Métodos de recuperação após a cirurgia para varizes e recomendações de flebologistas

As varizes são um processo patológico que inicialmente não representa uma grande ameaça e é quase assintomático, desde que a progressão ameace com graves distúrbios circulatórios e sinais clínicos associados.

Para combater varizes, são usadas terapia medicamentosa, remédios populares, roupas íntimas de compressão etc. Mas o método mais eficaz de luta é a cirurgia. Que tipo de operações, quais são suas conseqüências e como consolidar o resultado serão discutidas neste artigo.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tipos de cirurgia para varizes

Antes de tudo, é importante entender que o método de intervenção cirúrgica depende do tipo e do estágio de progressão das varizes. Devido ao fato de que as varizes não são apenas um problema estético, mas também provocam estagnação do sangue nos vasos, formação de úlceras tróficas e até o desenvolvimento de trombofilia, o principal objetivo da operação é restaurar completamente a circulação sanguínea nas pernas ou em outras áreas onde as varizes se desenvolveram.

A decisão de realizar a operação é tomada em conjunto com o médico, as principais indicações são os estágios finais do desenvolvimento da doença ou a ausência do resultado adequado após um certo período de terapia conservadora. Quanto aos tipos de intervenção cirúrgica, vale a pena falar separadamente sobre os mais populares e eficazes.

Flebectomia

Talvez este método de intervenção cirúrgica seja o mais difícil em termos de implementação e duração do período de reabilitação. A flebectomia é realizada nos casos mais avançados de varizes, o método não é apenas difícil, mas também o mais eficaz e cardinal possível.

Cirurgia de veias

A operação é realizada por um cirurgião sob anestesia geral seguida de hospitalização do paciente. Durante a operação, é feita uma incisão na área do vaso afetado, fornecendo acesso à veia. A anastomose do vaso é ligada para interromper o fluxo sanguíneo, após o qual a área afetada é excisada.

Devido à invasão da operação, após a realização, é necessário um longo período de recuperação, sob a supervisão de médicos, curativos etc.

Miniflebectomy

Uma variação muito facilitada da operação descrita acima, que, é claro, é realizada em casos muito menos complexos e avançados de varizes. Com a ajuda da miniflebectomia, os nós vasculares e as seções das entradas de uma veia são removidos.

O princípio da intervenção cirúrgica é baseado no fato de o cirurgião fazer pequenas perfurações na pele. Usando uma ferramenta especial, uma parte da veia pequena é puxada para fora do orifício para posterior excisão.

Nanovein  A varicosidade uterina é perigosa

As vantagens deste método são a sua eficácia, devido a casos estritamente definidos de varizes, bem como a indolência quase completa devido à anestesia local e a um longo período de recuperação. Após a cicatrização das perfurações, nenhuma cicatriz ou qualquer outra marca permanece na pele.

Métodos minimamente invasivos

Métodos minimamente invasivos de intervenção cirúrgica para varizes incluem procedimentos durante os quais os danos à integridade da pele e tecidos moles são mínimos. Após essas operações, o período de reabilitação é de no máximo 1-2 dias (em casos raros) e os procedimentos em si são indolores, pois são realizados sob anestesia local.

Tais métodos de tratamento incluem:

    1. A escleroterapia ou escleroterapia é um método muito gentil no qual as substâncias são introduzidas no vaso afetado por varizes, geralmente na forma de espuma, o que leva à esclerose, ou seja, colagem das paredes dos vasos. Depois disso, a veia é excluída do processo circulatório e gradualmente se resolve, ocorre um processo de substituição pelos tecidos conjuntivos.
    2. A ablação a laser intravenosa é uma maneira moderna, com a máxima eficácia e, de acordo com especialistas, a maneira mais segura. Durante a operação, uma guia de luz laser muito fina é inserida na veia. Quando o laser é ativado, a temperatura sobe no lúmen do vaso, o que leva à ligação térmica de suas paredes. O laser é ativado no processo de tração reversa, de modo que as paredes da embarcação são soldadas ao longo de toda a área necessária. A precisão da operação é alcançada através do uso simultâneo de uma máquina de ultrassom.
    3. Obliteração por radiofrequência – um cateter é inserido no lúmen venoso, equipado com um guia de ondas radial, fornecendo energia ponto a ponto por radiofrequência. Este procedimento é baseado no processo de coagulação do endotélio da veia, que também leva à colagem das paredes vasculares. Como mencionado anteriormente, a veia selada é subseqüentemente substituída por tecido conjuntivo sem nenhum dano ao corpo e ao sistema circulatório.

Ablação por laser intravenoso

Quais poderiam ser as consequências imediatamente após a cirurgia

Independentemente da complexidade e escala da operação, qualquer intervenção no funcionamento normal do corpo é estressante. Portanto, antes da cirurgia, se não fosse urgente, o médico recomendaria ao paciente o processo de preparação, que deve ser rigorosamente observado. Nesse caso, a probabilidade de desenvolver complicações é reduzida e, em alguns casos, até o período de reabilitação é acelerado.

Falando especificamente sobre quais podem ser as consequências, vale a pena distinguir separadamente o período pós-operatório após a flebectomia e após os métodos de tratamento minimamente invasivos:

  • Flebectomia – como mencionado acima, durante a operação, o cirurgião faz uma incisão na pele e também disseca os tecidos moles se for necessário chegar às veias profundas. Nesses casos, após a operação, o paciente é atormentado pela dor na área da incisão, o que é compreensível, o médico prescreve analgésicos. Além disso, hematomas, hematomas podem se formar sob a pele. Nesses casos, é importante prestar atenção ao local do sangramento interno; se não houver vermelhidão acentuada, o processo de cicatrização é normal, o hematoma se resolve com o tempo.
    É extremamente importante no pós-operatório monitorar a condição das suturas, pois elas devem ser processadas regularmente e realizados os curativos, substituindo os curativos por limpos. Durante todo esse tempo, é mostrado ao paciente descanso físico máximo, a perna não deve ser carregada para que as costuras não se separem. As suturas são removidas aproximadamente 8 a 10 dias após a operação, há um processo de regeneração ocorrendo normalmente. Além disso, após a cirurgia, pode haver inchaço no local da incisão.
  • Cirurgia minimamente invasiva – tratamentos minimamente invasivos para varizes são muito menos traumáticos. Na maioria dos casos, o processo de cicatrização ocorre em apenas 2-3 dias, desta vez é recomendável usar um curativo ou selar o local da punção com um curativo. Em casos raros, a consequência do procedimento pode ser queimadura, perfuração da parede vascular, hematoma. No entanto, essas conseqüências se devem principalmente à negligência dos médicos.
Nanovein  Noz-moscada no tratamento de varizes

Após a cirurgia para remover varizes

O que é recomendado que seja feito durante o processo de reabilitação

Recomendações durante o processo de recuperação são dadas pelo cirurgião ou flebologista, envolvido no tratamento de varizes. Em geral, eles não são muito complicados e estão relacionados principalmente à reabilitação após a flebectomia:

  1. Crie condições de repouso para o membro em que a operação foi realizada.
  2. Realize curativos diários, mas uma enfermeira deve fazer isso até que os pontos sejam removidos.
  3. Quando a ferida é curada, é importante iniciar a fisioterapia.
  4. É recomendável usar roupas de compressão por um longo tempo.
  5. É importante comer direito, especialmente durante o período de recuperação. Os alimentos devem ser saudáveis, ricos em vitaminas e não muito pesados.
  6. Se os medicamentos foram prescritos por um médico, eles também devem ser tomados rigorosamente, seguindo estritamente estas instruções.

Para ter uma visão mais completa do processo de reabilitação e recuperar após a cirurgia da maneira mais eficiente possível, consideraremos as principais posições com mais detalhes.

Exercícios

O complexo mínimo de exercícios simples para recuperação deve ser feito 1-2 vezes ao dia, é assim:

  1. Caminhada, durante a qual você precisa rolar o pé do calcanhar aos pés.
  2. Dobre delicadamente e dobre a perna no joelho.
  3. Deitado de costas, faça exercícios de “bicicleta” e “tesoura”.
  4. Também vale a pena dedicar mais tempo para caminhar e caminhar, mas não para permitir excesso de trabalho intenso.

Roupa interior de compressão

Recomenda-se usar meias de compressão tanto para prevenção quanto como parte do tratamento abrangente de varizes e durante o período de recuperação após a cirurgia, mesmo a mais insignificante.

Após a cirurgia, essa roupa de baixo mantém o tônus ​​vascular, evita sangramentos. Como roupa de cama, você pode escolher meia-calça, meias até o joelho, meias ou meias, dependendo de quanto da perna foi operada.

fisioterapia

A fisioterapia após a cirurgia é indicada por um paciente que desenvolveu complicações na forma de úlceras tróficas. Nesses casos, é necessário fazer um curso de quartzização ou terapia UHF.

Massagens

Aumento do tônus ​​vascular e muscular, restauração da mobilidade, ativação de processos regenerativos e metabólicos. Tudo isso pode ser alcançado entrando em contato com um massagista experiente que pode acelerar significativamente a recuperação.

Ajuste de potência

Também discutimos a necessidade de nutrição adequada. Antes de tudo, é importante saber que, por enquanto, é melhor excluir o café da dieta, além de alimentos muito gordurosos, salgados, doces, defumados, apimentados e fritos. Dê preferência a frutas e legumes, lavouras, laticínios e carnes dietéticas.

Lagranmasade Portugal