Médico para unhas dos pés

O fungo da placa ungueal é uma das doenças mais comuns. Para o sucesso do tratamento, é necessário entrar em contato com uma instituição médica o mais rápido possível. Para não desperdiçar dinheiro em consultas desnecessárias, é importante saber qual médico trata o fungo da unha. Essas informações ajudarão você a iniciar o tratamento o mais rápido possível e a se livrar da perda de tempo valioso.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Infecção por onicomicose

Antes de ir ao hospital, você precisa saber qual médico entrar em contato. O fungo das unhas (onicomicose) é efetivamente tratado apenas nos estágios iniciais da doença, portanto, é muito importante diagnosticá-lo o mais rápido possível. De acordo com o grau de negligência da doença, o tratamento ideal é selecionado e os médicos que precisam ser abordados são determinados.

Causas de doença

Especialistas experientes chamam um grande número de causas do aparecimento do fungo da placa ungueal. Entre eles, não são apenas padrão, mas também pouco conhecidos. É devido à falta de informações necessárias que uma pessoa pode estar em risco de infecção. Entre as causas comuns estão as seguintes:

  1. Imunidade fraca. Quando as funções protetoras do corpo estão enfraquecidas e ele não recebe vitaminas suficientes, há uma alta probabilidade de infecção pelo fungo.
  2. Problemas com o sistema nervoso. Por causa deles, há uma diminuição significativa na capacidade do organismo de suportar várias infecções, incluindo infecções por fungos.
  3. Não cumprimento das regras de higiene. Esta é a causa mais comum de infecção. O fungo pode ser infectado em qualquer local público (piscina, sauna, academia). Se você não usar medicamentos antifúngicos especiais, raramente trocar de meia e usar calçados esportivos na base de aluguel, poderá aumentar significativamente o risco de danos nas unhas por fungos.
  4. Manuseio descuidado de animais de estimação. Qualquer criatura viva, mesmo a mais pura, pode se tornar portadora de infecção por fungos. Portanto, é imperativo tratar áreas do corpo que estão em contato com um representante da fauna.
  5. Armazenamento incorreto de sapatos. Esta é uma das causas mais comuns de fungos nas unhas. Os esporos se multiplicam muito rapidamente em um ambiente quente e úmido, por isso é muito importante privá-los dessas condições. Depois de uma caminhada, você definitivamente deve secar os sapatos e as meias, lavá-los ou tratá-los com um desinfetante especial.

Sintomas da doença

A medicina conhece vários milhares de patógenos de infecções por fungos. Muitos deles têm sintomas semelhantes, para que você possa destacar os principais sinais da doença. Isso ajudará o paciente a determinar qual médico trata as unhas nas mãos e nos pés. Os principais sintomas do fungo da unha:

  1. A unha perde o brilho e fica opaca.
  2. Em alguns lugares, fica mais fino, enquanto em outros fica mais denso.
  3. A unha começa a lascar e rachar.
  4. A cor muda para amarelo, branco, verde, marrom ou até preto.
  5. Vários defeitos (pontos, pontos, listras) aparecem na camada superficial.
  6. Ao redor da unha afetada começa uma grave sensação de queimação e coceira.

Especialistas em Infecções Fúngicas

A pesquisa, como é chamado o especialista em unhas, deve somente após detectar sinais da doença. Nos estágios iniciais, geralmente é difícil fazer isso. Os pacientes não levam em consideração o prurido leve, atribuindo-o à fadiga após caminhar ou treinar. Na maioria dos casos, pacientes futuros não prestam atenção às alterações na placa ungueal e esperam que ela se recupere. Por esse motivo, o fungo se espalha rapidamente e captura novos "territórios".

Vá a um centro médico imediatamente após detectar um ou mais sintomas. Um médico experiente determinará rapidamente a causa das alterações visíveis e prescreverá o tratamento mais eficaz. O principal é procurar o médico certo e não procurar ajuda de um terapeuta.

A ação correta será uma visita a um micologista ou dermatologista. Um desses especialistas será capaz de determinar o grau da doença e prescrever a terapia.

Recepção no dermatologista

Qualquer tipo de infecção fúngica refere-se a doenças de pele, por isso será mais apropriado consultar um dermatologista. Suas responsabilidades incluem o tratamento das seguintes doenças:

Este especialista pode ser encontrado em sua clínica local ou em um dispensador dermatovenerológico. Ajudará um paciente cuja doença está em sua infância. Nesse caso, um dermatologista fará o seguinte:

  1. Realizará um exame inicial da unha afetada ou da área da pele.
  2. Ele perguntará ao paciente sobre a condição e sensações desconfortáveis ​​que o forçaram a procurar ajuda médica.
  3. Se necessário, orientará todas as análises necessárias.
  4. De acordo com os resultados, eles determinarão o tipo exato de doença e prescreverão um tratamento eficaz.

Se o dermatologista determinar que a doença está em estágio avançado, ele dará uma orientação ao micologista.

Micologista

Mycologist é um médico para o fungo das unhas, pés e pele. Ele lida com absolutamente todos os tipos desta doença e ajuda os pacientes a retornarem a um estilo de vida saudável. Por via de regra, a recepção no micologista é realizada de acordo com o algoritmo padrão:

  1. Um especialista examina a área afetada.
  2. Ele aprende com o paciente sobre os locais de possível infecção. Além disso, ele pergunta sobre contatos com objetos potencialmente infectados.
  3. Em seguida, ele orienta o paciente para testes que ajudarão a determinar o tipo de infecção por fungos.
  4. Após receber os resultados, a ordem das ações adicionais é determinada.
  5. O médico explica ao paciente todos os requisitos que devem ser respeitados durante o período de tratamento e define a data para a próxima consulta.

Tratamento

Livrar-se do fungo da unha pode se esticar por um período bastante longo. Neste momento, você precisa visitar regularmente o micologista e seguir com precisão todas as instruções dele. Somente neste caso será possível acelerar a recuperação e se livrar de visitas frequentes aos médicos.

Testando

Durante todo o período de tratamento, o paciente terá que passar por mais de uma dúzia de testes. Eles são tomados não apenas para determinar o tipo de fungo, mas também para controlar cada estágio do tratamento. Essa abordagem integrada ajudará a fazer o diagnóstico correto e a determinar a sequência do tratamento. O micologista pode encaminhar o paciente para os seguintes testes:

  1. Raspagem de flocos de pele. Este procedimento doloroso é realizado em um laboratório especial localizado na pele e no dispensador venereológico. Para análise, a pele é retirada do pé e a área entre os dedos.
  2. Um pedaço de uma unha doente. Uma pequena parte é cortada da área infectada e enviada para exame.
  3. Amostragem de sangue para anticorpos para o fungo.
  4. Doação de sangue para anticorpos alérgicos.

Se, de acordo com os resultados das análises, nenhum vestígio de infecção fúngica for detectado, o micologista prescreverá histologia para o paciente. Graças a esta análise especial, a ausência de onicomicose é confirmada ou refutada.

Métodos de terapia

Depois de realizar todos os testes necessários, o micologista determina o método de tratamento e prescreve os medicamentos necessários. É proibido buscá-las por conta própria, pois você pode prejudicar sua saúde e piorar sua condição. Em cada estágio, existe um método para se livrar do fungo:

  1. Perioral. Se o especialista tiver decidido sobre esse método de tratamento, o paciente receberá várias pílulas. Eles devem ter um efeito complexo sobre o fungo e tratá-lo por dentro.
  2. Local Este método, como perioral, é usado apenas nos estágios iniciais do desenvolvimento da doença. Prevê o uso de medicamentos usados ​​externamente. Estes incluem várias pomadas antifúngicas, cremes, gotas, vernizes, compressas. O medicamento é aplicado na área infectada na quantidade certa e com a frequência determinada pelo médico assistente.
  3. Laser Este é um tratamento mais caro, mas eficaz. É utilizado para doenças avançadas e é realizado conforme indicado por um médico. Um laser especial atua na área problemática e melhora a penetração dos medicamentos em seu foco. Além disso, contribui para uma melhor microcirculação dos tecidos, o que acelera significativamente sua recuperação.
  4. Cirúrgico Este método é usado apenas nos casos mais extremos quando é impossível salvar uma unha infectada. O micologista direciona o paciente ao cirurgião, que realiza um exame e define a data da microoperação.
Nanovein  O melhor aparelho para o tratamento das articulações revisão e descrição de fundos

O tratamento do fungo das unhas dos pés é um evento bastante difícil que exige muito tempo e dinheiro. Com a escolha certa de um médico e seguindo todas as suas instruções, você pode se livrar rapidamente da doença.

(sem classificações ainda)

Muitas pessoas experimentam várias doenças das placas ungueais nos braços e pernas. Então, alguém está preocupado com a unha encravada, alguém é prejudicado pela deformação das placas da buzina e outros são incomodados por doenças fúngicas das unhas. Em todos os casos, um defeito cosmético visível dificulta a vida dos pacientes, o que os obriga a abandonar os sapatos abertos ou a esconder as mãos. Muitas dessas pessoas decidem consultar um médico para obter ajuda qualificada, mas têm uma pergunta: qual médico trata as unhas. Na escolha de um especialista, depende muito do problema específico das unhas.

Escolhendo um especialista

É impossível dar uma resposta inequívoca à pergunta: qual é o nome do médico para as unhas, já que, dependendo das especificidades da doença, diferentes especialistas precisam se inscrever.

Respondendo à pergunta, qual é o nome do médico que lida com as unhas, vale a pena listar os seguintes especialistas:

Agora considere que tipo de médico entrar em contato com um problema específico do estrato córneo. Portanto, se você tem unhas encravadas, deve consultar um cirurgião. Esse especialista removerá cirurgicamente parte da formação córnea e instalará uma placa ortopédica especial que permitirá que a formação córnea cresça na direção certa e não cresça mais em tecidos moles.

Se o paciente tem um fungo das unhas dos pés, o médico que trata essa doença é chamado de micologista. No entanto, um dermatologista também é capaz de curar essa doença. O fato de a unha estar infectada por uma infecção fúngica pode ser percebido pelo seu espessamento, deformação da placa ungueal e alteração de cor. O médico geralmente realiza testes especiais que podem esclarecer o tipo de infecção e escolher a terapia certa.

Importante! O nome do médico que trata infecções fúngicas da pele e das unhas é micologista.

Outro médico que trata as unhas é chamado de podologista. Entre em contato com este médico para obter orientação sobre um pé diabético, e ele também ajudará no estágio inicial da formação de uma unha encravada. Você pode consultar um podologista sobre os cuidados adequados das suas unhas. Podemos dizer que o podologista é um cruzamento entre um dermatologista e um cirurgião, pois sua especialização é a higiene dos pés. Várias doenças das formações de cornos podem ser tratadas com métodos ortopédicos e conservadores.

Se falamos sobre qual médico trata o fungo das unhas, podemos dizer que esse problema está no campo de atividade de um dermatologista e micologista. No entanto, uma especialização mais estreita do micologista ajudará a lidar com casos complexos de lesões fúngicas de formações de chifres. Como regra, você não encontrará um micologista em nossas policlínicas estaduais; portanto, se você tem fungos para as unhas nas mãos e nos pés, pode ir com segurança a um dermatologista e ele, por sua vez, pode encaminhá-lo para outro especialista especializado, se necessário.

Área de especialização

Para que você possa entender por si mesmo qual médico deve abordar este ou aquele problema das formações de cornos, é necessário entender o campo de especialização dos médicos listados. Assim, micologistas, podologistas e dermatologistas tratam os seguintes problemas:

  • micoses (o médico trata fungos nas unhas nas pernas, braços e pele);
  • espessamento, fragilidade e deformação das unhas;
  • estágios iniciais de uma unha encravada;
  • erupções cutâneas e dermatites de várias origens;
  • infecções virais da pele;
  • doenças do suor e das glândulas sebáceas.

Se falamos do cirurgião, esse médico se dedica exclusivamente ao tratamento cirúrgico de unhas encravadas. Para todos os outros problemas com formação de tesão nos dedos, é melhor entrar em contato imediatamente com um dermatologista. Este médico pode tratar conservadoramente até uma unha encravada no estágio inicial, quando há apenas inflamação da unha periungueal, mas não há supuração.

Quando devo consultar um médico com problemas nas unhas?

Para qual médico com fungos nas unhas e outras doenças das unhas, nós descobrimos. Resta entender em quais situações você precisa entrar em contato imediatamente com um especialista e quando pode iniciar o tratamento em casa.

Mesmo que seja muito difícil reservar algum tempo em seu horário de trabalho ocupado para visitar um médico, você deve fazer isso nos seguintes casos:

  1. Se a pele ficar vermelha ao redor do prato, você sentirá dor ao pressionar e tocar.
  2. Você precisa de tratamento cirúrgico se o acúmulo de pus for visível próximo ou embaixo da unha.
  3. Deformação significativa da formação de chifres.
  4. Desbaste grave ou vice-versa, espessamento das unhas.
  5. Prurido entre os dedos, na pele dos pés ou ao redor da unha.
  6. Se a miniatura crescer periodicamente em tecidos moles.

Todos os sintomas listados são sinais de doenças graves que não desaparecem sozinhos e podem levar a problemas ainda mais perigosos. Portanto, a supuração é perigosa pela propagação da infecção nos tecidos vizinhos ou pela penetração no sangue. Prurido e espessamento severos do estrato córneo indicam uma doença fúngica que, se não tratada, pode ir para as placas das unhas vizinhas. As infecções por fungos na forma negligenciada são muito difíceis de tratar e, em alguns casos, requerem a remoção completa das placas ungueais. Não menos perigoso é o fato de que o fungo pode se espalhar para os órgãos internos.

Obviamente, no estágio inicial, você pode tentar o tratamento em casa, mas com uma visita oportuna a um especialista, você pode se livrar da doença muito mais rapidamente. Por exemplo, você pode comprar uma ferramenta para tratar unhas de uma infecção fúngica, concentrando-se nos conselhos de amigos ou em publicidade, mas um médico que trata de fungos nas unhas poderá escolher uma ferramenta mais eficaz com base em testes e raspagens.

Importante! A automedicação pode parar temporariamente o desenvolvimento de uma doença ou transferi-la para a categoria de doenças crônicas. Quando você vai ao médico, você se livra rápida e permanentemente da doença das placas das unhas que o incomoda.

Princípios para o tratamento de doenças das unhas

A visita a qualquer especialista começa com um exame do estrato córneo e uma pesquisa com o paciente. Se houver suspeita de infecção, o médico fará uma raspagem na placa ungueal. Este procedimento é completamente indolor.
Muitas vezes, problemas com formações de córneas nos dedos são o resultado de doenças da glândula tireóide ou de outros órgãos. Nesse caso, o médico encaminhará o paciente a um endocrinologista ou outro especialista (cirurgião, clínico geral, etc.).

Com várias patologias das placas da corneta, os dermatologistas geralmente usam os seguintes métodos de tratamento:

  • pomadas antifúngicas locais, vernizes terapêuticos especiais, meios para fortalecer ou amolecer a placa;
  • medicamentos antifúngicos para administração oral podem ser administrados a um paciente;
  • o médico prescreverá um complexo de vitaminas que ajudará a compensar a falta de oligoelementos e fortalecerá a imunidade;
  • em alguns casos, uma dieta rigorosa é prescrita;
  • às vezes, aplique procedimentos médicos especiais e banhos para braços e pernas;
  • pedicure ou manicure de hardware também é mostrada.

Qualquer tratamento é realizado até a restauração completa da placa ungueal. No entanto, mesmo após isso, vale a pena seguir as recomendações do médico e cuidar adequadamente das unhas, a fim de evitar a recorrência da doença no futuro.

Hackers populares para vida e casas de verão no portal, truques de construção e recomendações de capatazes experientes.

O fungo das unhas é uma doença infecciosa que se desenvolve como resultado da reprodução ativa de certos tipos de microrganismos micóticos. A onicomicose é curável, o principal é entrar em contato com um especialista qualificado para obter ajuda. Qual médico trata unha fungo?

Nanovein  Como se comportar com os lábios varicosos durante a gravidez

Sintomas do fungo da unha

A onicomicose é uma doença infecciosa e se desenvolve como resultado da multiplicação de microrganismos fúngicos

A sintomatologia da doença depende diretamente do grupo de patógenos. Mas, apesar das diferenças óbvias, vários sintomas comuns podem ser distinguidos, incluindo:

  1. Descoloração da unha;
  2. Esfoliação e fragilidade da unha;
  3. Sensações de dor com pressão na unha, que são agravadas durante a progressão da doença;
  4. Prurido dos tecidos ao redor da unha afetada.

Qual médico trata a onicomicose?

Nas primeiras manifestações do fungo nos dedos dos pés (onicomicose), que incluem: vermelhidão, coceira entre os dedos, descoloração da unha, você deve procurar urgentemente ajuda. Qual médico? Para obter ajuda e tratamento qualificados, você precisa saber qual médico usar com o fungo das unhas. Existem duas opções que dependem da disponibilidade de uma consulta médica. No estágio inicial da doença para diagnóstico, recomenda-se entrar em contato com a clínica mais próxima com um dermatologista, que realiza uma consulta gratuita.

Micologista

Micologista é o mesmo dermatologista especializado em um perfil mais restrito. Este é um médico que trata unhas, pele e cabelos. Mas encontrar um médico nesse campo médico é muito difícil de encontrar. Geralmente eles trabalham em grandes clínicas em megacidades. Nas cidades pequenas, um médico micologista é muito raro, mas se você tiver a sorte de encontrá-lo, um especialista em campo estreito ajudará a curar uma doença fúngica de maneira rápida e eficiente.

Dermatologista

Um médico que trata todos os problemas da pele, incluindo doenças fúngicas das unhas dos pés. O perfil de trabalho permite que o dermatologista trate doenças de pele dos tipos virais e infecciosos, como:

  • eczema
  • dermatite
  • inflamação
  • precipitado
  • doenças causadas por patógenos fúngicos.

Os dermatologistas acolhem qualquer clínica, pele e dispensário venereológico. Se você não sabe qual médico entrar em contato com o fungo, qualquer dermatologista é adequado para um exame inicial. Se a doença não for iniciada, o dermatologista poderá prescrever o tratamento, mas, em casos graves, encaminhará o micologista para aconselhamento mais qualificado e tratamento profundo.

Qual é o melhor contato

Um especialista em campo estreito ajudará a curar rapidamente uma doença fúngica

Se houver suspeita de fungos nas unhas, com qual médico devo entrar em contato? Naturalmente para o micologista. Este é um médico que lida especificamente com o tratamento de fungos e conhece todas as características desse tipo de microorganismo. O micologista prescreve um medicamento para fungos nos pés, prescreve receitas para fungos nas unhas e atua na prevenção de doenças associadas às micoses. Muitos dermatologistas não possuem o conhecimento necessário para entender profundamente o problema associado ao fungo do pé e das unhas dos pés.

A competência do micologista inclui:

  • tratamento e prevenção de doenças fúngicas e não fúngicas da pele, cabelos e unhas. Problemas de natureza não fúngica incluem: descoloração da placa ungueal de sua forma, hematomas nas placas ungueais, calo. Onicomicose, candidíase, epidermofitose, microsporia, tricofitose – doenças fúngicas, por serem causadas por fungos ou leveduras;
  • análise laboratorial e interpretação dos resultados.

Como é o diagnóstico

Durante a primeira consulta, o micologista é solicitado a entrevistar o paciente. Ele deve estudar todos os problemas associados à pele dos pés e das unhas dos pés e pedir que descreva as sensações que causam desconforto. O médico que trata o fungo nas pernas deve perguntar sobre qual estilo de vida o paciente leva e sobre seus maus hábitos.

Na segunda etapa, é realizada uma inspeção nas áreas onde o problema é claramente visível. De acordo com sinais externos, o médico responsável pelo fungo pode sugerir que tipo de fungo é o agente causador, mas os exames laboratoriais devem confirmar ou refutar o diagnóstico preliminar.

Para análise do fungo das unhas, o médico deve raspar a pele morta no pé ou perto da placa afetada e enviá-las ao laboratório para exame. Para uma imagem completa, parte do material biológico é estudada por assistentes de laboratório sob um microscópio e a outra é colocada em um meio nutritivo especial.

Se o primeiro estudo não levar mais do que alguns minutos, para obter o resultado da segunda parte, você precisará esperar cerca de duas semanas para ver o crescimento das colônias de um determinado tipo de fungo. Se eles são notados, um resultado positivo confirma a infecção da pele com um certo tipo de fungo.

Somente de acordo com os resultados de testes de laboratório, um médico que trata o fungo das unhas pode escolher o regime de tratamento mais eficaz.

Tratamento de fungos

Medicamentos sistêmicos antifúngicos devem ser incluídos no regime de tratamento

Somente durante a segunda dose, quando o micologista já tem em mãos os resultados dos exames laboratoriais, ele pode prescrever o tratamento, levando em consideração o bem-estar geral do paciente.

Dependendo do resultado dos testes para o fungo das unhas dos pés, o médico faz as seguintes consultas:

  • medicamentos antifúngicos para administração oral (comprimidos) ou antibióticos;
  • medicamentos antifúngicos locais (cremes, géis);
  • cirurgia para remover a unha, se o tratamento medicamentoso não trazer resultados, para proteger outras placas da unha da infecção.

Somente um médico que trata de fungos nas unhas pode selecionar medicamentos e métodos de tratamento. Você mesmo não pode se nomear inofensivo, à primeira vista, para o corpo do creme. Este é um exercício sem sentido, porque cada medicamento é projetado para tratar um certo tipo de patógeno. Se você pegá-lo incorretamente, não haverá efeito e a doença começará a progredir com vigor renovado.

Medicamentos sistêmicos devem ser incluídos no regime de tratamento nos casos em que um fungo ungueal negligenciado é diagnosticado, que o médico não pode curar com um conjunto padrão de antifúngicos. Existem muitos desses medicamentos e apenas a opção mais adequada poderá escolher

Se o médico diagnosticou o fungo nas pernas novamente, após um tratamento primário eficaz, o regime de tratamento deve ser radicalmente alterado e outras drogas usadas. O objetivo neste caso é impedir a adaptação da colônia de fungos ao produto testado anteriormente.

Depois que os testes mostraram um resultado negativo após o tratamento, é necessário consultar o médico mais duas vezes para um exame de acompanhamento (duas semanas e um mês após o término do tratamento). O fungo das unhas, que o médico já curou, pode retornar com uma nova força se pelo menos um esporo do patógeno permanecer na área afetada. É necessário verificar a completa ausência da fonte da doença.

Se o médico tiver selecionado corretamente o regime de tratamento, os sintomas da doença desaparecerão muito rapidamente e, após o término da terapia, a unha afetada mudará completamente para uma nova e saudável. Após a obtenção de um resultado persistente, o paciente nunca esquecerá qual médico trata o fungo nas pernas e seguirá suas recomendações constantemente para não provocar recaídas.

Política de Preços

Para diagnosticar um fungo nas unhas dos pés, o médico responsável pela fatura faturará. Independentemente de isso acontecer em uma clínica pública ou privada, a admissão será paga. A política de preços da admissão inicial depende da gravidade do caso, do número necessário de análises e das qualificações do especialista. Um micologista com uma longa experiência e o título de Doutor em Ciências Médicas precisará de muito mais dinheiro para uma consulta do que um médico comum da primeira categoria. Por exemplo, em um centro de diagnóstico para um exame inicial de um micologista com doutorado em ciências médicas, o paciente custará em média cerca de 1700 rublos.

Se falamos de instalações médicas privadas, as coisas ficam ainda mais caras lá. Não importa a gravidade do diagnóstico do fungo nas pernas. Qual médico entrar em contato com um problema será aconselhado pelo gerente da instituição, dependendo dos desejos e exigências do cliente. Marque uma consulta em um horário conveniente para o cliente. No entanto, por conveniência, você terá que pagar separadamente. Como resultado do exame, uma taxa separada será paga pela seleção de um regime de tratamento individual e por cada análise realizada.

Agora você sabe qual médico trata o fungo das unhas dos pés, portanto não há motivo para adiar uma visita ao médico. O principal é escolher a melhor opção pelo preço e marcar imediatamente uma consulta até que a doença cause danos irreparáveis ​​ao organismo.

Lagranmasade Portugal