Manifestações clínicas e fatores de desenvolvimento da varicocele em adolescentes

Uma das patologias que podem privar a capacidade de reproduzir a prole é a varicocele em adolescentes. Freqüentemente, no período da puberdade, surgem varizes do plexo esfenoidal do testículo. O desenvolvimento da doença é acelerado no contexto de alterações hormonais, enquanto os primeiros sintomas geralmente passam despercebidos. Dependendo da gravidade do distúrbio, o tratamento será medicamentoso ou cirúrgico.

No artigo, diremos:

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O que é uma varicocele?

A puberdade de um menino de 12 anos ou mais é frequentemente acompanhada de alterações negativas nos órgãos do sistema geniturinário. Como mostra a prática, a varicocele, que afeta homens adultos, geralmente aparece na adolescência. A essência da doença são as varizes do cordão espermático, progredindo significativamente na ausência de tratamento.

A patologia em um menino de 11 anos ocorre em 8 de 100 casos. A taxa de incidência dos 13 aos 17 anos de idade sobe para 10-16%.

Felizmente, na maioria dos casos, um grau de 1-2 é diagnosticado, caracterizado por violações fracas e moderadas do fluxo venoso.

As violações podem ser detectadas nos testículos esquerdo e direito; no entanto, devido às características anatômicas da varicocele, é mais frequentemente localizada à esquerda. A derrota é do lado esquerdo em 85 de 100 pacientes.

Causas da doença

Especialistas apontam para vários pré-requisitos básicos para o desenvolvimento da doença.

Em particular, existem as seguintes causas de varicocele em adolescentes:

  1. Hereditariedade. É determinado pela presença de varizes em parentes próximos. Na presença de uma história carregada, a criança deve ser examinada em tempo hábil para detecção precoce da violação.
  2. Atividade física excessiva associada ao aumento do treinamento ou ao levantamento de objetos pesados. Tensão excessiva dos músculos abdominais pode provocar patologia.
  3. Metabolismo e obesidade prejudicados devido à desnutrição.
  4. Defecação difícil. Com constipação constante, você tem que forçar os músculos do abdômen. As funções do cordão espermático e diarréia frequente são afetadas negativamente.

Um jovem pode contrair uma doença devido a essa razão do aparecimento da varicocele como falta de hormônios, complementada pela falta de válvulas venosas na área genital.

Sintomas de varicocele em adolescentes

A varicocele nos estágios iniciais em crianças e adolescentes quase não se manifesta de forma alguma, o que contribui para a progressão da patologia.

  • dor dolorosa na área afetada com sua intensificação gradual;
  • redimensionamento do escroto;
  • sensação de peso;
  • desconforto com prolongado em pé ou andando;
  • inchaço;
  • redução de tecidos;
  • a formação de veias do plexo vascular inchadas.

Quanto mais o desenvolvimento de varizes testiculares em um adolescente, mais intensos os sintomas.

Etapas do desenvolvimento

Na adolescência, é necessário estar atento a quaisquer mudanças no bem-estar, portanto, é útil saber não apenas o que é a varicocele em meninos de 14 a 16 anos, mas também por quais estágios de desenvolvimento a doença acompanha a progressão.

  1. Primeiro. Não há sinais óbvios. A violação é detectada usando o ultra-som.
  2. Segundo. Preocupa a dor na região inguinal se a criança estica os músculos abdominais, toma banho quente, corre ou caminha rapidamente. O desconforto desaparece em um estado calmo.
  3. Terceiro. As veias aumentadas são detectadas por palpação e são visíveis quando o paciente está em pé.
  4. Quarta. A deformidade vascular varicosa é perceptível, independentemente da posição do paciente. O escroto aumenta em volume, e o testículo afetado, pelo contrário, atrofia por desnutrição.
Nanovein  Como restaurar veias após quimioterapia - pomadas e medicina tradicional

Classificações da doença são frequentemente encontradas, segundo as quais apenas três etapas são distinguidas. Para isso, você pode se familiarizar, por exemplo, com o trabalho científico do acadêmico Lopatkin, que descreve detalhadamente os sinais da doença em adolescentes e adultos, além de caracterizar cada uma das etapas da patologia.

Recursos de diagnóstico

Para confirmar a presença de varicocele em um adolescente de 14 a 17 anos, o paciente é submetido a exames laboratoriais e instrumentais. Primeiro, o urologista examina e apalpa o escroto do paciente, mas a violação só pode ser determinada quando houver uma violação de 2-4 gravidade.

Um teste para o nível de hormônios no sangue é obrigatório. Para fazer um diagnóstico preciso, você também precisará de dados:

  • Ultra-som;
  • Dopplerografia com e sem o teste de Valsava;
  • espermogramas (para meninos a partir de 15 anos).

Ocasionalmente, CT, ressonância magnética e venografia são prescritas. Em caso de emergência, é feita uma biópsia testicular.

Cirurgia de remoção de varicocele

Um garoto de 14 anos provavelmente está se perguntando se a doença desaparecerá por conta própria. Somente depois de ser examinado por um urologista você pode entender se a violação foi aprovada ou se é necessária ajuda. Quando perguntados se a própria varicocele pode desaparecer, os médicos dizem o seguinte: se a patologia estiver em uma forma leve (nota 1), há uma alta probabilidade de que a condição dos órgãos genitais normalize com o tempo. Isso é observado em cerca de 40% dos casos.

No entanto, isso não significa que seja necessário adiar o tratamento, aguardando uma recuperação independente. A maioria dos pacientes precisa de tratamento.

Para remover a varicocele cirurgicamente em meninos de 14 a 17 anos, não há critérios rigorosos para determinar as indicações para a cirurgia. Cada caso é examinado individualmente, pois muitos fatores devem ser levados em consideração.

Após a cirurgia, o adolescente fica no hospital por 3-4 dias, e após uma semana pode visitá-lo.

Em geral, a cirurgia é prescrita para:

  • uma diminuição no testículo em um volume de pelo menos 20%;
  • a natureza bilateral da lesão;
  • dor intensa;
  • varicocele 3-4 graus;
  • dados insatisfatórios do espermograma.

A operação é realizada de várias maneiras. Em particular, a varicocelectomia serve como um complemento à terapia medicamentosa, devido à qual a doença é tratada com bastante sucesso. O tratamento cirúrgico também é realizado de acordo com o método de Palomo, Ivanissevich ou Marmara.

Tratamento de varicocele sem cirurgia

Se a doença progride fortemente, a cirurgia é indispensável. Nos estágios iniciais, você pode recorrer a vários métodos que ajudarão a eliminar a congestão venosa nos vasos do testículo.

A lista de métodos de tratamento não cirúrgicos é bastante grande.

Geralmente, as manifestações patológicas em crianças de 12 a 16 anos são combatidas com:

  • medicamentos;
  • medicina tradicional;
  • Terapia de exercício.

Sem falhar, você precisará ajustar a dieta nutricional.

Remédios populares

Após acordo com o médico, você pode fazer infusões de cura, fazer chás e aplicar compressas.

Nanovein  Preços para correção da visão a laser

Tais receitas serão úteis:

  1. Maçãs Antonovka finamente picadas (3 unid.) São servidas com água fervente e infundidas por uma a duas horas. O líquido resultante deve ser bebido antes do café da manhã e à noite meio copo. Mash é feito de polpa.
  2. Camomila, yarrow, raiz de framboesa e casca de salgueiro (1 colher de sopa cada) são misturadas. A coleta deve ser preenchida com água fervente (0,5 l), deixada por um dia e colhida após a filtragem 2 vezes ao dia, 150 ml cada. O curso da terapia é de uma semana.
  3. Absinto fresco é picado. É adicionado creme de leite (em proporções iguais), após o que a mistura é aplicada por 30 minutos na área afetada. As sessões são realizadas diariamente por 7 dias.

Não se esqueça que alguns ingredientes à base de plantas podem causar alergias. Além disso, não se pode confiar apenas em remédios populares. Eles são apenas um complemento à terapia tradicional.

Medicamentos

Para pacientes adolescentes, com varicocele, são selecionados medicamentos com a máxima segurança e melhorando o bem-estar.

O tratamento medicamentoso é realizado usando:

  1. Venotônico. Detralex ou Aescusan são geralmente prescritos, que podem ser tomados aos 16 anos de idade.
  2. Produtos antioxidantes.
  3. Complexos vitamínicos que fortalecem as paredes dos vasos sanguíneos.
  4. Medicamentos cuja ação visa melhorar a circulação sanguínea.

Ao escolher um medicamento, o especialista leva em consideração possíveis contra-indicações e efeitos colaterais.

Treinamento físico terapêutico

Por recomendação de um médico, o paciente deve levar algum tempo para realizar exercícios para a região lombar e as pernas. Graças às aulas regulares, será possível normalizar a circulação sanguínea nas regiões pélvica e abdominal, o que ajudará a eliminar congestionamentos indesejados.

Para melhorar a condição das veias na zona inguinal, é útil:

  • Agachamento
  • curvar-se;
  • "Role" de meias a saltos;
  • andar na ponta dos pés.

Uma condição importante: é necessário evitar cargas excessivas, bem como uma forte tensão da prensa abdominal.

A educação física deve ser praticada, tanto durante o curso do tratamento, quanto para fins preventivos após a recuperação.

Complicações pós-operatórias

O tratamento cirúrgico, em alguns casos, resulta em consequências indesejáveis, cuja aparência está frequentemente associada a uma técnica específica para a eliminação de varizes.

Após a cirurgia, um adolescente pode ter complicações na forma de:

  • melancias (hidrocele);
  • o reaparecimento da doença;
  • ressecamento (atrofia) do testículo afetado;
  • hematomas;
  • violação da integridade do ducto deferente;
  • dor crônica no testículo.

A embolização percutânea com varicocele pode causar alergia ao contraste, perda de sangue e inflamação do vaso. Nesse caso, recaídas ocorrem em 10 a 20% dos casos. A intervenção microcirúrgica é mais eficaz (a patologia ocorre novamente apenas em 5% dos pacientes).

Prevenção

Os pais devem conversar com seus filhos sobre a importância de cuidar de sua própria saúde. Em particular, é necessário falar sobre a necessidade de prevenção para prevenir a varicocele.

Para impedir o desenvolvimento da doença, você deve:

  • evitar esforço físico excessivo;
  • dar preferência a movimentos ativos;
  • abster-se de comer junk food;
  • o suficiente para dormir o suficiente;
  • Marque uma consulta com um urologista regularmente.

É necessário prestar atenção a tempo do desconforto surgido na área genital. Se aparecerem sintomas desagradáveis, o menino deve informar imediatamente os pais sobre eles. Quanto mais cedo a doença for detectada, maior a probabilidade de se livrar dela sem cirurgia.

Portanto, muitas vezes, além de usar drogas, é preciso se preparar para a intervenção cirúrgica. A recuperação completa depende em grande parte da precisão com que o paciente cumpre as recomendações médicas no período pós-operatório.

Lagranmasade Portugal