Medidas preventivas contra varizes durante a gravidez

Qualquer doença é sempre mais fácil de lidar se você tomar precauções com antecedência. Esta condição se aplica a varizes.

Conselhos especialmente relevantes para prevenir varizes em mulheres grávidas. Neste momento, o corpo feminino está experimentando um aumento particularmente acentuado do estresse. O peso corporal aumenta, a carga nas pernas aumenta, a mobilidade articular, a alteração da elasticidade do ligamento. Ao mesmo tempo, durante a gravidez nas mulheres, as funções fisiológicas do sistema circulatório mudam, a estrutura do fluxo sanguíneo muda, especialmente nos órgãos pélvicos.

Como resultado, de 25% a 40% de todas as mulheres grávidas experimentam o efeito e as conseqüências desagradáveis ​​das varizes. Essa tendência ameaçadora coloca muitas gestantes com a questão de como evitar varizes durante a gravidez.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Fatores que afetam o desenvolvimento e a progressão de varizes durante a gravidez

A busca por precauções eficazes é facilitada por um entendimento preciso das causas dessa doença. Às vezes, até fatores insignificantes e imperceptíveis à primeira vista podem provocar uma violação do fluxo sanguíneo nas veias, a formação de placas escleróticas e outras circunstâncias relacionadas, como resultado dessa doença desagradável.

Entre as causas mais comuns, características de futuras mulheres em trabalho de parto com diferentes características fisiológicas, estão os principais fatores de risco que provocam.

A primeira categoria de causas diretas de varizes durante a gravidez inclui:

  • predisposição genética do corpo;
  • excesso de peso;
  • atividade física reduzida, estilo de vida sedentário;
  • a formação de veias da aranha antes da gravidez.

Na maioria das vezes, a futura mãe pode se tornar vítima de varizes durante a gravidez, se seus ancestrais também se encontrassem em seu pedigree, também sofrendo dessa doença. A predisposição também pode se manifestar em anormalidades endócrinas, como resultado durante a gravidez a mulher ganha excesso de peso e corre até risco de obesidade.

Quilogramas extras se tornam a causa do distúrbio do sistema cardiovascular, incluindo violações da fisiologia das válvulas venosas. É por isso que ocorre uma violação do metabolismo lipídico, que causa obesidade e entupimento dos vasos sanguíneos com placas ateroscleróticas e coágulos sanguíneos.

Nanovein  Métodos para remover osso na perna

Se estrelas capilares já existiam no corpo antes da gravidez, é improvável que varizes possam ser evitadas durante a gestação. As consequências de todos esses três fatores são exacerbadas por um estilo de vida sedentário. Baixa atividade física reduz a intensidade dos processos metabólicos no corpo. Isso, por sua vez, afeta negativamente a intensidade da circulação sanguínea pelas veias e a formação de varizes em qualquer estágio da gravidez.

Alguns fatores provocadores não afetam adversamente a fisiologia das veias, mas contribuem para o desenvolvimento de varizes ou sua progressão.

Рљ ° ° ° ° Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ Џ

  1. Alterações nos níveis hormonais, inclusive como resultado da ingestão descontrolada de contraceptivos orais ou uterinos antes da gravidez.
  2. Outra circunstância é a produção de progesterona em volumes especialmente grandes, que enfraquecem o tônus ​​dos vasos sanguíneos, causando expansão varicosa.
  3. O rápido aumento da pressão arterial pode afetar negativamente a elasticidade das veias e outros vasos, além de causar a formação de componentes estranhos, a perda de funcionalidade das veias.
  4. Falta de cálcio. Durante a gravidez, ocorre a lixiviação de sais de cálcio, o que leva a um enfraquecimento da fisiologia e a uma mudança na composição estrutural de muitos órgãos e sangue.
  5. Outra razão para a ocorrência de varizes é chamada pressão de um útero aumentado nos vasos sanguíneos.

A probabilidade de ocorrência ou progressão de vasos sanguíneos varicosos aumenta a cada gravidez.

Tipos de varizes durante a gravidez

A classificação de varizes durante a gravidez envolve várias categorias. Eles são formados dependendo da localização da patologia, da intensidade da lesão e de outras circunstâncias.

Como as varizes podem se desenvolver em diferentes partes do corpo de uma mulher grávida, a classificação estabelecida é aceita na prática médica:

  1. A dilatação dos vasos sanguíneos nas pernas é uma das formas mais comuns e intratáveis ​​da doença. Com isso, a intensidade da lesão geralmente aumenta e o curso da própria doença e da gravidez é complicado.
  2. Varizes na virilha.
  3. A dilatação dos vasos sanguíneos na vagina é o segundo tipo mais comum de doença.
  4. As varizes uterinas são uma conseqüência do desequilíbrio hormonal, da fisiologia do ciclo menstrual e do aborto.
  5. Na prática médica, existem extensas varizes vulvar e lesões vasculares no reto e no canal anal.
Nanovein  Quanto custa a operação a laser para varizes em Saransk

O efeito das varizes no feto

A nutrição do feto durante o período da gravidez depende da qualidade do suprimento sanguíneo. Como você sabe, é no sangue que os componentes nutricionais entram no feto, e o objetivo da futura mãe é prevenir essa doença. Com os vasos varicosos, as características da coagulabilidade do sangue mudam, os vasos dilatados exercem pressão sobre os tecidos adjacentes, resultando em patologias na gravidez.

As consequências negativas da doença podem ser:

  • suprimento insuficiente de oxigênio para o feto, causando sua hipóxia;
  • desperdício precoce de líquido amniótico;
  • insuficiência fetoplacentária;
  • a ocorrência de metroendometrite com a disseminação do foco de inflamação para o útero e o feto.

Além disso, há uma chance de transmissão da doença a um feto no nível genético, uma diminuição da imunidade, o que leva a um enfraquecimento das funções protetoras do recém-nascido no futuro.

Prevenção

A prevenção tradicional de varizes durante a gravidez é classificada em duas categorias:

  1. Métodos para prevenir a doença.
  2. Métodos para evitar uma doença progressiva.

Para evitar que a doença comece a se desenvolver, os médicos recomendam usar roupas confortáveis ​​e, principalmente, sapatos, para não pressionar os vasos sanguíneos.

Uma mulher grávida não deve ficar na mesma posição por muito tempo – ela precisa evitar uma carga estática de longa duração. Para esse fim, recomenda-se alterar a posição de pé ou sentado com mais frequência, depois de se deitar um pouco ou caminhar ao ar livre. A natação pode ser útil para esse fim.

Para melhorar a saída de sangue dos vasos das extremidades inferiores, um simples exercício deve ser realizado – deitado de costas, levante as pernas, apoie-as na parede ou no braço do sofá. Em minutos, os membros inferiores devem estar acima do tronco. Este exercício pode ser repetido várias vezes ao dia.

Por 8 a 12 minutos, é recomendável massagear as pernas, massageando-as com movimentos leves dos dedos, do pé aos joelhos.

Se todo o tempo foi perdido e as varizes já começaram a se desenvolver nos vasos sanguíneos da futura mãe, devem ser usadas meias anti-varicosas, que aliviam a fadiga das extremidades inferiores, eliminam a dor e causam um efeito de compressão.

Para minimizar as conseqüências da doença, também é recomendado o uso de pomadas especiais, mas seu uso deve ser coordenado com um ginecologista que monitore o curso da gravidez e um flebologista.

É aconselhável manter a atividade física durante toda a gravidez, aderir à dieta recomendada e monitorar rigorosamente a manutenção do peso corporal fisiologicamente normal, o que evitará a obesidade e, como resultado, varizes durante a gravidez.

Lagranmasade Portugal