Mel para tratamento de varizes

IMPORTANTE! Para marcar um artigo, pressione: CTRL + D

Você pode fazer uma pergunta ao médico e obter uma resposta gratuita preenchendo um formulário especial no NOSSO SITE neste link >>>

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tratamento de varizes com mel: receitas, loções e críticas sobre o método

A medicina moderna não pára, mas até hoje as pessoas estão usando ativamente remédios populares. Especialmente, eles são usados ​​para tratar as doenças que nem sempre são facilmente passíveis de terapia conservadora, tais doenças incluem, por exemplo, varizes das extremidades inferiores.

O que são varizes?

Esta é uma patologia complexa que ocorre sob a ação de um conjunto de fatores predisponentes:

  • predisposição genética;
  • estilo de vida sedentário;
  • aumento da carga nas pernas;
  • usando sapatos desconfortáveis ​​e apertados;
  • fraqueza do tecido conjuntivo;
  • doenças concomitantes (diabetes mellitus, hipertensão e outras).

Com a combinação de certos fatores, os fenômenos de estagnação ocorrem inicialmente em um grande círculo de circulação sanguínea das extremidades inferiores.

Isso, em primeiro lugar, causa desnutrição dos tecidos moles, principalmente os músculos das pernas, e, em segundo lugar, provoca alterações patológicas na parede vascular.

O resultado desses fenômenos é um foco de inflamação crônica no endotélio das veias, processos estagnados são agravados, a pressão no leito venoso diminui e ocorre o refluxo – refluxo do sangue devido à falha do aparato valvar das veias.

No futuro, a parede do vaso se torna mais fina, ocorrem aneurismas em alguns locais – expansão local da parede da veia devido à sua extensão e enfraquecimento. Nesse caso, a doença pode afetar as veias superficiais e profundas das extremidades inferiores.

Tudo isso causa sintomas desagradáveis, como dor nas pernas, queimação, cãibras noturnas, gravidade, edema devido à drenagem linfática prejudicada, danos à pele.

A eficácia dos métodos populares

Existem várias instruções no tratamento de varizes das pernas:

Dos métodos da medicina tradicional, geralmente são usadas pomadas, compressas, loções, envolvimentos, tinturas para administração oral, chás fortificantes e decocções.

Ervas, frutas, óleos essenciais, produtos da apicultura, vinagre, frutas cítricas, óleo de peixe, argila, raiz de gengibre, nozes e muitos outros componentes de origem vegetal e animal são usados ​​para fazer esses produtos.

A questão da eficácia dos remédios populares em comparação com os métodos clássicos de tratamento é bastante controversa.

Os médicos consideram que tratamentos alternativos são eficazes:

  • nos estágios iniciais da doença;
  • em combinação com medicamentos prescritos por um especialista;
  • como terapia de manutenção após a cirurgia.

Assim, o uso da medicina tradicional é aconselhável apenas em combinação com métodos conservadores de terapia.

Métodos de tratamento

No tratamento da insuficiência venosa crônica das extremidades inferiores, há muito que se estabelecem produtos para apicultura: própolis, veneno de abelha e, é claro, mel. Comentários sobre o tratamento de varizes com mel são principalmente positivos ou neutros. Esses fundos podem ser usados ​​externamente e internamente.

Propriedades úteis de mel?

O mel é o néctar, composto por carboidratos simples (frutose, glicose) e dissacarídeos (sacarose), contém vitaminas B, vitamina C, provitamina A, ácido fólico, além de cálcio, ferro e magnésio.

Esses componentes determinam suas propriedades no tratamento de varizes com mel das veias das pernas:

  • Tem um efeito geral de fortalecimento, aumenta a imunidade do corpo e a resistência a infecções;
  • aumenta o tônus ​​muscular, ativa o desempenho;
  • importante – melhora a circulação sanguínea, acelera o fluxo sanguíneo através dos vasos, melhora o suprimento sanguíneo para os órgãos;
  • melhora o funcionamento do trato gastrointestinal e do sistema cardiovascular.
  • reduz a dor, suaviza cãibras nas pernas.

Receitas e métodos de aplicação

Aqui estão algumas receitas para o uso do mel no tratamento de varizes das extremidades inferiores.

interno

  • Reforço da composição vitamínica. Mel, nozes, limão, damascos secos e passas são levados a gosto. Esses ingredientes podem ser picados em um moedor de carne ou liquidificador, ou simplesmente misturados e tomados por via oral com o estômago vazio uma vez por dia por uma colher de chá.
  • Mistura de cebola e mel. A cebola também se estabeleceu como um excelente remédio para varizes. Em proporções iguais, mingau de cebola ou suco de cebola é tomado e misturado com mel. A mistura deve ser infundida na geladeira por três dias e depois é tomada em uma colher de sopa antes das refeições.
  • Suco de cenoura e beterraba com mel. Outra receita útil para varizes: um copo de mel líquido é misturado com meio copo de suco de cenoura e meio suco de beterraba. Você pode adicionar um pouco de suco de limão. A mistura é aplicada uma colher de sopa três vezes ao dia.
  • Mel e maçã. A combinação usual, no entanto, o método de cozimento não é muito comum. Maçãs, cortadas em fatias grandes, são derramadas com mel e cozinhe no fogão até ferver. A mistura resultante pode ser triturada na forma de purê de batatas e tomada 2-3 vezes ao dia por uma colher de chá ou comer uma fatia de maçã com uma colher de mel de uma só vez.
  • Infusão de camomila com mel. Ingredientes secos: camomila, calêndula e erva de São João são vertidos com água fervente e infundidos por uma hora. O caldo é filtrado e, em uma infusão quente, você precisa adicionar uma colher de sopa de mel a um copo de líquido. Antes de cada refeição, você precisa beber 50 ml desta infusão.

Além disso, o mel com varizes pode ser usado na forma de pomadas e envolvimentos medicinais. Mas isso é aceitável apenas nos estágios iniciais da doença – loções com mel para varizes com danos óbvios à pele, úlceras tróficas são inaceitáveis.

Na ausência de contra-indicações, você pode usar esta composição: 3 partes de manteiga e uma parte de mel são misturadas e aplicadas à pele com uma camada fina. Você pode usar essa ferramenta como uma pomada ou envolver uma área da pele com filme adesivo por não mais de 15 minutos – então é obtida uma cobertura terapêutica.

Conclusão

Vale ressaltar a eficácia do mel na prevenção de varizes. Mesmo tomar uma colher de sopa de produtos de mel por dia durante vários meses ajuda a reduzir o risco de varizes várias vezes.

Tratamento de varizes com mel: características da terapia

Todos esses sinais de varizes trazem grandes inconvenientes e levam ao desenvolvimento de insuficiência venosa. Atualmente, poucas pessoas podem se orgulhar de não ter problemas com as pernas, principalmente quando precisam estar constantemente em pé pela ocupação. Felizmente, existem muitas maneiras e métodos para o tratamento dessa patologia: roupas íntimas especiais para compressão, comprimidos, pomadas e fricção. Muitas pessoas preferem usar remédios naturais e cozinhar de acordo com as receitas em que a medicina tradicional é tão rica.

Mel e suas propriedades

As propriedades curativas de um produto como o mel são conhecidas há muito tempo. Isto é devido à sua composição. Possui muitas vitaminas e minerais, sacarídeos (glicose e frutose).

Portanto, o mel ajuda com muitos problemas, tem um certo efeito no corpo:

  • aumenta a imunidade;
  • melhora o funcionamento do músculo cardíaco;
  • melhora processos metabólicos;
  • estabelece um equilíbrio normal de água e sais, bem como a acidez dos ambientes internos;
  • acelera a regeneração das fibras do tecido conjuntivo e das paredes dos vasos;
  • otimiza o suprimento de oxigênio e nutrientes aos tecidos, melhorando a microcirculação periférica e a circulação sanguínea geral;
  • restaura a condução normal do impulso nervoso ao longo das fibras e nas sinapses;
  • normaliza o sistema digestivo.

A capacidade deste produto para melhorar a circulação sanguínea e inibir a congestão é usada no tratamento de varizes.

Métodos de tratamento

O mel pode ser usado se houver uma violação do fluxo venoso dentro e como agente externo. O uso adequado e o cumprimento das recomendações para a preparação ajudarão em um curto período a eliminar dores e cãibras nas fibras musculares das pernas. E os vasos se tornarão mais fortes e mais elásticos.

A doença pode ser tratada em qualquer estágio, mas deve ser realizada corretamente. A terapia combinada, incluindo técnicas clássicas e populares, eliminará ou aliviar rápida e efetivamente as principais manifestações das varizes.

Uso interno

O uso habitual de mel em uma quantidade de 50 g por dia, que deve ser tomado antes de dormir e com o estômago vazio, ajudará a alcançar um resultado positivo. Se desejado, pode ser lavado com água. Melhor ainda, se você preparar medicamentos à base de mel, que incluem outros ingredientes naturais:

  1. Pegue a mesma quantidade de raspas de limão, sementes de nozes, damascos secos, ameixas e mel. Moa e misture bem todos os ingredientes. Tome 1-2 colheres grandes, algum tempo após uma refeição. O curso do tratamento é de um mês, então você deve fazer uma pausa pelo mesmo período. Se necessário, a recepção pode continuar.
  2. Para a próxima receita, você precisará de suco de cenoura e beterraba, tomado em um copo, com a adição do mesmo copo de mel e suco de um limão de tamanho médio. Tudo deve ser bem misturado e tomado três vezes em uma colher grande.
  3. Se você é propenso a coágulos sanguíneos, deve preparar uma tintura de avelã comum. Para este fim, são derramados 30 g de uma planta seca com meio litro de vodka e infundidos por uma semana com agitação periódica. Prepare tintura deve estar na luz. Depois de coar, adicione 40 g de mel, mexa e leve à geladeira em um recipiente fechado. Beba 20 ml três vezes por três semanas, com o estômago vazio.
  4. Para uso interno, uma solução deste produto apícola em água e vinagre de maçã também é adequada (cada componente é tomado em uma colher de sopa e um copo de água). Você precisa beber o medicamento completamente no intervalo da manhã ao café da manhã.
Nanovein  Causas, diagnóstico e tratamento de varizes do esôfago

Para evitar a expansão venosa, uma colher de mel deve ser consumida todos os dias com o estômago vazio. Também é permitido dissolvê-lo em um copo de água morna e beber pela manhã.

Uso ao ar livre

Como remédio externo, existem maneiras de tratar veias doentes nas pernas com a ajuda de compressas, banhos, pomadas:

  1. Faça um banho de pés, tomando 5 litros. regar 100 ml de um produto doce. A temperatura deve estar quente, as pernas com veias dilatadas devem ser imersas ali por um quarto de hora. Após o procedimento, eles precisam ser limpos com uma toalha embebida em água fria. Tomar banho é necessário uma vez por dia, antes de dormir, por uma semana.
  2. Para a prevenção e tratamento dos estágios iniciais, uma pomada ajuda. Consiste em três partes de mel e uma parte de manteiga. Eles são moídos para homogeneidade e aplicados às áreas afetadas duas vezes por dia.
  3. O método de preparação a seguir permite aliviar a condição com tromboflebite e varizes. Você precisa misturar o produto apícola e o absinto picado seco em quantidades iguais (geralmente são necessários cerca de 30 g de cada ingrediente) e prender na perna. Repita o procedimento a cada dois dias, duas semanas.
  4. Existe uma técnica de tratamento oferecida pelo famoso curandeiro Bolotov. Ele recomenda o uso de mel para varizes e a combinação de plantas salgadas. Algas marinhas são mais adequadas. Esses produtos devem ser aplicados todos os dias, por três meses consecutivos.
  5. Ele recomenda Bolotov e usa envoltórios de mel com sal marinho fino. É produzido em mel e aplicado na pele. Mantenha a compressa por 4 horas e depois mude para nova, várias vezes ao dia. Esse tratamento é contra-indicado em caso de violação da integridade da pele (presença de rachaduras e feridas).

Contra-indicações

O uso de mel para varizes não é indicado nesses casos:

  • uma reação alérgica a este e outros produtos da apicultura;
  • proibição de ingestão de carboidratos.

Em alguns casos, tomar mel exige cautela. Normalmente, você deve consultar seu médico ao tratar com mel em pessoas que sofrem de tais anormalidades:

  • colite;
  • doenças pancreáticas;
  • diabetes mellitus;
  • cálculos biliares;
  • forma aguda de reumatismo;
  • condição após colecistectomia;
  • gastrite e úlcera péptica.

Não é recomendável usar o produto para uso externo em caso de síndrome febril, que é acompanhada de febre alta. As crianças podem receber mel após os três anos de idade, na ausência de uma reação alérgica e sob recomendação de um pediatra.

O mais importante é usar o mel adequadamente no tratamento de varizes. Antes de iniciar o tratamento, você precisa garantir que não haja alergia a este produto apícola.

Postado por Victoria Lopushanskaya, Doctor,

especialmente para Xvarikoz.ru

Vídeo útil sobre o tratamento de varizes

Tratamento de varizes com mel: receitas, loções e críticas sobre o método

As varizes são uma doença muito comum, com a maioria das mulheres doentes. Com a doença nos estágios posteriores, a terapia medicamentosa lida com sucesso e, em casos extremos, a cirurgia é prescrita para tratamento.

No entanto, nos estágios iniciais, você pode conviver com remédios populares mais suaves, um deles é o mel; a partir de varizes nas pernas, é tomado por via oral ou usado como compressa.

O que são varizes?

As varizes são uma patologia na qual as paredes dos vasos se tornam mais finas e elas mesmas são deformadas devido à pressão sanguínea. Devido ao fluxo sanguíneo prejudicado, o sangue estagna nas pernas, estourando veias por dentro. Muitas vezes, as varizes levam à formação de coágulos sanguíneos, sua outra conseqüência perigosa é a ruptura das veias.

No estágio inicial, as varizes externas são invisíveis, mas o peso pode ser sentido nas pernas. Alguns experimentam dor latejante irracional, espasmos nas panturrilhas. Um dos primeiros sinais visíveis de varizes são veias de aranha na pele e contusões. Em estágios posteriores, as veias se tornam visíveis sob a pele, esbugalhando-se para fora, a cor dos tecidos muda.

As causas das varizes são diversas:

  • roupas muito apertadas;
  • sapatos desconfortáveis ​​apertando as pernas;
  • salto alto;
  • excesso de peso;
  • maus hábitos;
  • estilo de vida sedentário;
  • trabalho em pé;
  • gravidez;
  • fatores hereditários;
  • complicações após a cirurgia;
  • patologias congênitas de veias, etc.

Para a prevenção e tratamento de varizes, são utilizados lençóis de compressão, pomadas especiais e géis. Em um caso extremo, uma operação é prescrita para remover as áreas afetadas das veias.

Quanto aos remédios populares, na maioria das vezes eles são usados ​​apenas como auxiliares. É possível substituir completamente a terapia por compressas de ervas e mel, banhos, etc., é necessário consultar o seu médico.

Os métodos tradicionais de tratamento são eficazes?

Independentemente do tipo de ingrediente utilizado, os remédios populares são divididos em dois grupos principais:

  • para uso interno;
  • para uso ao ar livre.

No primeiro caso, estamos falando de uma variedade de decocções e tinturas, além de ajustar a dieta, levando em consideração as recomendações populares. Use externamente pomadas caseiras, cremes, banhos, compressas e loções. No caso de varizes, os dois grupos de remédios populares são usados ​​para melhorar a circulação sanguínea e fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos.

Importante! Muitos remédios populares têm um efeito cumulativo, o curso do tratamento pode durar um bom tempo, diferentemente dos medicamentos.

Mas a eficácia do tratamento com remédios populares depende do estágio da doença.

Se a varicosidade apenas começar a se manifestar na forma de fadiga nas pernas ou pequenos asteriscos vasculares, você poderá usar métodos alternativos, incluindo exercícios.

No entanto, com formas mais severas de varizes, decocções de ervas e loções não são eficazes como um tratamento completo, métodos mais sérios são necessários aqui, incluindo cirurgia.

De uma forma ou de outra, se você suspeitar de varizes, entre em contato com um flebologista. Com base nos resultados do exame, o médico prescreverá o tratamento necessário.

A combinação da terapia medicamentosa com os métodos domésticos é possível somente após consulta a um especialista. Uma escolha independente de medicamentos ou receitas populares só pode exacerbar o problema.

O que você precisa saber sobre o mel

O mel é um dos alimentos mais saudáveis. É utilizado no tratamento de doenças, como produto cosmético, para aumentar a imunidade e saturar as vitaminas. O mel pode ser armazenado por muito tempo, sem perder as substâncias benéficas. Para fins medicinais, o mel pode ser consumido em sua forma pura ou fazer várias pomadas, etc.

Antes de escolher as receitas apropriadas e preparar pomadas e compressas de mel, é aconselhável estudar melhor o efeito deste produto no corpo. O tratamento com mel para varizes nem sempre é benéfico, pois contém alérgenos. O que mais é importante considerar:

  1. O mel contém uma grande quantidade de açúcar; portanto, no diabetes mellitus é impossível usá-lo para tratamento.
  2. A estrutura do mel é heterogênea, motivo pelo qual é frequentemente usada como esfoliante. Os menores cristais podem danificar a pele sensível se você usar pomadas de mel e esfregar.
  3. Compressas e unguentos à base de mel são muito populares; no entanto, ao usá-las, é importante considerar que o mel obstrui os poros. Além disso, o mel ao interagir com a pele pode causar um aumento da pressão nos capilares mais próximos da superfície.
  4. Pessoas que sofrem de alergias não devem usar nenhum produto à base de mel.

Para o tratamento de varizes, o mel de trigo sarraceno e trevo é mais eficaz. Só pode ser utilizado como agente terapêutico na ausência de contra-indicações.

Mel para varizes

O mel é um remédio universal útil para todo o organismo. Mas para o tratamento de varizes, em primeiro lugar, vale a pena prestar atenção à sua capacidade de fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos e promover uma boa circulação sanguínea.

São essas qualidades mais importantes que tornam o mel um componente tão valioso de pomadas e compressas para varizes.

Para evitar varizes, basta comer mel em sua forma pura ou adicioná-lo a pratos e bebidas. Uma dieta com mel também é eficaz nos estágios iniciais da doença, mas é melhor usar o mel em combinação com outros componentes.

Importante! A ingestão de mel para varizes no interior é mais eficaz que o uso externo.

Receitas para uso interno

Para ingestão, decocções e infusões são preparadas com mel e outros ingredientes. Usando ervas, é recomendável que você primeiro consulte um especialista e verifique alergias.

Cada planta medicinal, além de suas propriedades benéficas, possui uma lista de contra-indicações; portanto, ao comprar ervas em uma farmácia, você deve ler atentamente as instruções. Aqui estão algumas receitas úteis:

  1. Infusão de alho e mel. Para preparar este produto, você precisará de mel na forma líquida (350 g) e alho amassado ou picado (250 g). Ambos os componentes devem ser misturados da melhor forma possível e despejados em uma jarra de vidro. A infusão deve ser armazenada por 7 dias em local escuro e seco, após o que pode ser tomada três vezes ao dia por 1 colher de sopa. colher antes de comer. O curso do tratamento é de 1 a 2 meses.
  2. Mel com frutas secas e castanhas. Damascos, passas e nozes secos em uma quantidade arbitrária devem ser picados e misturados. É adicionado mel à mistura; raspas de limão ou laranja podem ser adicionadas para dar sabor. O medicamento é tomado após as refeições por 3 colheres de chá, a duração do curso é de 1 mês.
  3. Mel com suco de vegetais. O suco de cenoura e beterraba é misturado com mel em proporções iguais; em seguida, o suco de limão fresco deve ser adicionado à mistura e misturado novamente. O produto resultante é tomado em uma colher de sopa três vezes ao dia.
  4. Tintura de álcool em ervas com mel. Para preparar este produto, você precisa preencher 30 g de comida aromática com 500 ml de vodka. A mistura deve ser infundida ao sol por uma semana, momento em que é importante agitar a garrafa periodicamente. Filtre a tintura e misture com mel (40 g), a mistura deve ser armazenada na geladeira. É necessário tomar o medicamento 20 gotas antes das refeições, a duração do curso é de até três semanas.
Nanovein  Dieta terapêutica para varizes (2)

Também é útil comer duas colheres de sopa de mel todos os dias. Isso não só ajudará a fortalecer o sistema vascular, mas também será uma excelente prevenção de resfriados.

Uso externo de mel

Quanto ao uso externo, as opiniões dos médicos sobre o tratamento de varizes com mel não são tão claras. Por um lado, na ausência de alergias, essa é uma opção segura, no entanto, substâncias benéficas praticamente não penetram nos tecidos através da pele.

Obviamente, compressas de mel, bandagens e pomadas podem ser usadas para tratamento, mas, na ausência de alterações positivas, vale a pena escolher outros meios.

Como fazer uma simples compressa de mel:

  1. Lubrifique o pano de algodão ou gaze dobrada em várias camadas com mel.
  2. Aplique a compressa com o lado do mel para dentro na área afetada da perna.
  3. Enrole o pano com um filme.
  4. Fixe a compressa com um curativo, se necessário, coloque uma meia de lã quente na perna.

A primeira compressa deve ser removida após duas horas e depois aumentar gradualmente o tempo do procedimento até a noite inteira. O curso completo do tratamento é de 50 procedimentos, não é recomendável fazer pausas.

Além de loções com mel para varizes, é usada uma pomada à base de mel e manteiga (3 a 1). Os banhos de pés com mel também são úteis, recomenda-se fazê-los todos os dias por uma semana, 5 litros de água morna e 100 g de mel são suficientes para o procedimento.

Mantenha os pés na água por 10 minutos e depois esfregue com uma toalha embebida em água fria. Esse contraste de temperatura permite manter os vasos em boa forma, fortalecendo-os. Em vez de água, decocções de ervas podem ser usadas para maior eficácia.

Conclusão

Apesar das muitas propriedades úteis, o mel é muito mais eficaz como profilático contra varizes e é mais útil quando tomado por via oral. Este produto melhora a circulação sanguínea e fortalece as paredes dos vasos sanguíneos, sendo útil para a saúde do sistema cardiovascular.

Mas o uso externo como agente terapêutico praticamente não traz benefícios, portanto, a esse respeito, é melhor consultar seu médico.

Tratamento varicoso do mel

Varizes (varizes) são uma das doenças mais comuns do planeta. É diagnosticada em cada décimo adulto. Existem muitos métodos e métodos para o tratamento de varizes, mas talvez o mais acessível e facilmente viável em casa seja o tratamento do mel (e produtos da apicultura). Sua principal vantagem é que os ingredientes necessários para a preparação de poções de cura são encontrados em todos os lares.

As propriedades curativas do mel

Desde tempos imemoriais, a humanidade conhece as propriedades curativas do mel, considerando (não sem razão) esse produto como um elixir da juventude e da beleza.

O mel consiste em sacarídeos de fácil digestão – glicose e frutose. Além disso, possui mais uma propriedade única e muito útil, que literalmente lê apenas os produtos alimentares – a capacidade de preservar vitaminas e minerais durante o armazenamento a longo prazo.

As propriedades curativas do mel foram amplamente utilizadas por curandeiros e curandeiros antigos, e são amplamente conhecidas em nossos dias. O mel é um dos meios universais de curar o corpo humano:

  • ele é capaz de aumentar a imunidade;
  • combate vírus maliciosos;
  • melhora a função cardíaca:
  • melhora o movimento do sangue através dos vasos;
  • melhora a circulação sanguínea no corpo;
  • melhora o trato gastrointestinal.

A capacidade do mel para melhorar a circulação sanguínea no corpo é especialmente importante no tratamento de varizes.

Para prevenir esta doença, basta consumir 2 colheres de sopa por dia. mel – e a probabilidade de varizes diminuirá dez vezes.

O mel e outros produtos da apicultura combatem com sucesso os sintomas da doença nos estágios iniciais de sua manifestação (quando veias azuis de veias aparecem nas pernas) e com estágios avançados de varizes.

Como usar o mel para tratar varizes?

O mel para o tratamento de varizes é usado externamente e internamente e, ao mesmo tempo:

  • salvar da dor nos músculos da panturrilha;
  • eliminar cólicas severas;
  • tonificará os vasos das pernas.

Ingestão de mel

Para o tratamento de varizes, o mel deve ser consumido de 50 a 60 g por dia. Para alcançar um efeito terapêutico, é consumido com o estômago vazio ou na hora de dormir. Aqueles que não conseguem comer mel (há uma sensação de "cócegas" na garganta) podem beber com água ou adicionar qualquer bebida.

Existem muitas receitas da medicina tradicional à base de mel em combinação com decocções de ervas, sucos vegetais e outras plantas medicinais, com as quais tratam varizes. Eles podem ser cozidos em casa, mesmo por um chef inexperiente.

Vamos dar o mais popular destas receitas:

  1. "Mistura indiana". Para esta mistura, você precisará (em proporção arbitrária, a seu gosto): nozes picadas; ameixas secas damascos secos; casca de limão ralada; querida. Moa todos os componentes (você pode passar por um moedor de carne ou moer no liquidificador) e misture bem. Tome uma mistura de 2-3 colheres de chá. depois de comer por um mês. Então você precisa fazer uma pausa por um mês e repetir o curso novamente. Em seguida, pausas alternativas e o curso da mistura (você pode repetir até o infinito). Essa ferramenta terá um efeito positivo não apenas nas lesões varicosas, mas também nos sistemas cardiovascular e digestivo, além de fortalecer a imunidade.
  2. Outra receita: 1 copo de suco de beterraba é misturado com 1 copo de suco de cenoura, 1 copo de mel é adicionado, misturado e, em seguida, suco de 1 limão é adicionado a esta mistura e misturado novamente. Tome 3 vezes ao dia para 1 colher de sopa.
  3. Moa 500 g de salsa fresca e raiz de aipo, misture e despeje com 1 litro de água. Deixe ferver, retire do fogo, deixe esfriar a 45-50 ° C, adicione 1 kg de mel ao caldo (o mel não pode ser adicionado à água fervente ou ferva – ele perderá suas propriedades curativas), mexa e deixe fermentar por 3 dias. Tome 3 vezes ao dia antes das refeições, 3 colheres de sopa.
  4. Corte 3-4 maçãs grandes em fatias grandes, coloque em uma panela de esmalte e despeje 1 litro de água fervente. Enrole a panela cuidadosamente com um cobertor ou cobertor e deixe em infusão por 4 horas: as maçãs vão esmagar e será fácil esmagá-las. Deixe fermentar por mais uma hora. Em seguida, coe a infusão e adicione mel na proporção de 1: 1, misture. Tome uma infusão de 3-4 colheres de sopa. antes de ir para a cama.

Mel para uso externo

O mel para uso externo é igualmente eficaz no tratamento de varizes, nomeadamente na preparação de várias pomadas e compressas, banhos e loções. Esses fundos ajudam a aliviar a dor, o inchaço das pernas, a reduzir cones e nós protuberantes nas veias.

Compressas ou loções

As composições para compressas podem ser monocomponentes (somente do mel) ou multicomponentes (com a adição de decocções, infusões de ervas medicinais):

1. A compressa mais popular para o tratamento de varizes é a seguinte receita:

  • gaze dobrada em várias camadas ou um pedaço de tecido de algodão é manchado com mel e aplicado em um ponto dolorido;
  • em cima da gaze (tecido) havia uma película aderente ou polietileno;

Essa compressa é melhor realizada na hora de dormir, mas, para um tratamento eficaz, é importante seguir o esquema: 1 noite, a duração da exposição à compressa é de 2 horas; 2 e 3 da tarde – 4 horas; a partir da 4ª noite, a compressa pode ser deixada durante a noite. O curso mínimo do tratamento é de 45 a 50 procedimentos que são realizados sem interrupção, ou seja, diariamente.

2. Esta receita pode ser usada como uma compressa (para reduzir os cones nas veias), mas também pode ser tomada por via oral. Para prepará-lo, você precisará de uma decocção de ervas com mel: 25 g de rabo de cavalo, 30 g de Hypericum perforatum e camomila, 40 g de folhas de avelã – misture, despeje 3 colheres de sopa. mistura e despeje com 0,5 l de água fervente. Cozinhe por 10 minutos. Coe e adicione o mel a gosto. Para administração oral, tome 100 g do medicamento e beba-o antes das refeições (três vezes ao dia). Como compressa, use diariamente à noite.

3. Esta receita ajudará com varizes e tromboflebite. Levará 25 g de erva de absinto esmagada e 25 g de mel – moa cuidadosamente em uma mistura homogênea e aplique nas áreas afetadas, depois cubra-as com gaze, deixando por 15 minutos. Após o tempo, lave com água morna. O procedimento é repetido a cada 2 dias por 2 semanas.

4. Esta compressa é igualmente eficaz no tratamento de varizes e tomboflebites: rale 300 g de batatas em um ralador grosso e misture bem com 50 ml de mel derretido. Brasão dos pés com a mistura, cubra com gaze por cima e deixe por 15-20 minutos, enxágüe com água morna. O procedimento é realizado 1 vez por dia durante 3-5 dias seguidos.

Durante o tratamento de varizes, as compressas recomendam tomar pólen três vezes ao dia – ½ colher de chá cada. O pólen da flor pode ser adicionado a uma compressa de mel com ervas. O mesmo se aplica ao tratamento de úlceras tróficas.

Se as receitas dos medicamentos tomados por via oral são mais destinadas à prevenção ou tratamento do estágio inicial das varizes, as pomadas preparadas com base no mel podem ajudar esse problema, mesmo no 4º estágio da doença.

A receita de pomada mais popular é a seguinte: misture mel e manteiga em uma proporção de 3: 1, moa até obter uma massa homogênea. Aplique pomada 1-2 vezes ao dia.

Além de compressas e pomadas, você pode tomar um banho com mel. Para fazer isso, é necessário dissolver 100 g de mel em 5 l de água morna (não superior a 38 ° C), mergulhar os pés no banho por 15 minutos e depois limpá-los com gaze embebida em água fria. O procedimento é repetido diariamente na hora de dormir por uma semana. Em vez de água, você pode usar infusões de ervas medicinais para o banho, o que aumentará o efeito curativo do mel.

Lagranmasade Portugal