Esquema de tratamento de abelhas para varizes

As varizes são uma patologia bastante comum no trabalho da parte venosa do sistema circulatório do corpo humano. Segundo várias fontes, cerca de 30% da população mundial enfrenta essa violação.

A principal manifestação das varizes progressivas é a expansão dos vasos venosos. No estágio inicial do desenvolvimento da doença, ele praticamente não se manifesta de forma alguma.

Muitas vezes, as mulheres consideram a aparência de vasos varicosos um problema cosmético e tentam disfarçá-la usando opções de roupas para calças no guarda-roupa.

Ignorar a doença ao longo do tempo leva ao desenvolvimento de complicações graves no corpo que podem não apenas exigir tratamento cirúrgico, mas também ameaçar a vida de uma pessoa.

Deve-se notar que o tratamento adequado oportuno iniciado evita complicações e estabiliza o corpo, prevenindo consequências graves para os seres humanos

Um dos métodos de tratamento é o uso de apiterapia. O tratamento de varizes com abelhas permite que o paciente não apenas se livre dos sintomas característicos da patologia, mas também da necessidade de cirurgia para corrigir os processos de circulação venosa.

Podemos dizer, neste caso, que apiterapia e varizes são indissociáveis, pois há casos em que a medicina oficial usa cirurgia para corrigir a circulação venosa e o tratamento de varizes com picadas de abelha melhora a condição do paciente e se recusa a realizar a cirurgia.

O uso de apiterapia para varizes envolve o uso não apenas de picadas de abelha, mas também de produtos apícolas no processo de tratamento.

Os principais produtos usados ​​durante a terapia são os seguintes:

  • mel;
  • pólen de flores;
  • geléia real;
  • própolis;
  • morte de abelha;
  • cera;
  • pga;
  • veneno de abelha.

Todos esses produtos são amplamente utilizados para a fabricação de pomadas, tinturas e uma variedade de comprimidos.

Preparações medicinais são usadas em combinação com picadas de abelhas. Por seu efeito no corpo humano, o veneno de abelha não tem análogos na natureza.

O uso deste complexo natural de compostos tem um efeito positivo na maioria dos sistemas corporais e aumenta a eficiência do sistema imunológico humano.

A apiterapia para varizes fornece excelentes resultados. O tratamento de varizes nas pernas com abelhas permite normalizar o estado do sistema vascular das extremidades inferiores. Penetrando no corpo, o veneno de abelha atua como o catalisador mais forte e promove a ativação da maioria dos processos fisiológicos.

Para o tratamento de varizes com picadas de abelha, tabelas especiais foram desenvolvidas. O uso de regimes de tratamento prontos para varizes permite acelerar a recuperação do paciente, obtendo o resultado mais positivo durante o curso do tratamento.

E sobre este artigo:

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Os benefícios do veneno de abelha para o corpo

Os métodos terapêuticos apiterapêuticos permitem, se usados ​​corretamente, oferecer uma oportunidade para melhorar significativamente o funcionamento de todos os sistemas, garantindo o funcionamento normal.

O veneno de abelha é um composto quimicamente complexo. O complexo contém mais de 50 componentes diferentes, mas a base do complexo são peptídeos.

Diferentes formas de compostos pertencentes a esse grupo de substâncias podem anestesiar mais efetivamente do que os opiáceos para tonificar o sistema nervoso e estabilizar o funcionamento do sistema cardíaco e vascular.

Uma das vantagens do veneno de abelha é sua plena naturalidade e origem cem por cento natural de todos os seus componentes.

Ao contrário da maioria das drogas sintéticas, o veneno de abelha não causa efeitos colaterais no organismo.

O uso de veneno de abelha no tratamento de varizes permite melhorar a saúde do paciente devido à capacidade dos componentes do veneno de afetar a causa do desenvolvimento da patologia, e não a conseqüência. No processo de tratamento de varizes, os componentes do veneno atuam diretamente no sistema cardiovascular e no sistema sanguíneo. Os componentes têm um efeito positivo no funcionamento dos órgãos hematopoiéticos, o que ajuda a melhorar a composição do sangue; além disso, peptídeos introduzidos no corpo com uma picada de abelha podem fortalecer a parede vascular. Este efeito dos compostos permite que a apiterapia seja utilizada não apenas no tratamento de varizes, mas também em outras patologias graves no trabalho do sistema vascular, mesmo quando detectadas em um estado negligenciado.

Ao aplicar o tratamento com apiterapia, especialmente em casa, deve-se tomar muito cuidado. É necessário cuidado para não prejudicar o corpo do paciente.

Antes de usar as abelhas para o tratamento de varizes, uma condição deve ser cumprida – estudar quais são as indicações e contra-indicações para o uso da apiterapia.

Indicações e contra-indicações para o uso de apiterapia

Ao tratar com picadas de abelha, a picada de inseto é enviada diretamente para o nó venoso formado na área onde a maior dor é sentida. Uma vez no tecido subcutâneo, o veneno de abelha penetra na área afetada pelas varizes. O paciente imediatamente após a penetração do complexo de compostos da picada de uma abelha experimenta alívio. Os compostos administrados com uma picada de abelha contribuem para a expansão dos capilares. Após uma picada de abelha, a saída de sangue venoso melhora, o que permite que você se livre da dor causada pelos nós formados nos vasos venosos.

No complexo de compostos introduzidos por uma abelha durante uma picada, a presença de um componente único, a hirudina, foi revelada. É este componente que ajuda a dissolver coágulos sanguíneos. Hirudin ativa os processos que garantem a circulação venosa e arterial. Geralmente, para um paciente com varizes, é suficiente melhorar a condição de vários procedimentos para replantar na área afetada das abelhas por mordidas.

Durante o tratamento com abelhas no paciente, os nós venosos desaparecem da superfície do corpo e a pele adquire uma aparência atraente natural, ao mesmo tempo que a intensidade da dor diminui.

Se for necessário remover a malha varicosa, será necessário um curso de tratamento mais longo. Mas esse defeito de pele está sujeito a métodos de apiterapia.

Ao detectar varizes, deve-se lembrar que esta doença é mais fácil de corrigir ao realizar medidas terapêuticas no estágio inicial da progressão.

Existem vários fatores nos quais os métodos de apiterapia não devem ser usados. Ao tratar com abelhas, a possível presença de contra-indicações deve ser levada em consideração.

As principais contra-indicações ao uso da apiterapia no tratamento de varizes são:

  1. A presença de alergias a picadas de insetos.
  2. O período de ter um filho.
  3. O período de alimentação do bebê com leite materno.
  4. A presença de câncer.
  5. A presença de doenças infecciosas.
  6. Detecção de tuberculose em um paciente.

Além disso, a apiterapia não deve ser usada na presença de temperatura corporal elevada, pois esse sintoma pode indicar a presença de um processo infeccioso no corpo.

A presença de diabetes tipo XNUMX no paciente proíbe completamente o uso de abelhas no tratamento de varizes, mas a presença de diabetes tipo XNUMX não é uma contra-indicação ao procedimento de apiterapia.

Nanovein  Coagulação dos vasos sanguíneos

Uma contra-indicação clara ao tratamento com esse método é a presença de distúrbios funcionais graves nos rins e no fígado.

Deve-se tomar muito cuidado ao realizar procedimentos no tratamento de crianças menores de 14 anos. Essa cautela é necessária devido ao fato de que o sistema imunológico do corpo até essa idade ainda não está totalmente formado.

Na ausência de emergência, você deve evitar a apiterapia na infância.

Onde ser tratado?

O tratamento e a prevenção de varizes com a ajuda de abelhas devem ser realizados somente sob a supervisão de um especialista certificado. A maioria das análises de pacientes sobre o tratamento utilizado é positiva, mas você não deve recorrer a serviços não especializados ao executar os procedimentos. Uma vez que isso pode resultar em consequências imprevistas para o corpo do paciente.

Um exemplo seria, por exemplo, a ocorrência de uma forte reação alérgica aos componentes de um veneno de abelha em um paciente, no qual é improvável que um leigo seja capaz de fornecer cuidados de ressuscitação qualificados.

Qualquer especialista competente inicia o tratamento com um bioensaio para tolerância do paciente aos componentes do veneno de abelha.

O teste biológico é realizado em duas etapas. No primeiro estágio, um inseto é colocado na região lombossacra. Após uma mordida, a picada é removida imediatamente e a condição corporal do paciente é monitorada. Com uma reação normal do corpo humano a uma mordida, a segunda etapa do bioensaio é realizada no segundo dia. O segundo estágio difere do primeiro, pois a picada de abelha após a picada é removida um minuto após a penetração na pele.

Se ocorrer vermelhidão na área de replantio de abelhas ou formação de inchaço, não é recomendável correr riscos, e o uso de abelhas no tratamento de varizes deve ser descartado.

Como tratar varizes com abelhas é descrito no vídeo neste artigo.

Tratamento de varizes com abelhas (apiterapia)

As varizes são uma doença comum, especialmente entre as mulheres. Embora a medicina tenha desenvolvido muitas pomadas e outros medicamentos diferentes para o tratamento de doenças, livrar-se de varizes com a ajuda deles está longe de ser sempre possível.

Então, uma medicina tradicional antiga, mas comprovada, vem em socorro: apiterapia ou tratamento com abelhas. Esta técnica consiste no uso de abelhas e produtos de funções vitais: veneno de abelha, pão de abelha, geléia real, própolis e outras substâncias úteis. Neste artigo, você aprenderá os detalhes do tratamento de varizes com apiterapia e que efeito pode ser alcançado com ela.

Como curar varizes

São fornecidos vários métodos de tratamento de varizes, dependendo do grau da doença. Apiterapia refere-se a métodos conservadores. Na maioria das vezes, eles recorrem a ele quando medicamentos caros não produzem o efeito desejado.

Você pode tratar varizes com:

  1. Mel;
  2. Leite materno;
  3. Própolis;
  4. Pólen de flores;
  5. Pergi;
  6. Cera.

Essa receita ajuda a obter um bom efeito: em proporções iguais, combine mel, própolis e restos de sobras com pólen. Uma colher de chá ou colher de sobremesa dessa mistura deve ser aplicada às veias afetadas, enrolada com um pano de algodão, em cima com celofane e calçar meias quentes. Então você precisa sentar por 2 horas. Enxágue com água morna, mas não quente. Essa compressa alivia o peso das pernas, melhora a aparência.

Algumas receitas até indicam um componente como a morte (simplesmente, abelhas mortas).

Para o tratamento eficaz de varizes, você não deve se limitar apenas ao uso de produtos apícolas biologicamente ativos. As etapas obrigatórias são os procedimentos com as abelhas vivas – este é o método mais eficaz de apiterapia.

Como o veneno das abelhas afeta o corpo

O princípio do procedimento da mordida é o seguinte: uma abelha secreta um veneno especial, que contém um grande número de aminoácidos, minerais e proteínas úteis. Uma vez no corpo, afeta ativamente os vasos afetados pelas varizes. Os peptídeos contidos no veneno os expandem e estimulam a saída de sangue.
Como resultado, a dor desaparece gradualmente, os coágulos sanguíneos se resolvem, a pele na área da picada toma a forma antes da doença.

Preparando-se para Apiterapia

Alguns pacientes usam apiterapia em casa, sem a nomeação de um especialista. O início do tratamento sem primeiro verificar e preparar o corpo pode ter consequências negativas.
Primeiro, você deve consultar o seu médico, aprender sobre contra-indicações e realizar um teste sobre a tolerância do paciente aos componentes do veneno de abelha. Normalmente, você ainda precisa passar por um exame geral de sangue e, separadamente, para açúcar, uma análise de urina. Depois que bons resultados são obtidos, um bioensaio é retomado. Se os indicadores estiverem normais, o tratamento pode começar. No futuro, verificações repetidas devem ser feitas pelo menos uma vez por semana para monitorar com precisão as condições do corpo e, se necessário, fazer alterações na terapia.

Contra-indicações para o tratamento das abelhas

Recusar apiterapia terá para aqueles que:

  • Detecção de alergia a abelhas
  • Há uma gravidez.
  • Doenças infecciosas em forma aguda.
  • Tumores oncológicos, incluindo os benignos.
  • Problemas com os rins, pâncreas e fígado na fase de recaída.
  • Várias hemorragias, abcessos.
  • Hipertensão arterial de gravidade moderada e alta.

Como está o procedimento?

O processo em si pode ser dividido em 2 etapas:

  1. Preparação. O médico seleciona o local da picada, ou seja, o ponto de entrada do veneno de abelha no corpo. Os pontos biologicamente ativos são uma prioridade, pois o efeito do veneno nesses casos será o mais intenso e extenso possível. Zonas diretamente acima de áreas específicas de varizes também são adequadas.
  2. Diretamente ardendo. O paciente está deitado em um sofá em uma sala especialmente equipada. O médico aplica um número predeterminado de abelhas nas áreas desejadas. Uma picada de abelha é removida da pele somente quando todo o veneno está na ferida. As áreas afetadas são lubrificadas com pomada com um efeito envolvente (na maioria das vezes é vaselina boro). A duração aproximada do procedimento é de 10 a 15 minutos. O paciente não consegue se levantar bruscamente; no final de todos os procedimentos, ele permanece deitado calmamente por cerca de meia hora. Depois disso, depois de passar por um check-up com um médico, ele pode deixar o consultório.

Dependendo dos indicadores individuais de cada pessoa e do grau de desenvolvimento de varizes, a duração do curso do tratamento com apiterapia pode mudar.

Um regime de tratamento aproximado para abelhas com varizes

Não existe uma técnica universal de apiterapia adequada para absolutamente todos os pacientes, mas o mecanismo de tratamento aproximado é o seguinte:

  1. Na maioria das vezes, na primeira sessão, o médico aplica apenas uma abelha.
  2. No dia seguinte, a picada é realizada por duas abelhas. E então, todos os dias, durante 15 a 20 dias, seu número cresce proporcionalmente.
  3. Após esse período, vários dias seguidos é aplicado o mesmo número de abelhas.
  4. Então, todos os dias você precisa reduzir 1 abelha até restar 1 abelha.
  5. No final do curso, você deve fazer uma pequena pausa, com duração de até 7 dias.
  6. Após o intervalo, o esquema descrito acima é repetido, mas o número de abelhas em cada estágio aumenta 3 vezes.

Tratamento de abelhas para varizes, bem como o uso de produtos apícolas para varizes

O tratamento de varizes com abelhas, também chamado de apiterapia ou terapia com apitoxina, é considerado um dos métodos mais eficazes e eficientes. A cura de muitas doenças através do uso de picadas de abelhas e produtos apícolas é praticada há muito tempo, a primeira menção deste método de tratamento é mencionada em tratados antigos.

Apesar da alta eficiência desse método, ele pode ser usado longe de sempre, uma vez que possui um número suficientemente grande de várias contra-indicações e riscos de efeitos colaterais. Quais métodos de tratamento com abelhas são os mais comuns, eficazes e relativamente seguros – vamos falar sobre isso em mais detalhes.

Nanovein  A melhor classificação de roupas íntimas de compressão para varizes

Características do tratamento com abelhas

Ao contrário da crença popular, o tratamento de varizes (HRV) com abelhas não se limita apenas a essas picadas de insetos. Para eliminar os sintomas da doença, são utilizados vários produtos da apicultura, entre os quais é necessário citar como, por exemplo, morbidade, zabrus, mel natural e muitos outros. Somente o médico pode escolher a opção de tratamento mais ideal, de acordo com as indicações individuais e a condição do paciente.

Dependendo dos sintomas expressos, do grau e da forma das varizes, os seguintes componentes naturais podem ser usados ​​no processo de tratamento:

Além dos produtos listados acima, no processo de tratamento de varizes, o mel natural comum, a própolis e a geléia real são frequentemente usados. Ao comprá-los, não se deve esquecer que o preço não pode ser baixo. Isso se deve ao alto nível de custos e mão de obra no processo de produção.

Conselhos! A maioria dos produtos apícolas está entre os alérgenos mais fortes. As instruções dizem que você pode usar qualquer ferramenta apenas se não houver risco de desenvolver reações alérgicas.

Tratamento de picada de abelha

O tratamento de varizes com picadas de abelha pode ser justamente atribuído à categoria dos métodos mais eficazes, eficazes e muito dolorosos. Dependendo do grau e da forma das varizes, bem como da presença ou ausência de contra-indicações indiretas para uma sessão de apiterapia, podem ser usadas duas a trinta picadas de abelha.

Como regra, o procedimento para conduzir essa sessão é o seguinte:

  1. As abelhas são aplicadas a pontos biologicamente ativos no corpo do paciente, localizados nas imediações dos vasos e veias afetados. Como regra, uma abelha libera uma picada imediatamente após a aplicação no corpo do paciente.
  2. Depois que a picada é feita, a picada permanece no corpo do paciente por mais alguns minutos, pois durante esse período porções do veneno de abelha em cura continuam a fluir para o tecido.
  3. Como regra, durante a primeira sessão, apenas duas picadas de abelha são praticadas. Na ausência de desenvolvimento de edema ou outros sinais de piora, o número de mordidas pode ser aumentado para trinta. O número final de mordidas depende do tipo de técnica utilizada.
  4. Como regra geral, à medida que o número de mordidas aumenta, reações típicas da parte do corpo, como, por exemplo, o aparecimento de vermelhidão na pele, um leve inchaço e dor, desaparecem quase completamente com o tempo. Isto é devido ao desenvolvimento do vício do corpo na ação do veneno de abelha.

As picadas de abelha também são um tipo de reflexologia, ou seja, ajudam a relaxar e subsequentemente aumentam o tônus ​​do tecido muscular, como o vídeo neste artigo demonstra claramente. Note-se que a automedicação com a ajuda de picadas de abelha não é possível, um método semelhante de terapia é praticado exclusivamente em um número limitado de centros médicos especializados.

Conselhos! A fim de evitar o desenvolvimento de efeitos colaterais antes da aplicação da apiterapia, visando eliminar as causas e sintomas da VBP, recomenda-se que o paciente seja submetido a um exame completo do corpo.

Tratamento de subpestilência de abelhas

Nos casos em que o uso de picadas de abelha não é permitido de acordo com as indicações médicas, esse método de tratamento pode ser substituído por opções alternativas bastante dignas, incluindo, por exemplo, a mortalidade de abelhas. Podmor representa abelhas mortas, secas artificial ou naturalmente.

No processo de tratamento da HBP, você pode usar tanto a morte pura quanto o pó preparado com base nela.

As receitas mais populares que incluem esta substância são as seguintes:

  1. É necessário tomar pó diário, preparado com base na morte na sua forma mais pura. Somente um especialista pode determinar a dose apropriada de um medicamento, mas, como regra, ele não excede meia colher de chá.
  2. Dois punhados pequenos de morte devem ser derramados com um litro de vodka de alta qualidade e depois deixar o produto infundir por uma a três semanas em um local escuro e fresco. O uso dessa tintura deve ser um meio de limpar os membros afetados.

Além disso, uma pequena quantidade de pó da morte pode ser adicionada a pomadas e cremes preparados em casa para o tratamento da HBP. Esta substância possui propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, imunomoduladoras e tônicas.

Própolis e mel

O mel e a própolis têm propriedades anti-inflamatórias, imunomodulatórias, curativas e antibacterianas únicas. Como regra, esses produtos da apicultura são usados ​​como um dos componentes de misturas terapêuticas, infusões e unguentos, que podem ser preparados em casa.

As seguintes opções para o uso de mel e própolis são mais frequentemente usadas para tratar a VPP:

  1. O mel líquido natural deve ser distribuído sobre um pedaço de tecido fino e depois aplicado nas veias afetadas. Por cima, é desejável envolver os pés com um filme e uma toalha quente. Manter essa compressa deve durar de uma a duas horas; se ocorrer uma sensação desagradável, o procedimento deve ser interrompido imediatamente.
  2. A apiterapia é melhor feita com uma pomada preparada com base em própolis natural de abelha. Para fazer tal ferramenta é bastante simples, para isso é necessário: trinta gramas de própolis pré-moída devem ser bem misturados com 200 gramas de gordura animal natural. Em seguida, a mistura deve ser aquecida em banho-maria até obter uma consistência homogênea e colocada em um recipiente de vidro. Insista que essa pomada deve durar duas semanas, após as quais é aplicada nas veias afetadas.
  3. Mel e alho. Para obter uma tintura eficaz e saborosa o suficiente, misture bem trezentos gramas de mel líquido natural e a mesma quantidade de polpa obtida do alho pré-esmagado. A mistura resultante deve ser infundida por duas semanas, após as quais use uma colher de sopa uma vez ao dia. Tome a mistura de preferência de manhã.

Conselhos! Deve-se lembrar que, se aparecerem sintomas e manifestações perturbadoras, mesmo menores, de natureza alérgica, você deve interromper imediatamente o curso do tratamento e consultar seu médico.

O uso de carne bovina

O Perga é um pólen de plantas com flores processadas por abelhas, que deve ser usado em sua forma original para obter um efeito curativo. Não é recomendado categoricamente sujeitar o pão de abelha a aquecimento ou hipotermia, condições de alta e baixa temperatura afetam negativamente a composição química do produto, reduzindo seu benefício.

Para eliminar as causas e sintomas das varizes, reduzir a dor, o inchaço, fortalecer e aumentar o tônus ​​das veias e vasos sanguíneos, é recomendável tomar meia colher de chá por dia de perga. O produto não deve ser engolido imediatamente, antes de ser utilizado com cuidado.

A duração do tratamento com a ajuda do pão de abelha não deve exceder um a dois meses. No entanto, nos casos mais graves, é possível aumentar o período indicado para seis meses.

A cera de abelha natural não é menos eficaz para o tratamento da VFC. Com base nisso, você pode preparar uma mistura de cura, que deve ser usada como um agente externo.

Para obter esse medicamento, você precisa misturar duas colheres de sopa de folhas de urtiga secas e banana com meio copo de cera de abelha. Para obter uma consistência uniforme, a mistura deve ser pré-aquecida em banho-maria. Aplique esta pomada nas veias afetadas pelo menos uma vez durante o dia.

Portanto, o tratamento com BPV pelas abelhas não se limita ao uso exclusivo de mel, veneno de abelha ou outros produtos. Para obter o efeito máximo, recomenda-se combinar pelo menos três opções diferentes para agentes terapêuticos.

Não é recomendável realizar o tratamento em casa por conta própria, antes de usar qualquer prescrição, você deve sempre consultar seu médico.

Lagranmasade Portugal