Linfonodos na virilha

Os linfonodos inguinais são quase invisíveis e normalmente não causam transtornos a uma pessoa. Sua ligeira mudança sinaliza a presença de qualquer patologia na parte inferior do corpo, em particular na área dos órgãos abdominais, ossos e tecidos moles das extremidades inferiores. Uma forte mudança nos linfonodos localizados na virilha, seu edema, dor pode ser um sinal de doenças graves do sistema urinário e reprodutivo. Em qualquer caso, recomenda-se que o diagnóstico seja confiado a um médico.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Inflamação dos gânglios linfáticos na virilha

As causas da inflamação dos gânglios linfáticos na região inguinal podem ser várias:

  • uma reação alérgica a qualquer droga ou picada de inseto;
  • violação da integridade da pele das extremidades inferiores (ferida menor, calo na perna, arranhão). Mesmo pentear uma picada de mosquito pode provocar uma reação imediata do sistema linfático;
  • a presença de cistos ovarianos em mulheres;
  • esticar os músculos localizados na área pélvica durante esportes;
  • a presença de ISTs. Tais infecções incluem: gonorréia, tricomoníase, sífilis, clamídia. Normalmente, essas doenças na fase inicial do desenvolvimento são acompanhadas por sintomas pronunciados (prurido na área genital, secreção da uretra ou da vagina, dor durante a relação sexual); portanto, é bastante difícil perder o início;
  • tumores malignos e benignos dos órgãos pélvicos, hérnia, doenças inflamatórias como prostatite, anexite, vulvite, etc;
  • a presença de infecção pelo HIV. Nesse caso, há um aumento não apenas no inguinal, mas também em outros grupos de linfonodos;
    pedras nos rins, processos patológicos no fígado, doenças do sangue.
Nanovein  Exercícios para varizes das extremidades inferiores video

Na maioria das vezes, a causa desse sintoma são precisamente as IST, que, com diagnóstico oportuno, são bastante fáceis de tratar. Se o linfonodo na virilha ficar inflamado, é necessário entrar em contato com um especialista como urologista, ginecologista, venereologista ou hematologista.

Linfonodos na virilha em mulheres

Em algumas mulheres, uma vez por mês (antes da próxima menstruação ou no meio do ciclo), pode-se notar uma dor especial na área dos linfonodos inguinais. Da mesma forma, o corpo responde a alterações hormonais que ocorrem durante esse período no corpo. Os nós na virilha podem causar desconforto durante a ovulação, quando o óvulo sai do ovário. Esse sintoma não é um desvio especial da norma, pois o corpo de cada mulher é individual e reage à sua maneira a todas as mudanças que ocorrem nele. Se um ligeiro aperto no linfonodo não causa muito desconforto e desaparece rapidamente sem consequências, geralmente não há motivo para preocupação.

Ao mesmo tempo, a inflamação crônica dos linfonodos inguinais nas mulheres pode sinalizar várias doenças do sistema reprodutivo. Primeiro de tudo, sobre a infecção. A segunda causa de qualquer alteração no linfonodo inguinal são os tumores benignos (lipomas) e malignos (câncer de ovário, câncer cervical).

Para estabelecer um diagnóstico preciso, é realizado um exame ginecológico e ultra-sonográfico dos órgãos pélvicos. De qualquer forma, tendo descoberto um linfonodo inguinal aumentado, não se deve entrar em pânico. O contato oportuno de um especialista garante uma cura bem-sucedida de uma doença existente.

Linfonodos na virilha em homens

Os linfonodos inguinais, tanto em mulheres quanto em homens, quase não são palpados. A razão para o aumento no tamanho do nó inguinal nos homens pode ser:

  • infecção bacteriana, viral ou fúngica que entrou no corpo através da cavidade oral, sistema respiratório, intestino, DST, cujo principal modo de transmissão é o contato sexual sem proteção com seu portador;
  • a presença de tumores benignos nos órgãos abdominais;
  • a presença de um tumor maligno. Nesse caso, o tumor pode ser primário, ou seja, afetando o sistema linfático (linfoma) ou fornecendo metástases ao linfonodo de qualquer outro órgão, mesmo distante. Os tumores secundários afetam principalmente os gânglios linfáticos, como regra, se espalhando pelo corpo com uma corrente sanguínea.
Lagranmasade Portugal