Conta-gotas para varizes das extremidades inferiores

As varizes são uma das patologias mais comuns acompanhadas por danos aos vasos venosos do sistema circulatório. Na maioria das vezes, a patologia afeta as veias das extremidades inferiores, o que é facilitado pelo aumento diário da carga nas pernas. As varizes são uma violação que requer a conduta oportuna de tratamento adequado.

O perigo é que uma violação do fluxo sanguíneo venoso leve à estagnação da corrente sanguínea e, por sua vez, provoque a formação de coágulos sanguíneos, com a possibilidade de um bloqueio completo do vaso venoso, que pode levar à incapacidade ou morte. As ações terapêuticas têm como objetivo principal restaurar a circulação sanguínea nos vasos, pois esse é o principal motivo do desenvolvimento dessa patologia.

Existem várias drogas especiais destinadas a normalizar processos nos vasos das extremidades inferiores. Quase todos atuam nas veias das pernas de maneira favorável e restauram sua elasticidade, a capacidade do sangue de circular normalmente. Uma técnica selecionada corretamente ajudará a se livrar desse problema.

É aconselhável usar preparações médicas durante terapia conservadora apenas nos casos em que a doença é detectada nos primeiros estágios da progressão. Com patologia avançada, o tratamento cirúrgico é usado e a terapia medicamentosa é usada como um meio adicional para normalizar os processos no corpo.

Existem vários sinais indicando a presença de varizes:

  • puxando sensação nos membros;
  • dor ao caminhar;
  • desconforto;
  • cãibras noturnas;
  • queimação e coceira na área afetada;
  • aumento de inchaço nos membros;
  • dormência das pernas;
  • a presença de uma rede vascular.

É impossível determinar independentemente a causa exata de tais manifestações.

Deve-se lembrar que o tratamento para os vasos das pernas com varizes deve ser prescrito por um especialista apropriado. Somente assim é possível obter um resultado positivo para a saúde.

E sobre este artigo:

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O uso de drogas antiespasmódicas

O vaso está entupido devido à formação de depósitos no seu lúmen na forma de uma placa de colesterol ou como resultado da formação de um coágulo sanguíneo. Como resultado desses processos patológicos, há uma diminuição na folga entre suas paredes. Além disso, o estreitamento do lúmen pode ser causado por um aumento no tônus ​​da camada muscular da parede vascular.

Antiespasmódicos são medicamentos cuja ação visa eliminar espasmos musculares. É graças a essa propriedade que esses medicamentos são usados ​​ativamente para tratar o estreitamento do lúmen das veias das extremidades inferiores.

Na maioria das vezes, os médicos neste caso recomendam o uso dos seguintes medicamentos.

Papaverine. Ajuda a eliminar o espasmo das fibras musculares da parede vascular e normaliza o fluxo sanguíneo. Hoje está disponível na forma de comprimidos, em ampolas para injeções e supositórios. A forma e a dosagem devem ser escolhidas apenas pelo médico.

Spazmalgon. Essas pílulas podem ser usadas para doenças vasculares nas pernas, eliminam os principais sintomas de espasmo do músculo liso da parede vascular. O medicamento tem instruções claras de uso – o comprimido precisa ser engolido e lavado com água em abundância.

Baralgetas. Este medicamento é usado para dilatar os vasos sanguíneos. Disponível em duas formas: comprimidos e injeção. As injeções de vasos nas pernas devem ser feitas apenas por um especialista, mas às vezes os médicos podem prescrevê-las em casa. O medicamento pode fortalecer as paredes das artérias. É usado como um componente auxiliar da terapia para melhorar a qualidade e a velocidade do fluxo sanguíneo.

Esses fundos são tomados apenas como fundos adicionais no tratamento de problemas nas veias.

Apesar de todos serem eficazes, é necessário que qualquer medicamento para os vasos das pernas seja prescrito por um especialista, a fim de evitar complicações no funcionamento do sistema vascular.

Medicamentos para tonificar o músculo liso

Vasodilatadores são usados ​​para reduzir o tônus ​​dos músculos lisos nas paredes dos vasos sanguíneos. Este grupo inclui vários medicamentos que promovem vasodilatação e normalizam a circulação sanguínea.

Estes incluem um grupo de medicamentos com antagonistas do cálcio. Para que os canais de cálcio funcionem normalmente, além da substância principal, também são necessárias catecolaminas que contribuem para sua ativação.

Antagonistas do cálcio estão disponíveis em diferentes compostos, eles ajudam a reduzir a pressão. Os medicamentos são capazes de influenciar a freqüência cardíaca e estimular a circulação sanguínea nos capilares, veias e artérias.

Além disso, eles são capazes de:

  1. Reduza a tensão do miocárdio, o que melhora a qualidade do fluxo sanguíneo. Além disso, existe um suprimento ativo de tecidos com oxigênio e nutrientes.
  2. Elimine o risco de coágulos sanguíneos nas artérias.

Esses medicamentos incluem:

Eles normalizam o tônus ​​do miocárdio e evitam o aparecimento de espasmos.

Vasodilatadores também incluem alfa-arenobloqueadores. Eles ajudam a bloquear os receptores de adrenalina e noradrenalina. Assim, a probabilidade de espasmos nas fibras musculares das veias e artérias é reduzida.

Os medicamentos mais eficazes nesse grupo incluem:

  1. A fentolamina dilata os vasos sanguíneos, ajuda no relaxamento muscular, melhora a circulação sanguínea nos tecidos. É usado para melhorar o suprimento de sangue para os tecidos danificados, o que acelera a cicatrização de feridas, para restaurar a circulação sanguínea, em caso de dano ao sistema vascular.
  2. Nicergolina. O medicamento é utilizado para melhorar a circulação sanguínea, impedir a adesão plaquetária e a formação de coágulos sanguíneos. O medicamento também limpa as veias das artérias.

Se houver um bloqueio completo dos vasos venosos, por exemplo, com o desenvolvimento de trombose, no contexto de varizes, é inútil o uso de vasodilatadores.

Em tal situação, é necessária intervenção cirúrgica.

Outras preparações vasculares para varizes

Vasos afetados por varizes nas pernas não são fáceis de tratar. O principal é escolher o plano de tratamento certo que possa afetar a doença de forma abrangente.

Na maioria dos casos, a terapia conservadora é usada, mas em casos especialmente graves é aconselhável a intervenção cirúrgica.

O tratamento medicamentoso de varizes das extremidades inferiores inclui o uso de vários grupos de medicamentos.

Medicamentos para uso externo. Eles são eficazes apenas nos estágios iniciais do desenvolvimento da patologia. Quando no membro inferior, os sinais de dano aparecem como uma veia aranha. O único ponto negativo menos significativo é a necessidade de uso prolongado desse tipo de medicamento, uma vez que o efeito positivo do aplicativo aparece após algum tempo. Isto é devido ao fato de que os componentes ativos das drogas entram no corpo muito lentamente e em pequenas quantidades. Uma das pomadas mais eficazes é Troxevasin. A pomada é usada no tratamento de varizes, é capaz de reduzir o inchaço dos tecidos moles dos membros, reduz a intensidade do processo inflamatório nas paredes vasculares e é capaz de reduzir sua fragilidade.

Venotônico. Esses medicamentos, usados ​​no tratamento de varizes, fortalecem os músculos lisos e dão um tom, restauram a elasticidade. Eles eliminam o aumento do inchaço e inflamação nas paredes venosas e melhoram a microcirculação nos tecidos próximos. Para obter o efeito máximo, recomenda-se tomar em paralelo com os géis. O Detralex pode ser atribuído aos medicamentos mais populares deste grupo usados ​​para varizes em termos de eficácia. Este medicamento ajuda a restaurar o tônus ​​da parede do vaso venoso e reduz o grau de desenvolvimento de fenômenos estagnados resultantes do desenvolvimento de insuficiência venosa crônica.

Angioprotetores. Esses medicamentos são prescritos para restaurar as funções da parede vascular, bem como melhorar os processos metabólicos neles. Os medicamentos eliminam o risco de entupimento do lúmen vascular. A principal droga neste grupo é Trental. Ele regula as propriedades reológicas do sangue, o que ajuda a restaurar os processos que garantem a circulação sanguínea normal.

Trombolíticos e anticoagulantes. A principal ação visa prevenir a formação e eliminação de coágulos sanguíneos existentes, o que é especialmente importante no caso de estagnação no sistema circulatório que acompanha o desenvolvimento de varizes. O principal medicamento deste grupo é a heparina, que bloqueia a síntese de trombina. Além disso, estreptoquinase e aspirina são usadas. A estreptoquinase dissolve fibrina em coágulos sanguíneos. A aspirina inibe o processo inflamatório no corpo e afina o sangue.

A droga mais popular deste grupo é a Venarus, é capaz de melhorar a circulação sanguínea.

Nanovein  Como é tratada a argila varicosa

Em casos graves, os conta-gotas são prescritos para os vasos das pernas com Actovegin e Trental. Um conta-gotas intravenoso é usado apenas em um ambiente hospitalar.

O uso de estimulantes biogênicos

Os preparativos para os vasos das pernas pertencentes ao grupo de estimulantes biogênicos são usados ​​como auxiliares para fortalecer o sistema imunológico do corpo. Eles são capazes de acelerar os processos metabólicos no corpo e também eliminar o processo inflamatório nos vasos. Além disso, eles são capazes de restaurar o tecido ósseo e regular o fluxo linfático com o fluxo sanguíneo.

Um dos medicamentos mais eficazes nesse grupo é o solcoseril. Possui componentes de baixo peso molecular e o soro sanguíneo de bezerros jovens. O medicamento ajuda a proteger os tecidos contra hipóxia e desnutrição, ativa a regeneração de áreas danificadas e restaura a funcionalidade das células.

O medicamento Actovegin é usado ativamente para melhorar o fluxo sanguíneo na área afetada, acelera a cicatrização de tecidos danificados por varizes. É utilizado exclusivamente para o tratamento de doenças vasculares dos membros inferiores e no caso de úlceras tróficas formadas como resultado da progressão dos vasos varicosos, bem como insuficiência venosa. Todos os medicamentos têm um preço relativamente baixo.

Um curso terapêutico individual é prescrito para cada paciente, portanto, não é recomendável selecionar medicamentos para o tratamento de distúrbios no funcionamento dos vasos das pernas. O autotratamento não permitirá alcançar o resultado positivo desejado e, ao realizar a automedicação, é possível causar danos ao organismo devido à seleção incorreta de medicamentos. Isso ocorre devido à presença de muitas contra-indicações e efeitos colaterais na maioria desses medicamentos.

Além de tomar medicamentos, para restaurar as funções dos vasos e válvulas venosas das pernas, é necessário aderir a certas regras e estilo de vida. Isso é necessário para aumentar o efeito dos medicamentos e ajudar o corpo a lidar com a doença. Para fazer isso, você precisa abandonar os maus hábitos, estabelecer nutrição adequada, praticar esportes moderadamente, parar de usar sapatos e roupas desconfortáveis ​​e sintéticos. O uso de medicina alternativa também é recomendado para obter o máximo efeito positivo da terapia.

Os princípios do tratamento para varizes são discutidos no vídeo neste artigo.

Como as varizes são tratadas com escleroterapia? Conta-gotas e injeções para varizes nas pernas

O principal objetivo do tratamento de varizes é a eliminação da síndrome varicosa.

A terapia conservadora nem sempre é bem-sucedida, mesmo nos estágios iniciais da doença, portanto, o problema geralmente é resolvido cirurgicamente.

Existem muitos métodos de intervenções flebocirúrgicas – eliminação radical de varizes, operações endovasculares e tratamento da flebosclerose (escleroterapia).

A técnica de escleroterapia está se tornando o tratamento mais comum para varizes. Pode ser utilizado no tratamento cirúrgico complexo de varizes e como método independente.

Através de manipulações médicas simples, sem ferir o tecido da pele, é possível eliminar a síndrome varicosa em muitos pacientes.

Escleroterapia para varizes

A escleroterapia é um método de tratamento de varizes, baseado na administração intravenosa de drogas escleróticas que danificam a camada superficial interna das células do vaso, a flebite se desenvolve como resultado do qual a cicatriz do tecido conjuntivo ocorre no local do processo inflamatório, o que leva a um aumento no lúmen vascular.

A essência do procedimento:

  1. Preparação do paciente Na posição vertical do paciente, o marcador marca a projeção de varizes e o local da punção. Se as veias forem profundas, o procedimento é realizado usando a angioscopia por ultra-som.
  2. Punção da veia. O procedimento é realizado na posição horizontal. Usando uma seringa, uma punção é feita na veia no ponto alvo mais distante.
  3. Remoção de sangue. Com a ajuda de uma seringa, o sangue é removido da veia, para o melhor fluxo, a perna do paciente é levemente levantada.
  4. A introdução do medicamento na veia sem sangue. Com dois dedos, abaixo e acima do ponto de punção, a veia é espremida e a droga é administrada.
  5. Compressão elástica Após a administração do medicamento, o local da punção é pressionado com uma compressa de látex por 30 segundos, e então o curativo do membro é iniciado.

Após o procedimento, recomenda-se que o paciente caminhe por uma hora, na ausência de complicações, ele pode voltar para casa. Após 7 dias, um exame de acompanhamento é realizado, o efeito clínico do tratamento é avaliado e a questão de interromper a escleroterapia ou re-tratamento é decidida com base nos resultados do exame.

Além da escleroterapia tradicional, existem outros tipos de terapia flebosclerótica:

  1. Microscleroterapia – injeção intravenosa para eliminar veias de aranha nas pernas.
  2. Ecoscleroterapia – injeção intravenosa sob a supervisão de ultra-som.

Para realizar a escleroterapia usando drogas: "Thrombovar", "Fibro-Wayne", "Ethoxysclerol".

Recentemente, juntamente com soluções de injeção, foram utilizadas formas especiais de espuma de preparações de escleroterapia, através das quais é possível capturar uma seção maior da veia durante a injeção.

Ecosscleroterapia para varizes

Com veias não palpáveis ​​e difíceis de alcançar, a escleroterapia é realizada usando a ultra-sonografia. A técnica em si não é diferente da tradicional.

A ecoscleroterapia é um método confiável e seguro de escleroterapia. Utilizando este método, é possível obter um crescimento excessivo de cavidades nas veias safenas grandes e pequenas, com risco mínimo de complicações.

Indicações para o procedimento

Em vários pacientes, as varizes se desenvolvem em um contexto de insuficiência da válvula venosa e da presença de veias perfurantes insolventes, que são acompanhadas por um fluxo sanguíneo reverso (refluxo).

O tratamento esclerosante é contra-indicado para esses pacientes, pois é ineficaz e leva a uma série de complicações: tromboflebite, tromboembolismo pulmonar.

As indicações para a terapia flebosclerótica são:

  1. Veias safena e intradérmica dilatadas varicosas, sem complicações pelo retorno do fluxo sanguíneo.
  2. A presença de contra-indicações para cirurgia.
  3. Recaídas após tratamento cirúrgico na forma de nódulos separados.

Eficácia

O resultado da escleroterapia é uma fusão completa da veia. Quanto tempo as varizes desaparecem após a escleroterapia?

O primeiro efeito clínico após o procedimento é observado após 7-8 dias, leva muito tempo para formar uma cicatriz. No exame de controle após 2 meses, a condição da veia é avaliada para identificar a formação recorrente da cavidade.

Após o procedimento, o paciente não precisa de reabilitação, imediatamente após a escleroterapia, a pessoa volta à rotina habitual, sem restrições à atividade física e motora. A única condição é a compressão elástica 7 horas por dia, durante 8-XNUMX dias após as injeções de varizes nas pernas.

Conta-gotas para varizes das extremidades inferiores

O tratamento medicamentoso de varizes nos estágios iniciais é limitado à administração local e oral de flebotônicos. Por exemplo, injeções de varizes nas pernas, cujo preço está dentro de limites razoáveis.

Em alguns casos, de acordo com o testemunho do médico, podem ser prescritos conta-gotas para varizes com administração intravenosa dos seguintes grupos de medicamentos:

  1. Desagregadores de plaquetas – Pentoxifylline, Trental, Reopoliglyukin. Diluir o sangue, no caso de uma alta probabilidade de formação de trombose no paciente.
  2. Trombolíticos – "Uroquinase", "Streptokinase", "Adubar". Com coágulos de sangue existentes, para dissolvê-los.
  3. A droga PGE1 – "Vazaprostan". Nas formas severas de varizes para diluir o sangue, melhorar a microcirculação, prevenir o processo inflamatório e a trombose.
  4. Produtos derivados de sangue – Actovegin, Solcoseryl. Com lesões vasculares e varizes para melhorar a microcirculação, a regeneração do tecido.

Nem todo paciente com varizes precisa de uma infusão intravenosa. Muitos desses medicamentos estão disponíveis em comprimidos orais. Para aumentar o efeito terapêutico, o médico pode prescrever medicamentos para gotejamento em alguns pacientes.

Contra-indicações

Nas varizes, a escleroterapia tem algumas contra-indicações. O tratamento flebosclerótico é contraindicado em pacientes com varizes complicadas por um fluxo reverso de sangue através de veias superficiais, perfurantes ou profundas.

É proibido realizar escleroterapia e ecosscleroterapia nas seguintes condições:

  • inflamação da parede vascular (flebite);
  • trombose e flebotrombose nas veias profundas;
  • embolia pulmonar.

Os procedimentos são contra-indicados em mulheres durante a gravidez e em nutrizes.

O preço do procedimento na Rússia

Então, ecoscleroterapia de varizes, preço. Os preços médios da escleroterapia na Rússia são significativamente diferentes.

Nas regiões com centros cirúrgicos especializados municipais, o custo do procedimento é de ordem de magnitude inferior ao das cidades onde não existem, e o tratamento é possível apenas em clínicas particulares.

O custo de um procedimento de escleroterapia depende de sua complexidade:

  • 1 categoria (1 segmento anatômico sem eco) – de 3000 a 6000 rublos;
  • 2 categorias (2 segmentos + ECHO) – de 5000 a 10000 rublos;
  • 3 categorias (3 segmentos + suporte de ultra-som) de 7000 a 20000 rublos.

Apesar da simplicidade e segurança da técnica para realizar o tratamento da flebosclerose, o procedimento não exclui o desenvolvimento de possíveis complicações que podem ser iniciadas durante o uso dos medicamentos (reações locais: alergias, edema, urticária e sistêmica: tonturas, taquicardia) e algum tempo após o tratamento – tromboflebite necrose da pele.

As razões para o desenvolvimento de complicações são, na maioria das vezes, erros técnicos durante a injeção, que dependem do flebologista. Portanto, o médico que realiza o procedimento deve ser altamente qualificado.

A escleroterapia trata varizes, mas, para excluir erros durante a escleroterapia, além do médico, uma equipe de enfermagem treinada deve estar presente – um assistente ou um enfermeiro que desempenhe funções auxiliares (forneça compressão contínua).

Vídeo útil

Escleroterapia – tratamento de varizes sem cirurgia:

Os melhores medicamentos para o tratamento de varizes nas pernas

O tratamento de varizes deve ser iniciado o mais rápido possível, para que a doença não entre no estágio crônico, o que pode causar muitas complicações. Vários medicamentos para varizes podem aliviar a condição do paciente, reduzir a dor, o inchaço, melhorar a circulação sanguínea, fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos. Neste artigo, falaremos sobre os medicamentos mais populares usados ​​para tratar esta doença.

Nanovein  Sintomas de varizes (2)

Tratamento medicamentoso

Existem muitas maneiras de tratar varizes dos membros inferiores. Muitas vezes, prescrevia um medicamento que ajuda nas varizes, na forma de comprimidos e cápsulas. Abaixo, informaremos quais dispositivos médicos são mais prescritos e eficazes.

Anticoagulantes

Anticoagulantes são drogas eficazes para varizes das extremidades inferiores. Sua ação visa prevenir a formação de trombose devido a uma diminuição da coagulação sanguínea. As instalações médicas deste grupo são bastante diversas, estão disponíveis na forma de injeções, comprimidos.

No entanto, os anticoagulantes não podem ser tomados sozinhos, pois podem causar sangramentos difíceis de parar. Além disso, apenas um médico poderá escolher o remédio necessário com base na personalidade do corpo, uma vez que os anticoagulantes têm cerca de cem drogas diferentes.

Os anticoagulantes de ação direta afetam diretamente a coagulabilidade do sangue, interrompendo os coágulos sanguíneos. Os produtos médicos deste tipo incluem medicamentos à base de heparina. Eles estão disponíveis na forma de pomadas, géis, soluções injetáveis.

As injeções de varizes são administradas por via intramuscular, subcutânea, intravenosa e têm um efeito rápido, mas não prolongado.

O tratamento local de varizes à base de heparina é possível usando as seguintes pomadas, que eliminam a sensação de peso, aliviam o inchaço e reduzem a dor:

Anticoagulantes indiretos

Anticoagulantes indiretos durante o tratamento de veias das extremidades inferiores reduzem a produção de proteínas, dificultam a trombose. Os dispositivos médicos mais utilizados:

  1. A varfarina é o melhor remédio desse grupo até o momento, disponível em comprimidos.
  2. A fenilina tem um efeito menos pronunciado que a varfarina.
  3. Neodicumarina.

Os anticoagulantes indiretos são usados ​​sob a supervisão estrita de um exame de sangue e urina para evitar distúrbios hemorrágicos e sangramentos graves.

Os anticoagulantes são contra-indicados nas seguintes condições:

  • erosão do trato gastrointestinal;
  • insuficiência renal;
  • com falta de vitamina K e C;
  • distúrbios sanguíneos;
  • durante a gravidez;
  • com lesões cerebrais;
  • cirrose, hepatite, insuficiência hepática.

Injeções contra varizes das extremidades inferiores

Estes são produtos médicos de nova geração que agem com rapidez suficiente, mas mantêm o efeito terapêutico por mais tempo. Os melhores remédios para varizes das pernas:

Recentemente, li um artigo que fala sobre o creme natural “Bee Spas Chestnut” para o tratamento de varizes e limpeza de vasos sanguíneos de coágulos sanguíneos. Com este creme, você SEMPRE poderá curar a VARICOSE, eliminar a dor, melhorar a circulação sanguínea, aumentar o tônus ​​das veias, restaurar rapidamente as paredes dos vasos sanguíneos, limpar e restaurar varizes em casa.

Eu não estava acostumado a confiar em nenhuma informação, mas decidi verificar e encomendar um pacote. Notei as mudanças em uma semana: a dor desapareceu, as pernas pararam de "zumbir" e inchar e, após duas semanas, os cones venosos começaram a diminuir. Experimente e você, e se alguém estiver interessado, clique no link para o artigo abaixo.

  1. Dalteparina. Disponível na forma de uma solução injectável, tem efeito anti-inflamatório. O medicamento é administrado exclusivamente por via subcutânea ou intravenosa, sendo proibida a administração intramuscular.
  2. Enoxaparina. É injetado subcutaneamente na região abdominal, o efeito máximo ocorre após 3 horas a partir do momento em que a substância ativa entra no corpo.
  3. Nadroparin. Na maioria das vezes, eles são injetados subcutaneamente no tecido do abdômen. Raramente é possível administrar por via intravenosa, apenas sob a supervisão do nível de coagulabilidade do sangue.

Venotonics

O tratamento medicamentoso das veias inflamadas das pernas não é possível sem os venotônicos, que aumentam o tônus ​​vascular, restauram impulsos nervosos nas pernas, aumentam a elasticidade vascular, eliminam convulsões e aliviam a dor. Abaixo listamos quais venotônicos são os mais prescritos:

  1. Detralex Um medicamento que ajuda nas varizes das pernas, tonifica perfeitamente os vasos sanguíneos, graças ao seu uso, eles se tornam mais plásticos. Recomenda-se tomar 2 comprimidos por dia.
  2. Antistax Cápsulas contra a insuficiência venosa das pernas, fortalecem as paredes dos vasos sanguíneos. Feito a partir de folhas de uva secas. Geralmente são prescritas 2 cápsulas. Para o melhor efeito, você pode tomá-lo simultaneamente com o gel.
  3. Phlebodia 600. É usado contra os sintomas de insuficiência venosa linfática das pernas. Elimine a sensação de peso, reduz a dor, inchaço nas pernas.
  4. Venoruton. Atribuir nos estágios crônicos da doença das veias das pernas. Protege perfeitamente os vasos sanguíneos, nutre-os com oxigênio, aumenta a elasticidade. Normalmente, uma cápsula é prescrita três vezes. É possível usar simultaneamente com um gel que alivia a dor e o inchaço das pernas.
  5. Aescusan. Feito de castanha da Índia. Este produto médico possui 6 formas de liberação, as de ação mais rápida são as gotas. Aescusan normaliza as paredes das veias, devido ao processo natural de produção de hormônios pelas glândulas supra-renais, que melhora a transmissão de impulsos, reduz a formação de placas nos vasos das pernas.

Drogas para emagrecer

O afinamento medicamentoso do sangue é a chave para o sucesso terapêutico no tratamento de varizes das pernas. Obviamente, eles não tratam varizes, mas evitam suas complicações, bloqueio dos vasos sanguíneos. Na maioria das vezes, os médicos prescrevem:

Aspirina Frequentemente prescrito para varizes das pernas. Este medicamento "dilui perfeitamente o sangue", o torna menos viscoso, reduzindo assim o risco de trombose. A aspirina é prescrita 14 comprimidos diariamente pela manhã.

Compressas de aspirina podem ser usadas contra trombose, pois esses 10 comprimidos devem ser preenchidos com 1 colher de sopa. vodka e insista por 48 horas. Depois disso, com a infusão resultante, faça compressas à noite.

  • Carrilhões. Melhora o fluxo sanguíneo venoso nas pernas, usado como profilaxia da trombose e suas complicações. Geralmente prescrito 3 vezes ao dia.
  • Ascorutina. Baseado em ácido ascórbico e rotina. Este medicamento não apenas reabastece o corpo com vitaminas, mas também reduz sua fragilidade, torna o sangue menos viscoso e denso.
  • Medicamentos anti-inflamatórios

    Medicamentos desenvolvidos contra processos inflamatórios não são tomados continuamente; são utilizados em cursos, cerca de 2 vezes por ano.

    No entanto, eles devem estar sempre à mão, pois não se sabe quando o processo inflamatório ocorrerá. Medicamentos recomendados para varizes:

    Para o tratamento de VARICOSE e limpeza de vasos sanguíneos de coágulos sanguíneos, Elena Malysheva recomenda um novo método baseado em Creme de Varizes. Consiste em 8 plantas medicinais úteis, extremamente eficazes no tratamento da VARICOSE. Neste caso, apenas componentes naturais são usados, sem química e hormônios!

    1. Diclofenaco. Atribua 1 comprimido três vezes. Este medicamento não só alivia a inflamação, mas também reduz a dor, o pequeno inchaço.
    2. Indometacina. É tomado três vezes, alivia perfeitamente a inflamação.

    Medicamentos antiplaquetários

    Infelizmente, com varizes, ocorre frequentemente a adesão plaquetária. Esta é uma condição bastante perigosa em que a trombose ocorre, geralmente levando à morte. Para evitar esse fenômeno, se necessário, os seguintes medicamentos são prescritos:

    1. Doxium. Reduz a viscosidade do sangue, aumenta o tônus ​​vascular.
    2. Eu entendi. Reduz a adesão das células sanguíneas, fortalece as paredes e dilata os vasos estreitados.

    Muitos de nossos leitores para o tratamento de VARICOSE aplicam ativamente o conhecido método baseado em ingredientes naturais, descoberto por Elena Malysheva. Recomendamos que você se familiarize com isso.

    Conta-gotas contra varizes

    Em casos graves da doença, os médicos prescrevem um gotejamento de medicamentos. Isso geralmente é:

    1. Trental. Reduz a coagulação das plaquetas, o sangue se torna não tão viscoso, mais viscoso. Graças à substância ativa, o lúmen das paredes dos vasos aumenta, o risco de trombose diminui e a nutrição dos tecidos melhora.
    2. Actovegin. A administração de gota contra a insuficiência venosa crônica é geralmente recomendada. Alivia rapidamente a dor, inchaço nas pernas, melhora a circulação sanguínea, normaliza o estado das paredes dos vasos sanguíneos.

    Patch varicoso

    Até o momento, um adesivo varicoso é amplamente utilizado. Durante o tratamento com esta ferramenta, você precisa entender que este não é um medicamento específico, mas apenas uma forma de aplicação da substância ativa. O adesivo para varizes envolve apenas a aplicação de um medicamento específico.

    A sua eficácia baseia-se no facto de a substância activa estar localizada na superfície da pele durante muito tempo, proporcionando assim o efeito do medicamento recomendado para as varizes.

    Se o paciente decidiu usar adesivos contra varizes nas pernas, ele deve entender qual substância ativa está incluída em sua composição. É melhor consultar um médico antes de iniciar o tratamento para não causar danos à saúde. Quais são os adesivos contra varizes nas pernas, listamos abaixo:

    1. Vasoplast. Consiste em pó magnético. Esta ferramenta tem um efeito analgésico e anti-inflamatório.
    2. Patch chinês. Consiste em ervas medicinais e raízes usadas na medicina tradicional tibetana e chinesa.

    É impossível usar remendo de pimenta durante o tratamento de varizes nas pernas, pois isso apenas agrava a situação.

    Até o momento, existem muitos medicamentos eficazes para varizes, aliviam a inflamação venosa nas pernas e reduzem o risco de complicações. No entanto, seu uso deve ser rigorosamente controlado por um médico.

    Lagranmasade Portugal