Fitoterapia para varizes das pernas

Nas varizes, é importante observar medidas preventivas que visem ao fortalecimento geral das paredes vasculares. Para isso, é necessário observar nutrição dietética especial, realizar massagens regulares nas extremidades inferiores e observar atividade física. Ervas com varizes nas pernas servem como um meio de prevenir a doença. O tratamento com ervas é um método adicional de terapia, que pode impedir a ocorrência de graves conseqüências com o desenvolvimento de varizes.

A automedicação não é recomendada, pois as plantas medicinais podem causar uma reação alérgica. Portanto, é necessário consultar o seu médico.

Ervas medicinais de varizes nas pernas são usadas na forma de várias decocções, tinturas e pomadas. Chás de ervas de varizes têm boa eficácia. Além de tratar varizes, tomar medicamentos à base de plantas pode melhorar significativamente o estado geral do corpo e aumentar a imunidade.

Um resultado positivo da fitoterapia será quando todas as instruções forem seguidas e a doença estiver em um estágio inicial. É possível curar varizes com ervas. Para fazer isso, você precisará de:

  • Purgatório;
  • Erva de São João;
  • Bigode dourado;
  • Absinto;
  • Aloe
  • Castanha;
  • Urtiga;
  • Trevo de prado;
  • Verbena officinalis;
  • Dente de leão;
  • Prado de dor nas costas;
  • Banana;
  • Toloknyanka;
  • Donnik.
As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Propriedades da planta

O desenvolvimento de varizes, na maioria dos casos, tem uma predisposição genética. Também aumenta o risco de ter um estilo de vida errado, atividade física inadequada e dieta desequilibrada. Esses fatores provocam uma violação do fluxo sanguíneo nas extremidades inferiores e distrofia nos tecidos das veias. Para tratar veias com ervas, você precisa seguir alguns pontos importantes:

  • A limpeza vascular ajudará a normalizar a pressão sanguínea (pressão arterial) e aumentar o fluxo sanguíneo nas extremidades inferiores;
  • A purificação do sangue visa diluir o sangue, aumentando a passagem do sangue através de pequenos vasos;
  • A fitoterapia é indispensável para estabelecer trofismo nos tecidos das veias e garantir o correto funcionamento das válvulas;
  • Fitoterapia promove a dissolução de coágulos sanguíneos previamente coagulados.

Como escolher a planta certa para o tratamento de varizes

São utilizados dois tipos de tratamento à base de plantas para varizes, a saber:

  • Terapia interna de natureza geral – tratamento com infusões de ervas e pós. Aplique este tipo de fitoterapia para diluir e purificar o sangue;
  • Terapia externa de natureza local – apresentada na forma de várias compressas e fricções com base em infusões e pomadas de ervas.

A ação de remédios à base de plantas para o tratamento de varizes:

  • Anti-inflamatório;
  • Diurético;
  • Estimular o fluxo sanguíneo;
  • Desbaste;
  • Antiespasmódico ou anticonvulsivante.

As ervas mais populares para varizes

Um dos tratamentos mais eficazes para varizes é a castanha da Índia. Na fitoterapia, são utilizadas sementes, folhas, flores e até casca.

As castanhas contêm uma enorme quantidade de taninos, bem como vitaminas do complexo B, glicosídeos e flavonóides. Eles têm um efeito positivo no estado dos vasos venosos, normalizando o tônus ​​e aumentando a saída e o fluxo sanguíneo nas extremidades inferiores. No tratamento de varizes, são utilizadas as flores e frutos do castanheiro. A infusão é feita de acordo com a seguinte receita:

As flores colhidas na primavera são secas ou usadas frescas. Você precisa tomar 2 colheres de sopa de flores frescas, despeje água morna – 200 ml e deixe em infusão em local escuro por pelo menos 6 horas. Em seguida, é necessário derramar a mistura resultante em um recipiente adequado e colocar no fogo para ferver. O caldo resfriado deve ser filtrado e consumido 1/3 xícara duas vezes por dia durante 14 dias.

Você pode fazer uma tintura de frutas e flores de uma castanha em casa. Para fazer isso, é preciso pegar frutas – 6-8 peças, moer em um moedor de café, adicionando 4 colheres de sopa de flores. Despeje a mistura resultante com vodka em uma quantidade de 0.5 litros. Infundir a mistura deve ser de pelo menos duas semanas, agitando ocasionalmente. A tintura é aplicada externamente na forma de compressas. Antes do uso, é necessário diluir a solução alcoólica resultante em água morna umedecendo um pequeno pedaço de tecido. Uma área da pele afetada por varizes é envolvida em um tecido infiltrado e coberta com celofane por cima, mantendo a compressa por várias horas.

Tratamento de varizes com trevo

O trevo do prado pertence às plantas perenes e possui um grande número de propriedades úteis. As folhas e inflorescências desta planta, pertencentes à família das leguminosas, contêm:

  • Vitaminas
  • Minerais
  • Carotenos;
  • Flavonóides;
  • Ácido salicílico;
  • Fitoestrogênios;
  • Taninos;
  • Óleos essenciais;
  • Fibra

O trevo para varizes é usado na forma de inflorescências coletadas, secas e no vapor. Aplique infusão terapêutica na forma de compressas nos locais afetados por varizes.

O trevo tem um efeito anti-inflamatório pronunciado, por isso é aconselhável fazer uma infusão das flores desta planta.

Tratamento de banana varizes

A bananeira de varizes é frequentemente usada na medicina popular, uma vez que esta planta única contém polissacarídeos, glicosídeos, amargor, taninos, voláteis, sorbitol e ácidos orgânicos. A banana-da-terra é usada para varizes apenas como um agente externo para a rápida cicatrização das úlceras tróficas resultantes. Para esse fim, use uma pomada especial preparada com antecedência. As folhas secas da grama de bananeira são moídas em pó e misturadas com algumas gotas de óleo vegetal e depois com vaselina, observando uma proporção de 1: 9.

Não é recomendado o uso de decocções de bananeira no interior com varizes, pois a planta tem a propriedade de coagular e isso pode causar trombose.

Taxas de diuréticos para varizes

Com varizes, fenômenos edematosos são frequentemente observados. Eles se tornam causa de desconforto em uma pessoa, interferindo na vida normal. Com varizes, é necessário beber ervas diuréticas especiais para aliviar o inchaço.

O phytoboxing integrado lida bem com o problema, fortalecendo as paredes dos vasos venosos e é a prevenção de coágulos sanguíneos. Para preparar a coleção, ervas secas são usadas:

  • Cavalinha;
  • Pássaro das montanhas;
  • Lungwort officinalis.

Ervas secas, tomadas na quantidade de uma colher de sopa, despeje um copo de água fervente e deixe fermentar por 30 minutos. Em seguida, a mistura resultante é vertida em um recipiente especial e levada a ferver. A infusão resultante é consumida em um quarto de xícara após cada refeição. O curso da terapia é de cerca de duas semanas. Após consulta com um especialista, o tratamento pode ser continuado.

Contra-indicações para o uso de remédios à base de plantas

Contra-indicações comuns ao uso de plantas medicinais para varizes são:

  • Gravidez e amamentação;
  • Beber álcool;
  • Alergia a certas plantas medicinais. Portanto, antes de iniciar a fitoterapia, é necessário testar a presença de alergias.

No caso de sinais característicos de intoxicação do corpo, você deve parar de tomar o medicamento o mais rápido possível e entrar em contato com uma instituição médica.

As ervas tratam varizes nos estágios iniciais da doença. Fitoterapia ajudará a se livrar do peso nas extremidades inferiores, puxando e dor aguda. Ajuda a se livrar da rede capilar e das veias da aranha. Além disso, decocções à base de plantas podem ser usadas como prevenção da recaída da doença.

Que ervas podem ser usadas para varizes?

As ervas varicosas podem ser usadas para uso externo e interno como uma ferramenta adicional no tratamento complexo prescrito pelo médico assistente. Antes de começar a usar decocções e infusões terapêuticas, consulte um flebologista que examinará as veias e fará o diagnóstico correto.

As varizes são acompanhadas por alterações patológicas nos vasos sanguíneos. Eles perdem elasticidade, expandem, alongam e deformam.

Ervas e sementes permitem ativar processos metabólicos, devido à violação da qual as veias perdem sua elasticidade.

As varizes são observadas em mulheres e homens, e essa doença deve ser combatida constantemente, mudando o estilo de vida e abandonando os maus hábitos.

Nanovein  Meias de cintura para varizes para homens

Que ervas são úteis para uso em terapia complexa

As varizes são tratadas com preparações de castanha da Índia. Os medicamentos são preparados a partir de diferentes partes da planta, que são usadas interna e externamente.

Suco fresco de flores de castanheiro ajuda muito. É o suficiente para tomar 1/2 colher de chá. suco misturado com 1 colher de sopa. eu água e bebida várias vezes ao dia, para que os vasos venosos melhorem sua elasticidade.

Você pode ser tratado com uma decocção de flores e frutas. Para prepará-lo, pegue 30 g de matéria-prima, que é preenchida com 1 litro de água e fervida por meia hora. O produto resultante é usado para banhos e loções.

Uma decocção de folhas e frutas é tomada por via oral por até 3 meses. Para prepará-lo, tome 5 g de matérias-primas por 250 ml de água fervente. O caldo é preparado em banho-maria por 30 minutos, filtrado a quente e levado ao seu volume original. Tome várias vezes ao dia para 1 colher de sopa. XNUMX. se não houver reações alérgicas. Uma decocção ajuda a remover o processo inflamatório nas veias e melhorar sua condição.

As varizes também são tratadas com outras plantas estimulantes vasculares. Uma decocção de casca de salgueiro branco ajudará a aliviar a dor que aparece com esta doença. Para fazer uma decocção, 75 g de matéria-prima seca são despejados em 1 litro de água e fervidos por 30 minutos. O caldo resultante é usado externamente.

Banhos para o tratamento de varizes nas pernas podem ser feitos com flores de calêndula. Para fazer isso, tome 4 colheres de sopa de matérias-primas secas por 0,5 litro de água, prepare uma decocção na qual você precisa manter os pés doloridos.

Com o surgimento da rede vascular e a dor nas pernas, é usada a tintura alcoólica do pinato de Kalanchoe. Para prepará-lo, encha a garrafa com folhas da planta e encha-as com álcool a 70%. Após uma semana, a tintura resultante pode ser usada, agitando o conteúdo antes de usar. A tintura é usada antes de dormir, esfregando-a com as pernas de baixo para cima até os joelhos e acima.

Meios para melhorar o estado geral

No tratamento de varizes com ervas, é necessário aplicar não apenas plantas que afetam diretamente o estado das veias, mas também aquelas que estimulam os órgãos de secreção interna. Laminaria tem um tônico se houver uma expansão das veias. Pó ou algas frescas são adicionadas aos alimentos várias vezes por semana, o que melhora a elasticidade das veias.

Os curandeiros tradicionais recomendam tomar uma decocção de linhaça se as varizes forem acompanhadas de inchaço das pernas. Para preparar uma decocção, 4 colheres de sopa de linhaça são derramadas em 1 litro de água e fervidas por 10 minutos. Em seguida, o recipiente é removido do fogo, coberto com uma tampa e insiste em horas. O caldo mucoso resultante não tem sabor, não tem cheiro e pode ser bebido sem sabor. É tomado por via oral com sementes em um copo várias vezes ao dia em uma forma quente. As sementes de linho têm um efeito benéfico no sistema endócrino, têm uma propriedade diurética leve e serão úteis no tratamento complexo de varizes.

As varizes podem ser tratadas com uma mistura de múmias, pólen e mel na proporção de 1: 5: 20. Para uma dose única, a múmia é tomada entre 0,25 e 0,3 g e a duração do tratamento deve ser discutida com o médico. Os curandeiros tradicionais recomendam tomar a mistura terapêutica por via oral de manhã e à noite, na ausência de intolerância individual aos componentes por um mês. Após o curso, faça uma pausa de 10 dias. O curso pode ser repetido, se desejado.

Ao usar esta mistura, a dor diminui, o inchaço das pernas desaparece. Os testes mostram uma melhora no sangue:

  • o número de glóbulos vermelhos aumenta;
  • ROE (reação de sedimentação de eritrócitos) é normalizado;
  • o conteúdo de hemoglobina aumenta;
  • a contagem de leucócitos está melhorando.

As múmias, o pólen e o mel contêm um grande número de aminoácidos e outros componentes úteis que têm um efeito benéfico no corpo e melhoram o funcionamento de todos os sistemas.

Taxas Medicinais

As varizes são tratadas com preparações à base de plantas, que incluem plantas medicinais que afetam não apenas a rede vascular, mas também os órgãos de secreção interna. Os kits de ervas devem ser trocados a cada 10 dias para que as substâncias biologicamente ativas presentes em grandes quantidades nas plantas não sejam acumuladas no organismo. Isso ajudará a diversificar o efeito das ervas no corpo e melhorar a condição das veias. A expansão varicosa é tratada com a coleta de plantas como:

  • bétula caída, casca, 20 g;
  • carvalho comum, casca, 20 g;
  • frutos de castanha da Índia, 20 g;
  • rabo de cavalo, grama, 20 g;
  • Ruibarbo Tunguska, raízes, 30 g;
  • immortelle areia, flores, 30 g.

Estas ervas com varizes têm um efeito complexo na doença vascular. Eles aliviam o inchaço, fortalecem as paredes das veias, melhoram a estrutura do sangue. Todos os dias, durante 10 dias, tome 4 colheres de sopa. eu recolha, encha-os com 2 copos de água a ferver e guarde-os em banho-maria durante 5 minutos. Deixe esfriar por meia hora, filtre e beba 125 g 4 vezes ao dia antes das refeições.

As varizes podem ser tratadas com uma coleção que remove bem os processos inflamatórios que frequentemente acompanham esta doença. Consiste em:

  • folhas de uma bananeira grande, 15 g;
  • frutos de sementes de coentro, 15 g;
  • Erva de São João perfurada, 20 g;
  • uma série de três partes, grama, 20 g;
  • alcaçuz, rizomas, 20 g;
  • purê seco, grama, 10 g.

O caldo pronto para varizes pode ser aplicado externamente na forma de loções e dentro de 1/3 de xícara 3 vezes ao dia. Para preparar a forma de dosagem, tome 1 colher de sopa. eu coletando um copo de água, ferva por 15 minutos, insista por meia hora, remova, filtre e use conforme as instruções.

O tratamento com ervas permite suspender o curso da doença e, por um longo período, a doença estará em remissão. No entanto, o uso de ervas para varizes não ajudará se uma pessoa continuar com o estilo de vida habitual que causou o aparecimento da doença.

Ervas medicinais para varizes – são eficazes?

As varizes são uma doença que se desenvolve por um longo tempo e gradualmente.

As patologias são promovidas por atividade física constante ou experiências emocionais, das quais raramente alguém pode se proteger completamente na vida cotidiana.

O curso crônico permite perceber o problema nos estágios iniciais e tomar medidas oportunas para interromper o processo patológico.

Nos primeiros estágios da formação de varizes, os remédios populares são altamente eficazes, amplamente utilizados na medicina alternativa e como parte de medicamentos. Abaixo no artigo serão dadas as receitas mais populares com base em uma variedade de componentes.

A eficácia do tratamento de ervas varizes

Artigo navegação

Muitos pacientes duvidam que as ervas possam ajudar com varizes das pernas. No entanto, a eficácia das plantas é fácil de explicar. Com varizes, estamos lidando com vários distúrbios:

  • piora da microcirculação;
  • afinamento das paredes vasculares;
  • o aparecimento de edema;
  • a presença de um processo inflamatório;
  • diminuição do tônus ​​vascular e perda de elasticidade.

A principal vantagem da fitoterapia é que as plantas contêm um complexo natural de nutrientes, diferentemente dos medicamentos fabricados sinteticamente. A composição das ervas usadas para varizes é muito rica – os componentes estão em uma combinação que melhora a ação de cada uma delas individualmente.

Além disso, os remédios populares ganharam popularidade devido ao alto perfil de segurança e às amplas possibilidades de aplicação. Loções são feitas de ervas, chá é preparado, tinturas são preparadas, compressas são aplicadas. Nesse caso, os pacientes quase nunca experimentam efeitos colaterais ou reações imprevistas.

Ervas com varizes das extremidades inferiores atuam na patogênese da doença e também afetam a causa, o que levou a um aumento no lúmen do vaso. Isso significa que as plantas medicinais são capazes de prevenir a recaída e restaurar a estrutura da veia, ao contrário da intervenção cirúrgica.

Quais são os efeitos benéficos das ervas medicinais? O alcance da ação é muito amplo:

  • anti-inflamatório;
  • afinamento do sangue;
  • venotônico;
  • descongestionante;
  • normalização da circulação sanguínea;
  • eliminação de dor e desconforto;
  • cosmético – melhorando a aparência.

Os princípios básicos do tratamento de varizes

O que ajudará a alcançar um resultado positivo? O que exatamente precisa ser influenciado para que as veias da aranha ou os nódulos inchados das veias desapareçam? Vários fatores contribuem para a deterioração da circulação sanguínea e a formação de nós azuis. Assim, para o tratamento eficaz de varizes, é necessário:

  • limpar os vasos sanguíneos de pequenos coágulos de sangue e placas de colesterol;
  • tornar o sangue menos viscoso para facilitar sua fluidez e vasos sanguíneos;
  • melhorar o tecido trófico dos vasos sanguíneos e válvulas venosas, fornecer um fluxo suficiente de oxigênio;
  • reduzir o processo inflamatório, bloqueando a produção de mediadores e substâncias biologicamente ativas;
  • acelerar a reabsorção do edema e melhorar a drenagem linfática.

Você também precisa conhecer vários princípios básicos para o tratamento de varizes com ervas:

  • A terapia deve ser realizada regularmente e por um longo tempo. Depois que os sintomas desaparecem, o remédio selecionado pode continuar sendo usado para profilaxia.
  • O tratamento não será eficaz se a causa raiz continuar a agir (levantamento excessivo de peso, estresse, contraceptivos hormonais, tabagismo). Se você pode se livrar dele, você precisa fazê-lo.
  • Paralelamente ao curso da terapia, recomenda-se que o paciente adote um estilo de vida saudável e uma nutrição adequada. Um efeito positivo sobre o estado dos navios é a natação, o banho de contraste e a caminhada ao ar livre.
  • Se houver problemas digestivos, você precisa se livrar deles, pois a ingestão de nutrientes e o trabalho de todos os sistemas orgânicos dependem da qualidade da digestão dos alimentos.
Nanovein  Nós varicosos para uma memória longa, longa e longa

Receitas de ervas para varizes e tromboflebite

Abaixo está uma lista de plantas populares para o tratamento de varizes e tromboflebites, bem como receitas baseadas nelas. Os regimes de tratamento fornecidos são padrão, mas podem ser ajustados individualmente, dependendo da gravidade e natureza do curso da doença.

Tratamento de castanha da Índia

Como matéria-prima, você pode usar não apenas os frutos da castanha, mas também inflorescências, folhas e até casca. A castanha é um dos tratamentos mais baratos e eficazes para varizes. Essas árvores crescem em todos os quintais, para que uma tintura ou pomada medicinal possa ser preparada gratuitamente. Castanha bem fortalece a parede dos vasos sanguíneos e aumenta o seu tom.

  1. Para tintura, inflorescências e frutas são necessárias. Eles são colhidos na primavera e secos. Para remédios, tome 4 colheres de sopa. colheres de inflorescências e 6 frutas. As matérias-primas são trituradas em um liquidificador ou moedor de café, despeje 500 ml de álcool e insista 2 semanas em um local escuro. A tintura é tomada interna e externamente. Para uma compressa, o líquido é pré-diluído em água morna 1: 2. As pernas são enroladas com um pano úmido e seguram por cerca de 2 horas.
  2. Você também pode tomar uma decocção de castanha no interior. Flores frescas e secas são servidas com um copo de água fervente e deixadas por várias horas sob uma tampa fechada. Em seguida, a mistura é novamente levada a ferver e insistida por mais uma hora. O medicamento deve ser tomado meio copo duas vezes por dia. O curso do tratamento é de vários meses, no entanto, uma ingestão de duas semanas é alternada com um intervalo semanal.

E, neste artigo, você pode aprender sobre os métodos de tratamento de varizes com vinagre de maçã.

Tratamento de gordura

A planta da casa, que muitas pessoas têm em casa, também encontrou aplicação como uma erva para varizes. O suco e as folhas de crassula contêm substâncias com forte atividade anti-inflamatória e antibacteriana. A tintura da árvore do dinheiro é aplicada externamente e é preparada da seguinte maneira:

  • Folhas frescas são esmagadas para um estado de mingau. Em seguida, adicione álcool e coloque em um local escuro por 14 dias. Um guardanapo de tecido é impregnado com o líquido acabado, que é aplicado nas áreas afetadas por 30 minutos. É necessário esperar até que o remédio seja absorvido pela pele.

Encargos de várias ervas para varizes

As preparações à base de plantas são usadas da mesma maneira que as preparações monocomponentes. Devido à composição complexa, as taxas dão um efeito mais rápido e mais forte. Os ingredientes neles estão contidos em proporções iguais e na forma triturada. Se necessário, tome algumas colheres de sopa da mistura, encha o chão com um litro de água fervente e insista. Melhor fazê-lo em uma garrafa térmica. Após a preparação, a coleção é filtrada e bebida 75 ml três vezes ao dia. Exemplos de preparações à base de plantas:

  1. Ledum, cálamo, mirtilo, yarrow, erva de São João.
  2. Salgueiro, knotweed, gerânio, highlander cobra, chokeberry.
  3. Botões de bétula, motherwort, coltsfoot, trevo, sucessão.
  4. Highlander, nabo, tomilho, amora, calêndula, elecampane.

Decocção de reposhka comum

Além da repeshka, folhas de Acerola, malmequeres, tomilho e alpinista são usadas como matéria-prima. Moa os ingredientes e despeje 500 lm de água fervente em uma garrafa térmica. Depois de insistir, beba um terço de um copo várias vezes ao dia.

Infusão de avelã

Casca de avelã e flores de arnica são misturadas em quantidades iguais. À mistura, adicione pistas e insista na noite em uma garrafa térmica. O medicamento é tomado por via oral antes das refeições, três vezes ao dia.

Sophora Japanese

A ferramenta é usada como parte da coleção. Além de Sophora, inclui os frutos da cereja do pássaro, brotos de rododendro, raiz de cálamo. A mistura é vertida com 500 ml de água fervente, insistida durante a noite e tomada oralmente. A frequência de administração é de até 4 vezes ao dia, 100 ml cada.

Folhas de urtiga desfiadas são derramadas com água fervente e insistem. O medicamento é tomado por via oral 100 ml após cada refeição.

A urtiga também pode ser usada como parte de preparações à base de plantas. A ele acrescente bacalhau seco, tatarnik, lingonberry e rabo de cavalo.

Campo cavalinha

Com base no rabo de cavalo do campo, é preparada uma decocção, que é usada como remédio externo e interno. Para fazer isso, tome erva de São João, rabo de cavalo e camomila, ferva com água fervente, deixe ferver por 15 minutos, insista e filtre. O remédio caseiro resultante é tomado três vezes ao dia em 100 ml ou usado como base para compressas.

Cardo de leite

Bons resultados no tratamento da tromboflebite e varizes são dados com base no cardo de leite. Para fazer isso, as sementes da planta são moídas em pó e colhidas na forma seca, 1 colher de chá duas vezes ao dia. A mistura pode ser lavada com água. Frutas moídas acabadas são vendidas em farmácias.

Compressas para varizes

As seguintes compressas são populares:

  1. A folha de bardana é aquecida em banho-maria ou chaleira fervendo e depois aplicada na área afetada do vaso. Se a planta é aquecida demais, é colocada em uma fina camada de gaze. A compressa é fixa e mantida a noite toda. Repita o procedimento por vários dias seguidos. Sob a folha de bardana, você também pode plantar piolhos.
  2. O curativo é umedecido com suco de celandine e aplicado na veia afetada. Comprimir espera 4 horas. A duração do curso é de 1 semana.
  3. Camomila farmácia é derramada com água fervente e insistiu por meia hora. Umedeça a gaze no líquido e deixe a pé durante a noite.

Moagens com varizes

Para esfregar as áreas afetadas, você pode usar plantas espremidas ou tinturas de álcool. O álcool aumenta a penetração de nutrientes na pele e nos vasos sanguíneos, de modo que as tinturas são usadas para moer com mais frequência. Um dos meios mais populares é a tintura de flores de acácia, que pode ser aplicada nas extremidades inferiores quando os primeiros asteriscos vasculares aparecem.

Banhos para os pés

Para a preparação de banhos, a grama como a canela do pântano é frequentemente usada. São insistidos 150 g de matérias-primas em 10 l de água por uma hora. Em seguida, o fluido de cura é derramado em uma bacia e as pernas são abaixadas por 15 minutos.

Pomada à base de plantas para varizes

Pomada herbal terapêutica pode ser facilmente preparada em casa. Para fazer isso, tome proporções iguais dos seguintes ingredientes:

  • alpinista das montanhas;
  • raízes de dente de leão;
  • trevo de grama;
  • flores de camomila;
  • celandine;
  • sementes de linho;
  • folhas de eucalipto e hortelã.

As ervas são derramadas com uma pequena quantidade de água quente e levadas a ferver. A infusão resultante é misturada com óleo vegetal e gordura de porco (75 g cada). Mexido até ficar homogêneo e depois colocado na geladeira até solidificar. A pomada resultante é aplicada em áreas danificadas.

Em nossos outros artigos, você aprenderá sobre outros cremes para varizes e também sobre Variol.

Infusão anti-varicosa

Esta ferramenta é bastante popular devido à disponibilidade de ingredientes. É baseado em uma combinação de ervas.

É necessário tomar espinheiro, immortelle, mirtilo, yarrow e bétula e, em seguida, despeje uma mistura de 500 ml de água fervente. Por 10 minutos, as ervas são mantidas em fogo baixo e depois insistem. Tome a droga dentro de meio copo três vezes ao dia.

Nas farmácias, são servidos chás de ervas especiais que contêm ervas para o tratamento de varizes. Um dos mais populares é o chá de ervas n ° 6, que exibe propriedades angioprotetoras e venotônicas.

Sua composição inclui erva-de-são-joão, tomilho, camomila, erva daninha, yarrow, erva-mãe.

A ferramenta realmente melhora a condição das paredes venosas, dilui o sangue, elimina o congestionamento. Muitas pessoas bebem para fins preventivos.

O tratamento com ervas de varizes é uma boa maneira de se livrar dos sintomas da doença e influenciar sua causa.

Usando uma combinação de plantas, é possível obter não apenas um efeito venotônico, mas também fortalecer a parede vascular e diluir o sangue.

Nos últimos estágios da doença, a ajuda das ervas Altai será insignificante. Nesse caso, o paciente terá que tratar o problema com medicação ou outros métodos. Em outro artigo, você pode aprender sobre os benefícios da hirudoterapia para varizes das pernas.

Lagranmasade Portugal