Linfonodos inguinais aumentados em homens causas e tratamento

Muitas vezes, os representantes do sexo forte tendem a minimizar ou exagerar os sintomas de suas doenças. Isso se deve ao medo de visitar médicos ou, no caso oposto, suspeita excessiva. No entanto, o aparecimento de uma vedação na virilha nos homens é um sinal alarmante que pode indicar uma série de processos patológicos no corpo.

Se você encontrar na região inguinal uma alteração na cor da pele e na aparência de qualquer inchaço, precisará procurar ajuda de um médico, mesmo que o selo seja indolor e não cause desconforto. Primeiro de tudo, para se submeter a um exame, você precisa visitar um urologista ou cirurgião. Se houver evidência, eles podem encaminhá-lo para outros especialistas.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Por causa do que há um inchaço na virilha nos homens

A presença de uma vedação ou inchaço na virilha sempre indica um mau funcionamento do corpo. O impacto negativo de fatores internos e externos pode se manifestar na forma de deformação da pele e gordura subcutânea. A causa exata só pode ser estabelecida após um exame clínico completo. No entanto, as principais razões para o aparecimento de um inchaço na região inguinal são identificadas:

  1. Inflamação dos nódulos inguinais nos homens: a penetração de bactérias, vírus no corpo, bem como os efeitos nocivos de fatores físicos e químicos adversos (picada de queimadura, queimaduras, envenenamento) levam à ativação de células imunes. Os linfonodos são órgãos imunocompetentes, razão pela qual aumentam de tamanho durante as reações inflamatórias;
  2. Hérnia inguinal: uma patologia muito comum entre a população masculina. As características estruturais do canal inguinal nos homens causam o aparecimento de hérnias na região inguinal. Visualmente, eles são definidos como uma protuberância de tamanho pequeno, com palpação nos estágios iniciais de uma hérnia, são indolores;
  3. Desenvolvimento de neoplasias: um tumor na virilha em homens é geralmente benigno. As neoplasias se desenvolvem a partir de tecido adiposo ou vascular. Normalmente, esses tumores aumentam gradualmente de tamanho e não causam dor;
  4. Hidradenite: uma doença inflamatória de um dos elementos do sistema anexial da pele – glândulas sudoríparas. Chamado por bactérias patogênicas. Nas pregas inguinais há uma quantidade significativa de glândulas sudoríparas que, quando expostas a fatores adversos, podem inflamar-se, assumindo a forma de uma compactação dolorosa;
  5. Trauma dos tecidos moles: lesões domésticas, quedas e pancadas em uma superfície dura levam a alterações locais na pele e gordura subcutânea na região inguinal. Devido a danos, inflamação, inchaço e inchaço da área afetada da pele se desenvolve;
  6. Linfogranulomatose inguinal: uma das variantes do curso da infecção por clamídia. Antes que os linfonodos inguinais aumentem nos homens, ocorrem feridas (erosões) na pele localizada acima dos linfonodos;
Nanovein  O início do tratamento de varizes

Inflamação dos gânglios linfáticos inguinais: causas e sintomas

O processo inflamatório nos gânglios linfáticos pode ser observado com a introdução de bactérias, vírus ou protozoários patogênicos no corpo. A inflamação dos gânglios linfáticos depende da gravidade da doença subjacente. No entanto, existem várias patologias nas quais a inflamação dos gânglios linfáticos é um dos primeiros sintomas. Existem tais razões para o aumento dos linfonodos inguinais nos homens:

  • Infecções generalizadas de várias etiologias;
  • Processos infecciosos e inflamatórios do trato geniturinário: prostatite, uretrite, orquite;
  • Doenças sexualmente transmissíveis: sífilis, ureaplasmosis, clamídia;
  • Candidomicose genital;
  • Infestações por helmintos;
  • Tumores malignos e benignos;
  • Lesões e feridas penetrantes na coxa e na virilha;

Além de um aumento no tamanho, outros sintomas também são possíveis. Isso é importante a considerar no diagnóstico diferencial de doenças que levam à linfadenopatia (inflamação dos gânglios linfáticos). Outros sintomas:

  1. Febre baixa;
  2. Sintomas de intoxicação: fraqueza, letargia, falta de apetite;
  3. A presença de sintomas de doenças inflamatórias dos órgãos urogenitais: dor, coceira, ardor, secreção patológica da uretra;
  4. Corrimento nasal, dor de garganta, tosse;
  5. Linfonodos doloridos com palpação;
  6. Mudanças na cor da pele e temperatura local sobre o linfonodo inflamado;

Hérnias inguinais em homens: causas e sintomas clínicos

A ocorrência de hérnias inguinais em homens é um fenômeno muito comum na prática cirúrgica. Uma hérnia inguinal se manifesta na forma de uma protrusão de uma parte do omento ou intestino maior, coberta com um peritônio oco, através do canal inguinal. As causas das hérnias inguinais nos homens incluem:

  • Características anatômicas da estrutura do canal inguinal. Ao contrário das mulheres, nos homens o anel inguinal é mais fortalecido pelos ligamentos e músculos, o que contribui para o desenvolvimento frequente de hérnias;
  • Tosse crônica grave com doença pulmonar obstrutiva ou tabagismo;
  • Esforço físico excessivo nos músculos abdominais, levantamento de peso;
  • Excesso de peso;
  • Lesões nas fibras musculares devido a inchaços ou lesões com objetos pontiagudos;

As manifestações iniciais da hérnia inguinal são o aparecimento de inchaço na virilha em homens à esquerda ou à direita. Geralmente a formação é indolor. Com um aumento no tamanho da hérnia, pode-se observar uma sensação de peso, desconforto ao caminhar. Apesar dos sintomas clínicos relativamente leves, as hérnias inguinais são perigosas por suas complicações. O mais formidável deles é a violação do saco hernial. Devido a distúrbios da circulação sanguínea em um local comprimido, a necrotização do tecido se desenvolve, o que leva à peritonite e sepse.

Neoplasias inguinais: uma característica clínica

Processos proliferativos na região da virilha são geralmente benignos. Um homem pode ser perturbado pelo aparecimento de uma compactação subcutânea indolor. Os tumores benignos mais comuns da região inguinal são lipoma e ateroma. O lipoma se desenvolve a partir de adipócitos devido a um mau funcionamento do mecanismo da mitose. O ateroma pode se desenvolver a partir de camadas da parede vascular. O selo é indolor, firme ao toque. Às vezes, pode ocorrer uma descoloração da pele sobre o tumor. No entanto, mesmo que a neoplasia não cause desconforto, é muito importante consultar um dermatologista para excluir processos malignos. Um tumor na região da virilha de um homem está necessariamente sujeito a exame histológico.

Nanovein  Nadar com varizes

Hidradenite: etiologia, manifestações

A inflamação das glândulas sudoríparas é causada pela flora bacteriana. O agente causador mais comum da doença é Staphylococcus aureus. As seguintes condições adversas são necessárias para o desenvolvimento de hidradenite:

  1. Aumento da transpiração;
  2. Não observância de higiene pessoal;
  3. Violação da integridade da pele: cortes ao fazer a barba, arranhar;
  4. Violações no sistema imunológico do corpo;

Além da compactação com hidradenite, os seguintes sintomas são observados:

  • Dor severa;
  • Inchaço da pele sobre a glândula afetada;
  • Hiperemia da pele;
  • Com a progressão da doença, uma descarga purulenta se forma;
  • Após a abertura do abscesso, permanece uma úlcera, que cura cicatrizando;

A hidradenite dura 12-14 dias. Os pacientes se queixam de fraqueza, febre. A doença é propensa a recaída.

Trauma de tecidos moles: manifestações clínicas

No caso de lesões de tecidos moles na região da virilha, os homens observam o aparecimento de inchaço e dores intensas. Na palpação da área lesionada, a dor se intensifica. A pele sobre a área de dano é primeiro carmesim e depois adquire um tom azulado. Alguns dias após a lesão, o inchaço diminui.

Linfogranulomatose inguinal: etiologia, clínica

O fator etiológico na ocorrência de linfogranulomatose inguinal é Chlamidia Trachomatis. A transmissão é de uma pessoa doente, bem como de um portador de infecção. A rota de transmissão é sexual. O curso clínico é caracterizado pela frequência de:

  1. No primeiro período, pequenas erosões aparecem sobre os linfonodos afetados. A cura ocorre sem cicatrizes e pigmentação; muitos pacientes não percebem essas manifestações;
  2. O segundo período é manifestado por um aumento nos linfonodos inguinais e femorais. Eles são extremamente dolorosos, há hiperemia da pele. À medida que a doença progride, os linfonodos se fundem com os tecidos próximos;
  3. O terceiro período é caracterizado por uma violação da saída de linfa dos tecidos e órgãos da pelve, a linfostase é formada. Complicações graves se desenvolvem;

Se tais sintomas forem encontrados, você deve consultar imediatamente um dermatologista.

Diagnóstico de vedações na virilha

Dado o grande número de condições patológicas que levam ao inchaço e caroços na região da virilha, apenas um médico deve diagnosticar. Primeiro de tudo, um homem precisa entrar em contato com um urologista ou cirurgião. Na presença de uma síndrome infecciosa geral, pode ser necessário consultar um especialista em doenças infecciosas ou um dermatovenerologista. Ao detectar selos na região da virilha, a automedicação é estritamente contra-indicada.

Lagranmasade Portugal