Hirudoterapia e varizes

Neste artigo, você aprenderá: quando o tratamento de varizes com sanguessugas é apropriado, quais são os resultados dessa terapia.

O autor do artigo: Yachnaya Alina, cirurgião oncologista, ensino médico superior, formado em Medicina Geral.

A hirudoterapia é um dos melhores métodos para o tratamento sintomático de varizes. A saliva das sanguessugas contém um grande número de substâncias quimicamente ativas que têm um efeito terapêutico no tecido humano. O uso de sanguessugas ajuda a reduzir a intensidade dos sintomas das varizes, embora não elimine a causa raiz da doença.

Quais são os resultados da hirudoterapia para varizes:

  • Removendo a inflamação das paredes das veias. Este efeito é alcançado devido à presença na saliva de uma sanguessuga de substâncias semelhantes à histamina que têm um efeito anti-inflamatório.
  • Evitar coágulos sanguíneos. O hirudin, que produz uma sanguessuga, é uma substância natural que dilui o sangue. Previne a coagulação do sangue por várias horas, o que melhora significativamente seu movimento nos vasos.
  • Melhorando a microcirculação. Uma sanguessuga suga sangue estagnado, que é substituído por mais fresco do leito arterial. Assim, a quantidade de oxigênio e nutrientes que as células recebem aumenta.

Além disso, a hirudoterapia para varizes ajuda a retardar o crescimento de tecido conjuntivo nas paredes das veias – algumas das substâncias que uma sanguessuga excreta têm um efeito absorvível no tecido cicatricial.

A eliminação da inflamação e afinamento do sangue leva ao fato de que o fluxo venoso é temporariamente normalizado. Devido a isso, o inchaço das pernas e a dor são reduzidos.

A terapia para varizes com sanguessugas é um método adicional de terapia. Esta técnica ajudará a aliviar a dor, inchaço nas pernas e reduzir o risco de tromboflebite. Mas, simultaneamente à hirudoterapia, é necessário realizar o tratamento principal.

As sessões de tratamento são realizadas por um hirudoterapeuta ou flebologista.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Indicações para o uso da hirudoterapia para varizes

A realização de sessões de hirudoterapia deve ter indicações e não é realizada em casos injustificados. Indicações absolutas para esse tratamento:

  1. Flebite. A inflamação das paredes das veias requer tratamento complexo, que visa eliminar a inflamação e prevenir a trombose.

  • Isquemia profunda dos tecidos das extremidades inferiores. A falta de oxigênio nos tecidos pode levar à formação de úlceras e necrose. Melhorar a microcirculação com sanguessugas pode eliminar esse fenômeno.
  • A tendência do paciente de formar coágulos sanguíneos. Há pessoas que tendem a formar coágulos sanguíneos. Isso ocorre devido à alta atividade dos fatores de coagulação sanguínea, e esses pacientes precisam tomar anticoagulantes ou hirudoterapia.
  • Diabetes mellitus. Os pacientes com esta doença do sistema endócrino são propensos ao aparecimento de úlceras tróficas, portanto o uso de sanguessugas será apropriado para normalizar o suprimento sanguíneo para as extremidades inferiores.
  • A hirudoterapia é amplamente utilizada após a safenectomia (cirurgia para remoção de grandes veias), que pode acelerar significativamente o processo de reabilitação e recuperação.

    Clique na foto para ampliar

    Como é realizado o procedimento

    O tratamento de varizes com sanguessugas deve ser realizado por um hirudoterapeuta ou flebologista.

    O curso da hirudoterapia para varizes consiste em 5-7 sessões. Entre eles, deve haver um intervalo de pelo menos 3 dias. Isso é necessário para evitar o acúmulo de hirudina no sangue, o que pode levar ao sangramento.

    O médico coloca de 5 a 10 sanguessugas em uma perna (ou outra parte do corpo afetada por varizes). Depende da intensidade e prevalência do processo, características da idade e presença de doenças de outros órgãos. A escolha correta do local e sua quantidade ajuda a obter o efeito terapêutico ideal.

    Sanguessugas não devem ser colocadas nos nós varicosos, mas perto deles. Assim, a inflamação das paredes após o procedimento é evitada e a melhoria local da microcirculação nos tecidos é maximizada.

    O procedimento dura de 5 a 40 minutos. As primeiras sessões são mais curtas que as seguintes. Após o término da manipulação, curativos assépticos são aplicados nos locais de fixação das sanguessugas. Eles são necessários para impedir que a infecção entre nas feridas provocadas pelas picadas e para absorver o sangue e a linfa, que são liberados devido ao afinamento do sangue.

    Após uma sessão, as sanguessugas são destruídas – isso permite excluir a infecção dos pacientes um do outro.

    Após a sessão: limitações e recomendações

    • Os pacientes após uma sessão de tratamento de hirudoterapia são aconselhados a observar repouso no leito; de preferência com as pernas levantadas. Isso é necessário para aumentar a saída venosa de sangue sob seu próprio peso.
    • Nas primeiras horas após a manipulação, você precisa aumentar a quantidade de líquido usado para prolongar o efeito da afinização do sangue pela hirudina.
    • O repouso na cama permite reduzir a quantidade de sangue no sistema venoso das pernas, o que levará a uma cicatrização mais rápida das feridas e reduzirá o número de secreções delas.
    • Durante o curso da hirudoterapia, é necessário abster-se de beber álcool, pois é capaz de aumentar ou enfraquecer o efeito das enzimas da saliva sanguessuga, o que é indesejável e pode prejudicar o tratamento.

    Contra-indicações

    Apesar da ampla gama de aplicações, as sanguessugas com varizes apresentam várias contra-indicações.

    • A hirudoterapia é inaceitável para doenças do sangue que são acompanhadas por distúrbios da coagulação. Podem ser patologias adquiridas (várias formas de anemia, leucemia, trombocitopenia) e congênitas (hemofilia ou ausência de outros fatores de coagulação). A realização de sessões de hirudoterapia nesses pacientes pode levar ao desenvolvimento de sangramentos e hemorragias de várias localizações.
    • É impossível usar esse tratamento para processos purulentos nas pernas. Se surgirem úlceras tróficas ou áreas de necrose nas pernas, esse método de tratamento não é adequado. Essa limitação é baseada no fato de que o afinamento do sangue pode levar à disseminação do pus por todo o corpo.
    • É proibido realizar sessões de hirudoterapia para pacientes com pressão arterial baixa, uma vez que a hirudina pode causar uma queda ainda maior.

    Também é necessário estabelecer a tolerância das substâncias secretadas pela sanguessuga e a reação individual do corpo a elas. Para fazer isso, por um curto período de tempo, geralmente de 10 a 15 minutos, uma sanguessuga é colocada em uma parte saudável do corpo. Depois disso, o resultado é avaliado: vermelhidão, aparecimento de prurido ou inchaço excessivo nessa área são sinais de reação alérgica. Nesse caso, a hirudoterapia não pode ser realizada.

    Como é tratada a varizes sanguessuga?

    Além dos métodos tradicionais de tratamento de varizes na forma de medicamentos e roupas íntimas de compressão, existem opções alternativas. A hirudoterapia é um desses métodos que é muito popular. O tratamento sanguessuga para varizes tem proponentes e oponentes entre os especialistas. Então, existe algum benefício com a hirudoterapia e quando é realmente útil?

    Hirudoterapia e varizes

    O tratamento de doenças pelo método de sangria não é uma idéia nova; várias versões dessa técnica estavam em uso até séculos atrás. No entanto, a eficácia das sanguessugas, segundo os especialistas, não é tanto na sangria, mas na composição especial da saliva que fica sob a pele com uma mordida.

    Nanovein  Estase de sangue na pelve em mulheres

    Os principais componentes ativos nele são hirudin e destabilase, essas substâncias permitem:

    • melhorar a circulação sanguínea na área de fixação das sanguessugas;
    • reduzir edema;
    • eliminar viscosidade do sangue;
    • aliviar a dor;
    • fortalecer vasos sanguíneos.

    A hirudoterapia para varizes também ajuda a aliviar a inflamação. Após o tratamento com sanguessugas, os pacientes notaram que a dor e o peso nas pernas desapareceram. Mas, em sintonia com a hirudoterapia, vale a pena entender que o tratamento levará muito tempo.

    Onde estão as sanguessugas

    Existem vários esquemas onde colocar sanguessugas nos pés com varizes:

    • na área de uma veia deformada cambaleou;
    • na região sacral.

    Em todos os casos, as sanguessugas devem estar localizadas suficientemente afastadas uma da outra – pelo menos 10 cm. Até 10 indivíduos seguem um procedimento, o número de sessões e a duração são determinados apenas por um especialista, mas, em média, o processo leva meia hora.

    Quaisquer procedimentos com sanguessugas são realizados apenas em centros especializados. Não tente ser tratado em casa sem a supervisão de um médico, uma falta de experiência e conhecimento pode provocar complicações da doença.

    Como se preparar para a hirudoterapia

    A preparação para o procedimento é simples – é importante não lavar no dia do procedimento usando produtos com perfume muito forte. Além disso, você não pode usar perfume e cosméticos com cheiro. As sanguessugas reagem fortemente a esses aromas e simplesmente não grudam na pele.

    Para remover possíveis odores, mesmo antes do procedimento, o médico limpa a pele do paciente com uma solução alcoólica e água morna. Além disso, não deve haver pêlos nas pernas durante o procedimento.

    Importante! Antes do procedimento de hirudoterapia, você não pode beber álcool. O álcool não pode apenas aumentar o sangramento, é excretado no corpo, inclusive através dos poros. Esta é uma das causas do mau cheiro depois de beber álcool.

    Recursos da sessão

    Como colocar sanguessugas com varizes e quanto o médico decide antes do início do procedimento. Independentemente da escolha do esquema, existem várias regras:

    1. Sanguessugas nunca são colocadas em varizes.
    2. Você não pode colocar sanguessugas em nenhuma membrana mucosa.
    3. A localização ideal dos indivíduos é ao longo de navios doentes a uma certa distância deles.

    O tratamento em si é o seguinte:

    1. O paciente é oferecido a deitar no sofá.
    2. A superfície da pele onde as sanguessugas serão colocadas é previamente desinfetada.
    3. Os indivíduos ficam em média por meia hora; em alguns casos, a sessão dura mais.
    4. As sanguessugas devem cair, o que significa o fim do procedimento.
    5. Se a sanguessuga estiver sobre o corpo por mais de meia hora, o médico a removerá com as próprias mãos, usando uma pinça ou água pura.
    6. Curativos estéreis são aplicados nos locais da picada – as feridas podem sangrar por algum tempo.

    A duração do curso de hirudoterapia é determinada pelo médico, para cada paciente o tratamento é selecionado individualmente. As sessões são realizadas regularmente com um intervalo de dois ou três dias. A hirudoterapia em casa é altamente desencorajada, pois existe um alto risco de erro, que pode resultar em sangramento muito grave. Além disso, este tratamento possui muitas contra-indicações, portanto, sem um exame preliminar, é impossível tratar varizes com esse método.

    Importante! As mesmas sanguessugas nunca são usadas várias vezes. Em primeiro lugar, eles podem se tornar portadores de infecções e, em segundo lugar, um indivíduo é capaz de digerir o sangue recebido durante o procedimento por até seis meses.

    Qual a eficácia da hirudoterapia?

    Apesar da crescente popularidade do tratamento de sanguessugas, não apenas para varizes, mas também para muitas outras doenças, muitos médicos são bastante céticos quanto a esse método.

    O fato é que, embora a saliva desses vermes realmente dilua o sangue, economizando com a formação de coágulos sanguíneos, a causa das varizes ainda não é o caso.

    A doença ocorre devido ao mau funcionamento das válvulas venosas, como resultado, o sangue não pode circular normalmente nos vasos e começa a estagnar nas pernas. As sanguessugas podem remover o inchaço e a dor, mas não afetam a condição das válvulas.

    Com a ajuda da hirudoterapia, é impossível restaurar a forma anterior dos vasos, pois existe um método mais radical – o cirúrgico. Além disso, o efeito analgésico das sanguessugas não dura muito e, se você interromper o procedimento, a dor e o inchaço retornarão.

    A única coisa que a hirudoterapia realmente funciona é a trombose, e as varizes podem ser curadas usando uma abordagem integrada.

    Apesar das sanguessugas não serem capazes de restaurar vasos já doentes, a hirudoterapia ajuda a aliviar alguns sintomas das varizes. Para que esse tratamento auxiliar seja eficaz, você precisa escolher o especialista certo:

    1. É altamente recomendável que o hirudoterapeuta tenha uma formação médica.
    2. Para um lote de sanguessugas deve ter os certificados apropriados.
    3. É importante garantir que as sanguessugas usadas sejam destruídas imediatamente após o procedimento.

    Além disso, em clínicas que se preze, é fornecido um acordo para assinar como evidência documental que o paciente está familiarizado com o curso do procedimento, possíveis contra-indicações e consequências.

    Quais são as contra-indicações para a hirudoterapia

    Antes de decidir sobre a hirudoterapia, recomenda-se realizar uma série de exames para excluir a presença de possíveis contra-indicações.

    Com base nos resultados das análises, o especialista deve decidir se deve ou não tratar a doença com hirudoterapia. Para o procedimento, os resultados de análises importantes:

    • SOE;
    • nível de fibrinogênio;
    • um exame de sangue geral;
    • coagulograma;
    • índice de protrombina.

    Em alguns casos, a hirudoterapia não é apenas recomendada, mas também perigosa. Existem contra-indicações para sanguessugas com varizes:

    • quaisquer doenças do sangue;
    • gravidez;
    • amamentação;
    • hipotensão;
    • anemia;
    • oncologia;
    • coagulação sanguínea deficiente.

    É especialmente perigoso usar sanguessugas para tratar varizes em mulheres grávidas. Apesar do fato de que essa é uma das doenças mais comuns durante a gravidez, os médicos recomendam o tratamento com métodos mais confiáveis ​​e seguros. Uma alternativa à hirudoterapia é a meia de compressão.

    O que são sanguessugas perigosas

    Apesar da popularidade do tratamento sanguessuga para varizes, essa técnica tem muitas desvantagens. O mais inofensivo que pode acontecer ao paciente é a falta de qualquer efeito durante o tratamento.

    O efeito positivo das sanguessugas dura um curto período de tempo e todos os sintomas perturbadores das varizes retornam rapidamente. O que mais é importante saber:

    1. Embora para fins médicos as sanguessugas sejam cultivadas em condições estéreis e o risco de infecção por bactérias seja mínimo, é possível uma reação alérgica.
    2. Após a hirudoterapia, podem aparecer manchas de pigmento no local das picadas.
    3. O sangue nem sempre coagula rapidamente, às vezes o sangramento é bastante prolongado.
    4. O aparecimento de dermatite é possível.
    5. A consequência mais perigosa da hirudoterapia são as úlceras tróficas. Eles já podem aparecer com casos avançados de varizes e as sanguessugas apenas aceleram o processo.
    6. É possível inflamação purulenta da picada.

    As sanguessugas não são tão inofensivas quanto parecem e seu uso é possível somente depois que o médico está convencido de que não há contra-indicações e riscos. Mas é melhor usar métodos mais comprovados e seguros para tratar varizes.

    Conclusão

    No entanto, a resposta da maioria dos especialistas à questão de saber se as sanguessugas ajudam nas varizes, a resposta será inequívoca – não, e não sim. Infelizmente, o alívio da dor e do peso nas pernas após o procedimento é apenas temporário.

    A única vantagem indiscutível da hirudoterapia é a prevenção de coágulos sanguíneos e a reabsorção dos antigos. A hirudoterapia pode ser usada apenas como tratamento adjuvante e apenas na ausência de possíveis riscos.

    A eficácia da hirudoterapia para varizes

    A hirudoterapia pertence aos métodos da medicina alternativa, mas ao mesmo tempo é reconhecida pelo Ministério da Saúde como terapia adjuvante. No entanto, o tratamento de varizes com sanguessugas continua causando muita discussão controversa: alguns dizem que esse método é o mais natural e eficaz para se livrar da doença, outros dizem que esse tratamento não é apenas ineficaz, mas às vezes até perigoso.

    Sobre os benefícios das sanguessugas

    Especialistas em hirudoterapia falam muito sobre o quanto as sanguessugas médicas podem trazer. O principal efeito terapêutico de seu uso é aumentar o suprimento de sangue para a parte do corpo em que foram entregues, bem como para os órgãos localizados na área deste site.

    Nanovein  Como escolher um creme para varizes para mulheres grávidas e como usá-lo

    Devido a isso, a microcirculação sanguínea melhora, o edema diminui ou diminui completamente, os coágulos sanguíneos existentes são destruídos e a probabilidade de novos é reduzida.

    O que mais é o uso de sanguessugas? Da enorme lista de efeitos hirudoterapêuticos úteis exercidos no corpo humano, podemos distinguir os seguintes:

    1. O sangue liquefaz e sua coagulabilidade diminui (efeito anticoagulante), os coágulos são impedidos;
    2. O suprimento de tecidos e órgãos com sangue e o oxigênio fornecido por ele melhora;
    3. Ocorre a destruição de microrganismos nocivos (efeito anti-inflamatório, bacteriolítico, bacteriostático);
    4. O inchaço é removido, as toxinas são removidas;
    5. Ocorre descongestionamento dos órgãos internos, ou seja, os músculos relaxam e a transmissão neuromuscular de impulsos melhora;
    6. A estimulação do sistema imunológico ocorre, a imunidade aumenta e fortalece;
    7. A pressão sanguínea diminui e volta ao normal.

    O efeito curativo da hirudoterapia é formado pelos seguintes mecanismos:

    1. Reflexo – uma sanguessuga morde a pele de uma pessoa nos locais onde estão localizados pontos biologicamente ativos do corpo;
    2. Mecânico – o fluxo sanguíneo regional é descarregado;
    3. Biológico – o segredo das glândulas salivares da sanguessuga contém hirudina, que inibe a atividade da enzima trombina e reduz a coagulação do sangue.

    Que sanguessugas podem ser usadas para tratar

    Para o tratamento de varizes ou outras doenças, apenas sanguessugas médicas podem ser usadas – elas são cultivadas especialmente, observando cuidadosamente condições estéreis.

    As sanguessugas usadas para instalação no corpo humano devem estar com fome – porque, se forem bem alimentadas, não poderão ter nenhum efeito terapêutico, pois não morderão. Portanto, as sanguessugas necessárias para procedimentos de hirudoterapia não são alimentadas por pelo menos 3 meses.

    Existe um risco de infecção com este tratamento? Você pode ser infectado se várias pessoas colocarem a mesma sanguessuga, mas após o procedimento elas são destruídas, elas são "descartáveis".

    O que são varizes?

    Antes de confiar nos hirudoterapeutas, você precisa entender o que constitui varizes nas pernas e o que acontecerá após uma picada de sanguessuga e injeção de hirudina no corpo humano.

    O mecanismo do aparecimento de varizes nas pernas é bastante simples:

    • O sangue flui para as pernas através das artérias sob alta pressão e não precisa combater a gravidade.
    • O sangue entra nas veias com pressão muito menor, e ela ainda precisa subir.
    • As paredes das veias não possuem músculos tão desenvolvidos, e as válvulas venosas são fornecidas pela natureza para o movimento do sangue nas veias. Eles funcionam por sua vez: o abaixo se abre e, quando o sangue enche uma parte do vaso, ele se fecha e, depois, o superior se abre e sangra.
    • Se as paredes e válvulas venosas não conseguem funcionar adequadamente, ocorre um retorno parcial do sangue e seu acúmulo nos tecidos próximos. E pressão adicional é criada nas paredes venosas, o que leva à expansão do vaso.
    • Com um aumento no fluxo reverso de sangue nas veias profundas, a pressão nas veias superficiais aumenta, elas se expandem e se tornam sinuosas, machucam quando tocadas. Devido ao aumento da pressão, as veias são deformadas e os nervos responsáveis ​​pela regulação do tônus ​​venoso morrem. E isso provoca uma estagnação ainda mais grave do sangue.

    Como as sanguessugas ajudam nas varizes

    O tratamento de varizes com sanguessugas alivia a dor, pois a pressão entre as veias superficial e profunda volta ao normal. Esse efeito pode ser visto com freqüência: o edema diminui significativamente, as veias superficiais diminuem de volume e deixam de "inchar". No entanto, esse processo é puramente mecânico, apenas por um certo tempo alivia a condição do paciente, sem afetar as paredes venosas.

    O afinamento do sangue produz um efeito muito pronunciado no caso em que o paciente apresenta inflamação das paredes dos vasos sanguíneos das pernas (tromboflebite). Esta doença é caracterizada por formações densas que se formam nas paredes das veias, que muitas vezes se soltam e levam ao bloqueio das veias – trombose.

    Penetrando no sangue, o hirudin o dilui e diminui sua capacidade de coagular. Como resultado desse efeito, os coágulos sanguíneos existentes se resolvem e o risco de novos é reduzido significativamente.

    Com isso, o efeito curativo do tratamento de varizes com sanguessugas termina. A hirudoterapia não afeta o tom das paredes e a falha da válvula.

    As especificidades do procedimento de hirudoterapia para varizes

    O que você precisa saber ao planejar se submeter à hirudoterapia?

    Como a sanguessuga reage negativamente a odores fortes, recusando-se a sugar, no dia do procedimento é proibido tomar banho, usar cosméticos, trabalhar com fluidos técnicos.

    Antes de definir uma sanguessuga, a pele é tratada com álcool e depois limpa bem com algodão embebido em água quente. A água quente não apenas remove o cheiro do etanol, mas também melhora o fluxo sanguíneo.

    A sessão termina quando a sanguessuga cai por conta própria, mas se isso não acontecer após meia hora, o hirudoterapeuta remove a sanguessuga com uma pinça. O médico coloca um curativo asséptico no lugar das mordidas. As feridas podem sangrar, mas não é necessário ter medo de sangramentos fortes – é normal se esse processo durar cerca de um dia. Se as almofadas aplicadas estiverem saturadas com sangue e vazarem, elas não precisam ser removidas, basta aplicar as novas por cima.

    As sessões de hirudoterapia não podem ser realizadas todos os dias, é necessário fazer uma pausa de 2 a 3 dias. O número de procedimentos para cada paciente deve ser determinado por um hirudoterapeuta e, no final do curso, um intervalo de tempo de pelo menos 4 meses.

    Como colocar sanguessugas com varizes

    Existem vários esquemas para definir sanguessugas para varizes, mas, em qualquer caso, você deve seguir essas regras:

    • Você não pode colocar sanguessugas nas veias;
    • É proibido aplicar sanguessugas nos nós varicosos visíveis;
    • Você não pode colocar sanguessugas na superfície interna dos quadris, pois existem artérias vitais.

    Uma sessão de hirudoterapia começa com o médico identificando as áreas problemáticas nas quais as sanguessugas serão colocadas. Eles são colocados em ambos os lados ao longo de uma veia doente, a uma distância de 1 cm dela, em um padrão quadriculado.

    Para o tratamento de varizes, as sanguessugas também podem ser aplicadas na área sacral, no cóccix.

    Contra-indicações para procedimentos de hirudoterapia

    Na expectativa de obter bons resultados com a hirudoterapia, os pacientes precisam ter certeza de que não têm contra-indicações para esses procedimentos.

    É proibido o uso de sanguessugas para o tratamento de varizes em tais casos:

    1. Com doenças oncológicas;
    2. Com anemia com um índice de hemoglobina inferior a 100;
    3. Com hemofilia (baixa coagulação do sangue);
    4. Se houver uma tendência a baixar a pressão arterial, uma vez que, devido ao fluxo sanguíneo, a pressão diminuirá ainda mais e a saúde geral piorará;
    5. Com tromboflebite purulenta;
    6. Com exaustão geral do corpo;
    7. Durante a gravidez e durante a amamentação;
    8. Se a pele no local da sanguessuga estiver severamente afinada;
    9. Com intolerância à hirudina, uma alergia à qual se manifesta por coceira e inchaço graves.

    O tratamento de varizes com sanguessugas pode provocar:

    • A formação de manchas escuras e cicatrizes no local de sucção das sanguessugas;
    • A ocorrência de tromboflebite e trombose venosa;
    • Linfadenite de educação;
    • O aparecimento de reações alérgicas e dermatites;
    • O desenvolvimento de um abscesso e fleuma das extremidades inferiores.

    É possível tratar sanguessugas em casa

    Você não precisa pensar que as sanguessugas são um medicamento eficaz e adequado para a automedicação. Obviamente, a julgar por algumas críticas ou ver fotos e vídeos na Internet o uso de sanguessugas para varizes postadas na Internet, pode parecer que não há nada complicado nesse tratamento. Mas essa é uma impressão enganosa – somente nas mãos de um médico experiente as sanguessugas se tornarão uma arma eficaz contra a doença.

    Além disso, em casa, é estritamente contra-indicado o uso de hirudoterapia, uma vez que mais mal pode ser feito do que bem. Pode acontecer que a economia de sua própria saúde leve a custos ainda maiores.

    A única decisão correta seria entrar em contato com uma instituição médica com boa reputação e, mais precisamente, com um especialista altamente qualificado que possa organizar e conduzir profissionalmente o tratamento adequado.

    Lagranmasade Portugal