Nutrição para varizes dos membros inferiores

O tratamento abrangente da maioria das doenças geralmente inclui não apenas vários procedimentos médicos e medicamentos, mas também correção nutricional.

Principalmente, o controle sobre a qualidade e o volume da ingestão de alimentos ajuda a restaurar o equilíbrio das substâncias necessárias ao organismo, bem como a preencher seu déficit, contribuindo assim para a recuperação acelerada. Pelo mesmo motivo, uma dieta para varizes é recomendada para todos os pacientes. No entanto, o mais provável é que seja respeitado ao longo da vida.

Os principais objetivos da dieta para varizes incluem o seguinte:

  1. Diminuição da porcentagem de gordura corporal (perda de peso). A obesidade leva à deposição de placas de colesterol nas paredes dos vasos sanguíneos. Este processo contribui para o agravamento da patologia. Além disso, um aumento no peso corporal aumenta significativamente a carga no coração, artérias e veias. Esses fatores têm um efeito extremamente negativo sobre o estado do fluxo sanguíneo.
  2. Fortalecimento das paredes vasculares, enriquecendo suas células com vitaminas e oligoelementos. Com uma deficiência de nutrientes, a permeabilidade capilar aumenta e, portanto, o tônus ​​venoso é enfraquecido. É por isso que a nutrição para varizes deve incluir alimentos ricos em vitaminas e minerais.
  3. Viscosidade sanguínea diminuída. Com uma deficiência de água no plasma, o coração e os vasos sanguíneos enfraquecem significativamente e, como resultado, sua resistência diminui. As paredes venosas perdem ainda mais o tom anterior, o que aumenta o risco de coágulos trombóticos. Portanto, a dieta para pessoas propensas a varizes das extremidades inferiores é mais direcionada ao combate à desidratação.
  4. Remoção de inchaço das extremidades. Este fenômeno ocorre não apenas devido a danos nas veias. De uma forma ou de outra, o inchaço é geralmente causado pela retenção de líquidos no corpo. Um grande papel também é dado aos erros de nutrição.
  5. Normalização do intestino. Cerca de 2,5 kg de micróbios benéficos que afetam o estado de todo o organismo vivem nesse órgão importante. Além disso, para eliminar uma das causas das varizes pélvicas – estase de sangue nos andares inferiores do tronco, é urgentemente necessária a prevenção da constipação.

Assim, se a dieta para varizes satisfizer todos os objetivos acima, o sucesso das medidas terapêuticas aumentará significativamente.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Quais vitaminas e minerais são mais necessários para varizes?

Na medicina moderna, são identificadas várias substâncias que são mais necessárias para o combate à doença. Estes incluem:

  • A vitamina E é o antioxidante mais forte. É necessário melhorar a saturação de oxigênio das células e restaurar o equilíbrio ácido do corpo. Para compensar a falta de tocoferol, na dieta de varizes das extremidades inferiores, é necessário incluir óleos vegetais (azeitona, girassol, linhaça), ovos, grãos germinados de trigo, sementes de grãos, alface;
  • O ácido ascórbico é um "assistente" no fortalecimento da parede vascular. A saúde e o funcionamento normal das veias dependem em grande parte dessa substância. Além disso, a vitamina C alivia a inflamação e promove o afinamento do sangue, que serve como profilaxia para complicações de varizes em qualquer local. Uma grande quantidade de ácido ascórbico pode ser encontrada em frutas, frutas cítricas, ervas, maçãs, kiwi, tomate;
  • Os ácidos graxos poliinsaturados ômega-3-6-9 são a base de uma célula saudável e, portanto, da parede vascular. Na sua ausência, os complexos de membrana são frequentemente sujeitos a destruição. A ingestão regular de ômega 3-6-9 no organismo garante a prevenção não apenas de varizes, mas também de outras doenças cardiovasculares. Peixes do mar, krill – a principal fonte desses ácidos. Eles também são encontrados em linhaça e espinafre;
  • Fibra Você pode colocar um "sinal de igual" entre o consumo de fibras vegetais e a saúde intestinal. São eles que garantem o bom funcionamento do trato digestivo, o que evita a ocorrência de constipação que, como você sabe, leva à estagnação da pelve. Assim, é necessário o uso regular de cereais, farelos, legumes e frutas para que a dieta com varizes realmente traga benefícios tangíveis ao organismo;
  • Compostos de cobre. Eles fornecem elasticidade das paredes vasculares e também aumentam a resistência do corpo a fatores prejudiciais do ambiente externo e interno. Além disso, o cobre está envolvido na síntese da elastina, uma substância responsável principalmente pela flexibilidade e extensibilidade dos tecidos. Esse microelemento é especialmente rico em frutos do mar;
  • Silício Ele também está envolvido na formação de elastina e colágeno. Contido em legumes, cereais, uvas;
  • Zinco É necessário para a coagulação normal do sangue, bem como para a formação de alguns de seus elementos. O zinco é encontrado em gemas de ovos, fígado bovino, soja e pinhões.
Nanovein  Lazarem tratamento de varizes

Alimentos ricos em silício.

Deve-se notar que existe o chamado "compromisso geográfico" com a escassez de certas substâncias no organismo. Por exemplo, se o paciente é um residente da Rússia Central, provavelmente não possui ácidos graxos. De uma forma ou de outra, a maioria dos pacientes deve comer mais alimentos ricos em vitaminas e minerais.

Quais produtos os especialistas recomendam?

Os pacientes diagnosticados com isso devem incluir imediatamente frutas e legumes frescos em sua dieta diária – eles são a base da nutrição para varizes. É aconselhável comer verduras, frutas, couve-flor e repolho branco, pimentão, abobrinha. Esses alimentos também são ótimos ingredientes para saladas, servidos com uma pequena quantidade de óleo vegetal.

O café da manhã deve incluir carboidratos saudáveis, que fornecem energia ao corpo durante todo o dia.

Os grãos são a fonte de carboidratos "lentos"; portanto, o mingau de aveia, trigo sarraceno ou aveia é ideal para a primeira refeição. Além disso, os cereais são ricos em fibras, antioxidantes e oligoelementos, o que os torna um componente indispensável da nutrição adequada.

Vitaminas e minerais recomendados e onde estão contidos.

A proteína é o "material de construção" de todo o organismo. A proteína é encontrada em grandes quantidades em peixe, carne, ovos e queijo cottage. No entanto, é importante lembrar que uma dieta para varizes das extremidades inferiores deve reduzir a quantidade de gordura consumida.

Portanto, ao escolher o tipo certo de carne, você deve escolher carne bovina, carne de porco magra e peru. Você pode pegar peixe – qualquer. Mas os ovos devem ser consumidos com cautela, pois a gema não é apenas uma fonte de nutrientes, mas também de gordura.

Além disso, muita proteína e vitamina E são encontradas nas leguminosas: ervilhas, feijões e soja.

Frutos do mar na forma de algas e invertebrados (lulas, camarões, moluscos) devem aparecer pelo menos ocasionalmente na mesa de jantar: são a fonte de muitos oligoelementos (iodo, cobre). Além disso, os frutos do mar também contêm muita proteína valiosa com baixo teor calórico.

Para normalizar o intestino, você deve diversificar a dieta com frutas secas. Além disso, damascos secos e ameixas secas contêm oligoelementos como magnésio e potássio, necessários para o funcionamento saudável do sistema cardiovascular.

No verão, você deve comer frutas: groselhas de todas as variedades. groselhas, morangos, cerejas, cerejas, morangos silvestres. Eles são uma fonte de vitamina C, necessária para a restauração da parede vascular. Além disso, as cerejas e cerejas são ricas em bioflavonóides que contribuem para o afinamento do sangue. E, finalmente, as bagas têm propriedades que impedem a formação de coágulos trombóticos.

A composição dos produtos recomendados para o tratamento de varizes das extremidades da pelve inclui óleos vegetais (em pequenas quantidades). Eles contêm gorduras benéficas que fortalecem a membrana celular e ajudam a remover o colesterol dos ramos vasculares. Na terapia dietética, o óleo de girassol, trigo sarraceno, azeitona e linhaça é usado. Nesse caso, é desejável escolher produtos da categoria mais alta da primeira extração.

Produtos recomendados para varizes.

Quais bebidas podem ser incluídas na dieta?

Em qualquer dieta, a água parada simples é considerada a mais benéfica. Recomenda-se tomá-lo em pequenas porções ao longo do dia. No total, um adulto precisa beber pelo menos 2 litros. Para ativar o intestino, você deve beber um copo de água fria pela manhã com o estômago vazio. No entanto, é indesejável beber alimentos com água (é melhor adiar a ingestão de líquidos por meia hora).

O chá verde natural tem uma alta capacidade antioxidante. Além disso, é perfeito para substituir o café (o que é desejável com esta dieta).

Para dar aromas adicionais ao chá e melhorar sua eficácia, você pode adicionar pedaços de raiz de gengibre. Além disso, as propriedades medicinais são possuídas por folhas de groselha, erva-cidreira e hortelã.

Sucos de frutas e vegetais, bebidas de frutas silvestres – este é um "armazém" de vitaminas. No entanto, estamos falando aqui de bebidas espremidas na hora, em vez de enlatadas. Somente sucos de frutas frescas mantêm todas as propriedades benéficas, diferentemente das bebidas embaladas, que contêm conservantes e açúcar, que contribuem para o ganho de peso.

Alimentos e bebidas proibidos

A dieta correta para varizes das extremidades inferiores exclui categoricamente a carne gordurosa da dieta dos pacientes. Essa limitação se deve ao fato de o uso regular de gorduras refratárias garantir um aumento no colesterol no sangue e, consequentemente, sua viscosidade. Além disso, o colesterol contribui para a deposição de placa no interior dos vasos, levando à tromboflebite.

O álcool, assim como uma bebida cíclica, contribuem para a expansão das veias já afetadas. Por esse motivo, no tratamento de varizes, a ingestão desses líquidos deve ser excluída.

Alimentos salgados, defumados e em conserva ajudam a reter líquidos no corpo, causando inchaço. E o efeito tóxico nas veias, por sua vez, é exercido por vários conservantes; portanto, você deve evitar o uso de alimentos de conveniência, comida de rua e todos os tipos de alimentos enlatados prontos.

Você pode reduzir gradualmente o peso corporal, limitando o uso de doces, doces, massas, batatas, sucos embalados. (Para pacientes cujo peso está dentro dos limites normais, é permitido comer doces em pequenas quantidades).

Finalmente, produtos como especiarias quentes, café e chá preto forte são proibidos em doenças do sistema cardiovascular de qualquer local.

Nanovein  Comentários sobre tratamento de varizes yekaterinburg

Características da nutrição em varizes de várias localizações

Note-se algumas recomendações individuais que devem ser observadas para doenças das veias de várias áreas anatômicas.

1. A terapia dietética para varizes das extremidades inferiores é reduzir o conteúdo calórico dos alimentos com excesso de peso corporal. Se o paciente tiver um volume de cintura superior a 94 cm (para homens) e 88 cm (para mulheres), provavelmente eles são os "donos" da síndrome metabólica. Esses pacientes precisam reduzir a quantidade de alimentos consumidos. Para evitar o inchaço das pernas, pratos salgados, defumados e picantes são completamente excluídos da dieta. Os produtos devem ser processados ​​da maneira chamada "suave". Você deve comer fracionadamente, em pequenas porções, 5-6 vezes ao dia.

Varizes do estômago e esôfago.

2. A dieta para o tratamento de varizes da pelve tem características próprias. A principal tarefa aqui é normalizar o intestino, a fim de evitar agravamento da congestão. Para isso, os pacientes precisam da inclusão ativa de cereais, frutas e frutas secas e acompanhamentos de vegetais na dieta. Nesse caso, você precisa minimizar o uso de muffins, doces. Álcool absolutamente excluído, bem como água com gás doce.

3. Uma forma especial de varizes é a expansão das veias do estômago e do esôfago. Com essas patologias, os pacientes precisam regularmente de um café da manhã saudável. A primeira refeição deve ser fácil. Ao mesmo tempo, ácidos, quentes, condimentados, salgados e frios devem ser excluídos devido ao provável efeito "agressivo" desses produtos no sistema digestivo. A comida é dividida em 4-5 porções, desejáveis ​​para comer em intervalos de tempo iguais. Nesse caso, a última refeição deve ser feita no máximo 3 horas antes da hora de dormir.

segunda-feira

  1. Primeiro café da manhã: queijo cottage sem gordura com damascos secos ou outras frutas secas à sua escolha;
  2. Almoço: smoothie de frutas frescas;
  3. Almoço: legumes cozidos para decorar + peixe cozido de qualquer tipo;
  4. Jantar: uma escolha de salada de legumes com óleos vegetais;
  5. Segundo jantar: empada de carne cozida no vapor com legumes.

terça-feira

  1. Primeiro café da manhã: cheesecakes cozidos em banho-maria + 1 colher de sopa de mel;
  2. Segundo café da manhã: frutas batidas com leite desnatado;
  3. Almoço: kefir okroshka com frango + caçarola de batata;
  4. Jantar: salada de cenoura / maçã ralada temperada com creme azedo com baixo teor de gordura ou iogurte natural;
  5. Segundo jantar: um prato de repolho cozido + 100-150 gramas de peito de frango cozido.

quarta-feira

  1. Primeiro café da manhã: mingau Druzhba no leite desnatado com adição de frutas secas de ameixa;
  2. Segundo café da manhã: um copo de kefir com recheio de frutas vermelhas (framboesas, morangos, amoras);
  3. Almoço: sopa de trigo sarraceno + tomate recheado com filé de frango + uma fatia de pão integral;
  4. Jantar: mix de frutas com molho de iogurte;
  5. Segundo jantar: peixe e legumes no vapor.

quinta-feira

  1. Primeiro café da manhã: mingau de trigo sarraceno com leite;
  2. Segundo café da manhã: maçã ou pêra com mel (você pode assar);
  3. Almoço: sopa de legumes + caçarola vegetariana;
  4. Jantar: salada de repolho com azeite + uma fatia de pão integral;
  5. Segundo jantar: arroz cozido + facas a vapor (2-3 horas antes de dormir).

sexta-feira

  1. Primeiro café da manhã: aveia com frutas secas;
  2. Segundo café da manhã: costeleta de legumes no vapor com creme de leite;
  3. Almoço: pilaf com carne magra (peru, peito de frango) + picles;
  4. Jantar: queijo cottage com baixo teor de gordura com a adição de 1 colher de sopa de mel;
  5. Segundo jantar: ensopado de legumes com frango.

Nos fins de semana, as refeições podem ser combinadas. Assim, com o tempo, deve-se construir um entendimento dos conceitos básicos de nutrição adequada. No resultado final, não haverá problemas com a escolha dos produtos. Listados abaixo estão algumas dietas mais saudáveis ​​para varizes:

  • mingau de milho com frutas;
  • borsch vegetariano + peixe cozido no vapor;
  • Salada grega
  • peito de frango cozido com trigo sarraceno;
  • bolinhos de frutas no vapor;
  • omelete de 2 ovos com legumes + caldo de galinha;
  • costeleta de carne com uma pequena quantidade de macarrão (exclusivamente de trigo duro).

Exemplos de pratos do menu recomendado

Incrivelmente saboroso, saudável e, o mais importante, fácil de preparar, é o mingau de milho cozido no forno. Para prepará-lo, você precisa levar uma panela de ferro, despeje o milho lavado no fundo (cerca de 1 xícara), sal, despeje os três copos de leite desnatado. O prato deve ser cozido em fogo médio até que uma crosta marrom apareça na superfície do mingau. Você pode diversificar o prato adicionando frutas secas, bagas e mel.

Omelete com legumes e ervas é um produto proteico satisfatório, fácil de preparar em qualquer cozinha. Em uma tigela pequena, você precisa quebrar 2 ovos, adicionar 100 mililitros de leite e depois bater a mistura resultante. Pique separadamente legumes frescos e ervas na geladeira. Tomate, pimentão, abobrinha, salsa, cebola, endro, manjericão e outros são adequados.

Uma pequena quantidade de vegetais misturados deve ser adicionada aos ovos. Adicione sal e mexa. Em uma panela pré-aquecida untada com uma pequena quantidade de azeite, despeje cuidadosamente a mistura e cozinhe em fogo médio sob uma tampa fechada por 15-20 minutos. Você pode servir omelete com molho de tomate.

Lagranmasade Portugal