Ectasia o que é isso

A ectasia, ou ductectasia, das glândulas mamárias é uma doença caracterizada pela expansão patológica dos ductos, também denominados canais subareolares. Geralmente, esta doença ocorre devido a alterações relacionadas à idade e é diagnosticada em mulheres com idades entre 40 e 45 anos. Na maioria das vezes, com tratamento oportuno, essa doença não representa um risco à saúde, embora em alguns casos possa levar a sérias conseqüências.

O Energo Medical Center é uma clínica onde eles prestam assistência na solução de muitos problemas de saúde, incluindo os mamológicos. O curso do tratamento para cada paciente é desenvolvido individualmente, levando em consideração as características do seu corpo e o curso específico da doença.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Ductectasia: causas

Entre as causas que podem causar esta doença, os especialistas geralmente incluem:

  • alterações hormonais no corpo, principalmente a produção excessiva de prolactina (hormônio sexual feminino), relacionada à idade: um excesso de hormônio pode levar a um tipo de bloqueio dos ductos pelas células epiteliais. Em alguns casos, a falha hormonal também pode ser causada pelo uso de drogas individuais, controle de natalidade ou hormonal;
  • processos inflamatórios: inflamação aguda ou crônica também pode causar a expansão dos dutos de leite;
  • uma mudança natural na estrutura e na forma do canal: observada em mulheres durante a menopausa e pós-menopausa;
  • lesões na mama, incluindo cirurgia;
  • a presença de um pólipo ou papiloma ductal nos ductos da glândula mamária: ambos pertencem à categoria de tumores benignos, mas podem causar expansão do ducto;
  • tumores malignos na glândula mamária.

Ductectasia: consequências

Ductectasia é geralmente considerada uma doença que não é prejudicial à saúde da mulher. No entanto, deve-se ter em mente que a própria presença de dutos de leite dilatados indica inflamação ou falha hormonal ou presença de tumores. Tudo isso requer muita atenção por parte da mulher, pois a inflamação progressiva e a falha hormonal podem afetar negativamente vários sistemas do corpo (cardiovascular, nervoso, geniturinário) e o bem-estar geral do paciente.

Deve-se prestar maior atenção à possível presença de neoplasias benignas e malignas, cujo diagnóstico oportuno é a chave para o sucesso de seu tratamento.

Nanovein  Métodos de tratamento de varizes sem cirurgia

Ductectasia: sintomas

Ductectasia dos ductos das glândulas mamárias refere-se a doenças com sintomas bastante pronunciados, que geralmente incluem:

  • dor no peito;
  • focas na área da aréola, detectadas por palpação;
  • coceira e queimação no mamilo;
  • inchaço e vermelhidão do tecido mamilar;
  • retração do mamilo ou seu deslocamento em relação à posição normal;
  • alta do mamilo: considerado um dos principais sintomas. No estado normal, uma pequena quantidade de leite produzido pelas glândulas não atinge o mamilo. No caso da ectasia, a secreção pode ser diferente, de esbranquiçada a amarelada e marrom, com sangue. Estes últimos requerem atenção especial, pois podem indicar a possível presença de um tumor.

No caso de uma doença como a ectasia, o sucesso de se livrar dela depende muito da velocidade de detecção desta doença, porque é muito mais fácil tratá-la nos estágios iniciais. É por isso que, quando os primeiros sinais de uma possível doença ou outros sintomas desagradáveis ​​aparecerem, você deve procurar o aconselhamento de um mamologista especialista.

Recepção primária

A consulta inicial com um especialista envolve entrevistar e examinar o paciente: corrigir queixas, deixar um histórico familiar (se necessário), palpação das glândulas mamárias e nomear procedimentos diagnósticos adicionais.

diagnósticos

O diagnóstico de uma doença como a ductectasia visa não apenas diferenciá-la de outras doenças com sintomas semelhantes, mas também descobrir a causa da expansão dos canais, pois a escolha da maneira de solucionar o problema dependerá disso.

O diagnóstico de ectasia inclui:

  • mamografia: permite avaliar a condição dos ductos e a presença de neoplasias (pólipos, papilomas ou tumores);
  • Ultra-som das glândulas mamárias: fornece informações dinâmicas e mais precisas sobre o problema existente;
  • impressão mancha de descarga do mamilo: permite determinar a presença de inflamação, sugerir a presença de uma neoplasia;
  • exame de sangue para hormônios: pode ser prescrito se houver suspeita de desequilíbrio hormonal;
  • biópsia: também pode ser realizada se forem detectadas neoplasias de etiologia desconhecida.
  • ductografia: trata-se de um exame radiográfico dos ductos mamários da mama com a introdução de um agente de contraste. Este método é um tipo de mamografia.

Plano de tratamento

Se o diagnóstico confirmar o diagnóstico inicialmente suspeito de ductectasia de uma ou ambas as glândulas mamárias (ectasia bilateral), o tratamento prescrito por um especialista terá como objetivo eliminar as manifestações da doença e as causas de sua ocorrência.

Na maioria dos casos, com a expansão dos ductos, é indicado tratamento conservador, focado nos fatores que causaram a doença. Assim, se uma inflamação aguda ou crônica foi detectada durante o diagnóstico, o paciente receberá medicamentos anti-inflamatórios prescritos, além de complexos destinados ao fortalecimento geral do sistema imunológico.

Com o fator hormonal do início da doença, o objetivo do tratamento será normalizar o histórico hormonal, o que é alcançado com o uso de vários medicamentos hormonais. O conjunto e dosagens desses medicamentos são determinados por um especialista com base na idade do paciente, seu bem-estar geral, presença de doenças concomitantes. A aceitação de qualquer medicamento hormonal é possível somente após consulta prévia com um médico.

Nanovein  Cura eficaz para a lista de edema nas pernas, características de uso e revisões

Se o tratamento conservador não der os resultados desejados, o problema dos ductos de leite aumentados será resolvido cirurgicamente – especialmente quando se trata da presença de papilomas ou pólipos no canal.

A operação realizada neste caso pode ser de dois tipos principais:

  • remoção de seções alteradas dos dutos de leite e células epiteliais. O material resultante é necessariamente enviado para análise histológica para excluir câncer;
  • remoção completa dos ductos das glândulas mamárias: geralmente se houver neoplasias malignas.

Em ambos os casos, a cirurgia geralmente é realizada sob anestesia geral e deixa defeitos cosméticos relativamente mínimos. Uma contra-indicação à cirurgia pode ser uma série de doenças concomitantes (por exemplo, doença cardíaca) ou o desejo do paciente de ter um bebê e subsequentemente fornecer a ele a amamentação. Em cada caso, a possibilidade de cirurgia ou recusa de cirurgia deve ser discutida em detalhes com um especialista – especialmente se houver suspeita da presença de neoplasias malignas.

resultado

Os resultados do tratamento dependem diretamente do diagnóstico oportuno da doença e das causas de sua ocorrência. Na maioria das vezes, o problema pode ser eliminado, principalmente se o paciente recorrer a um especialista a tempo e não forem reveladas complicações sérias durante o exame (principalmente tumores malignos).

Prevenção

Para evitar problemas associados à expansão dos canais da glândula, as seguintes medidas preventivas devem ser seguidas, uma vez que tentar prevenir uma doença como a ectasia é muito mais fácil do que tratar a ductectasia posteriormente.

As medidas de prevenção do Ectasia incluem:

  • controle do fundo hormonal, especialmente o nível de prolactina: no caso de expansão dos ductos, isso se aplica principalmente a mulheres acima de 40 anos; no entanto, mulheres em idade mais jovem devem monitorar o equilíbrio hormonal e usar medicamentos com cautela que podem perturbar esse equilíbrio;
  • reduzir o risco de lesões na mama, bem como o risco de cirurgia;
  • tratamento oportuno e completo dos processos inflamatórios antes da transição para o estágio crônico; fortalecer a imunidade com atividade física moderada e tomar vitaminas (após consulta com um especialista);
  • higiene adequada dos seios e mamilos, além de usar roupas íntimas confortáveis ​​que não machucam ou deformam o peito;
  • nutrição adequada, controle de peso, rejeição de maus hábitos (álcool e tabaco em primeiro lugar);
  • exame preventivo por um mamologista especialista pelo menos 1 vez por ano com uma mamografia ou já pelo menos 1 vez por ano; é necessário ser capaz de realizar um exame independente da mama para detectar as focas ou neoplasias a tempo;
  • se forem detectados sintomas de uma possível expansão dos dutos de leite (ou suspeitas de presença de uma doença), você deve marcar uma consulta com um especialista e passar por um exame completo.
Lagranmasade Portugal