Como tratar varizes durante a gravidez

Olá queridos leitores deste blog. Se você deseja obter o máximo de informações possível sobre um problema como as varizes das pernas durante a gravidez: o que fazer e como evitar o agravamento da situação, chegou ao endereço. Quero dizer imediatamente que a patologia venosa está principalmente associada ao mau funcionamento das válvulas unidirecionais dos vasos sanguíneos, o que leva ao aglomerado de sangue nelas, que estica as paredes das veias, faz com que inchem, enrolem e se projetem. Você pode ver esses vasos sob a pele apenas quando eles se tornam grandes o suficiente.

Conteúdo:

Normalmente, as varizes durante a gravidez são tratadas com métodos conservadores, mas é melhor não iniciar a situação e executar a prevenção. Os médicos geralmente prescrevem terapia de compressão e medicamentos flebotrópicos para pacientes com preservação da observação dinâmica para uma avaliação objetiva da condição. Vamos falar sobre isso com mais detalhes?

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Por que a patologia surge

Durante o período de transporte do bebê, as causas do problema podem estar no seguinte:

  1. No corpo recebendo mais sangue durante todo o período de gestação do estômago, do que o habitual. Isso é necessário para ajudar seu bebê a se desenvolver.
  2. Ao pressionar o útero com o feto, ele cresce e bloqueia parcialmente a veia envolvida no retorno do sangue das pernas para o coração.
  3. Amolecendo as paredes dos vasos sanguíneos com hormônios, o que complica seu trabalho.

Processos adversos resultam em sintomas como cãibras, dor, peso nas pernas, sensação de latejamento ou calor. Obviamente, algumas mulheres não percebem nenhuma sensação desagradável, tendo varizes durante a gravidez. No entanto, isso é extremamente raro. Quando os primeiros sintomas aparecem, os médicos recomendam procurar imediatamente ajuda médica, mesmo que pela manhã você ache que a condição melhorou devido ao fato de estar mentindo e a pressão nas veias ter diminuído.

Os principais métodos de tratamento

Não confie no fato de que as varizes durante a gravidez são um fenômeno temporário e após o nascimento do bebê, o estado dos vasos retornará ao normal. Ignorar o problema ou a automedicação não ajudará. Os remédios amplamente divulgados para varizes na forma de cremes e pomadas ajudam apenas no estágio "cosmético" inicial. Obviamente, o tratamento deve começar o mais cedo possível, mas um médico deve prescrevê-lo.

Lista de Medicamentos

A lista de medicamentos aprovados para uso durante o período de gestação é muito pequena. Esta lista inclui comprimidos – Detralex (representante da homeopatia), Venoruton (contra-indicado no primeiro trimestre, mas permitido após o nascimento do bebê e durante a amamentação) Phlebodia, Ginkor Fort e outros, além de pomadas e géis – Hepatrombin, Troxevasin, Lyoton, Fastum, Pomada de heparina e similares.

Nanovein  Linho de varizes

O tratamento sintomático de varizes, a fim de aliviar a dor e eliminar a sensação de fadiga nas pernas, é realizado com géis com efeito refrescante. Quando a pergunta é: o que é espalhar varizes para aumentar a saída venosa, é utilizado o gel Fastum ou Lyoton 1000. Para combater o edema, recomenda-se Troxevasin durante a gravidez a partir de varizes. Nesse caso, o gel pode ser aplicado sob roupas íntimas de compressão. A pomada de heparina para varizes durante a gravidez é usada como anti-inflamatório e diluente do sangue.

Dos comprimidos, os médicos geralmente prescrevem Detralex para varizes. Ao tomá-lo, você pode ficar absolutamente calmo, pois há evidências experimentais de que este medicamento não possui propriedades teratogênicas (não viola o desenvolvimento embrionário). No entanto, devido à falta de dados sobre a alocação de derivados do medicamento no leite materno, com a lactação é melhor abandonar o Detralex. Os remédios mais seguros para varizes são cremes, géis, pomadas que contêm substâncias que melhoram a circulação sanguínea, aumentam o tônus ​​das paredes das veias, aliviam o inchaço, a dor e a sensação de peso.

Novas regras diárias

O chamado "tratamento postural" também dá um bom resultado. Para aliviar a condição quando há expansão varicosa durante a gravidez, a localização das pernas ligeiramente acima da borda do coração ajudará (você deve mentir). Para fazer isso, a borda do colchão na área das pernas, usando um rolo ou uma almofada regular, deve ser elevada em 15 a 20 cm.

Os exercícios de fisioterapia também ajudam as futuras mães que têm varizes nas pernas. Fazer exercícios terapêuticos para varizes deve ser duas vezes por dia. Depois disso, por 5-7 minutos, faça uma auto-massagem na superfície das pernas. Essa manipulação deve ser realizada com movimentos suaves, acariciando e esfregando. Sem afetar a área de dano visível. É melhor envolver um cônjuge nesse procedimento agradável))

Roupa interior de compressão

Quando a pergunta é resolvida: como tratar varizes durante a gravidez, é importante não esquecer uma adição à terapia como usar roupas de compressão – meia, meia-calça. Esses produtos devem ser usados ​​durante todo o período de nascimento do bebê e no período pós-parto de 6 a 8 semanas. Você deve saber que as meias das varizes durante a gravidez diferem em seu nível de compressão. Portanto, quando você escolhe roupas íntimas de compressão, por exemplo, calças justas para varizes, preste atenção a esse parâmetro e, melhor ainda, confie isso a um profissional que selecionará a taxa de compressão ideal para você de acordo com as medidas apropriadas.

Uso de remédios populares

Às vezes, as futuras mães tentam usar remédios populares para combater a expansão das veias superficiais; no entanto, isso não é recomendado sem consultar um médico. Ao carregar um bebê, algumas ervas são contra-indicadas, outras podem causar alergias. É melhor usar plantas para prevenir varizes durante a gravidez, como loções, bem como para banhos ou compressas. A salsa é bem adequada para esses fins (cozinhe um punhado por 5 minutos e use para massagem), vinagre de maçã, que é esfregado na pele, e também flores de calêndula (umedecidas com um pano em uma decocção e aplicadas à área afetada) diluídas na proporção de um para um.

Nanovein  Estágio de varizes das extremidades inferiores foto, descrição e tratamento

Procedimentos cirúrgicos

Como parte de nosso tópico sobre como tratar o aumento superficial das veias, gostaria de observar que os métodos cirúrgicos de tratamento durante o período de nascimento do bebê são utilizados como último recurso. As indicações para a cirurgia são uma úlcera trófica intratável ou tromboflebite ascendente pronunciada, que se espalha rapidamente. Recomenda-se que a operação seja realizada até o sexto mês de gestação. Os cirurgiões geralmente escolhem um método como escleroterapia ou ablação por radiofreqüência. Após o nascimento do bebê, um plano de tratamento adicional é desenvolvido. Se a operação foi realizada, após 2-3 meses, é recomendável usar roupas de compressão e fazer exercícios para as pernas.

Medidas preventivas

Uma das melhores maneiras de superar as varizes durante a gravidez é a prevenção. É necessário restringir o desenvolvimento da patologia em duas direções – para reduzir a carga nas pernas e melhorar a circulação sanguínea. Por via de regra, a prevenção de varizes durante a gravidez envolve dieta, nomeadamente a rejeição de alimentos gordurosos, fritos, condimentados e defumados. É suficiente fazer exercícios físicos todos os dias por apenas 5 minutos para evitar varizes das extremidades inferiores. Fácil, não é?

Você também pode prevenir varizes durante a gravidez seguindo estas regras simples:

  • observar o modo motor ativo;
  • durma do seu lado esquerdo;
  • usar sapatos de salto alto com uma altura não superior a 4 cm;
  • tome um banho de contraste diariamente;
  • usar meias de compressão;
  • acompanhar a nutrição e o peso;
  • faça exercícios venosos.

Sobre como prevenir varizes durante a gravidez é melhor do que o resto, informará um médico que precisa ser visitado regularmente, especialmente se houver casos dessa doença na família.

Parto no fundo da patologia

Se não houver suspeita da presença de coágulos sanguíneos, o parto natural é permitido por um médico. A resposta para a questão de saber se as varizes são perigosas é que, durante o parto, a pressão intra-abdominal aumenta significativamente e existe o risco de separação de coágulos sanguíneos. Além disso, a própria patologia corre o risco de desenvolver complicações graves – tromboflebite, sangramento e úlceras venosas, que ameaçam a vida da futura mãe e feto. Se uma mulher não só teve varizes durante a gravidez, mas também teve doenças cardíacas ou doenças crônicas associadas à insuficiência circulatória, o médico prescreve uma cesariana.

Quando não há contra-indicações, você pode dar à luz em meias de compressão.

Antes de dizer adeus, quero lhe dizer, se você está se perguntando se as varizes passam após a gravidez, a resposta será sim. Você pode perceber as primeiras melhorias após 4 semanas após o nascimento do bebê e, finalmente, o problema será resolvido após 3-4 meses. Somente em casos difíceis uma situação desagradável pode se prolongar por até um ano. O principal é não perder a calma, e você ficará bem. Até breve, meus queridos! Gravidez sem complicações e entrega fácil!

Lagranmasade Portugal