Como curar varizes em casa (2)

Varizes (ou varizes) nas pernas – uma doença bastante comum. Suas vítimas são mulheres de 30 a 60 anos, principalmente se sofrem de diabetes mellitus ou estão acima do peso e têm problemas de postura. Além disso, as pessoas cujo trabalho as obriga a permanecer em pé ou sentadas por muito tempo sofrem de varizes. Infelizmente, o número de casos aumenta a cada ano. É por isso que é importante saber não apenas como curar varizes nas pernas, mas também como evitá-lo.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

razões

O tratamento de varizes deve ser principalmente para eliminar a causa imediata de sua ocorrência. A seguir, são os mais comuns na vida cotidiana:

  • Estar em posição vertical ou sentada por um longo tempo;
  • Excesso de peso (obesidade);
  • Aumento da pressão nas veias das extremidades inferiores devido a altas cargas com constipação, levantamento de peso e gravidez;
  • Ausência congênita ou pós-traumática de válvulas venosas nos vasos das extremidades inferiores.

É possível curar varizes nas pernas somente depois de se livrar de todos os fatores acima. Caso contrário, a recaída da doença não pode ser evitada.

Sintomas

Um dos sinais mais importantes das varizes é o aparecimento de protrusões e inchaço nodular ao longo das veias das extremidades inferiores. Muitas vezes, isso é acompanhado por fortes dores e peso nas pernas, uma sensação de queimação desagradável pode se juntar. Em casos graves, podem ocorrer cãibras episódicas nas pernas e inchaço, que geralmente ocorrem mais tarde. Uma característica das veias varicosas é o gradual aperto e escurecimento da pele na perna.

Na ausência de tratamento, as paredes dos vasos afetados ficam inflamadas e obstruídas com vários coágulos sanguíneos. Com o tempo, úlceras podem aparecer na pele. Na grande maioria dos casos, esse desenvolvimento de eventos leva a doenças bastante formidáveis, por exemplo, tromboflebite ou trombose.

Nanovein  Prevenção de varizes após cirurgia venosa

Em que situação devo consultar um médico?

As varizes se desenvolvem gradualmente, mas às vezes progridem rapidamente – nesses casos, você não pode demorar para ir ao médico. Os seguintes sintomas são característicos do curso agudo da doença:

  • Uma dor aguda que atinge tanta força que uma pessoa não pode se mover de forma independente. Isto é acompanhado por uma sensação de calor e aperto da pele nas pernas;
  • Falta de ar, sensação de fraqueza e falta de ar;
  • Sangramento localizado nas imediações dos vasos venosos afetados ou deles.

diagnósticos

Quando os primeiros sinais de varizes aparecerem, você deve procurar ajuda do seu médico. Como regra, após a realização de exames padrão (exame, histórico, OAA, OAM), ele encaminha esses pacientes a um especialista em doença vascular (flebologista) ou imediatamente a um cirurgião vascular.

Além das principais medidas de diagnóstico, elas podem ser atribuídas:

  • Ultrassom de veias (digitalização duplex);
  • Venografia com contraste.

tratamento

Hoje, não há cura para varizes que dariam um resultado de 100%. O tratamento deve ser realizado de forma abrangente, usando técnicas cirúrgicas e terapêuticas.

Tratamento conservador

Combater varizes nas pernas com a ajuda de métodos conservadores só é possível nos casos em que os sintomas estão começando a aparecer e não há necessidade de falar sobre possíveis complicações. Os principais componentes deste tratamento são:

  • Diet
  • Um conjunto de exercícios especiais;
  • Terapia de compressão;
  • Terapia medicamentosa.

Dieta

Como mencionado anteriormente, principalmente as pessoas que têm excesso de peso corporal são afetadas por varizes. Nesse sentido, uma das condições para o sucesso do tratamento, é claro, é a observância de uma dieta adequada, destinada a eliminar quilos extras. Existem muitas variações na composição da dieta diária, no entanto, nenhuma delas deve ser respeitada sem consulta prévia com um nutricionista.

Como regra, essas dietas envolvem a rejeição de qualquer doce, bem como dos alimentos que contêm uma grande quantidade de fibra de origem vegetal.

Treinamento físico

Uma excelente cura para varizes nas pernas é a fisioterapia. Existem vários exercícios especiais que podem retardar significativamente a progressão da doença e, às vezes, se livrar completamente dela. Além disso, não se esqueça de passeios ao ar livre (manhã e noite) e natação.

Importante! Com varizes, você precisa evitar visitar a sauna, o banho, não tomar banho muito quente e não subir as pernas. Isso se deve ao fato de que, com esses procedimentos, o fluxo sanguíneo para as extremidades aumenta significativamente, onde já é observada estagnação nas varizes.

Terapia de compressão

O tratamento de varizes em casa implica o uso de malhas especiais na forma de golfe, meias e collants, além de bandagens elásticas de vários comprimentos. Como regra, os médicos recomendam usá-los o dia todo e tirá-los antes da hora de dormir.

Nanovein  Flebectomia - cirurgia para remover varizes nas pernas

Assim, é possível aumentar significativamente o tônus ​​das veias e melhorar o fluxo sanguíneo nas pernas. E isso, por sua vez, ajuda a eliminar os sintomas da doença. Também é uma massagem nos pés muito útil para varizes, que deve ser realizada por um especialista.

Terapia de medicação

Hoje, o mercado farmacêutico é um medicamento amplamente representado para o tratamento desta doença. Além disso, juntamente com as formas dos comprimidos, também são utilizados gel, pomada e creme para os pés para varizes. Todos eles podem reduzir significativamente a taxa de progressão da doença e até impedir o desenvolvimento de algumas complicações.

No entanto, não devemos esquecer que qualquer medicamento deve ser usado apenas conforme indicado por um médico. De fato, quase todos eles têm algumas contra-indicações, e o uso inadequado pode levar a situações imprevistas.

Na maioria das vezes, com varizes das extremidades inferiores, os médicos prescrevem medicamentos dos seguintes grupos:

  • Medicamentos anti-inflamatórios (Diclofenac, Aciclofenac, Aertal);
  • Venotônicos – medicamentos que aumentam o tônus ​​das veias e melhoram o fluxo venoso (Venitan, Antistax, Phlebodia e Detralex);
  • Medicamentos destinados a reduzir a viscosidade do sangue e prevenir a trombose (Venolife, Trental, Curantil, etc.).

O tratamento cirúrgico

A cirurgia é o método mais radical usado em situações em que todos os métodos alternativos de controle não dão nenhum resultado positivo.

A operação mais comum, durante a qual são feitas pequenas incisões na pele e através delas a remoção das áreas afetadas das veias. Após a cirurgia, as pernas estão bem enfaixadas. Depois de algumas horas, os pacientes já podem se mover de forma independente.

Atualmente, uma técnica está se tornando mais difundida, na qual as veias patologicamente alteradas são removidas com um laser. Tal operação é menos traumática, mas a recaída da doença é frequentemente observada após ela.

Prevenção

Sem dúvida, como a maioria das doenças modernas, as varizes são mais fáceis de prevenir do que de tratar. É por isso que os médicos recomendam iniciar a prevenção desta doença desde tenra idade. Para fazer isso, faça o seguinte:

  • Participar ativamente de esportes;
  • Durante o trabalho em pé, você precisa fazer pausas periodicamente (se assemelham aos dedos dos pés e depois aos calcanhares);
  • Após o exercício, você precisa tomar um banho frio;
  • Durante a gravidez, especialmente nas fases posteriores, camisas especiais devem ser usadas.
Lagranmasade Portugal