Diuréticos para edema das pernas com varizes

Inchaço das pernas – acúmulo excessivo de líquido nos tecidos das extremidades inferiores. Uma patologia semelhante é enfrentada por muitos homens e mulheres em todo o mundo. Essa condição produz muitas sensações desagradáveis ​​e leva ao surgimento de muitas doenças. É por isso que é importante saber qual a melhor cura para o edema das pernas para melhorar rapidamente sua condição.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O que fazer se as pernas incharem?

Não há uma resposta definitiva sobre qual medicamento beber para o edema das pernas, uma vez que o programa terapêutico é elaborado individualmente, levando em consideração os principais motivos que provocaram o processo patológico e a condição do próprio paciente.

Se o inchaço surgir como resultado do curso de doenças cardiovasculares, renais ou distúrbios metabólicos, inicialmente você precisará tratar a doença subjacente. Ao mesmo tempo, você precisa mudar seu estilo de vida habitual, ajustar sua dieta e reduzir a ingestão de líquidos.

A terapia medicamentosa baseia-se no uso de medicamentos descongestionantes destinados à administração oral e em pomadas e cremes externos.

Variedades de diuréticos

O remédio para o edema das pernas é bastante difícil de escolher, pois existe um grande número de medicamentos diferentes. Além disso, vale lembrar que cada tipo de medicamento diurético possui certas contra-indicações, ignorando as que podem afetar adversamente a saúde. Entre os principais tipos de diuréticos, é necessário distinguir como:

  • tiazida;
  • pentatlo;
  • osmótico;
  • poupador de potássio;
  • combinado.

Os preparados tiazídicos ajudam a eliminar o inchaço das pernas, mas não por muito tempo, e isso não acontece imediatamente. No entanto, quando são tomadas, praticamente não há restrições à ingestão de líquidos e sal. Os medicamentos em loop são altamente eficazes, então você precisa tomá-los pela manhã. Eles são caracterizados pela eliminação de oligoelementos do corpo, portanto devem ser usados ​​com muito cuidado.

A eficácia dos medicamentos poupadores de potássio é bastante baixa, mas eles não removem oligoelementos. Usado principalmente com outras drogas. A ação dos medicamentos osmóticos visa remover o excesso de líquido dos tecidos. A peculiaridade é que é excretada pelos rins. A esse respeito, esses medicamentos são contra-indicados em pessoas que sofrem de doenças renais. Drogas combinadas combinam a ação de várias drogas ao mesmo tempo.

Diuréticos contra edema nas pernas sem patologias

O edema pode aparecer sem o desenvolvimento de patologias básicas e, nesse caso, são de natureza puramente fisiológica. Os diuréticos são usados ​​para tratar esses tipos de edema. Eles são uma cura poderosa para o edema das pernas, e sua ação visa remover o excesso de líquido do corpo. Os medicamentos mais populares são:

Esses medicamentos ajudam a normalizar o equilíbrio água-sal e evitam o acúmulo excessivo de líquido nos tecidos dos membros. Mesmo com uma pequena dose, o resultado do uso desse medicamento é perceptível quase imediatamente. Para escolher o melhor caminho para tomar o medicamento, bem como a dosagem, você precisa consultar um médico. Além disso, sua característica é que eles podem ser combinados com outros medicamentos, cuja ação visa eliminar a doença subjacente.

Em alguns casos, o inchaço nas pernas pode ocorrer após a medicação, que ocorre como resultado de uma alergia. Nesse caso, você precisa tomar não apenas diuréticos, mas também anti-histamínicos, que ajudam a eliminar rapidamente os principais sinais de alergias.

Preparações para edema cardíaco e renal

O edema pode ocorrer como resultado de atividade prejudicada dos músculos ou rins do coração. Para eliminar o inchaço, você precisa realizar um tratamento abrangente que ajude a se livrar da doença subjacente. Os medicamentos mais populares para o inchaço cardíaco das pernas são considerados como:

  • diuréticos – "piretanídeo", "bumetanida", ácido etacrílico;
  • tiazidas cardíacas – "Urandil", "Modurético", "Diclotiazida";
  • diuréticos de alça – "Isobar", "Bufenoks", "Trigrim".

Como resultado da exposição a tais drogas, ocorre relaxamento vascular. Como resultado, a circulação sanguínea é normalizada. Todos os medicamentos são caracterizados pela duração da exposição e pelo rápido início do efeito terapêutico.

Medicamentos diuréticos para inchaço nas pernas são prescritos na presença de doença renal. Nesse caso, são prescritos diuréticos de alça e medicamentos poupadores de potássio. Entre esses medicamentos, é necessário distinguir como:

A prescrição de medicamentos deve ser apenas um médico qualificado. A dosagem necessária é selecionada estritamente individualmente, levando em consideração o bem-estar do paciente e os resultados dos estudos.

Tratamento de edema com varizes

A cura para o edema das pernas ajuda a eliminar o inchaço que ocorre nas varizes. No entanto, vale lembrar que a solução desse problema requer uma abordagem integrada. Os flebotônicos são freqüentemente usados ​​durante a terapia, em particular, como Detralex e Eskuzan, bem como anticoagulantes, por exemplo, Cardiomagnil, Aspecard.

Tais drogas ajudam a fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos, normalizam a microcirculação sanguínea. O inchaço é muito rápido devido ao afinamento do sangue. Além disso, esses fundos ajudam a evitar a formação de trombose.

Pomadas e cremes contra o inchaço das pernas

A cura para o edema das pernas pode ser tópica. Creme contra edema estimula a saída de líquido das extremidades e ajuda a eliminar o estresse. Devido à grande variedade desses medicamentos, muitos problemas desconfortáveis ​​podem ser resolvidos.

Vale lembrar que pomadas e cremes não podem solucionar o problema principal, pois apenas eliminam o desconforto, aliviam o inchaço e o peso nas pernas.

Qual é a composição dos cremes e o princípio da ação?

Basicamente, pomadas e cremes contra o inchaço contêm em sua composição componentes como:

  • extrato de erva tigre, que elimina o inchaço;
  • mentol e óleo de eucalipto, eliminando a fadiga;
  • óleo de tea tree, que suaviza a pele;
  • vitaminas, óleos e tinturas;
  • pantenol.

Além disso, outros componentes também podem ser incluídos, tudo depende do medicamento. Tais medicamentos são considerados universais, pois ajudam a resolver muitos problemas, em especial como:

  • eliminação de inchaço;
  • alívio de desconforto e estresse;
  • arrefecimento;
  • estimulação da circulação sanguínea;
  • prevenção de varizes.

Essa ferramenta ajudará a se livrar do desconforto após um dia de trabalho, além de eliminar o estresse.

Revisão dos melhores cremes contra inchaço

Entre as pomadas e cremes mais populares que ajudam a eliminar o inchaço das pernas, você precisa destacar como:

  • "Troxevasin";
  • "Venitan";
  • Pomada de heparina;
  • “ Lioton 1000 '';
  • Gel Essaven.

"Troxevasin" ajuda a eliminar inchaço, inflamação, dor. Além disso, fortalece vasos sanguíneos e veias. A pomada de heparina ajuda a normalizar a circulação sanguínea, tem um efeito anti-inflamatório.

"Venitan" refere-se a preparações à base de plantas. É feito com base em uma capa de castanha. Este remédio tem efeitos anti-inflamatórios e descongestionantes.

Tratamento de edema em mulheres grávidas

Muitas vezes, durante a gravidez, há inchaço das pernas. A medicação tem um efeito positivo e ajuda a eliminar rapidamente o problema existente. A ocorrência de inchaço durante a gravidez é devida a um aumento no volume de sangue necessário para alimentar a mãe e o feto. Nesse sentido, a atividade vital normal de uma mulher pode ser interrompida, uma vez que o edema causa desconforto significativo, principalmente nos últimos meses de gravidez.

Nem todos os medicamentos podem ser usados ​​por mulheres grávidas, por isso é aconselhável consultar um médico. É melhor usar remédios de ervas para eliminar o inchaço. Os mais populares são como Mamacomfort, MamaCare, Senosan. Esses fundos contribuem para a normalização do metabolismo, melhoram o fluxo linfático e impedem o acúmulo de líquidos. Entre os medicamentos para mulheres grávidas são prescritos:

Outros medicamentos são prescritos apenas se houver um risco significativo, pois podem ser muito perigosos para o feto.

Eliminação de inchaço em idosos

O medicamento para edema das pernas para idosos precisa ser selecionado com cuidado especial, pois em uma idade avançada os processos metabólicos são perturbados, portanto os medicamentos devem ter um efeito complexo. O inchaço pode ser permanente ou ocorrer periodicamente.

Para os idosos, o "Lasix" e o ácido etacrílico são ideais, pois ajudam a se livrar rapidamente do inchaço mais grave. Além disso, o médico pode prescrever medicamentos como "Klopamida", "Diuretin", "Oxodolin". Além disso, pacientes mais velhos devem tomar vitaminas.

Comentários diuréticos

Muitos pacientes acreditam que o melhor diurético é a furasemida. Este medicamento tem os comentários mais positivos. Essa ferramenta é caracterizada por custo acessível e alto desempenho.

Alguns observam a alta eficácia do medicamento "Hipotiazida", que ajuda a eliminar até o inchaço mais grave. "Diakarb" é considerado um bom remédio, mas o organismo se torna muito viciante.

Nanovein  Que pomada escolher entre varizes

Tratamento eficaz do edema das pernas com varizes: como aliviar o inchaço e as cãibras em casa, comprimidos para varizes

As varizes, ou varizes, trazem consigo muitas sensações desagradáveis ​​e dolorosas – isso é peso nas pernas e dor, inchaço e cãibras.

Se existe um tratamento eficaz para o edema das pernas com varizes e como aliviar o edema das pernas com varizes em casa são duas questões principais que serão discutidas no artigo abaixo.

Causas de edema e cãibras nas pernas

Muitas vezes as pessoas têm inchaço das pernas com varizes, o que fazer nessa situação? Para começar, você precisa entender o que é essa doença.

O edema com varizes ocorre pelo seguinte motivo: varizes levam ao relaxamento e à deformação das veias, o que leva a uma circulação prejudicada. Por esse motivo, o sangue estagna nas veias, aumenta a pressão, o fluido escapa para o espaço intercelular dos tecidos circundantes, formando edema.

Com o líquido, muitos oligoelementos necessários também são removidos. Isso leva a convulsões. Cãibras nas pernas à noite com varizes são cãibras musculares espontâneas, agudas e graves. Por algum tempo uma pessoa não pode relaxá-la, o que leva à dor.

Na maioria das vezes, esses fenômenos ocorrem à noite, porque durante o sono, o fluxo sanguíneo já lento se torna completamente insuficiente. Os músculos tentam empurrar o sangue através dos vasos e, para isso, começam a se contrair impulsivamente.

Porém, tendo contraído, o próprio músculo não pode mais relaxar, porque as varizes provocam uma reprodução lenta da molécula de ATP, responsável por esse mecanismo. Com varizes, cãibras nas pernas ao longo do tempo se tornam uma ocorrência regular.

Como tratar o inchaço das pernas e cãibras com varizes? Como aliviar o inchaço com varizes? Livrar-se de edema e convulsões, que são apenas sintomas, é reduzido ao tratamento da própria doença.

O tratamento envolve todo um complexo, incluindo não apenas a cura do edema das pernas com varizes em combinação com a medicina tradicional, mas também a introdução das mudanças necessárias no seu estilo de vida, educação física e recomendações do seu médico.

Foto: o que parece inchaço das pernas com varizes




O que fazer com cãibras?

Quando uma perna é fortemente perfurada por uma cãibra, quase todo mundo agarra sua perna e começa a esfregá-la com força, tentando restaurar a circulação sanguínea. Mas esse método nem sempre pode ajudar rapidamente.

Como posso remover rapidamente essa síndrome?

  • deitado, levante a perna e puxe os pés sobre as mãos, massageando o músculo da panturrilha. Em seguida, mova-se ativamente com os pés das duas pernas – gire, afaste-se, faça movimentos para cima e para baixo;
  • ajudará a picar uma perna com uma agulha, mas como o sintoma surge repentinamente e é improvável que a agulha esteja próxima, você pode beliscar com força várias vezes;
  • Levante-se no chão nu e dê uma volta. Quando o espasmo passar, fique de pé por um minuto, subindo nos dedos dos pés e descendo até os calcanhares.

Correção do estilo de vida

Para curar varizes e remover o inchaço das pernas com varizes, várias regras de um estilo de vida saudável devem ser observadas. Para que o sangue não fique estagnado nos membros, é necessário se mover.

É aconselhável fazer pelo menos meia hora de caminhadas ao ar livre todos os dias. A velocidade de caminhada deve ser medida; você precisa monitorar a respiração (inspire e expire a cada três etapas).

A recusa de maus hábitos – álcool, fumo, também é parte integrante do programa de tratamento. Conformidade com a rotina diária, bom descanso – esses são componentes que não podem ser ignorados.

Uma malha de compressão especial que aperta os músculos e evita a formação de inchaço também ajudará a se livrar da dor. Os sapatos não devem ser estreitos e restringir o pé, o salto alto é inaceitável.

Você deve reconsiderar sua dieta – abandone alimentos salgados e condimentados que contribuem para o acúmulo de líquidos. Os alimentos devem conter a quantidade necessária de vitaminas e minerais, porque sua deficiência provoca cãibras noturnas.

Cargas estáticas físicas e prolongadas devem ser evitadas. Tente não andar muito, não sobrecarregue as pernas. Se o trabalho for sedentário e em pé, é necessário fazer aquecimento várias vezes ao dia regularmente.

Pelo menos de manhã e à noite e, se possível, durante o dia, faça um conjunto especial de exercícios. Seria bom concluir a educação física com um banho de contraste, que tem um efeito tônico.

Esportes na luta contra o problema

Para restaurar a elasticidade das veias e normalizar a circulação sanguínea, esportes sem esforço excessivo ajudarão. Durante o movimento, os músculos se contraem, conduzindo sangue mais rapidamente pelas veias e impedindo a estagnação.

O exercício na academia não é contra-indicado, mas apenas atividades físicas moderadas são permitidas. Você deve evitar a pressão mesmo do seu próprio peso sobre as pernas e não usar materiais de pesagem – halteres, pesos etc.

Exercícios recomendados em simuladores que não implicam carga nas pernas – um elipsóide, bicicleta ergométrica, máquina de remo. Exercícios de alongamento serão úteis – yoga, Pilates, alongamento.

A melhor opção é praticar esportes aquáticos (hidroginástica, natação). A água possui alta densidade, eliminando quase completamente a carga de seu peso nos vasos e, ao nadar, todos os movimentos são realizados na posição horizontal, o que também elimina a carga nas pernas, distribuindo-a uniformemente por todo o corpo.

A respiração intensiva na água também ajuda a acelerar a circulação sanguínea.

Todo mundo que encontra um problema de violação deve executar diariamente um complexo especial, incluindo exercícios como:

  • uma bicicleta;
  • tesoura;
  • vidoeiro;
  • rotação dos pés, abrindo e apertando os dedos;
  • andar no lugar sem tirar as meias do chão;
  • rolando as pernas do calcanhar aos pés. Para quem tem trabalho sedentário, o mesmo exercício pode ser realizado enquanto está sentado;
  • vários movimentos dos dedos – você pode sentar e tentar agarrá-los do chão e segurar alguns objetos pequenos, além de comprimir e desapertar os dedos.

Medicamentos

A coisa mais importante no caso de ocorrência de sintomas de varizes, como inchaço e convulsões, é uma visita oportuna a um médico. Após o exame, o médico prescreverá os medicamentos necessários nas doses necessárias.

Estes podem ser comprimidos para o edema das pernas com varizes e outros medicamentos. Você tem edema com varizes? Corre urgentemente ao médico!

Para o tratamento, é prescrito um tratamento complexo, incluindo medicamentos dos seguintes tipos:

  • flebotônicos – medicamentos que fortalecem as paredes das veias e vasos sanguíneos devido ao conteúdo de substâncias como heparina e rutina. Drogas eficazes desse grupo são Detralex, Troxevasinum, Venarus, flebodia, Eskuzan, etc;
  • anticoagulantes, anticoagulantes para melhorar a circulação sanguínea e aliviar o inchaço das pernas (por exemplo, aspirina, venolife, lyoton, etc.);
  • normalizar o trabalho do coração, uma vez que a circulação sanguínea é perturbada devido ao enfraquecimento de sua função de bombeamento. Os glicósidos, que ajudam na luta pela saúde do coração, estão disponíveis em comprimidos ou gotas e requerem dosagem exata para evitar efeitos colaterais. Estes são digoxina, estrofantina e outros;
  • desagregantes, cujas substâncias limpam o sangue das placas e impedem a formação de coágulos sanguíneos, por exemplo, heparina;
  • diuréticos, ou diuréticos, são prescritos para um processo mais eficaz de drenagem de fluidos. Estes incluem verospirona, hipotiazida, uregite, furosemida e muitos outros.

É impossível se envolver em tomar diuréticos, você não deve procurar uma solução instantânea para o problema. Você precisa fazer um curso selecionado pelo médico para um caso específico, caso contrário, poderá se prejudicar bastante.

Os comprimidos diuréticos para edema das pernas com varizes podem criar uma ilusão visual de se livrar do problema, mas apenas aliviam temporariamente o sintoma das varizes – edema. O tratamento deve ser completo e abrangente.

Além dos medicamentos, o médico pode recomendar decocções de ervas – por exemplo, calêndula, espinheiro, viburno, salsa, folhas de bétula, hortelã. Para aliviar o sofrimento de edema, use banhos de ervas ou compressas. Mas também apenas como prescrito pelo médico.

Mesmo que o inchaço das pernas com varizes e cãibras seja insignificante, você não pode tentar se livrar delas com a ajuda de diuréticos, pois o aparecimento desses sintomas indica a presença de problemas circulatórios no corpo.

Não se automedique e não deixe a doença flutuar, as conseqüências das varizes são mortais – a formação de coágulos sanguíneos, úlceras tróficas. E então, na melhor das hipóteses, apenas um cirurgião pode ajudar.

Para tratar a trombose, você precisa começar nos estágios iniciais; apenas uma visita oportuna a um médico ajudará a restaurar a saúde ou a proteger-se do perigo mortal. Portanto, o que fazer se as pernas incharem com varizes? A primeira coisa é ir ao médico!

Vídeo útil

Em mais detalhes sobre como tratar o edema das pernas com varizes, você aprenderá com o vídeo abaixo:

Diuréticos para inchaço das pernas e remédios naturais em casa

Quando o funcionamento dos rins e do sistema cardiovascular é perturbado, muitas vezes o excesso de líquido se acumula nos tecidos do corpo e o inchaço das extremidades inferiores se desenvolve. Antes de iniciar o tratamento, você deve passar por um exame completo, passar nos testes necessários para descobrir a origem da patologia e escolher o regime de tratamento correto.

Como regra, diuréticos tradicionais e populares são usados ​​para o inchaço das pernas. Isso permite remover o excesso de água acumulada do corpo e melhorar as condições gerais do paciente.

Se for detectada estagnação de líquido nos tecidos, não demore, caso contrário, uma violação complicará a situação, causará uma complicação na forma de varizes. Os medicamentos são prescritos por um médico, ele seleciona a dosagem certa e monitora como a doença progride.

E sobre este artigo:

A causa do edema

Geralmente, as extremidades inferiores incham quando o trabalho dos pequenos capilares é interrompido. O líquido se acumula no espaço intercelular, devido ao qual a circunferência das pernas aumenta. Especialmente o inchaço se estende até os tornozelos. Alterações semelhantes podem ser vistas a olho nu.

Nanovein  O que ajuda melhor com varizes nas pernas

Na maioria das vezes, as pernas incham nas mulheres, que atribuem isso a problemas temporários devido à ingestão excessiva de líquidos. Mas a água nos tecidos pode estagnar por várias razões e, em alguns casos, a violação leva a alterações patológicas.

Existem principais causas de edema nos membros inferiores em mulheres e homens. Isso inclui os seguintes fatores:

  • Durante a gravidez e no período pré-menstrual, o fluido freqüentemente permanece nos tecidos. Esta condição é de natureza temporária, portanto, geralmente não são necessários medicamentos.
  • Como o sal retém a água e provoca uma sensação de sede, com o uso excessivo de alimentos salgados, o líquido permanece nos tecidos e provoca inchaço.
  • É necessário beber muita água se uma pessoa bebe álcool ou toma certos medicamentos como aspirina, estrogênio ou outras drogas.
  • Às vezes, o edema ocorre devido à insuficiência da função renal ou ao desenvolvimento de uma doença infecciosa.
  • Com o desequilíbrio hormonal, a parte inferior da perna incha, enquanto uma pessoa tem uma sensação de frio e sonolência.
  • Nas varizes, o fluxo sanguíneo é perturbado e o líquido se acumula no corpo.

Além disso, o inchaço do tecido provoca alergias, amiloidose, infecção tóxica de feridas causada por bactérias anaeróbias e uma doença do sistema cardiovascular. Muitas vezes, o edema aparece após o uso de sapatos desconfortáveis ​​e de baixa qualidade, estresse prolongado nas pernas. O motivo pode ser trabalho sedentário, excesso de peso, desnutrição, ingestão excessiva de líquidos na hora de dormir.

Se falamos de doenças específicas, o líquido pode se acumular devido à presença de lúpus eritematoso, glomerulosclerose causada por diabetes mellitus, cirrose hepática, doenças de pele, doenças articulares, intoxicação alimentar.

É importante entender que nem todo medicamento diurético pode ajudar; portanto, você precisa passar por um exame completo por um médico, passar em todos os testes necessários, após o que o médico selecionará o regime de tratamento correto.

Como identificar o inchaço

Se houver desconforto nas extremidades inferiores, é necessário examinar cuidadosamente as pernas. Quando não há edema visual aparente nas pernas e panturrilhas, os dedos são levemente pressionados na pele. Em caso de aparecimento na pele após pressionar a fossa, o inchaço é diagnosticado. Depois de remover roupas e sapatos, também podem ser detectados traços de retenção de líquidos no corpo.

A presença de edema interno pode ser julgada pelo aparecimento de uma sensação de peso nas pernas e ganho de peso injustificado. Para se livrar dos sintomas, você precisa reduzir a quantidade de água consumida e escolher uma dieta terapêutica adequada.

Se forem encontrados sinais de inchaço, consulte seu médico. Para fazer um diagnóstico correto e excluir patologias graves, o paciente é encaminhado para exames laboratoriais de sangue e urina, eletrocardiograma, ultrassom das extremidades inferiores e órgãos internos, tomografia computadorizada.

Quanto mais cedo você identificar a fonte da doença, mais rápido poderá melhorar a condição e devolver as pernas à leveza.

Tipos de diuréticos para o inchaço das pernas

Os diuréticos que ajudam a remover o excesso de líquido do corpo são mais adequados para o inchaço das pernas. Existe uma extensa lista de medicamentos que efetivamente aliviam os sintomas. As drogas variam em estrutura e mecanismo de exposição.

A ação dos diuréticos renais é bloquear as enzimas dos rins, que estimulam a excreção de íons potássio, sódio e cloro. Os medicamentos extrarrenais modernos ativam os rins lançando outros sistemas corporais.

Todos os medicamentos diuréticos são naturais ou sintéticos. Além disso, os diuréticos, dependendo da velocidade da ação, são potentes, moderados e fracos.

Existe uma classificação de agentes que ajudam a se livrar do inchaço das extremidades inferiores.

  1. Os medicamentos poupadores de potássio ajudam a manter os níveis de potássio no sangue;
  2. Os diuréticos de alça não permitem a absorção de potássio, cloro e sódio;
  3. Os fármacos tiazídicos podem ser rapidamente absorvidos pelo trato gastrointestinal e agir por um longo tempo;
  4. Os comprimidos do tipo tiazida podem excretar menos potássio.

Independentemente das funções disponíveis, todos os diuréticos visam melhorar o funcionamento dos rins. Como os medicamentos podem causar efeitos colaterais, a terapia deve ser realizada estritamente sob a supervisão de um médico.

Com a dosagem errada, o corpo é desidratado, o que leva a consequências desastrosas.

O uso de drogas sintéticas

Quando é necessário se livrar do edema, o médico prescreve comprimidos diuréticos, que removem até 15% do sódio do corpo. A lista desses medicamentos inclui Furosemida, Torasemida, Xipamida, Piretanida, Bumetanida. Essas drogas são potentes e, portanto, são tomadas em um curso curto com uma pausa de duas semanas para eliminar o vício e manter um poderoso efeito curativo.

Se o inchaço for fraco, use um medicamento mais simples, inofensivo, mas não menos eficaz, Amilorid, Triamethron, Spironolactone. Tome-os uma vez 5-20 mg, de acordo com as instruções, até o inchaço nas pernas desaparecer. Após um mês, o curso da terapia é repetido.

O edema grave das pernas com tromboflebite é tratado com politiazida, hidroclorotiazida, clopamida, indapamida e metozalon. Os comprimidos são tomados uma vez ao dia com 25 mg. Os diuréticos tiazídicos são utilizados por um longo período de tempo sem interrupção.

  • Com pequeno edema, diuréticos poupadores de potássio na forma de espironolactona, Triamteren, Amilorida, Veroshpiron ajudam efetivamente. O médico prescreve tomar duas vezes ao dia 200 mg por duas a três semanas. Se necessário, após 14 dias, o curso da terapia é repetido.
  • Em uma condição crítica e aguda, quando é necessário um efeito diurético rápido, drogas injetáveis ​​são usadas. As injeções diuréticas Lasix são ótimas para esses fins.
  • Além disso, na presença de um processo inflamatório, o médico prescreve antibióticos.

Tratamento natural

Para acelerar a recuperação, métodos alternativos inofensivos de tratamento são usados ​​adicionalmente. Com a ajuda de medicamentos fitoterápicos, você pode se livrar do inchaço nos tornozelos e na perna, normalizar o trabalho do sistema cardiovascular e geniturinário e fortalecer a imunidade.

Antes de iniciar o tratamento, é necessário consultar o seu médico. É impossível se automedicar, já que as ervas às vezes podem causar uma reação alérgica e outras consequências indesejáveis. O médico selecionará o regime correto e dará recomendações sobre a dosagem.

Os diuréticos naturais ajudarão a eliminar suavemente e sem dor a estagnação da umidade no corpo e a se livrar do edema nas extremidades inferiores. Métodos alternativos são seguros e altamente eficazes.

  1. Abóbora ajuda a aliviar o inchaço, tratar patologias cardíacas, doenças da bexiga e rins. Para remover o fluido e o corpo, ele é fervido, cozido no vapor, seco, adicionado ao mingau e consumido regularmente na forma de suco espremido.
  2. Suco de limão, cenoura e pepino são misturados, diluídos com água fervida e consumidos 50 ml três vezes ao dia durante um mês.
  3. A hortelã é considerada um poderoso diurético natural. Uma infusão desta planta é consumida em vez de chá comum. Para fazer isso, despeje duas colheres de sopa de hortelã seca com dois copos de água fervente e insista por meia hora. O curso da terapia é de pelo menos um mês.
  4. 20 g de linhaça é cozido no vapor em água fervente e depois mantido em fogo baixo por 30 minutos. Tome o medicamento em uma forma quente a cada três horas, 100 ml. A terapia é realizada por duas semanas.

Além disso, você pode tomar banho pelo inchaço das pernas. A frequência ideal de procedimentos de água é de 3-4 vezes ao dia. O extrato de sabugueiro também é tratado com álcool. É tomado três vezes ao dia. Nos primeiros 9 dias, a dosagem é de 10 gotas, após o que a cada três dias a dose é aumentada em 5 gotas. Para preparar a infusão, os rizomas de sabugueiro, em uma quantidade de 20 g, são colocados em um recipiente de vidro, são derramados 300 ml de vodka ou álcool.

O produto é colocado em um local escuro e fresco e insistiu por duas semanas.

Prevenção de inchaço nos pés

Para evitar o aparecimento de inchaço nas extremidades inferiores, vale a pena aderir a certas regras simples. Antes de tudo, é importante usar sapatos e roupas confortáveis ​​para que suas pernas não se apertem.

Após prolongado sentado e em pé, você precisa alterar a posição do corpo. Para fazer isso, uma pessoa deita de costas, levanta as pernas em um ângulo de 40 graus e as apoia. Além disso, uma leve massagem de cinco minutos na forma de esfregar e acariciar ajudará.

Periodicamente, você precisa apertar e desapertar os dedos dos pés, levantar alternadamente o calcanhar e o pé, andar na ponta dos pés. Para aliviar a condição e aliviar a fadiga nas pernas, ajude os banhos de pés com sal marinho, óleos essenciais e água mineral. A natação também contribui para o estreitamento dos vasos sanguíneos.

  • Menos líquidos, sal e alimentos salgados são necessários. Um dia deve beber não mais do que dois litros de água, à noite, beber deve ser limitado.
  • Excelentes diuréticos são laranjas, morangos, pêssegos, uvas. Também é eficaz no inchaço de iogurte e kefir. Das bebidas, você deve escolher chá verde e café natural.
  • Para normalizar o metabolismo, não se deve esquecer o esforço físico moderado e a caminhada ao ar livre.

Independentemente do que causou o desenvolvimento de inchaço, você precisa imediatamente tomar medidas para eliminar os sintomas. Caso contrário, uma quantidade excessiva de líquido sobrecarrega os rins e o coração. É importante entender que qualquer violação é um sinal definitivo sobre a presença de qualquer mau funcionamento, para que a consulta médica não seja prejudicial.

Drogas diuréticas são descritas no vídeo neste artigo.

Lagranmasade Portugal