Lista de comprimidos varicosos

Uma das patologias mais comuns são as varizes das extremidades inferiores. Com esta doença, as paredes vasculares se tornam mais finas e seu comprimento também aumenta. A causa das varizes das pernas pode ser um estilo de vida incorreto e uma predisposição genética. Por isso, é importante conhecer os medicamentos que podem ser usados ​​para esta doença.

A maioria das pessoas acredita que, ao expandir as veias, basta usar pomadas. No entanto, as varizes podem estar não apenas nas pernas, mas também em outras partes do corpo e até nos órgãos. Nem sempre é possível realizar a terapia com pomadas; portanto, nesses casos, os comprimidos para varizes podem se tornar eficazes. Eles também são recomendados para uso nas manifestações primárias da doença. As formas lançadas de patologia das extremidades inferiores requerem intervenção cirúrgica.

Deve-se notar que os comprimidos para varizes são indicados em qualquer estágio da doença, uma vez que realizam a seguinte ação:

  • normalizar o fluxo sanguíneo e contribuir para a remoção do edema;
  • fortalecer as paredes vasculares e ajudar a eliminar o processo inflamatório nelas;
  • reduzir a probabilidade de novos coágulos sanguíneos e reduzir os existentes.
As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Medicamentos anti-varicosos

Existem vários tipos de agentes para combater varizes:

  1. Flebotônicos. A ação desses medicamentos é direcionada contra o edema. Além disso, eles fortalecem as paredes dos vasos sanguíneos e melhoram a microcirculação. Esses medicamentos incluem: Phlebodia, Eskuzan, Detralex e Ascorutin. A peculiaridade desses comprimidos é que eles têm um efeito multidirecional.
  2. Desagregantes. Esses medicamentos ajudam a reduzir a viscosidade do sangue e a minimizar a chance de novos coágulos sanguíneos. Estes incluem aspirina, cardiomagnil.
  3. Fibrinolíticos. As drogas desse grupo quebram coágulos sanguíneos que se formaram nas veias das pernas.

Os comprimidos para varizes são uma forma de medicamentos usados ​​para eliminar varizes nas extremidades inferiores. São eficazes tanto no tratamento quanto na prevenção da doença, pois atuam nas veias por dentro, sendo absorvidos pelas paredes.

Normalmente, pílulas para varizes são usadas para terapia a longo prazo. Para obter um efeito eficaz, é recomendável fazer um curso de 6 a 12 meses. Além disso, ao usar comprimidos, é necessário aplicar um tipo de compressão de malhas, cremes e géis. A terapia medicamentosa pode ser prescrita como prevenção de recaídas ou após tratamento cirúrgico de varizes das extremidades inferiores.

Meios para varizes

O tratamento correto para varizes nas pernas é usar uma variedade de técnicas. Mas quais pílulas são adequadas para combater as varizes das extremidades inferiores, o médico decide. Depois de revisar a história do paciente e receber os resultados de seus testes, o médico selecionará os medicamentos mais eficazes que normalizam o tônus ​​das veias das pernas, melhoram a circulação sanguínea e linfática.

Chamamos a sua atenção uma lista de medicamentos que contribuem para a restauração do estado das veias das extremidades inferiores:

Nanovein  A escolha certa de sapatos para varizes

  1. Detralex Essas pílulas anti-varicosas para os pés são bastante populares. Eles aumentam o tom e a elasticidade dos vasos sanguíneos e também eliminam a estagnação de fluidos neles. Eles são recomendados para beber dois comprimidos duas vezes ao dia. A duração do curso é determinada pelo médico. Nos estágios iniciais das varizes das pernas, a pílula deve ser consumida por três meses. Se houver coágulos sanguíneos, o tratamento deve ser estendido para seis meses. O medicamento é contra-indicado em crianças menores de 18 anos, bem como durante a amamentação e durante a gravidez. O tratamento de varizes com Detralex é bem tolerado, mas pode haver reações adversas na forma de alergias, erupções cutâneas, dores de cabeça ou distúrbios do trato gastrointestinal.
  2. Phlebodia. Estes comprimidos agem da mesma maneira que o medicamento anterior. Phlebodia é contra-indicado para quem sofre de alergias, pessoas com doenças renais e hepáticas. No entanto, essas pílulas podem ser consumidas durante a gravidez. Para um tratamento eficaz e prevenção de varizes nas pernas, recomenda-se tomar o medicamento antes de ingerir alimentos pela manhã. A duração da terapia depende do grau de negligência da doença. Ao usar esse remédio para varizes anti-varicosas, os pacientes devem seguir as seguintes regras: usar roupas íntimas de compressão, usar pomadas contra varizes das pernas, andar a pé ao ar livre e não passar tempo ao sol. Se houver excesso de peso, devem ser feitos esforços para reduzi-lo. Observando todas as regras para tomar o medicamento, o resultado esperado é alcançado muito mais cedo.
  3. Aescusan. A composição deste medicamento inclui extrato de castanha da Índia, que tem um efeito benéfico no estado dos vasos sanguíneos. Após o curso terapêutico, há uma melhora no tom e na elasticidade das veias das pernas e de outras partes do corpo. Comprimidos também são recomendados contra sintomas de varizes, como cãibras e dor. Dado que o medicamento consiste em um componente natural, não possui contra-indicações, com exceção da intolerância individual.
  4. Venoruton. Este medicamento é feito na forma de comprimidos, pomadas, cápsulas. É usado para combater doenças como varizes das pernas. O medicamento ajuda bem na presença de edema, elimina a pigmentação, é capaz de tratar úlceras tróficas e ajuda a remover toxinas. É necessário tomar pílulas por duas semanas e, em seguida, é necessário fazer uma pausa por 21 dias, após os quais você pode continuar o tratamento. No entanto, as mulheres grávidas também podem tomar este medicamento apenas a partir do segundo trimestre e por recomendação de um médico. Nesse caso, o gel é prescrito com mais frequência, uma vez que não absorve no sangue, o que não afeta o desenvolvimento do feto. Os efeitos colaterais dos comprimidos incluem: reações alérgicas, função intestinal prejudicada e tontura. Se eles ocorrerem ao tomar o medicamento, você deve parar de beber pílulas e consultar um médico.
  5. Antistax Este flebotônico é amplamente utilizado contra varizes nas pernas. Restaura bem as paredes dos vasos sanguíneos e também é eficaz em edema e inflamação. O principal componente do medicamento é o extrato de folhas de uva. Antistax está disponível na forma de cápsulas, que devem ser consumidas 2 peças uma vez na batida. Você precisa fazer isso por três meses. Se não houver dinâmica positiva dentro de um mês, você precisará consultar um médico para aumentar a dose. Não é recomendado o uso de cápsulas para varizes de crianças, bem como durante a lactação e gravidez. Deve-se notar que o medicamento contém açúcar, por isso é prescrito para diabéticos com extrema cautela.
  6. Vênus. Na presença de varizes nas pernas, Venarus pode ser usado. É muito eficaz no combate a esta doença, pois ajuda a saturar o sangue com oxigênio, tem um efeito anti-inflamatório e evita a formação de coágulos sanguíneos. A duração da terapia é de aproximadamente 30 dias. Dosagem: um comprimido ao bater, com patologia grave, dois são aceitáveis. Eles devem ser consumidos com alimentos. Este medicamento é contra-indicado para mulheres grávidas com varizes, durante a amamentação e na presença de alergias. Praticamente não houve efeitos colaterais ao tomar o medicamento, coceira ou dor de cabeça raramente é observada. Durante o tratamento de varizes nas pernas em combinação com contraceptivos orais, pode ocorrer sangramento vaginal. Nesse caso, você deve consultar um médico para ajustar o tratamento.
  7. Aspirina Essas pílulas são bem conhecidas por todos, mas poucas pessoas sabem que são usadas como tratamento para varizes nas pernas. A aspirina ajuda a prevenir trombose. Não tome a pílula sozinho. Isso deve ser feito apenas como prescrito por um especialista, porque em grandes doses, o medicamento pode causar sangramento. Para tratar varizes nas pernas, tome um comprimido de aspirina a cada quatro horas. A dose diária não deve exceder oito comprimidos. Eles devem ser tomados após as refeições para não prejudicar as paredes do estômago. A aspirina é contra-indicada durante a gravidez e lactação. Além disso, não é prescrito na presença de asma brônquica, gastrite e úlceras estomacais. É extremamente indesejável usá-lo para doenças dos rins e fígado, uso de heparina ou seus substitutos, intolerância individual, tendência ao sangramento. Para crianças menores de 12 anos de idade, este medicamento é contra-indicado. Em caso de sobredosagem, são observadas desidratação do corpo, visão e audição prejudicadas, alterações no sistema respiratório, vômitos, hipertermia, coma e sangramento. É por isso que você não deve definir a dose do medicamento. Tome apenas sob recomendação de um médico.
  8. Cardiomagnil. No combate às varizes, o cardiomagnil é frequentemente usado. Inclui aspirina e magnésio. Esses componentes diluem bem o sangue, o que evita coágulos sanguíneos nas veias.
  9. Diclofenaco. Estes comprimidos têm um efeito anti-inflamatório, o que é muito importante no combate às varizes. O medicamento deve ser usado após uma refeição, um comprimido por dia. Antes de tomar, não deixe de consultar um médico.
  10. Actovegin. Este medicamento é considerado opcional para varizes. A droga ajuda a melhorar os processos metabólicos do corpo. Actovegin está disponível em forma de cápsula. Os pacientes são aconselhados a usar duas peças três vezes ao dia. A duração do curso é determinada pelo médico.
Nanovein  Exercícios úteis e proibidos para varizes das pernas

Patologias semelhantes das veias são muito comuns e perigosas, pois são acompanhadas por distúrbios de outros órgãos. Com pequenas manifestações da doença, não é necessária apenas terapia medicamentosa na forma de uso de drogas locais, como pomada ou gel. É muito importante abordar o problema de forma abrangente. Somente então um efeito positivo pode ser alcançado.

Independentemente de quais pílulas foram escolhidas para o tratamento de varizes, antes de começar a usá-las, você deve sempre consultar um médico. Um especialista poderá escolher corretamente o medicamento, levando em consideração todas as contra-indicações, sem prejudicar sua saúde.

Não se esqueça das medidas preventivas para varizes. Mesmo durante a terapia medicamentosa, é necessário usar constantemente roupas íntimas especiais de compressão, fazer exercícios de bem-estar e tomar um banho de contraste.

Lagranmasade Portugal