Inflamação de uma veia em um tratamento de pé

A inflamação das veias nas pernas na prática médica é chamada flebite. Atualmente, esta doença é enfrentada por pessoas idosas e depois dos 30 anos.

Esta doença indica uma violação do fluxo sanguíneo através dos vasos e veias das extremidades inferiores. O processo inflamatório se desenvolve devido a alterações na estrutura das paredes venosas, a formação de pequenos coágulos sanguíneos que obstruem os vasos e interrompem seu movimento total.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Sinais de doença

A flebite se faz sentir pelo inchaço das pernas, que é acompanhado por dor. Quando as veias ficam bloqueadas, suas paredes se expandem e incham para fora. Assim, esta doença causa não apenas dor física, mas também um problema estético.

Uma veia inflamada na perna é reconhecida pelo aparecimento de vermelhidão na pele, acompanhada de alta temperatura corporal e calafrios.

O estágio inicial da inflamação venosa profunda é considerado como varizes. Sintomas como uma rede translúcida de vasos sanguíneos através da pele, dores frequentes nas extremidades inferiores dão origem a um médico competente.
As veias inflamadas na perna requerem uma abordagem individual de especialistas. O autotratamento pode apenas aliviar os sintomas, eliminar parcialmente os sinais externos da doença, mas não afeta a causa de sua manifestação periódica.

Fatores que contribuem para a inflamação das veias das pernas

Os médicos identificam uma série de razões principais pelas quais a inflamação das veias das extremidades inferiores se desenvolve. Estes incluem:

  • excesso de peso corporal;
  • trabalho físico duro regular;
  • lesões recebidas;
  • ter um filho;
  • estilo de vida sedentário;
  • manipulações cirúrgicas nas pernas;
  • varizes não tratadas;
  • infecção do corpo por bactérias patogênicas através de danos externos à pele;
  • sangue espesso;
  • tensão nervosa constante;
  • desnutrição;
  • hereditariedade;
  • curativo inadequado durante primeiros socorros para contusões, luxações, cortes;
  • superexcitação e estresse;
  • sapatos apertados e desconfortáveis;
  • sapatos com salto;
  • Pressão sanguínea "pulando".

Variedades da doença

Os médicos diagnosticam flebite superficial e em profundidade. A inflamação das veias superficiais é mais fácil de detectar do que o funcionamento prejudicado das veias profundas. A inflamação das veias profundas não é determinada por sinais externos, mas se manifesta por dor, cãibras, formigamento nas pernas.

A identificação de processos inflamatórios das veias profundas ocorre através do uso de equipamentos médicos de diagnóstico. A ultrassonografia e a digitalização duplex podem avaliar com segurança as condições das paredes e tomar medidas para restaurá-las e melhorar o funcionamento.

A tromboflebite (bloqueio das veias) é uma forma progressiva de inflamação das veias nas pernas e é mais difícil de tratar do que o estágio inicial da doença. Uma atitude negligente em relação a esse diagnóstico pode levar à formação de úlceras tróficas, intensificação de dores percebidas, inatividade e até incapacidade.

Métodos de tratamento

A dor nas veias não deve apenas alarmar, mas também incentivar uma visita imediata ao médico. Se as veias não são capazes de fornecer fluxo sanguíneo total, a carga nas artérias e no sistema vascular aumenta, o que é repleto de desenvolvimento de doenças cardíacas e flebite.

Se a inflamação das veias nas pernas não for tratada, não se deve esperar melhora no bem-estar. A dor nas pernas no início da doença incomoda periodicamente e, eventualmente, se torna crônica.

Primeiros socorros

Ao prestar os primeiros socorros, primeiro é necessário remover a inflamação que causa dor nas pernas. Todos devem saber o que fazer para que as veias deixem de inflamar ainda mais. Primeiro de tudo, você precisa limitar o banho de sol, a atividade física e esfriar os pés com a ajuda de banhos de ervas, compressas de repolho ou folhas de uva, banana da terra. O resfriamento dos locais dolorosos permitirá que você estique o calor, e a posição supina (pernas acima do nível do corpo) ajudará a aliviar a carga no coração e a obter uma saída de sangue das extremidades, o que reduzirá efetivamente o inchaço das pernas.

A prestação de primeiros socorros não é um procedimento médico, mas apenas facilita a manifestação de inflamação das veias nas pernas. Quanto a como tratar as veias corretamente e com o que, esta é uma questão separada. Você pode eliminar a inflamação por métodos conservadores – medicamentos, remédios populares e intervenção cirúrgica.

Terapia de medicação

Este método de tratamento da inflamação das veias das pernas envolve o uso de medicamentos tanto externa quanto internamente.

Inicialmente, a inflamação das veias das extremidades inferiores pode ser tratada com medicamentos para uso externo, representados por uma grande variedade de pomadas, géis e cremes. Os medicamentos são aplicados ao membro doente com movimentos de massagem. Muitos deles tendem a aliviar o inchaço e a inflamação, anestesiam, previnem coágulos sanguíneos, afinam o sangue, fortalecem as paredes das veias.

A lista das preparações tópicas mais eficazes para o tratamento da inflamação das veias das pernas inclui: Heparina, Troxevasina e Hepanol pomada; Creme Voltaren, Rutozida, Diclofenacol, Venobene, Nice, Veroruton, Dolgit; géis Lyoton e Nurofen. Use medicamentos somente após consulta com um flebologista.

Medicamentos orais úteis no tratamento da inflamação venosa:

  • fármacos anti-inflamatórios não esteróides: cetonal, meloxicam, doclobern, cetoprofeno;
  • medicamentos para prevenir a estagnação do sangue nos vasos venosos: Vasoket, Venosmin, Detralex, Actovegin, Trental;
  • agentes anticoagulantes: Cardiomagnil, Aspirina;
  • medicamentos que impedem a formação de trombose: ácido acetisalicílico, clopidogrel;
  • enzimas – uroquinase, tripsina, quimiotripsina.

Juntamente com os medicamentos orais, pomadas ou géis prescritos, o médico pode prescrever a passagem da fisioterapia (eletroforese, banho de parafina, magnetoterapia), bem como o tratamento com sanguessugas.
Graças a seguir as recomendações médicas, você pode derrotar o processo superficial e interno da inflamação venosa.

Receitas folclóricas

O tratamento da inflamação venosa nas pernas com remédios populares envolve o uso de poções improvisadas. A medicina tradicional é eficaz nos estágios iniciais da inflamação venosa nas pernas e muitas vezes é combinada à terapia medicamentosa. Entre as ferramentas mais eficazes estão as seguintes:

  • Um excelente remédio contra a flebite é uma grade de iodo. Este último, penetrando nos tecidos, alivia a inflamação e anestesia áreas dolorosas.
  • As compressas de vaselina e álcool provaram ser eficazes – elas ajudam a aliviar a vermelhidão e o inchaço.
  • As loções de água com vinagre permitem que você esfrie manchas doloridas com varizes.
  • Compressas curtas com gelo aliviam a condição.
  • Banhos com chá verde, coltsfoot, camomila e hortelã têm efeitos anti-inflamatórios.
  • Eficazes no combate à inflamação das veias são os frutos e folhas da castanha da Índia, a partir dos quais é preparada uma decocção, usada na forma de compressas.

Os especialistas recorrem à intervenção cirúrgica nos casos em que o efeito esperado do tratamento com medicamentos e remédios populares não pode ser alcançado.

Recomendações médicas e prevenção de patologias

Os médicos recomendam prestar atenção a essas nuances. Eles são apresentados abaixo:

  • Os vasos venosos podem inflamar-se em qualquer época do ano, mas o verão é o mais favorável ao desenvolvimento de patologias. As condições climáticas quentes contribuem para a interrupção de todo o processo de circulação. Muitas vezes, no calor, há um aumento na pressão, caracterizado pela expansão das paredes dos vasos sanguíneos. Com sua fraca elasticidade, manifesta-se inchaço das pernas e hemorragia. Quando flebite, não é recomendável que a luz do sol esteja em seus pés.
  • Os navios desempenham perfeitamente sua função quando uma pessoa está em movimento ativo. Caminhadas ao ar livre ajudam a impedir a estagnação. Além disso, é preciso lembrar que a carga nas pernas deve ser incansável.
  • Recusar contraceptivos hormonais melhora a saúde do sistema circulatório.
  • É útil tomar medicamentos para diluir o sangue, que devem ser prescritos por um especialista. Você não deve se envolver no autotratamento, apenas um médico pode identificar a causa da inflamação das veias nas pernas e ajudar a influenciá-la efetivamente para recuperar totalmente o paciente.
  • Recusa de maus hábitos: o uso de bebidas alcoólicas, o fumo reduz a carga nos vasos.
  • Na presença de varizes, exames periódicos e cursos de tratamento devem ser realizados.
  • Como a inflamação das veias é mais uma doença de natureza adquirida, afeta pessoas que trabalham duro fisicamente e representantes de profissões sedentárias. Portanto, deve-se prestar a devida atenção aos exames médicos periódicos sistemáticos.
  • Uma visita regular a um flebologista com a menor manifestação dos sintomas da doença permite que você faça ajustes efetivos no trabalho do sistema cardiovascular.
  • Ao ferir membros, você precisa procurar ajuda médica para evitar a penetração de infecções no corpo e provocar inflamação venosa.
  • Além disso, a prevenção da flebite consiste no uso de sapatos sazonais confortáveis ​​feitos com ingredientes naturais de salto baixo.
Nanovein  Curar unha fungo pode ser rapidamente

Flebite curada é leveza nas pernas, uma vida ativa completa sem dor e desconforto. Não se esqueça que a inflamação das veias é o estágio inicial de doenças complexas do sistema cardiovascular. Portanto, você não precisa arriscar sua saúde e, nos primeiros sintomas, procurar ajuda médica qualificada.

Flebite é uma inflamação das paredes das veias de um curso agudo ou crônico. Muitas vezes, essa patologia é uma complicação das varizes. O que fazer com flebite e como aliviar a inflamação? O tratamento da inflamação das veias da perna deve ser realizado de forma abrangente e deve ter como objetivo não apenas suprimir os sintomas, mas também eliminar a causa.

razões

Na maioria das vezes, o processo inflamatório afeta as veias das pernas. Há muitas razões que contribuem para o desenvolvimento desta patologia:

  1. Infecções que uma pessoa sofreu no passado recente.
  2. Uma veia na perna pode inflamar-se com varizes das extremidades inferiores.
  3. Ingestão descontrolada de contraceptivos hormonais, o uso desses medicamentos sem consultar um especialista.
  4. Se o membro estiver imobilizado por um longo período de tempo, ocorre estase venosa, o que, por sua vez, leva à inflamação da veia da perna.
  5. Injeção intravenosa incorreta.
  6. As veias podem inflamar-se após o cateterismo.
  7. Fumar por um longo tempo.
  8. Exposição solar freqüente e prolongada.
  9. Diminuição do fluxo sanguíneo devido a várias razões (curativos apertados, repouso na cama etc.).
  10. Coagulabilidade sanguínea aumentada em certas doenças (doenças oncológicas, patologia congênita do sistema cardiovascular, distúrbios hormonais).
  11. Lesões mecânicas nas extremidades inferiores com danos nas veias.

Manifestações clínicas da flebite

Existem várias formas de flebite, que diferem na localização do processo patológico:

  • a endoflebite ocorre quando a camada interna da veia fica inflamada;
  • a perifalite ocorre em conexão com danos na camada externa das veias;
  • panflebite é uma inflamação simultânea das membranas interna e externa das veias das extremidades inferiores.

Com o curso da doença, existem duas formas:

  1. Flebite aguda.
  2. Inflamação crônica

Eles têm vários sintomas.

Os sintomas desta doença dependem do curso do processo inflamatório e de sua forma. Se a veia superficial da perna está inflamada e a doença tem um curso agudo, seus sintomas são bastante claros. A veia afetada torna-se densa e dolorosa. A pele no local da inflamação fica quente ao toque e muda de cor (avermelhada). Às vezes você pode observar vermelhidão ao longo da veia. Nos casos graves da doença, são observados sintomas de intoxicação (fraqueza, letargia, tontura, hipertermia). A inflamação das veias nas pernas de um curso crônico apresenta sintomas menos graves, recidivas freqüentes da doença.

Nas lesões agudas das veias profundamente localizadas das extremidades inferiores, observa-se um aumento da temperatura corporal, dor e inchaço no local do dano às veias. A pele adquire uma cor incomum (branco leitoso), mas a vermelhidão e os selos dessa forma de flebite são incomuns. Muitas vezes, essa patologia se torna tromboflebite no curso agudo. A inflamação crônica das veias profundas apresenta os seguintes sintomas:

  • dor menos intensa;
  • um ligeiro aumento de temperatura.

Em alguns casos, a doença não apresenta sinais característicos, o que leva a um tratamento prematuro e a graves consequências.

Se o tratamento da doença não foi realizado ou foi detectado numa fase tardia, ocorrem complicações:

  • tromboflebite;
  • trombose;
  • abscessos;
  • flegmão;
  • embolia pulmonar (ocorre com inflamação venosa profunda).

Como aliviar a inflamação quando os sinais clínicos aparecem? Nesta situação, em nenhum caso você deve se automedicar. É necessário consultar um médico para obter ajuda qualificada que explicará como tratar esta doença.

Tratamento de flebite

O tratamento desta doença é realizado de forma abrangente. Quando as veias superficiais são afetadas, a terapia é realizada em nível ambulatorial; em outros casos, a hospitalização do paciente será necessária. Na maioria das vezes, medicamentos e fisioterapia são usados ​​no tratamento.

Existe um regime geral de tratamento que o médico assistente pode mudar dependendo das características do processo patológico:

  1. O tratamento fisioterapêutico é prescrito: tratamento com sanguessugas (hirudoterapia), raios UV e reflexologia.
  2. O uso de efeitos locais: pomadas, géis, cremes.
  3. Para o tratamento da flebite crônica, é utilizado um medicamento que ajuda a normalizar a microcirculação.
  4. Se houver suspeita de desenvolvimento de tromboflebite, é prescrito um medicamento que reduz a coagulação do sangue.

Durante o tratamento, o paciente deve observar repouso no leito, o membro deve estar em repouso em uma posição elevada. Você deve abandonar os maus hábitos (álcool, tabagismo) neste momento.

Os medicamentos dos seguintes grupos ajudam a aliviar a inflamação e impedir o desenvolvimento de complicações:

  1. Os angioprotetores aliviam o espasmo dos vasos sanguíneos, reduzem o inchaço dos tecidos circundantes e melhoram a microcirculação. Este grupo inclui Troxerutin, Angionorm, Troxevasin e outros.
  2. Os agentes antiplaquetários impedem a formação de coágulos sanguíneos devido ao afinamento do sangue (aspirina, Curantil).
  3. Enzimas, por exemplo, tripsina.
  4. Os anticoagulantes previnem a trombose e também impedem o crescimento de coágulos sanguíneos existentes (heparina).
  5. Antibióticos são prescritos se a causa da inflamação da parede da veia for uma infecção.
  6. No tratamento da flebite superficial, apenas o alívio adequado da dor é necessário, o que é realizado com medicamentos para uso externo e interno. Os AINEs (anti-inflamatórios não esteróides) são amplamente utilizados, como o ibuprofeno, a indometacina, o Nurofen, o gel Fastum.

Tratamento com remédios populares

Os remédios populares podem começar a ser tratados somente após consulta ao médico assistente e com sua aprovação. No curso crônico da doença das veias superficialmente localizadas, remédios à base de plantas são usados ​​com sucesso. Mas, ao mesmo tempo, complicações da flebite não devem ser observadas.

  1. Tintura de castanha da Índia. Essa tintura é tomada externa e internamente. Com sua ajuda, faça banhos para os pés, compressas frias e esfregando.
  2. Decocção de folhas de coltsfoot e avelã. Para prepará-lo, as folhas de ambas as plantas são colhidas em proporções iguais, derramadas com água e aquecidas em fogo baixo. Após a fervura, a mistura é deixada em chamas por 13 a 15 minutos, após o que é permitido esfriar e filtrar através de gaze ou uma peneira fina. Uma decocção deve ser tomada quatro vezes ao dia, 65 mililitros.
  3. A medicina tradicional sugere que, com a inflamação da parede venosa, há cebola e alho. Eles impedem a formação de coágulos sanguíneos, contribuem para a diluição do sangue e aumentam o tempo de coagulação.
  4. As beterrabas ajudam muito. 65 gramas de tops devem ser derramados com água fervente e deixados assim a noite toda. De manhã, o fluido é expresso. Deve ser tomado 100 mililitros três vezes ao dia. Esta ferramenta é amplamente usada para evitar a recorrência de inflamação.

O tratamento com remédios populares deve atuar como uma terapia auxiliar. Caso, ao usar esses fundos por 10 a 14 dias, o efeito não seja observado, os medicamentos fitoterápicos devem ser interrompidos.

Mesmo flebite curada requer a implementação de algumas recomendações. Isso é necessário para impedir o desenvolvimento de uma recaída da doença e para acelerar a reabilitação.

  1. A conformidade com a atividade motora, uma vez que, com uma longa ausência de mudança de posição, a estagnação se desenvolve, o que provoca inflamação.
  2. É proibido usar meias apertadas e sapatos apertados.
  3. Livre-se dos maus hábitos, principalmente do fumo.
  4. Atividade física grave e prolongada é contra-indicada.
  5. A higiene das extremidades inferiores deve ser cuidadosamente observada e devem ser utilizados produtos especiais para os pés.
  6. Tratamento oportuno de lesões, inflamações pustulares e infecções que podem levar a uma recaída da doença.
  7. Nas varizes, deve-se usar roupas de compressão.
  8. Desconfie de drogas que tenham um efeito negativo no sistema cardiovascular (por exemplo, contraceptivos orais).
  9. Durante o sono noturno, as pernas devem estar em uma posição elevada (15 a 20 centímetros acima do peito). Eles podem ser colocados em um rolo ou travesseiro.
  10. Cumprimento das recomendações para o tratamento de doenças e prevenção de flebite.

Atualmente, as patologias vasculares são diagnosticadas com muita frequência. Além disso, muitas vezes representam uma ameaça não apenas à saúde, mas também à vida humana. Uma dessas doenças é a inflamação das veias – flebite. O curso do processo patológico é acompanhado por danos nas paredes dos vasos, que mais cedo ou mais tarde levam à sua destruição. Na maioria das vezes, é detectada inflamação das veias da perna. Como aliviar a inflamação das veias, quais são as causas dessa condição – as informações sobre isso devem ser fornecidas pelo médico com base na história e nos resultados das medidas de diagnóstico.

Patogênese

Normalmente, as paredes dos vasos devem ser elásticas, deixar passar a quantidade necessária de tecido conjuntivo líquido e não deve haver placas ateroscleróticas sobre elas, indicando uma alta concentração de colesterol "ruim" no corpo.

Sob a influência de quaisquer fatores provocadores nos tecidos, inicia-se o desenvolvimento do processo inflamatório. Nesse momento, uma pessoa começa a sentir fortes dores e tensão na veia.

A flebite pode ser aguda e crônica. As informações sobre como aliviar a inflamação das veias na perna devem ser fornecidas apenas por um médico. Isso se deve ao fato de que sensações desconfortáveis ​​não surgem independentemente, elas sempre resultam de qualquer doença ou dano mecânico nos vasos. Em outras palavras, a causa deve primeiro ser estabelecida.

Nanovein  Flebite ou inflamação das paredes venosas

Etiologia

Na maioria das vezes, a flebite é uma consequência de varizes e infecção da parede dos vasos sanguíneos.

Outras causas do desenvolvimento do processo inflamatório:

  • Violação da integridade da pele. Através de feridas, os tecidos são frequentemente infectados com estreptococos.
  • Punção da veia.
  • A coleta de material biológico do vaso.
  • Injeção intravenosa.
  • Queimaduras.
  • Ingestão de um alérgeno.
  • Excesso de peso
  • Um estilo de vida que não implica atividade motora.
  • Vários tipos de lesões que requerem imobilização do membro.
  • Adesão prolongada ao repouso no leito.
  • Atividade física regular de alta intensidade.

Além disso, as mulheres durante a gravidez geralmente reclamam que a veia da perna está inflamada. O que fazer deve ser solicitado pelo médico, uma vez que, durante o período gestacional, a maioria dos medicamentos é contraindicada. Mas é impossível ignorar esse estado. Embora esteja associado a um aumento natural do volume sanguíneo, pode levar a consequências irreversíveis.

Manifestações clínicas

Veias superficiais e profundas podem estar envolvidas no processo patológico. No primeiro caso, uma pessoa tem os seguintes sintomas:

  • Uma sensação de tensão na área do vaso afetado.
  • Dor ao longo da veia.
  • Densidade da pele, sua vermelhidão.
  • Aumento local da temperatura corporal.
  • Listras vermelhas na pele ao longo da veia inflamada.

Em alguns pacientes, observa-se fraqueza acentuada, geralmente ocorre tontura.

Com relação a se o navio está localizado profundamente. Sinais de inflamação das veias nas pernas, neste caso:

  • Dor severa.
  • Inchaço
  • A pele fica muito pálida, adquire uma cor branca leitosa.
  • Aumento da temperatura corporal.
  • Fraqueza grave.

Não é difícil distinguir a inflamação das veias superficiais e profundas. No primeiro caso, a pele engrossa e fica vermelha; no segundo, pelo contrário, fica pálida.

diagnósticos

É necessário entrar em contato com um flebologista o mais rápido possível se uma veia estiver inflamada na perna. Como tratar uma doença, qual a razão do seu desenvolvimento, se complicações podem ser evitadas – o médico responderá a todas essas perguntas durante a consulta.

O diagnóstico primário da flebite é a análise do histórico médico e do exame físico. O especialista deve fornecer informações sobre todos os sintomas disponíveis e sua intensidade, além de discutir se houve manipulação médica no passado recente (coleta de sangue, biópsia etc.).

O diagnóstico de inflamação venosa nas pernas envolve os seguintes estudos:

  • Exames de sangue (clínico, proteína C-reativa, índice de protrombina, coagulogramas, tromboelastogramas).
  • Ultra-sonografia duplex.
  • Flebografia.

Se houver suspeita de complicações, pode-se prescrever fleboscintigrafia ou flebografia por TC com a introdução de um agente de contraste.

tratamento

Todas as atividades geralmente são realizadas em nível ambulatorial. Em casos graves, a hospitalização em um hospital é indicada.

O esquema da terapia medicamentosa inclui os seguintes itens:

  • Tomando antibióticos. A escolha dos medicamentos é realizada pelo médico com base nos resultados do diagnóstico laboratorial.
  • Recepção de AINEs. Projetado para alívio rápido do processo inflamatório e, consequentemente, sensações dolorosas. Exemplos de fundos: ibuprofeno, cetoprofeno, dicloberl.
  • O uso de drogas complexas para tratamento local. Exemplos: Troxevasina, Venobeno, Heparina, Voltaren, Dolgit, Trombofobia.
  • Tomar medicamentos cujos ingredientes ativos melhoram a microcirculação. Estes incluem: Actovegin, Vazaprostan, Solcoseryl, Trental, Curantil.
  • Recepção dos meios que promovem redução em viscosidade de sangue. Exemplos: Cardiomagnil, aspirina.
  • Tomar medicamentos para baixar a protrombina. Exemplos: Dicumarina, Fenilano.
  • Tomando anti-histamínicos. Como regra, os médicos prescrevem Suprastin e Cetrin.

Procedimentos fisioterapêuticos (acupuntura, banhos de lama, radiação infravermelha, etc.) são frequentemente incluídos no regime de tratamento da inflamação das veias das pernas. O paciente também precisa parar de fumar e beber bebidas que contenham álcool.

Tratamento em casa: esfregando

No início do desenvolvimento do processo patológico, a qualidade da vida humana está se deteriorando significativamente. Ele se preocupa apenas em como aliviar a dor com a inflamação das veias na perna. É importante saber que o uso de medicina alternativa é aceitável, mas eles não podem ser considerados como o principal método de tratamento. Métodos alternativos contribuem para o alívio de sensações dolorosas, mas não aliviam a causa raiz do desenvolvimento da patologia.

Eficaz com fricção de flebite. As mais eficazes são as seguintes receitas:

  • Pegue um punhado de frutas vermelhas. Pique bem. Usando gaze, esprema o suco das frutas. Esfregue o fluido resultante sobre a pele sobre a veia afetada por 10 minutos.
  • Tome 50 g de banha de porco. Derreta. Depois, pegue algumas folhas de arnica e pique cuidadosamente as matérias-primas. Adicione a planta ao bacon. Misture bem os ingredientes. Deixe o produto solidificar. Esfregue a área afetada três vezes ao dia.
  • Tome 50 g de frutas ou flores de castanheiro. Moa bem as matérias-primas e coloque-as em uma jarra de vidro. Despeje a castanha com 0,5 l de vodka sem aditivos. Feche bem o frasco e coloque-o em um local escuro. Deixe fermentar por 10 dias. A cada 2 dias, o frasco precisa ser sacudido. Coe o fluido acabado e esfregue a área afetada diariamente.

Esses fundos, de acordo com as análises, são extremamente eficazes se uma veia inflama na perna. Como tratar uma doença em casa, se houver sinais de uma reação indesejada? É importante lembrar que todas as plantas medicinais são alérgenos em potencial. Se houver sinais de alerta, o tratamento deve ser concluído ou outro método selecionado.

Compressas

A doença requer uma abordagem integrada do tratamento. Recomenda-se esfregar alternadamente com compressas, enquanto a última pode ser feita à noite. Isto alcançará o efeito terapêutico máximo.

Se a veia da perna estiver inflamada, como tratar a doença em casa com a ajuda de compressas é descrito abaixo:

  • Pegue flores ou casca de castanha da Índia. Lave e seque as matérias-primas. Depois disso, ele deve ser esmagado até o estado de pó. Tome 1 colher de sopa. eu matérias-primas (com lâmina) e despeje com 200 ml de vinho tinto seco. Deixe fermentar por 3 dias. Após 3 dias, adicione 300 ml de azeite ao líquido. Coloque o recipiente em chamas. Cozinhe até o vinho evaporar. Arrefecer o líquido resultante. Umedeça muito pano de algodão no produto e aplique-o na área afetada.
  • Pegue algumas folhas de coltsfoot. Moer as matérias-primas. Tome 1 colher de sopa. eu folhas e despeje 0,4 litros de água fervente. Deixe fermentar por uma hora e meia. Coe o líquido resultante. Mergulhe um pedaço de tecido nele e prenda na área afetada da perna.
  • Pegue algumas folhas de samambaia. Moa bem as matérias-primas. 1 colher de sopa. eu despeje matérias-primas 100 ml de leite azedo ou kefir. No líquido resultante, umedeça um pedaço de tecido de gaze, dobrado em várias camadas.

A duração mínima da aplicação da compressa é de 30 minutos. Mas é melhor realizar o procedimento à noite.

Decocções e infusões para administração oral

Juntamente com o tratamento local, você pode levar medicamentos para dentro. Se a veia da perna estiver inflamada, o que fazer:

  • Pegue beterraba. Enxágüe e moa bem. Pegue 100 g de matérias-primas e despeje com 1 litro de água fervente. Deixe fermentar por várias horas. Beba o líquido resultante 150 ml após cada refeição.
  • Pegue algumas folhas de avelã. Moer as matérias-primas. Despeje 1 colher de sopa. eu deixa 0,5 l de água. Coloque o recipiente em chamas. Ferva por 5 minutos. Retire do fogo, esfrie, coe. Tome o medicamento 4 vezes ao dia, 100 ml.
  • Tome 1 colher de sopa. eu noz-moscada pré-picada e despeje com 1 litro de vodka. Deixe fermentar por 10 dias. O produto final deve ser tomado 3 vezes ao dia por 20 gotas.
  • Pegue algumas folhas de urtiga, enxágue e pique-as. Despeje em matérias-primas 200 ml de água fervente. Deixe fermentar por 1 hora. Tome fluido medicinal 20 ml três vezes ao dia antes das refeições.

É importante lembrar que qualquer planta medicinal é um alérgeno em potencial. Muitas vezes, ao tomar decocções e infusões, ocorre uma reação alérgica. Se houver sinais alarmantes, o tratamento da flebite com remédios populares deve ser concluído.

Possíveis complicações

Se a veia da perna está inflamada, o que você não pode fazer é automedicar. Deve-se lembrar que todos os medicamentos devem ser prescritos por um médico, e métodos alternativos destinam-se apenas a facilitar o bem-estar, mas eles não salvam a causa raiz do desenvolvimento da doença.

Ignorar patologia também é inaceitável. Isso pode levar às seguintes patologias:

  • Tromboflebite.
  • Insuficiência venosa de natureza crônica.
  • Embolia pulmonar.
  • Phlegmon.
  • Trombose
  • Abcesso

Assim, se uma veia inflama a perna, o que fazer deve ser indicado por um especialista. A única maneira de evitar o desenvolvimento de complicações.

Recomendações do médico

Para evitar a recorrência da patologia, as seguintes regras devem ser observadas:

  • Pare de fumar e beber álcool.
  • Exponha regularmente o corpo a um esforço físico moderado.
  • Periodicamente, visite um flebologista com a finalidade de um exame de rotina.

Além disso, é necessário tratar atempadamente todas as doenças identificadas, especialmente de natureza infecciosa.

Em conclusão

A inflamação das veias (ou flebite) é um processo patológico caracterizado por danos na parede vascular. A doença afeta significativamente a qualidade de vida de uma pessoa e, portanto, é necessário consultar um médico se ocorrerem os primeiros sinais de uma doença. Antes de visitar um especialista, você pode parar as sensações dolorosas usando remédios populares.

Lagranmasade Portugal