Cirurgia de varizes para remover os vasos afetados e suas conseqüências

As varizes afetam um grande número de pessoas. Na maioria das vezes, esta doença afeta os membros inferiores. Durante todo o período de desenvolvimento da doença, muitos métodos de combate à doença foram estudados. Mas a principal maneira de resolver esse problema é a cirurgia para varizes.

Muitas pessoas pensam que esse método é usado apenas em condições muito avançadas do paciente, mas não é assim. Para os fins da operação, são realizadas muitas pesquisas, analisadas as dinâmicas do desenvolvimento da doença, todas as contra-indicações, os tratamentos tomados em consideração e, somente depois, o tratamento cirúrgico das varizes.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Indicações para intervenção cirúrgica

Para que o médico conclua que a cirurgia é necessária, certas indicações devem estar presentes. Estes incluem:

  • Existem violações da saída de sangue: inchaço, sensação de peso nas extremidades inferiores.
  • Em pé, a estase de sangue é formada.
  • A presença de varicotromboflebite.
  • O desenvolvimento de extensas varizes.
  • Fadiga crônica das extremidades inferiores.
  • A formação de úlceras tróficas.
  • Veias inchadas e grossas visualmente visíveis.
  • A presença de doenças patológicas das veias safenas.

É impossível determinar independentemente se uma operação é necessária para varizes. Esse problema deve ser resolvido apenas por um especialista experiente. O médico assistente deve examinar cuidadosamente a presença dessas indicações e só então tomar uma decisão. Se, por qualquer motivo, o médico não estiver ciente da presença de pelo menos uma das indicações, o paciente deve relatar as informações disponíveis sobre esse assunto.

Nanovein  Pincel vermelho para infertilidade as melhores receitas para decocções e tinturas

Contra-indicação de flebectomia

Para iniciar o tratamento cirúrgico das varizes, além das indicações, é necessário estudar cuidadosamente e contra-indicações. Estes incluem:

  • Os estágios avançados das varizes.
  • Gravidez
  • Amamentação
  • A presença de doenças infecciosas graves.
  • A presença de inflamação no local da operação.
  • Doença cardíaca isquêmica.
  • Idade.
  • Hipertensão.

Verificar a presença de contra-indicações no paciente é um ponto integral antes da operação para remover varizes.

Preparação para cirurgia

O procedimento de operação não é apenas um conjunto de ações específicas executadas pelo cirurgião, mas também certas regras que o paciente deve observar. Para fazer isso, basta seguir algumas regras simples, algumas das quais precisam ser feitas imediatamente antes da operação de varizes nas pernas:

  • Precisa tomar um banho.
  • É necessário raspar a zona de intervenção futura.
  • Inspecione a pele das extremidades inferiores: doenças purulentas não devem estar presentes nela.
  • Executando manipulações abaixo da anestesia geral, é necessário pôr um enema.
  • O paciente deve ter roupas e sapatos soltos.
  • É importante informar o médico sobre o uso de medicamentos, se houver.
  • Relate uma alergia a certas substâncias.

Depois de cumprir os requisitos de preparação para o procedimento, você pode começar a operar em varizes.

Características da flebectomia

Antes de prosseguir com a cirurgia, são marcados os principais troncos venosos, tributários e veias perfurantes. Idealmente, esse procedimento deve ser realizado sob a supervisão de uma ultra-sonografia.

Como a cirurgia de varizes? Na primeira etapa da intervenção cirúrgica, o tronco principal da veia safena é interceptado e ligado no local onde flui para os ramos adicionais do fêmur.

Para remover uma grande veia safena, é utilizada uma sonda inserida na virilha ou no tornozelo medial. O pequeno também é eliminado pelo mesmo método, mas a partir de pequenas incisões na fossa poplítea.

Se for necessário remover vasos muito complicados ou suas seções, são feitas as incisões necessárias, cujo comprimento é de 1 cm. É imperativo enfaixar as veias perfurantes insolventes, geralmente localizadas na superfície interna da perna.

A cirurgia para remover varizes só deve ser realizada por um médico experiente! Caso contrário, há uma alta probabilidade de desenvolver complicações após a cirurgia. Em circunstâncias desfavoráveis, isso pode ser fatal.

Antes de concordar com uma operação, não será supérfluo descobrir as qualificações do médico e verificar seus documentos de autorização. Alguns médicos os fornecem eles mesmos, sem esperar que o paciente faça tal solicitação.

Após a operação de varizes, é necessário dar uma posição elevada ao membro inferior. Após um dia, o paciente pode começar a andar gradualmente e, após 2-3 dias, recebe alta para tratamento ambulatorial. Além disso, ele deve estar sob a supervisão de um cirurgião.

Nanovein  Ginástica e exercícios para varizes

A remoção das suturas é realizada após 6-8 dias. Após a cirurgia, o médico aconselhará o uso de compressão elástica por 8 a 12 semanas. 92% das pessoas com varizes tornam-se saudáveis ​​após a cirurgia.

A taxa de mortalidade não é superior a 0.02%. As complicações se desenvolvem com pouca frequência e, se o fizerem, são representadas pela diminuição da cicatrização. Na rede, você pode encontrar um vídeo da operação de varizes nas pernas.

Consequências e complicações

Dentro de um dia após a operação, pode ocorrer sangramento de feridas, com alta probabilidade de contusões. Hemorragias menores geralmente são desencadeadas por pequenos vasos subcutâneos que não curativos durante a cirurgia. Os hematomas desaparecem após 6 a 10 dias e não têm consequências sérias.

Na maioria dos casos, as complicações não ocorrem e a recuperação vai bem. No entanto, em situações raras, as consequências da cirurgia de varizes estão presentes.

Às vezes, a trombose venosa profunda pode causar tromboembolismo. Para evitar a formação de coágulos sanguíneos, é necessário, no primeiro dia após a flebectomia, sair da cama e andar um pouco, realizar terapia de compressão.

Infelizmente, a recidiva é possível após uma flebectomia bem-sucedida. Para evitar isso, é realizada a profilaxia de varizes após a cirurgia. Consiste em hidroprocedimentos, massagem, ginástica.

Graças à prevenção, o fluxo venoso é normalizado e o aparecimento de novos coágulos sanguíneos é impedido. Por vários meses, você deve tomar medicamentos especiais que seu médico prescreverá.

A intervenção cirúrgica é o método mais eficaz de combate às varizes. Mas a seleção de um especialista e da clínica deve ser abordada com cuidado. Lembre-se: apenas seguir as instruções do médico completamente ajudará a se livrar das varizes de uma vez por todas!

Lagranmasade Portugal