Ervas para reparação hepática e tratamento de varizes

Varizes – uma doença que ocorre em pessoas em idade ativa, que causa muita preocupação e requer custos materiais significativos para o tratamento. Isso leva a graves consequências a longo prazo. Na fase inicial, o processo patológico pode ser interrompido com a ajuda de ervas para restaurar a circulação sanguínea e hepática com varizes.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

A eficácia das ervas no tratamento de varizes

Os remédios populares não podem substituir o tratamento médico de varizes. No entanto, ervas para varizes trará benefícios indiscutíveis como um componente da terapia complexa. O tratamento de varizes é sintomático, pois nem sempre é possível influenciar a causa da doença com medicamentos.

Os componentes ativos dos medicamentos que aliviam as manifestações da doença são as substâncias naturais ou sintéticas flavonóides, alcalóides e saponinas, muitas das quais estão contidas nas plantas. As ervas melhoram a condição das paredes vasculares, tonificam-nas, aliviam a inflamação e restauram a camada interna danificada, tornam o sangue menos viscoso, melhoram os processos metabólicos locais.

Recomendações para o uso de ervas para varizes

O tratamento de varizes com ervas em casa requer o cumprimento de certas regras:

  • exame médico preliminar para determinar as causas da doença e a seleção adequada de plantas medicinais;
  • as ervas são selecionadas levando em consideração sua compatibilidade e contra-indicações;
  • o tratamento deve ser longo (pelo menos três anos);
  • as preparações à base de plantas bebem de 30 a 40 dias, fazem uma pausa de 7 a 10 dias e depois alteram a composição da coleção para evitar acostumar-se;
  • o tratamento local deve ser combinado com a ingestão interna de preparações à base de plantas;
  • Fitoterapia não cancela a tomada de medicamentos prescritos pelo seu médico.

Quais ervas beber em varizes, sua dosagem e frequência de uso devem ser determinadas por um especialista competente – um flebologista ou fitoterapeuta.

As ervas mais úteis para o tratamento de doenças das veias

Como as ervas ajudarão com varizes? É apropriado relembrar as manifestações da doença, que podem ser influenciadas com a ajuda da fitoterapia. As varizes são acompanhadas pela ruptura das válvulas vasculares e pelo enfraquecimento das paredes venosas sob a pressão do sangue estagnado. Para acomodar o sangue que não sobe devido à diminuição do tônus ​​vascular, as veias aumentam de diâmetro e alongam, formando nós. O fluxo sanguíneo diminui, o que contribui para a formação de coágulos sanguíneos. O processo patológico é acompanhado por dor, peso, inchaço, cãibras nos músculos da panturrilha, aparecimento da rede vascular.

Ervas de varizes devem ter o seguinte efeito:

  • diurético para aliviar o inchaço;
  • anti-inflamatório para proteger as paredes vasculares de danos;
  • venotônico para restaurar a circulação venosa;
  • reduzir a viscosidade do sangue para evitar coágulos sanguíneos e melhorar o fluxo sanguíneo;
  • analgésicos;
  • anticonvulsivante.

As receitas populares sugerem um tratamento monocomponente e o uso integrado de plantas medicinais.

Castanha da Índia

Das varizes, use todas as partes da castanha – frutas, flores, cascas, folhas. Este é o remédio popular mais popular para tratar uma doença. O uso da planta é devido à sua composição:

  1. O triterpeno escina é utilizado pela indústria farmacológica em muitos medicamentos para varizes. Fortalece as paredes venosas, tem um efeito antibacteriano, melhora o fluxo sanguíneo.
  2. A esculina (substância de várias cumarinas) fortalece os capilares, evita o aparecimento da vasculatura, dilui o sangue.
  3. Os taninos condensam as paredes vasculares, tornando-os menos vulneráveis, fixando proteínas neles.
  4. Rutin normaliza a microcirculação, reduzindo a permeabilidade de pequenos vasos, amplia o lúmen dos vasos arteriais, melhorando a nutrição dos tecidos.
  5. O Kempferol (flavonóide) tem um efeito curativo na fase das úlceras, regula os processos metabólicos locais.

O efeito visível do uso da castanha da Índia ocorre algumas semanas após o início do tratamento.

Wormwood

Absinto é usado para fortalecer os vasos sanguíneos – eles se tornam mais elásticos. Devido ao teor de ferro, afeta positivamente a composição do sangue. A fragilidade dos capilares é reduzida, o que impede a formação de veias da aranha. Com a ajuda da tintura, o inchaço é removido sobre os nós venosos, o prurido é eliminado e o arranhão da pele é curado. Infusões e decocções de absinto são usadas externa e internamente.

Crassula

Há uma crassula em quase todas as casas. Na linguagem comum, é chamada de árvore do dinheiro. A planta possui efeitos anti-inflamatórios, antibacterianos e antivirais. O extrato gorduroso de álcool é usado para prevenir úlceras tróficas e folhas frescas – para a cura.

Urtigas

Para fins medicinais, apenas urtiga e urtiga são usadas. É útil devido à sua rica composição mineral e vitamínica – contém cromo, zinco, potássio, magnésio, ferro, cobre, vitaminas A, C, E, K e grupo B. A urtiga fortalece as paredes venosas, melhora a imunidade e alivia a inflamação. As preparações à base de plantas de urtiga são amplamente usadas para tratar varizes e coletar muitas críticas positivas.

Grama de sonho

A grama do sono, ou lumbago de prado, é uma planta venenosa listada na maior parte da Rússia no Livro Vermelho. Para fins medicinais, use matérias-primas secas com idade de pelo menos 3-4 meses. Durante esse período, perde toxicidade, mas mantém as propriedades curativas. Para o tratamento, a parte do solo da planta é usada. Contém cumarinas, saponinas e taninos necessários para varizes. Possui efeitos analgésicos, anti-inflamatórios, bactericidas, venotônicos, curativos e diuréticos.

Nanovein  Alho varicoso

Trevo de Prado

Para o tratamento de varizes, são utilizadas flores e folhas de trevo. Eles contêm vitaminas, minerais e ácido salicílico, necessários para manter o fluxo sanguíneo e prevenir a trombose. Infusões terapêuticas são bebidas e usadas para compressas. O trevo vermelho tem propriedades antioxidantes, alivia a inflamação, fortalece os vasos sanguíneos.

Ledum

A reabsorção de nós e cones varicosos é bem ajudada pelo alecrim do pântano. No entanto, você precisa usá-lo com cuidado – contém substâncias tóxicas. Pela mesma razão, é armazenado separadamente de outras ervas. Utilizado na forma de uma infusão de três dias em vinagre de maçã (concentração de alimentos) com a adição de água derretida.

Verbena

O silício e os glicósidos amargos na composição da verbena medicinal fortalecem os capilares, normalizam o metabolismo celular local e aliviam a inflamação da parede vascular na tromboflebite.

Celestial

Celandine tem efeitos anti-inflamatórios e analgésicos. Para o tratamento de varizes, são utilizadas folhas frescas da planta, escaldadas em água fervente. A compressa com grama é trocada três vezes ao dia, o curso do tratamento é de 30 dias.

Cardo de leite

Não se espera que o cardo cure completamente varizes. Mas a grama funciona bem com o uso prolongado, eliminando a dor e o peso das pernas, reduzindo as veias da aranha. Para o tratamento, chá, tintura de álcool, óleo e pó são usados.

Bigode dourado

O bigode dourado é eficaz no tratamento de varizes nas pernas. Em combinação com a verbena, é usado para fazer chá medicinal ou para preparar pomada a partir de sua geleia de mingau e petróleo. O uso externo da planta ajuda com dor e peso nas pernas. Inclui substâncias que estimulam o fluxo sanguíneo e os processos metabólicos.

Donnik

O Melilot amarelo contém cumarinas. É usado para melhorar a circulação capilar e prevenir o desenvolvimento de trombose nos linfonodos varicosos. O Melilot é tomado na forma de decocções ou unguentos.

Nadador em forma de taco

A erva é usada pelos herbalistas para aumentar o tom venoso e tratar úlceras tróficas. Os homeopatas o utilizam para monoterapia sintomática sistêmica de varizes.

salto

Os cones de lúpulo são um componente imerecidamente esquecido de nossa dieta. Anteriormente, ele entrou em muitos pratos, bebidas e doces. É chamado de cura milagrosa para varizes. Dilui o sangue e evita a formação de coágulos sanguíneos, devolve elasticidade aos vasos sanguíneos, acelera o fluxo sanguíneo e reduz a congestão. É utilizado na forma de decocção e para compressas.

Tipos de formas de tratamento

O tratamento à base de plantas pode ser não apenas local (compressas, aplicações, pomadas e fricções), mas também sistêmico. Decocções, tinturas, chás são preparados a partir de plantas. Acredita-se que, na forma de um pó, as plantas medicinais trarão o máximo benefício. Com varizes, as ervas são usadas para compor as taxas de tratamento. Eles são esmagados até o estado de pó e armazenados em vidro ou em um recipiente de madeira. É costume usar pó de ervas para infusões de cerveja, tratamento de úlceras tróficas e preparação de tinturas de álcool.

Масла

Para o tratamento de varizes, são utilizados óleos vegetais e essenciais. Dos ésteres, as variedades de madeira, por exemplo, o óleo da árvore do chá, são as mais populares. É misturado com qualquer óleo base (3-4 gotas por 10 ml de base) e é feita uma massagem nos pés. Uso de outros éteres:

  • o óleo de cipreste tonifica os vasos das pernas e melhora a microcirculação;
  • O coco luta eficazmente com as veias da aranha e serve como uma excelente prevenção de varizes:
  • o éter de sândalo alivia o inchaço, tem um efeito anti-inflamatório, limpa os vasos sanguíneos.

Um dos mais populares para o tratamento de varizes é considerado o óleo de semente de uva. Ele contém a quintessência de substâncias úteis que eliminam os sintomas das varizes. É utilizado externamente para massagens, banhos e compressas.

As saladas são cobertas com óleo de linhaça ou simplesmente levadas para dentro, combinadas com compressas. Alivia a estagnação nas pernas, melhora a circulação sanguínea e evita a formação de coágulos sanguíneos.

O óleo de cardo de leite pode ser preparado independentemente das sementes infundidas com azeite aquecido a 60 ° C. É utilizado para compressas, massagens e administração oral. Trata bem as úlceras tróficas, normaliza a pressão sanguínea e aumenta a elasticidade vascular.

Pomadas e fricção

Pomadas são uma das formas mais convenientes e eficazes de tratamento local para varizes. Eles são usados ​​para compressas e fricção. Composição de castanha da Índia:

  1. Moa 5 frutas e 5 colheres de sopa de flores e misture com 500 g de manteiga de cacau.
  2. Aqueça a mistura por 2 horas em banho-maria e coe.

Arrume a pomada em frascos e guarde em local fresco. Lubrifique as manchas doloridas várias vezes ao dia. Faça uma compressa à noite.

Uma pomada baseada no highlander do atrevido alivia a coceira e a queimação e cura as úlceras varicosas. As matérias-primas secas em pó são misturadas com vaselina ou creme de bebê e lubrificam as áreas afetadas.

A fricção de uma planta doméstica Kalanchoe, no início da doença, pode interromper rapidamente o desenvolvimento da doença e remover manifestações externas na forma de uma rede vascular. As folhas esmagadas da planta são colocadas em um frasco, derramadas com vodka (na proporção de 1: 1) e limpas em um local escuro por 2 semanas. Durante esse período, o conteúdo do frasco deve ser misturado periodicamente. O curso do tratamento é de 3 meses, a perna afetada é esfregada do pé ao quadril.

Tinturas

Tinturas para infusões de álcool e água são usadas para uso oral, além de compressas, aplicações e banhos. Para a infusão de castanha da Índia, tome uma colher de chá de casca triturada e 2 xícaras de água fervida. Insista 8 horas e tome 4 vezes ao dia por 3 colheres de chá.

De tromboflebite ajuda a tintura de mel com suco de cebola. O suco de duas cebolas é misturado com uma colher de sopa de mel. A composição deve ser infundida. Tome uma tintura de uma colher de chá antes das refeições durante um mês. Após um intervalo de uma semana, você pode continuar o tratamento.

Nanovein  A receita para tomates de perna verde com varizes

O limão é popularmente considerado um dos principais inimigos das varizes. Uma mistura de suco de 6 limões, alho picado (5 dentes), bigode dourado (2 folhas) e mel (2 xícaras) é infundida por 7 dias e depois tomada por um mês uma vez por dia, 4 colheres de chá.

Fitotea

O chá das ervas pode ser preparado de forma independente ou usar a coleção de farmácia n ° 6. Inclui:

  • Erva de São João;
  • motherwort;
  • yarrow;
  • flores de camomila;
  • tomilho;
  • chipre (chá iv);
  • brotos de bétula;
  • bagas de espinheiro;
  • folhas de morango;
  • flores de calêndula;
  • ashberry;
  • raiz de bardana.

Doses ajustadas de ervas e sua combinação podem alcançar excelentes resultados no tratamento de varizes. A coleção tem um efeito diurético, venoprotetor e antitrombótico. Reduz a fragilidade dos vasos sanguíneos, elimina congestão, acelera a cicatrização de úlceras. É feito em cursos por um mês a 2 copos por dia.

Aplicações e compressas

As ervas na forma de aplicações e compressas fornecem o fornecimento de substâncias benéficas aos tecidos, fortalecem as paredes vasculares, aliviam o inchaço, melhoram o fluxo sanguíneo arterial e o suprimento de oxigênio para as células. Para compressas, use infusões de castanheiro, folhas de verbena, casca de carvalho, folhas de bétula, flores de calêndula.

Uma compressa de cones de lúpulo e hortelã-pimenta terá um efeito benéfico sobre o estado das pernas. Para o futuro, a decocção da compressa não está preparada. Para isso, você precisa de 1 colher de sopa de material vegetal e um copo de água fervente. Depois que a grama estiver bem preparada, umedeça o curativo na infusão, envolva-o com uma perna dolorida (não apertada) e cubra com um filme em cima. Deite-se com a perna elevada.

Para a aplicação, é preparada uma decocção de casca de carvalho. É fervido em banho-maria até adquirir um tom avermelhado. As meias de algodão são mergulhadas em um caldo esticado, depois as colocam e enfaixam a perna com uma bandagem elástica. Tais procedimentos fortalecem as veias.

Uma maneira simples e eficaz de se livrar dos sintomas desagradáveis ​​das varizes é usar um aplicativo de uma folha de couve. É espancado com um rolo, untado com óleo vegetal e amarrado com um curativo na perna dolorida. Guarde a folha por 24 horas.

Banhos

Os banhos para os pés são uma maneira de aliviar a fadiga e o peso das pernas após um dia difícil. Eles fazem banhos baseados em infusões ou decocções ou simplesmente adicionam óleos essenciais à água. Use flores de casca e castanha da índia, camomila, urtiga, brotos de pinheiro, verbena, casca de carvalho.

Um banho contrastante de infusão de alho elimina a congestão venosa e estimula a circulação sanguínea. Para isso, você precisa de uma cabeça de alho esmagada em uma bolsa de lona e 2 litros de água. Ferva o alho diretamente no saco por 5 minutos. Despeje o caldo em dois recipientes. Em um, o líquido deve ser frio, no outro – quente. Mantenha as pernas alternadamente em caldo quente e frio. Conclua o procedimento com um banho frio.

O que você não pode comer e beber com trombose

Em geral, a dieta para varizes é baseada nos princípios gerais de uma dieta saudável. Mas existem alimentos e bebidas aos quais você deve prestar atenção especial – eles não podem ser consumidos com trombose e tromboflebite. Antes de tudo, isso se aplica a produtos que contêm vitamina K. Aumenta a coagulabilidade do sangue, o que significa que aumenta o risco de coágulos sanguíneos. É necessário reduzir a quantidade de saladas de folhas verdes na dieta, eliminar completamente o aipo, nozes e reduzir o conteúdo de gordura dos alimentos, pois a gordura ajuda a absorção da vitamina. Pela mesma razão, não inclua urtigas, highlander, rosa de cão, folha de framboesa e tília nas preparações à base de plantas para administração oral. Se você é propenso a coágulos sanguíneos, use chá de ivan com cautela.

Recomenda-se aos pacientes com varizes que abandonem completamente a chicória. Apesar das propriedades milagrosas da planta, as varizes causam mais danos do que benefícios. Contém substâncias que dilatam e relaxam os vasos e aumentam a permeabilidade dos capilares. O café tem o mesmo efeito nas paredes vasculares.

Contra-indicações

Com varizes nas pernas, algumas ervas podem prejudicar. Alguns causam constipação, outros diluem o sangue excessivamente, outros são contra-indicados na gastrite. Aumento da viscosidade do sangue:

  • Erva de São João;
  • tansy;
  • bardana;
  • valeriana e mãe;
  • bolsa de pastor;
  • folhas de uva e mirtilo;
  • rabo de cavalo.

O efeito adstringente de absinto, casca de carvalho, flores de Sophora, folhas de mirtilo e groselha preta quando usado internamente na forma de decocções e infusões pode causar constipação persistente. A erva de São João afeta negativamente o coração, contraindo os vasos sanguíneos e aumentando a pressão. O alecrim do pântano é venenoso e, quando tomado por via oral, causa irritação no trato gastrointestinal. O uso prolongado da infusão de cebola é contra-indicado em doenças cardíacas ou hepáticas.

Preparações de ervas para a prevenção de varizes

As plantas medicinais são uma prevenção eficaz da doença. Para diluir o sangue com varizes e fortalecer os vasos, preparações à base de plantas são preparadas:

  • Duas colheres de sopa de casca de salgueiro branco são preparadas com 0,5 litros de água e cozidas por um quarto de hora em fogo baixo. Tome três vezes ao dia, 75 ml. O curso é de 3 meses.
  • Um coquetel profilático de gengibre consiste em 10 gramas de chá verde, uma pitada de menta e canela e raiz de gengibre picada. É derramado com 0,5 litros de água fervente e insistido por 8 horas. Em seguida, adicione o suco de meio limão e uma colher de chá de mel à mistura. Beba 3 vezes ao dia.
  • O chá monástico é a coleção mais popular de varizes. Inclui camomila, espinheiro, motherwort, sucessão, chokeberry e reposhka. Todas as ervas são tomadas em partes iguais e cheias com um copo de água fervente. Eles são consumidos três vezes ao dia por 3 semanas.

Ao tratar com ervas, não se deve esquecer as palavras de Paracelso: "Tudo é veneno e remédio, é apenas uma dose".

Lagranmasade Portugal