Manguito para varizes nas pernas

Conteúdo

As ervas para varizes são uma excelente maneira auxiliar de tratar uma doença, que, no entanto, deve ser usada somente após consulta prévia com um médico e, em nenhum caso, deve substituir o uso de medicamentos.

Varizes – uma doença grave e requer uma abordagem integrada. Se injeções, comprimidos e pomadas de uma farmácia são necessários para tratar a causa da doença, seus sintomas e evitar novas recaídas, as ervas têm não apenas um local, mas também um efeito geral de fortalecimento em todo o corpo.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tratamos varizes de forma abrangente

Lembre-se de que as varizes são uma doença dos vasos sanguíneos, em particular as veias, quando suas paredes ficam mais finas e inflamadas, ocorre insuficiência valvar e, como resultado, coágulos sanguíneos são possíveis.

O principal motivo é chamado de hereditariedade, mas também:

  • cargas estáticas nas pernas;
  • excesso de peso;
  • gravidez;
  • alterações hormonais e metabolismo;
  • sapatos desconfortáveis ​​(para mulheres – um amor por sapatos estreitos de salto alto);
  • má nutrição.

Devido a essas e outras razões, a elasticidade dos vasos sanguíneos é violada e o sangue se torna viscoso e espesso. Ervas com varizes, especialmente nos estágios iniciais da doença, podem não apenas ajudar a se livrar da patologia, mas também melhorar o corpo como um todo.

O tratamento à base de plantas para varizes dará os seguintes resultados positivos:

  1. Limpeza vascular. O fluxo sanguíneo nas veias melhora e a pressão venosa diminui, o que interrompe a atividade valvar dos vasos sanguíneos.
  2. Purificação de sangue. As ervas contribuem para a sua liquefação, pelo que a sua penetração nos vasos mais pequenos – capilares – melhora.
  3. Normalização da nutrição das paredes dos tecidos dos vasos sanguíneos, o que melhora a função da válvula e evita a formação de tromboflebite.
  4. Efeitos nos coágulos sanguíneos existentes. Para reduzir a densidade sanguínea em varizes, são utilizadas ervas que podem não apenas remover toxinas e toxinas, mas também dissolver coágulos formados no lúmen do vaso.
  • Pare de tomar medicamentos hormonais que não estejam relacionados ao tratamento de varizes (se o médico receitou esses medicamentos, você deve consultar sobre como tomar ervas). É sobre contracepção hormonal.

  • Para minimizar cargas estáticas nas pernas, limitar o levantamento de pesos.
  • Use roupas de compressão ou enfaixe as pernas. A densidade da roupa deve ser determinada por um especialista, com base nos indicadores individuais do paciente.
  • Digestão organizada – livre-se da constipação. Ervas também ajudarão.
  • Otimize sua dieta. O máximo sature com vitaminas, proteínas leves, carboidratos “longos”. Exclua alimentos apimentados, fritos e fast food.
  • Livre-se dos maus hábitos: beber álcool (especialmente cerveja), fumar.

Somente após a constatação de que o tratamento de varizes com ervas dará resultados apenas em combinação com um estilo de vida saudável, você poderá começar a selecionar ervas.

Regras para a seleção e uso de ervas

Ervas de varizes nas pernas podem ser usadas no interior na forma de decocções, infusões, chás, pós. Também é recomendada a aplicação tópica de pomadas, compressas e envolvimentos com base em cargas medicinais.

O efeito terapêutico na patologia das veias das extremidades inferiores deve ser o seguinte:

  • anti-inflamatório – são selecionadas ervas que podem tratar processos inflamatórios e aliviar a dor;
  • diurético – para aliviar o inchaço que causa desconforto e constrição dos vasos sanguíneos;
  • estimulante – para melhorar a circulação sanguínea nas extremidades inferiores e aumentar o tônus ​​vascular;
  • afinamento – com efeito anticoagulante (a cumarina deve estar na composição);
  • antiespasmódico – para aliviar a síndrome convulsiva e espasmos dos vasos sanguíneos e músculos das extremidades inferiores.

O método de usar ervas, a duração dos tratamentos e a complexidade também são importantes:

  1. O curso do tratamento dura pelo menos um mês, é feito um intervalo de 10 a 14 dias e, depois disso, o curso pode ser repetido. Mas deve-se notar que, dentro deste mês, você pode usar apenas um tipo de coleta de grama e, após o intervalo, usar outro. Em nenhum caso você precisa combinar coleções de medicamentos em um curso. O período de tratamento não é inferior a um ano.
  2. O chá de ervas ou o caldo é preparado diariamente e deve ser bebido na hora. Não há necessidade de estocar para uso futuro, pois a composição está perdendo suas qualidades curativas.
  3. Ervas, especialmente anticoagulantes, podem ser consumidas em pó. Se estas são sementes, elas devem ser trituradas em um moedor de café até uma fração fina. Folhas, brotos, raízes e outras partes maiores da planta são pré-secas completamente (em nenhum caso sob o sol aberto ou no forno!) E cortadas em um moedor de carne ou em um almofariz de madeira, o que é mais preferível. Tome-os em uma colher de chá 2-3 vezes ao dia.
  4. Compressas, bandagens, pomadas também são usadas de forma intermitente. Na temporada, você pode aplicar folhas frescas de plantas medicinais para aplicar curativos em pontos doloridos.

Que ervas compõem a coleção

Quais ervas beber e quais aplicar somente externamente para alcançar o máximo de resultados? Afinal, as plantas medicinais têm contra-indicações, assim como medicamentos. E o espectro de ação é diferente.

Portanto, é recomendável que você consulte um médico que possa avaliar todos os riscos para o seu corpo, levar em consideração características individuais e ajustar os medicamentos que já foram prescritos.

Como parte da fitoterapia, geralmente prescrito:

  1. Castanha da Índia. As folhas, flores e frutos da planta são usados. Por via de regra, eles preparam a infusão alcoólica. As matérias-primas trituradas são bem embaladas em uma jarra e cheias de álcool. Agitando ocasionalmente, a infusão é mantida por um mês. Aplique na forma de esmerilhagem e no interior. Mas a administração oral descontrolada pode causar afinamento sanguíneo grave e sangramento interno.
  2. Plantas com cumarinas: trevo doce, pastinaga, pão de gengibre, manguito. Como essas plantas são tóxicas, sua ingestão deve ser rigorosamente dosada e limitada apenas a gotas, não a colheres.
  3. Ervas medicinais anti-inflamatórias: Crassula ("árvore do dinheiro"), Ledum, Cavalinha, Eucalipto. Atenção! Todas as ervas são tóxicas, use doses estritamente!
  4. Ervas diuréticas: knotweed, coltsfoot, erva de São João, sálvia, zimbro, calêndula (também tem um excelente efeito anti-inflamatório e anti-séptico), urtiga, rabo de cavalo.

Em uma coleção de medicamentos, não podem ser administradas mais de três ervas de diferentes espectros de ação. Mais ingredientes não são recomendados. Ao compilar uma coleção, é melhor consultar um especialista para não incluir componentes mutuamente exclusivos nela. Lembre-se de que as varizes não são apenas sintomas desagradáveis ​​ou defeitos cosméticos nas pernas. Com esta doença, são possíveis complicações, que podem até representar uma ameaça à vida. O tratamento deve ser abrangente, sob a supervisão de um especialista.

Que ervas podem ser usadas para varizes

As ervas medicinais para varizes são um excelente complemento para a terapia tradicional e, às vezes, substituem parcialmente os medicamentos das farmácias.

As plantas medicinais ajudam a reduzir as manifestações da patologia vascular e a interromper seu desenvolvimento. As ervas devem ser usadas corretamente para não prejudicar o corpo.

Nanovein  Causas de varizes em homens (2)

As ervas medicinais para varizes são um excelente complemento para a terapia tradicional e, às vezes, substituem parcialmente os medicamentos das farmácias.

Ervas para diluir o sangue

O principal perigo de varizes é um aumento na coagulabilidade do sangue. Esse processo leva ao desenvolvimento de tromboflebite e outras complicações; portanto, no tratamento de varizes com ervas, recomenda-se o uso de plantas que afinam o sangue.

Flores de castanheiro

Castanha da Índia é um remédio popular eficaz para varizes. As flores de castanheiro são especialmente úteis, das quais são preparadas pomadas, decocções, sucos e tinturas. As inflorescências da planta são igualmente eficazes tanto para uso externo quanto quando ingeridas.

Castanha da Índia é um remédio popular eficaz para varizes.

Melilotus officinalis – um meio de aumentar o tônus ​​das veias, reduzir a gravidade e a dor nas pernas e normalizar a circulação sanguínea nos vasos com varizes. A decocção é preparada a partir desta planta, que é tomada por via oral, usada para banhos e compressas.

Para preparar o caldo, despeje 1 colher de sopa. eu trevo de grama seca com 2 xícaras de água morna, deixe por 4 horas e coe. Para o tratamento sistêmico de varizes, você precisa tomar uma decocção de 1 colher de sopa. eu 3 vezes ao dia por 2 semanas, para uso externo, você pode usar o trevo 1 vez por dia.

É importante considerar que o trevo doce medicinal pertence a plantas venenosas; portanto, em nenhum caso você deve exceder a dose recomendada.

Você não pode tomar uma decocção durante a gravidez e com doenças renais.

Melilotus officinalis – um meio de aumentar o tônus ​​das veias, reduzir a gravidade e a dor nas pernas, além de normalizar a circulação sanguínea nos vasos com varizes.

A urtiga é um venotônico natural eficaz. Na planta, você pode preparar decocções e infusões destinadas ao uso interno e externo. Com varizes das extremidades inferiores, recomenda-se o tratamento com vassouras de urtiga. Após 2-3 meses de uso regular deste remédio, o número de veias das pernas diminui, inchaço, dor e sensação de fadiga.

A urtiga é um venotônico natural eficaz. Na planta, você pode preparar decocções e infusões destinadas ao uso interno e externo.

Kalanchoe não é apenas uma flor caseira popular, mas também uma erva curativa de varizes nas pernas, o que ajudará a lidar facilmente com o estágio inicial da doença. Os melhores resultados no tratamento mostram o uso de tinturas de folhas de flores. Para prepará-lo, você precisa colocar as partes cortadas da planta em uma jarra de vidro, encher pela metade e encher com vodka na parte superior do recipiente. Significa insistir 7 dias, agite o frasco diariamente. A tintura pronta é usada para esfregar a pele em varizes do corpo.

Kalanchoe não é apenas uma flor caseira popular, mas também uma erva curativa de varizes nas pernas, o que ajudará a lidar facilmente com o estágio inicial da doença.

Sophora Japanese

Elimina o inchaço e evita o espessamento do sangue com tintura varicosa à base de sophora japonesa. Para fazer o medicamento, você precisa tomar 2-3 colheres de sopa. eu frutas, encha-os com 500 ml de vodka e insista em um local escuro por 14 dias. A tintura é tomada 3 vezes ao dia antes das refeições, 15 gotas, lavadas com uma pequena quantidade de água morna. O curso do tratamento é de 3 semanas.

Medicamentos preparados a partir de qualquer parte da Sophora japonesa não devem ser tomados durante a gravidez e lactação.

Elimina o inchaço e evita o espessamento do sangue com tintura varicosa à base de sophora japonesa.

Cmin arenoso

O zmin de areia (immortelle entre as pessoas) é uma das ervas mais eficazes para varizes. O óleo essencial de planta é usado para comprimir e esfregar, adicionando-o a um creme simples ou a qualquer óleo base. No tratamento externo de varizes, é utilizado um caldo immortelle, preparado a partir de 2 copos de água e 1 colher de sopa. eu folhas secas de grama. As ataduras são abundantemente umedecidas no líquido obtido e são feitas ataduras, envolvendo os membros nos músculos da panturrilha e nas coxas.

O zmin de areia (immortelle entre as pessoas) é uma das ervas mais eficazes para varizes.

Para o tratamento, você pode tomar qualquer parte da planta. A lista dos remédios mais eficazes para varizes anti-varicosas inclui tintura de raízes de dente de leão. É necessário levar 70 g de material vegetal, combiná-los com 300 ml de vodka, colocar em um recipiente de vidro e deixar por 2 semanas em um local escuro e fresco. O líquido resultante é usado para esfregar diariamente as partes doentes do corpo.

A lista dos remédios mais eficazes para varizes anti-varicosas inclui tintura de raízes de dente de leão.

Milefólio

Para fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos e veias, é recomendável usar uma pomada com yarrow. 1 colher de sopa. eu ervas secas picadas despeje 50 ml de água quente, aqueça levemente em fogo, deixe esfriar e adicione 20 g de vaselina. Pomada pode ser usada apenas nos estágios iniciais das varizes.

Se a doença é complicada por trombose, o uso do medicamento é contra-indicado.

Para fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos e veias, é recomendável usar uma pomada com yarrow.

A camomila é considerada a erva de cura mais segura para o tratamento domiciliar de varizes. Meios para terapia externa, preparados a partir das flores da planta, podem ser usados ​​mesmo durante a gravidez e a lactação.

O óleo de camomila é considerado um remédio altamente eficaz contra varizes. Para cozinhá-lo, você precisa preencher as flores frescas das plantas com óleo vegetal não refinado e insistir 40 dias. Depois disso, filtre o óleo e use-o para esfregar as áreas problemáticas da pele.

A camomila é considerada a erva de cura mais segura para o tratamento domiciliar de varizes.

Taxas de ervas

Para a fitoterapia com varizes trouxe o máximo benefício, recomenda-se o uso de coleções de plantas medicinais que tenham um efeito complexo nos vasos sanguíneos. Para misturas, são tomadas ervas com propriedades venotônicas, anticoagulantes, analgésicas e diuréticas.

Os especialistas recomendam beber as seguintes taxas para varizes:

  • Ledum, raiz de cálamo, yarrow, raiz de hemophilus, raiz de incenso, frutos de Sophora e cerejeira, gerânio, alpinista, folhas de mirtilo;
  • botões de bétula, coltsfoot, cálamo, sucessão, trevo;
  • knotweed, chokeberry, casca de salgueiro, raiz da serpente highlander e Scutellaria, folhas de gerânio;
  • folhas de mirtilo, banana, algemas, flores de calêndula, knotweed, rabo de cavalo.

As taxas são usadas para a preparação de decocções e infusões. Para fazer um medicamento, você precisa tomar os ingredientes em proporções iguais e depois 2-3 colheres de sopa. eu despeje as matérias-primas em um frasco de 500 ml de água fervente e deixe durante a noite.

Antes de tomar qualquer coleção de ervas em casa, consulte seu médico.

Ekaterina, 37, Ufa

Eu estava convencido de que ervas medicinais, como camomila, ajudam muito nas varizes. Tomo uma decocção e faço compressas da infusão. Alivia a dor, reduz o peso nas pernas.

Albina, 43, Ecaterimburgo

A medicina tradicional sempre foi cética, mas uma amiga que, como eu, tinha varizes nas pernas, aconselhou-a a usar a tintura de Kalanchoe com medicamentos. Após um mês de fricção regular do produto na pele, notei que a rede vascular se tornou menos pronunciada e o edema é muito menos comum.

Anatoly, 52, Kaliningrado

Eu tentei muitos remédios para varizes, incluindo pessoas. Eu acredito que o efeito das ervas medicinais é baixo, você pode perder o tempo e iniciar a doença. Se você aplicar esse método, apenas como um complemento à terapia medicamentosa.

Ervas de varizes nas pernas: receitas eficazes e simples para tinturas, decocções, fricção

Desde tempos imemoriais, várias ervas medicinais têm sido usadas por curandeiros para tratar muitas doenças, incluindo varizes (VRV). As causas predominantes do desenvolvimento dessa doença são os seguintes fatores: diminuição da elasticidade das paredes dos vasos sanguíneos, congestão venosa, coagulação do sangue.

Nanovein  Lançados efeitos de varizes

Por conseguinte, para o tratamento de varizes, é necessário reduzir ou eliminar a influência das razões acima. Você pode usar para isso os medicamentos tradicionais e os remédios de ervas.

As preparações à base de plantas para varizes podem ser usadas de várias maneiras: como um meio para administração oral, fricção, compressas, banhos. Mas, independentemente da metodologia de tratamento escolhida, antes de iniciar seu uso, você deve consultar seu médico para identificar possíveis contra-indicações.

Os princípios básicos do tratamento

O uso de ervas medicinais no tratamento da HBP envolve seguir várias regras, cuja não observância pode levar a consequências negativas. Primeiro de tudo, você deve consultar um especialista, um médico ajudará a determinar a viabilidade e eficácia da técnica escolhida.

Quando um médico aprova uma opção de tratamento em casa, você precisa prestar atenção aos seguintes aspectos:

Como as instruções recomendam, antes de preparar qualquer remédio caseiro com ervas, é recomendável que você se familiarize primeiro com as propriedades das plantas utilizadas, pois algumas delas podem ser tóxicas. Neste caso, você deve tomar o medicamento de acordo com uma dosagem rigorosa, caso contrário, o envenenamento não é descartado.

Conselhos! Se aparecerem sintomas de intoxicação, você deve interromper imediatamente o curso do tratamento e consultar seu médico.

Castanha da Índia

A planta mais popular usada para tratar a HBP é a castanha da Índia. Para a preparação de tinturas e decocções medicinais, tanto os frutos quanto as inflorescências desta planta podem ser utilizados.

A castanha aumenta o tom das paredes venosas e vasculares, ajuda a reduzir processos inflamatórios e dilui o sangue.

Entre os métodos eficazes de tratamento da castanha estão os seguintes:

  1. Decocção para administração oral. Para preparar esta ferramenta, você precisa derramar 2 colheres de sopa. eu inflorescências de castanha pré-picadas com um copo de água purificada ou fervida e deixe descansar por quarenta minutos. Após o tempo definido, o caldo deve ser fervido e resfriado por uma hora. Leve o produto deve ser um terço de um copo, três vezes ao dia.
  2. Infusão Para a sua preparação, é necessário preencher seis litros de castanha da Índia e 2 colheres de sopa, com meio litro de álcool de qualidade. eu inflorescências pré-esmagadas e secas. A mistura resultante deve ser infundida por duas semanas em local escuro. Aplique da seguinte forma: as áreas afetadas devem ser esfregadas com tintura diluída em água em uma porcentagem de um a dois. Para melhores resultados, recomendamos cobrir os pés com gaze ou um pano limpo.

Deve-se lembrar que a duração máxima de um tratamento com medicamentos para castanha preparados em casa não deve exceder seis meses.

Ao contrário da opinião de muitos, é bem possível curar varizes com ervas, basta seguir todas as regras e recomendações relativas à preparação e uso de taxas medicinais. Existem muitas opções para receitas, mas, independentemente dos componentes utilizados, elas devem ser preparadas e tomadas de acordo com um único esquema.

Primeiro você precisa misturar ervas secas pré-desfiadas em quantidades idênticas. Três a quatro colheres de sopa da mistura assim preparada devem ser vertidas com meio litro de água fervente e deixadas por duas a três horas. Tome a bebida que você precisa pelo menos três vezes durante o dia, um terço de um copo.

Ervas para varizes podem ser as seguintes:

  • calêndula, rabo de cavalo de campo, banana, manguito, knotweed, folhas de mirtilo;
  • folhas jovens de bétula, rizomas-leão, melilot, vagens de feijão vazias, raízes de prímula, trevo, folhas de framboesa;
  • motherwort, gomos de bétula, raiz de cálamo, melilot, sucessão, pé colts;
  • raiz hemorrágica, ledum, yarrow, raiz de cálamo, sophora, bagas de cereja de pássaro, folhas de mirtilo, folhas de gerânio, erva de São João;
  • casca de salgueiro jovem, crowberry, chokeberry, knotweed, gerânio, yarrow, raiz do alpinista cobra.

A duração do curso do tratamento através do uso de qualquer coleção, cuja receita é dada acima, pode variar de três a seis meses, esse aspecto é completamente devido ao grau e forma das varizes. Por exemplo, varizes após uma lesão devem ser tratadas por um período mínimo de quatro meses.

Pomada à base de plantas

Entre os remédios mais eficazes para a VFC, é necessário incluir, em primeiro lugar, pomadas preparadas com base em decocções de ervas e gorduras animais. A combinação desses componentes contribui para uma penetração mais profunda de substâncias benéficas nos tecidos, melhora o fluxo sanguíneo e evita a formação de estase venosa.

Para a fabricação de pomadas, você pode usar qualquer tipo de gordura interior: ganso, texugo, pato e assim por diante. Mas como os meios mais úteis e eficazes são chamados de gorduras para ursos e marmotas, o único sinal negativo é um preço bastante alto.

O processo de preparação de uma pomada terapêutica é mais do que simples; o vídeo deste artigo permitirá que você se familiarize com as principais nuances da preparação com mais detalhes:

  1. Primeiro você precisa preparar uma coleção de ervas dos seguintes tipos: raízes de consoldrey esmagadas em uma quantidade de 10 colheres de sopa. L., flores de castanheiro, folhas de confrei e flores de acácia – 2 colheres de sopa. eu A mistura resultante deve ser bem esmagada com um moedor de café e misture.
  2. Em seguida, derreta 4-5 colheres de sopa. eu gordura interna e misture com as plantas em pó. O produto deve ser deixado esfriar completamente.
  3. Poucas horas após a preparação, a pomada obtida deve ser derretida novamente com um banho de água e depois filtrada através de uma peneira muito fina ou gaze comum.

A pomada assim obtida deve ser armazenada na geladeira. Antes de aplicar a dose, o medicamento deve ser ligeiramente aquecido nas palmas das mãos e, em seguida, lubrificar generosamente as veias danificadas. Para obter o melhor efeito, é aconselhável cobrir as pernas após a aplicação com gaze ou um pano fino.

Conselhos! Para uma recuperação completa, você deve usar a pomada de um a oito meses. Ocasionalmente, você também pode aplicar o medicamento como medida preventiva após o desaparecimento da rede vascular.

Formulações de um componente

Decocções unicomponentes e infusões de ervas medicinais não são menos eficazes para varizes, cuja preparação é usada apenas um tipo de planta. Nesse caso, as ervas com HBP podem ser usadas tanto como friccionadas quanto ingeridas.

Entre as receitas mais eficazes estão as seguintes:

  1. Infusão para administração oral. É necessário misturar em partes iguais as flores do trevo-do-prado e roseira brava pré-moída. 2 colheres de sopa. eu a mistura resultante deve ser derramada com um copo de água fervente e deixe fermentar por várias horas. Você não pode usar roseira, pois neste caso os frutos da planta atuam como um agente fortalecedor. Beba este remédio três vezes ao dia por um terço de um copo.
  2. Infusão de camomila. Para prepará-lo, despeje 2 colheres de sopa. eu flores pré-secas com um copo de água fervente e deixe o agente fermentar. Após a infusão ter esfriado a uma temperatura confortável, é necessário umedecer abundantemente com um pano fino ou gaze, com a qual as compressas devem ser aplicadas nas veias afetadas.
  3. Suco de celandine. Para obter um agente terapêutico, você deve coletar quantas plantas forem necessárias para obter um terço de um copo de suco. O medicamento resultante deve lubrificar abundantemente as áreas afetadas e envolvê-las com gaze ou tecido fino. A duração de tal procedimento não deve ser superior a quatro horas.

Pensando nos métodos mais eficazes de tratamento de varizes, não se deve esquecer que a falta de tratamento oportuno pode levar a uma exacerbação da doença, a formação de locais ulcerativos e coágulos sanguíneos. O tratamento de varizes deve começar quando os primeiros sintomas perturbadores aparecerem.

Além disso, não importa que tipo de coleção de ervas para varizes é usada, antes de usá-lo, você deve definitivamente consultar seu médico.

Lagranmasade Portugal