar toda a gravidez.

Infelizmente, raramente quando ginecologistas obstetras solicitam exames adicionais por um hemostasiologista – os sinais de tromboflebite em mulheres grávidas são bastante embaçados – peso nas pernas, dor nas extremidades inferiores, fadiga. Tudo é muito parecido com varizes simples. A consulta é vital se:

  1. O aborto habitual ocorre – várias gestações anteriores terminaram em congelamento fetal, aborto espontâneo, morte intra-uterina da criança.
  2. A gravidez anterior ocorreu com complicações significativas – formas graves de gestose, insuficiência placentária, descolamento da placenta.
  3. Existem parentes que tiveram distúrbios trombóticos antes dos 50 anos, ou a própria mulher tem esses distúrbios.
  4. Houve várias tentativas falhadas de fertilização in vitro.

Em todos esses casos, o monitoramento da hemostasia de uma mulher grávida é necessariamente realizado durante toda a gravidez (a partir de 10 semanas). O hemostasiologista também prescreve a medicação necessária e uma dieta adequada.

Muito importante! A tromboflebite durante a gravidez é terrível com a formação de coágulos sanguíneos no cordão umbilical – isso pode levar à morte fetal do bebê a qualquer momento, especialmente durante as contrações – o coágulo sanguíneo pode sair e entupir o cordão umbilical. Em um ultrassom comum, isso não é visível – é necessário fazer testes para hemostasia!

Qual médico trata tromboflebite em crianças

É lamentável, mas a tromboflebite pode muito bem se desenvolver em uma idade bastante jovem. Existem várias razões – complicações após doenças infecciosas, violação da bainha venosa e, às vezes, esforço físico excessivo.

Você precisa entrar em contato com um flebologista pediátrico ou um cirurgião vascular.

Sinais de tromboflebite em crianças, nos quais NÃO é possível adiar uma visita ao médico:

  • aumento frequente de temperatura acima de 390º;
  • inchaço das extremidades inferiores;
  • dor ao longo da veia;
  • linfonodos regionais aumentados;
  • hiperemia.

A dificuldade em encontrar o médico necessário é que em muitas cidades geralmente não há especialistas em pediatria nessa área. Nesse caso, você precisa consultar um pediatra que pode lhe dizer onde procurar os médicos certos e enviá-los para os testes mais simples.

Atenção! A tromboflebite infantil requer tratamento obrigatório – você não pode deixar a doença flutuar ou se limitar apenas à medicina tradicional.

Além do exame visual e do ultrassom das veias, um flebologista pediátrico pode prescrever flebomanometria, flebografia e flebocintigrafia. Certifique-se de implantar um coagulograma sanguíneo.

Tromboflebite aguda

Em caso de sinais de tromboflebite aguda, é OBRIGATÓRIO chamar uma ambulância. Em qualquer caso, você não pode adiar a procura de ajuda médica – é melhor não brincar com coágulos sanguíneos; caso contrário, você pode pagar não apenas com saúde, mas também com a vida.

Antes da chegada dos médicos, o paciente deve ser movido para uma posição horizontal, para minimizar a atividade física.

É estritamente proibido fazer massagens e esfregar pomadas!

Lagranmasade Portugal