Foto de estágio inicial de varizes

Hoje, as varizes são uma das doenças perigosas mais comuns, entre mulheres e homens. Segundo as estatísticas da OMS, a doença varicosa dos membros inferiores pode levar a pessoa à morte por tromboflebite, úlceras tróficas e tumores cancerígenos a eles associados.

Cada paciente precisa conhecer as causas, sintomas e estágios do desenvolvimento da doença, a fim de evitar as graves conseqüências dessa patologia.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Razões e etapas do desenvolvimento

A varicose ocorre devido a patologias das paredes venosas e ao mau funcionamento das válvulas venosas, cuja tarefa é transportar sangue enriquecido em dióxido de carbono das extremidades inferiores para os pulmões para troca gasosa.

Como resultado do fluxo sanguíneo anormal e da disfunção valvar, o sangue se acumula nos vasos, aumenta a pressão nas veias das pernas, o que leva ao abaulamento da parede venosa fraca. É assim que as varizes se desenvolvem.

Existem vários fatores que podem causar uma doença. Estes incluem:

  1. Hereditariedade
  2. Obesidade
  3. A presença de maus hábitos.
  4. Gravidez
  5. Tomar medicamentos hormonais por um longo tempo.
  6. Doença cardiovascular que leva à coagulação do sangue.
  7. Um estilo de vida sedentário que provoca estase sanguínea.
  8. Profissões associadas a uma longa permanência em pé.
  9. Andando de salto alto.

Sob a influência desses fatores, a doença do pé se desenvolve, que ocorre em várias etapas. Cada um deles é caracterizado por manifestações clínicas especiais. No total, na prática médica, existem 4 estágios de varizes:

  • varizes na fase inicial, mostradas na foto acima, passam quase sem sintomas. Uma pessoa só tem uma sensação de peso nas pernas, pequeno inchaço e dor. Pequenos asteriscos vasculares começam a aparecer na pele dos quadris e pernas;
  • as varizes do 1º grau, que também são mostradas na foto, são caracterizadas por espasmos frequentes dos músculos da panturrilha, uma sensação de queimação se espalhando da parte inferior da perna para a planta da perna, além de inchaço dos tornozelos;
  • o segundo grau é caracterizado por uma abundância de asteriscos vasculares, edema severo, dor constante nas pernas, a área de veias salientes aumenta;
  • o terceiro grau indica envolvimento no processo de doença de pele: torna-se escamoso, fino e muitas vezes pigmentado ao redor do tornozelo. O risco de trombose é muito alto, pois veias são muito ampliadas e dilatadas. O paciente, além da dor, é perseguido por uma constante sensação de queimação, eczema e dermatite na pele das extremidades inferiores, com ulceração da forma de úlceras profundas na pele.

IMPORTANTE! Se o tratamento não for iniciado nos estágios iniciais, a doença é muito difícil para o tratamento conservador no futuro e representa um perigo mortal para o paciente!

Os primeiros sintomas de varizes

Os primeiros sintomas de varizes nas pernas são difíceis de diagnosticar. O paciente os confunde por algum tempo com fadiga e tensão muscular. Com essas sensações, principalmente se antes não havia carga séria nas pernas, entre em contato com um especialista, pois Você pode curar a doença em um estágio inicial sem recorrer a procedimentos cirúrgicos e cansativos. Flebologistas e cirurgiões estão envolvidos no tratamento de varizes.

Os seguintes sintomas indicam os primeiros sinais de varizes:

  1. Peso constante nas pernas. Isto é devido à circulação prejudicada nas pernas devido à disfunção da válvula venosa. Por esse motivo, a pressão na veia aumenta acentuadamente, aumenta ainda mais e causa dor.
  2. Inchaço das extremidades inferiores. O sintoma se manifesta como resultado de uma grande carga no sistema venoso. Se a dor na veia e a vermelhidão da pele acima dela se juntar ao inchaço, podemos falar sobre o desenvolvimento de tromboflebite – uma complicação extremamente perigosa das varizes.
  3. Um aumento na circunferência da perna para 1 cm à noite está associado a edema.
  4. As sensações de dor se intensificam durante o esforço e passam na manhã seguinte.
  5. O aparecimento de veias de aranha nas pernas e quadris. Alguns pacientes os consideram um defeito estético. Sua aparência indica a patologia de uma grande varizes que os nutre. Confirme ou refute isso apenas com diagnóstico de ultrassom.
  6. Presença de veias salientes.

Primeiro, os primeiros sinais de varizes nas pernas desaparecem rapidamente se você descansar em uma posição confortável. No entanto, isso deve alertar o paciente, porque é um sintoma certo de uma doença incipiente.

Então o paciente pode ter uma sensação de queimação nas veias. Se você não prestar a devida atenção a esses sintomas, o paciente pode ter cãibras nos músculos da panturrilha à noite e fadiga nas pernas abaixo dos joelhos.

ATENÇÃO! Os sintomas das varizes precoces são semelhantes a outras doenças – pé chato e osteocondrose da lombar. É por isso que é tão importante procurar o aconselhamento de um flebologista para excluir outros diagnósticos e iniciar o tratamento a tempo!

Diagnóstico e tratamento

Por via de regra, as varizes no estágio inicial, que são ilustradas na foto, prosseguem sem dor. O paciente e, segundo as estatísticas, as mulheres sofrem de varizes duas vezes mais que os homens, procuram ajuda de um médico sobre a rede vascular. O médico realiza um exame e prescreve os estudos necessários para avaliar o grau de circulação venosa prejudicada.

Para isso, pode ser prescrito um exame geral de sangue, que mostrará a presença ou ausência de trombocitopenia, um exame bioquímico de sangue para detectar problemas hepáticos e vasos sanguíneos.

Mostra a patologia da parede vascular. Se o diagnóstico for confirmado, o paciente é encaminhado para flebografia de raios-X, com a qual é determinado o local da lesão das veias.

Após a pesquisa, o médico prescreve um tratamento que pode impedir a transição do estágio inicial das varizes para as subsequentes.

Para isso, é realizado o tratamento da principal doença – endócrina, cardiovascular, etc. Em seguida, os fatores de risco são eliminados, somente então o paciente é oferecido para mudar seu estilo de vida, dieta, abandonar maus hábitos.

O tratamento medicamentoso em um estágio inicial de varizes não é fornecido. Os especialistas acreditam que é suficiente usar roupas íntimas de compressão – meias e meias especiais ou ataduras elásticas que precisam ser colocadas em seus pés ao acordar e ser usado por um dia inteiro. Essa terapia é capaz de distribuir uniformemente a carga nas pernas e melhorar a circulação sanguínea.

Conclusão

As varizes precisam de tratamento imediato, cuja ausência pode levar a sérias conseqüências: desenvolvimento de tromboflebite, sangramento dos nós venosos e úlcera trófica que pode provocar amputação das pernas.

Como reconhecer o estágio inicial das varizes a tempo: uma foto das veias afetadas nas pernas e tratamento adequado

O tratamento oportuno dos primeiros sinais de varizes é o melhor meio de proteger a saúde.

As varizes são uma doença da insuficiência venosa. Na grande maioria dos casos, aparece nas pernas. Mais frequentemente, as mulheres são afetadas por isso.

É importante notar os primeiros sinais, indicando a presença de distúrbios circulatórios nas extremidades inferiores, a fim de tomar as medidas necessárias a tempo, evitando o desenvolvimento de efeitos adversos à saúde.

Primeiros sinais

As causas mais comuns do aparecimento da doença são as seguintes:

  • fatores hereditários, ou seja, pessoas com parentes que sofrem desta doença;
  • longos períodos de permanência, por exemplo, devido a condições profissionais de trabalho (vendedores, cabeleireiros, etc.);
  • atletas profissionais e entusiastas de esportes;
  • excesso de peso e dieta desequilibrada;
  • vestindo roupas muito justas;
  • gravidez;
  • abuso de usar sapatos de salto alto.
Nanovein  7 EXERCÍCIOS PARA MULHERES DE KATSUZO NICHI

Em alguns casos, meninas muito jovens recorrem a flebologistas que reclamam do aumento do padrão venoso nas pernas como sinal de um defeito cosmético levemente agradável.

Em uma idade jovem, os sinais quase imperceptíveis de varizes raramente causam desconforto, então nem todos consideram necessário consultar um médico. A medicina moderna também observou a manifestação dos primeiros sintomas de varizes em crianças.

O estágio inicial das varizes nas extremidades inferiores é chamado de varizes reticulares. Na maioria das vezes, ela se desenvolve nas mulheres. Sua característica é o retículo venoso azulado. Eles raramente causam desconforto, mas muitas mulheres estão preocupadas com a aparência não estética.

Sinais do estágio inicial das varizes podem ser encontrados na área dos órgãos pélvicos. Este tipo de doença também é mais comum em mulheres, geralmente jovens.

A princípio, a doença é quase assintomática, o que complica seu diagnóstico. As varizes podem ser detectadas usando tecnologias modernas, como ultrassom e dopplerografia (teste de circulação sanguínea).

Os sinais do aparecimento de varizes neste caso podem ser:

  • dor durante a menstruação, distúrbios do ciclo;
  • o aparecimento de dor no abdome inferior, agravada pela relação sexual;
  • veias inchadas, a formação de redes venosas nos quadris e nádegas.

Entre os homens, segundo as estatísticas, os sinais do estágio inicial das varizes são encontrados em um em cada cinco. Representantes do sexo forte também raramente sentem dor ou desconforto durante esse período.

Diferentemente das mulheres, elas demonstram menos interesse na estética da aparência, mais frequentemente negligenciam o exame por um especialista e o tratamento, o que aumenta significativamente o risco de maior progressão da doença.

O desenvolvimento de varizes na fase inicial é o mais insidioso, porque procede quase imperceptivelmente em comparação com todos os estágios subsequentes da doença.

No entanto, as medidas de tratamento tomadas durante esse período trarão o maior benefício e o efeito mais rápido, enquanto o processo de tratamento para qualquer um dos estágios subsequentes será muito mais longo e mais complicado.

Sintomas do estágio inicial das varizes

Os primeiros sinais de varizes incipientes raramente se fazem sentir. Em primeiro lugar, quase todos os pacientes observam que estão experimentando cada vez mais:

  • peso nas pernas;
  • uma sensação de fadiga, agravada pela permanência prolongada nas pernas ou na caminhada.

Quase todos atribuem esses sintomas a problemas devido aos pés chatos, falta de hábito de usar salto alto, inconveniência nos sapatos, presença de osteocondrose na região lombar.

Gradualmente, o edema das extremidades inferiores se torna mais perceptível à noite, principalmente após um longo dia de trabalho, intensificando a sensação de peso, que só pode ser removida com um banho frio nas pernas.

Este estágio não é acompanhado por distúrbios circulatórios, é caracterizado pela ausência de sintomas clínicos pronunciados de doença venosa.

Ao ignorar os primeiros sinais, os seguintes sinais do estágio inicial das varizes gradualmente se tornam visíveis:

  • dor na perna;
  • inchaço dos pés;
  • sensação de plenitude e peso nas extremidades inferiores;
  • cãibras musculares, que geralmente ocorrem à noite durante o sono;
  • as veias em expansão gradualmente se tornam visivelmente mais densas; áreas escuras da pele são formadas ao seu redor.

Foto do estágio inicial das varizes

Como é o estágio inicial das varizes, foto abaixo:



Beleza e saúde das pernas

Por via de regra, a doença logo no início pode ser estabelecida por um médico quando se trata de mulheres jovens nas vésperas da temporada de praia no verão, a fim de ajustar a estética das pernas.

As gestantes mostram um pouco mais de atenção, tendo notado o surgimento repentino de dificuldades significativas durante a caminhada e os sintomas de um acentuado aumento da sensação de cansaço ao final do dia.

Mudanças sutis

O primeiro sinal indicando o desenvolvimento de varizes é a rede vascular (rosácea) nas pernas.

No início, é muito pequeno, na forma de estrelas individuais, mas gradualmente captura grandes vasos, torna-se muito mais claramente expresso.

Tais "aranhas" ocorrem frequentemente nas pernas, sob a patela, na pele das coxas. Esse sintoma é bem fácil de detectar.

O principal é reconhecer o problema a tempo

Para provavelmente reconhecer o início do estágio inicial da doença, considere cuidadosamente vários sinais de varizes. Então, como reconhecer varizes nas pernas nos estágios iniciais:

  • a dor nas pernas pode se manifestar bastante variada e em diferentes momentos do dia, na forma de convulsões e até coceira;
  • inchaço e inchaço das extremidades inferiores;
  • pernas cansadas;
  • descoloração da pele, aparência de um tom azulado;
  • pele seca, tendência a dermatite e pigmentação;
  • as veias incham, começam a inchar ligeiramente acima da superfície da pele;
  • veias de aranha se tornam mais visíveis.

Um dos sinais mais importantes para o desenvolvimento de varizes é o aparecimento de manchas vermelhas nas pernas – um sinal claro de ruptura vascular.

Tratamento em estágio inicial de varizes

As medidas terapêuticas no primeiro estágio desta doença são as mais eficazes. Podemos distinguir vários métodos eficazes para o tratamento de varizes nas pernas no estágio inicial:

  1. Exercícios físicos. Uma rejeição completa dos esportes e da atividade física não é uma decisão racional. É importante manter uma atividade física razoável, pois um estilo de vida sedentário leva à estagnação do sangue nos vasos, agravando sua circulação. Conjuntos especiais de exercícios, vários tipos de "adequação aos funcionários do escritório" que podem ajudar são muito úteis.
  2. O uso de flebotônicos – drogas, principalmente de origem vegetal, para aliviar a dor nas extremidades inferiores, sinais de inchaço, estimulam o tônus ​​muscular.
  3. O uso de pomadas especiais, cremes e géis para aliviar a gravidade, melhora o fluxo sanguíneo, especialmente aqueles que incluem vetons (Venozol, Venarus, Detralex) e heparina, que possuem propriedades anti-inflamatórias.
  4. Vestindo roupas íntimas de compressão, meias ou calças justas que contribuem para a distribuição uniforme da pressão no corpo. Para a mesma finalidade, uma bandagem elástica pode ser usada. É importante seguir as recomendações e os princípios de sua aplicação.
  5. Usando um adesivo para varizes. Muitas pessoas acham isso muito eficaz, mas não é recomendado para pessoas com pele excessivamente sensível, o que pode causar reações alérgicas à substância adesiva do adesivo.
  6. Comer alimentos que contenham todas as vitaminas, minerais e minerais necessários.

Todos esses métodos darão um efeito positivo se forem realizados regularmente precisamente nos primeiros estágios da doença, o que possibilitará impedir a progressão dessa doença.

Os benefícios da medicina tradicional

O uso de remédios populares para varizes das pernas em um estágio inicial é o mais justificado e apropriado. Eles podem ser divididos em duas variedades:

  • meios para uso externo, como pomadas, cremes, misturas e compressas;
  • meios para uso interno: infusões e decocções de ervas.

O mecanismo de sua ação visa restaurar a circulação sanguínea nos vasos venosos e reduzir o risco de congestão neles.

É muito útil para o aparecimento de varizes que tomam banhos terapêuticos com a adição de decocções de camomila, trevo, lúpulo, erva de São João, cones de abeto e pinheiro, que aumentam o tom das veias. Você pode aplicar compressas de folhas de repolho, cones de lúpulo, suco de batata.

Muitas vezes, quando os primeiros sinais da doença aparecem, decocções e infusões são usadas:

  • para preparar a infusão de urtiga, a grama seca é moída, depois escaldada com água fervente e insistida. Deve ser usado dentro de três meses. A dosagem é de meio copo três vezes ao dia com início de varizes. Depois faça uma pausa por 14 dias e continue novamente;
  • a infusão de noz-moscada é altamente eficaz como agente profilático e terapêutico. Para fazer isso, encha a membrana de nozes com um copo de água fervente e adicione uma colher de sopa. querida. Por uma hora, ele resta insistir. Beba nos estágios iniciais das varizes uma hora antes das refeições por duas semanas, duas vezes por dia;
  • 50 g de inflorescências secas de castanha da Índia são vertidas com álcool (0,5 l) e deixadas por duas semanas, sem esquecer de agitar regularmente o tempo todo. Você pode pegar a mesa. três vezes ao dia antes das refeições;
  • para obter a receita mais simples para infusão de ervas, você precisa misturar a coleção de camomila de farmácia (30 g), erva de São João (30 g), rabo de cavalo (25 g) e folhas de avelã (40 g) e despeje água fervente (1/2 l). Ferva um quarto de hora no fogo, leve de manhã com o estômago vazio meia xícara por dois meses.
Nanovein  Como escolher roupas íntimas de compressão para varizes

Para preparar uma pomada terapêutica para o tratamento dos primeiros sinais de varizes em casa, você pode misturar alho amassado com óleo vegetal, na proporção necessária: 1 a 2.

A mistura é aplicada diariamente na hora de dormir nas seções deformadas das veias e do retículo. Imediatamente após acordar, o curativo é removido, a pele é enxaguada com água morna. Então é necessário fornecer calor aos pés, por exemplo, vestindo roupas quentes.

As varizes não pertencem ao tipo de doenças, cujos sinais podem desaparecer por si mesmos. Se não tratada, ela se espalha ainda mais, ficando maior. Uma das complicações mais graves das varizes são as úlceras tróficas e a tromboflebite.

É importante não esperar pelo seu desenvolvimento, mas iniciar o tratamento já na fase inicial, o que contribuirá enormemente para a prevenção de uma doença insidiosa.

Sintomas e tratamento de varizes na fase inicial

Pernas cansadas, inchaço, aparência da rede vascular – é assim que se parece o estágio inicial das varizes nas pernas. Se o tratamento não for iniciado nesse estágio, as varizes progredirão, o que prejudicará significativamente a qualidade de vida do paciente. O principal problema é que o estágio inicial das varizes se parece com a fadiga normal das pernas.

Como reconhecer varizes na fase inicial

As mulheres são mais propensas a sofrer varizes do que os homens, por isso é especialmente importante monitorar o estado do sistema venoso nas pernas. Mas isso não significa que o sexo forte possa relaxar e não prestar atenção a possíveis manifestações de varizes. Os principais sinais de varizes nas pernas:

  • Inchaço das pernas, que aparece à noite e pela manhã após o sono desaparecer;
  • Peso nas pernas, muitas vezes confundido simplesmente com fadiga;
  • Dor dolorosa após carga prolongada nas pernas: caminhada, corrida e outras atividades ativas;
  • A malha varicosa não traz nenhum desconforto e estraga apenas a aparência das pernas.

Nesta fase das varizes ainda não há distúrbio circulatório, portanto, não há sintomas pronunciados que distinguem a doença. Na foto, varizes no estágio inicial quase não são visíveis. Mas existe uma maneira simples de determinar a presença de uma doença – para isso, você precisará de uma fita de centímetro. Meça a largura dos tornozelos ou panturrilhas na manhã seguinte ao sono e após um dia útil à noite. Se a diferença de volume for superior a 1 centímetro, você provavelmente terá varizes em um estágio inicial.

Uma característica importante das varizes é que todos os sintomas de fadiga das pernas desaparecem após um breve descanso em decúbito dorsal, especialmente com as pernas levantadas.

Tratamento do estágio inicial de varizes

Quando surgirem as primeiras suspeitas de varizes nas pernas, consulte um flebologista ou cirurgião vascular. A maneira mais fácil de eliminar a doença é iniciar o tratamento do estágio inicial de varizes nas pernas. Durante esse período, apenas terapia conservadora e remédios populares são usados, o que deve fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos, afinar o sangue e impedir sua estagnação.

Dieta e treino

A causa das varizes é frequentemente a desnutrição e a falta de exercício – um estilo de vida sedentário. Portanto, a terapia sempre inclui exercícios de dieta e fortalecimento.

Tente recusar farinha, gorduroso, salgado e defumado, bem como fast food. Substitua alimentos não saudáveis ​​por frutas e legumes e adicione legumes, nozes, frutos do mar e carnes magras à sua dieta. Remova o açúcar da sua dieta, substituindo-o por mel.

Faça exercícios simples de fortalecimento todos os dias. Inclui exercícios simples que criam uma estrutura muscular e estimulam a circulação sanguínea:

  • Rolando de meias a saltos com os pés descalços;
  • Fique na ponta dos pés;
  • Ande no tapete ortopédico;
  • Balanços alternativos da posição em pé;
  • Deitado de costas, levante as pernas em um ângulo de 90 graus e agite os pés intensamente.

Não deixe de fazer caminhadas, andar de bicicleta, dançar ou nadar. Cargas leves serão beneficiadas apenas.

Roupa interior de compressão

Malhas de compressão criam uma pressão que melhora o fluxo sanguíneo, evita o alongamento das paredes dos vasos sanguíneos e o aparecimento de estagnação. Existem várias formas de roupas íntimas: até o joelho, meias e calças justas, elas são escolhidas dependendo da localização das varizes. O grau de compressão varia, sendo escolhido pelo médico assistente para não agredir ou esmagar vasos frágeis sem ele, provocando a ocorrência de estagnação.

No estágio inicial das varizes nas pernas, você pode substituir a camisa de compressão por uma bandagem elástica.

Medicamentos

Na primeira etapa das varizes, são usadas pomadas, cremes e géis com efeito venotônico. Eles aumentam a elasticidade dos vasos sanguíneos, estimulam a circulação sanguínea, aliviam a dor e a fadiga.

Na maioria das vezes, recomenda-se o uso dos seguintes medicamentos: gel de Lyoton, Troxevasin, creme Venitan Forte, Troxigel, além de fundos com castanha na composição.

Para administração oral, são prescritos complexos vitamínicos e medicamentos que estimulam a atividade cardíaca.

Receitas folclóricas

A medicina tradicional ajuda a se livrar de muitas doenças, incluindo varizes em um estágio inicial. Estas são as receitas mais acessíveis, mas eficazes, fáceis de fazer em casa. Existem remédios para varizes para administração oral (infusões e decocções) ou para uso externo (pomadas, compressas, aplicações e misturas).

Remédios populares para administração oral

Tais receitas são fáceis de preparar, mas melhoram o estado geral do corpo, afinando o sangue e aumentando a imunidade:

  • Despeje água fervida sobre a grama seca da urtiga, deixe fermentar. Todos os dias, três vezes ao dia, faça a infusão resultante por 3 meses; depois, faça uma pausa de duas semanas e inicie o curso novamente;
  • Misture a camomila da farmácia e a erva de São João, 30 g cada, 25 g de cavalinha de campo e 40 g de folhas de avelã, despeje 500 ml de água fervente e deixe ferver por 15 minutos. Tome a decocção meia xícara de manhã com o estômago vazio. O curso da terapia dura dois meses.

Preparações tópicas caseiras

Tais fundos estimulam o trabalho das válvulas venosas, razão pela qual os vasos das extremidades inferiores ficam menos frágeis:

  • Misture flores lilás frescas e castanha para 2 colheres de sopa. cada um e despeje a vodka. Feche o recipiente e deixe no escuro por 14 dias. limpe as áreas afetadas das pernas com tintura 2-3 vezes ao dia;
  • Misture o alho picado e o óleo vegetal na proporção de 1: 2, prenda a massa resultante às áreas com uma rede vascular, enrole um curativo por cima e deixe-o durante a noite. De manhã, lave os pés com água morna.

Tratamentos em casa

Para curar varizes na fase inicial, é recomendável prestar atenção especial às pernas. Tente um banho de contraste. Lave os pés alternadamente com água morna e fria diariamente antes de dormir. Isso estimula a circulação sanguínea, o que fortalece as paredes dos vasos sanguíneos.

Com o mesmo objetivo, você pode fazer envoltórios frios: umedeça o curativo em água fria e envolva-o em torno das pernas até o joelho, deixe por 30 minutos. É melhor realizar o procedimento à noite antes de dormir.

Nos banhos para os pés, você pode adicionar infusão de sálvia e decocção de casca de carvalho ou salgueiro. Eles acalmam, aumentam o tônus ​​das veias, não permitem o alongamento e a fragilidade.

A massagem também ajuda a se livrar dos sintomas das varizes no estágio inicial. Antes do procedimento, deite-se por 15 minutos com as pernas estendidas para cima, isso aumentará o fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco. Em seguida, comece a esticar os músculos das pernas a partir dos quadris e região inguinal, movendo-se gradualmente para os joelhos, depois para a parte inferior da perna e pés. Faça movimentos circulares leves, derrame, belisque a superfície da pele das pernas, mas para que não ocorra dor.

No estágio inicial, as varizes são facilmente tratáveis, mas devido a seus sintomas, muitas pessoas confundem com fadiga nas pernas. Se aparecerem sinais da doença, é recomendável que você consulte imediatamente um médico para impedir seu desenvolvimento. Para se livrar da doença, é importante usar um tratamento abrangente: combine procedimentos caseiros com exercícios simples de endurecimento, coma corretamente e use medicamentos venotônicos e receitas populares que ajudam a preservar a beleza e a saúde das pernas.

Lagranmasade Portugal