Causas, sintomas e tratamento de varizes em homens nas pernas

Segundo as estatísticas, varizes nas pernas do sexo forte são aproximadamente 3 vezes menos comuns do que nas mulheres. No entanto, todos são afetados por esta doença, incluindo os homens.

Segundo flebologistas e cirurgiões vasculares, não há diferenças fundamentais entre varizes em homens e mulheres, mas, infelizmente, os primeiros buscam ajuda muito mais tarde, quando a doença se desenvolve e é muito pior tratável. O artigo discutirá as características do curso da doença nos homens, bem como os métodos para combatê-la.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O efeito da hereditariedade e maus hábitos no desenvolvimento de varizes

Antes de tudo, vale a pena entender que as varizes ou varizes na prática médica são chamadas patologia, acompanhadas de deformação dos vasos venosos. Ao mesmo tempo, os últimos se expandem, esticam, suas paredes ficam mais finas e o sistema de válvulas deixa de lidar com suas funções. As consequências da progressão do processo patológico são as seguintes:

  • A estagnação do sangue nas veias, respectivamente, aumentou a pressão venosa.
  • A violação da circulação sanguínea é acompanhada por uma deterioração na saída da linfa.
  • Aparecem nódulos vasculares, também chamados de "estrelas" vasculares.
  • Rupturas vasculares e aparecimento de hematomas.
  • A ocorrência de úlceras tróficas.
  • Aumento do risco de trombofilia.

Varizes masculinas

Estudando a etiologia das varizes, os médicos concluíram que a doença provavelmente se desenvolve devido a uma predisposição genética. No entanto, o fator hereditário não está relacionado às varizes, é uma predisposição à fraqueza do sistema valvar, pelo que as válvulas venosas enfraquecem e se desgastam mais rapidamente. Esse processo é a causa da violação da circulação sanguínea no leito vascular e, como resultado, o desenvolvimento de estagnação, deformação das veias, ou seja, varizes.

Além disso, maus hábitos desempenham um papel importante na história dos pacientes, tabagismo e álcool estão em primeiro lugar na lista. O abuso de produtos de tabaco e álcool afeta negativamente o funcionamento do sistema cardiovascular, bem como a condição dos vasos sanguíneos e até a composição do sangue. Novamente, voltando-se para estatísticas severas, é mais provável que os homens estejam sujeitos a ambos os hábitos, e esse fato coloca o tabagismo e a adesão ao álcool no topo da lista de causas de varizes.

No entanto, os dois motivos descritos não são os únicos, podemos distinguir vários outros fatores que são considerados mais prováveis ​​na lista de causas da patologia:

  1. Carga excessiva nas pernas devido a atividades profissionais (cozinheiros, cirurgiões, etc.), excesso de peso, esforço físico excessivo devido a esportes ou a mesma atividade profissional (carregadores, construtores e outros);
  2. A moeda tem um outro lado, as varizes podem ser desencadeadas pela ausência de estresse, ou melhor, por um estilo de vida sedentário ou simplesmente sedentário. Com base nesse ponto de vista, motoristas, funcionários de escritórios e pessoas que, por outras razões, se movem um pouco, são afetadas, inclusive por falta de vontade;
  3. Se levarmos em conta o fato de fumar e uma predisposição hereditária, uma das causas sérias e muito comuns são várias doenças nas quais a coagulação sanguínea é prejudicada.
Nanovein  Por que os pés doem e o que fazer para facilitar

Quanto às interrupções hormonais, uso de sapatos desconfortáveis ​​e fatores semelhantes, são mais comuns em mulheres, pelas mesmas razões (devido ao maior número de gatilhos), é mais provável que o sexo justo sofra de varizes.

Os principais sintomas das varizes

Quando se trata do quadro clínico da doença, muito depende do estágio de sua progressão, bem como de vários fatores e causas individuais de varizes. No entanto, é possível distinguir vários sintomas que são mais frequentemente sentidos pelos homens:

Varizes em homens: antes e após o tratamento

  1. O estágio inicial das varizes raramente incomoda o paciente. Pode-se notar leve cansaço nas pernas, agravado à noite, sensações de contração ou contração, leve inchaço. Na maioria dos casos, os homens não prestam atenção a esses fenômenos em vão, pois a doença progride e, com o tempo, os sintomas se tornam mais pronunciados e causam mais problemas.
  2. À medida que o processo patológico progride, as veias começam a ficar visíveis sob a pele. Inicialmente, são redes vasculares e veias aumentadas visíveis separadamente, que são complementadas por “estrelas” vasculares. Quanto mais forte a doença se desenvolve, mais óbvio esse sinal clínico se torna, nos estágios finais do desenvolvimento de doenças, veias esbarrar sob a pele, formar nódulos, o risco de úlceras tróficas aumenta.
  3. Sensações desagradáveis ​​de rebentamento, sensação de peso nas pernas e inchaço que apareceram anteriormente no final da tarde ou no final do dia de trabalho, fazem-se sentir cada vez mais. Com o tempo, o desconforto se desenvolve em dores sistemáticas que se espalham ao longo dos vasos afetados por varizes.
  4. Em locais onde as veias aumentadas e a rede vascular são claramente visíveis, a coceira aparece na pele.
  5. Também à noite, convulsões, na maioria das vezes cobrindo o músculo do pé ou da panturrilha, podem perturbar.

É importante lembrar! Todos os sinais clínicos descritos de varizes tendem a aumentar à noite, mas isso se deve precisamente à fadiga. Ou seja, os sintomas se tornam mais intensos também com o aumento do esforço físico.

Estágios da doença venosa em homens

Como já mencionado anteriormente, os sintomas e, além disso, o estado de saúde do paciente e os métodos de tratamento de varizes, dependem muito do grau de progressão da doença. No total, são distinguidas três etapas do desenvolvimento da patologia:

  1. Compensatório ou leve – nesse caso, os sintomas são os menos intensos e o próprio paciente praticamente não reclama de nada. Já no primeiro estágio, vasos ligeiramente salientes podem aparecer nas pernas, mas os homens não prestam atenção a ele.
  2. Moderado – esse estágio do desenvolvimento da doença também é chamado de subcompensação. As veias são mais claramente visíveis na superfície da pele, mas seu aumento e deformação ainda podem ser considerados insignificantes, assim como a pressão no interior do vaso. Nesta fase, outros sintomas se intensificam, inchaço, sensação de fadiga são cada vez mais preocupados, sensações dolorosas aparecem pela primeira vez.
  3. A forma mais grave, chamada estágio de descompensação, é o caso em que as varizes atingem seu pico de desenvolvimento. Inchaço intenso, dor intensa que pode incomodar ao longo do dia são notados, veias se projetam fortemente na superfície da pele e mudam. Nesta fase, formam-se nós vasculares, uma pressão vascular excessivamente aumentada leva a danos nas paredes das veias, aparecem hematomas. Em casos especialmente avançados, ocorrem úlceras tróficas e eczema. No terceiro estágio, os métodos conservadores de tratamento são absolutamente impotentes, o paciente requer intervenção cirúrgica, cuja especificidade é selecionada pelo médico.
Nanovein  Inchaço na região pubiana durante a gravidez

Varizes de estágio em homens

Tratamento de varizes

Como é o caso dos sintomas, os princípios do tratamento dependem diretamente da quantidade de varizes progredidas. É importante entender que a terapia conservadora produz frutos principalmente no primeiro, às vezes no segundo estágio do desenvolvimento da doença; caso contrário, os métodos de tratamento conservador restringem predominantemente a doença, mas não dão a oportunidade de se livrar completamente das varizes. No entanto, vale a pena considerar uma ampla gama de métodos para combater a patologia.

Terapia conservadora

Para o tratamento com métodos conservadores, é muito importante uma abordagem integrada, que envolve principalmente o ajuste da dieta e a mudança do estilo de vida.

Em termos de nutrição, é importante limitar o uso de junk food, alimentos gordurosos e fritos, doces em grandes quantidades, para minimizar alimentos salgados, condimentados e ácidos, pois tudo isso ajuda a reter líquidos no corpo e piora o fluxo linfático.

Quanto ao ajuste do estilo de vida, você precisa tentar se mover o máximo possível, mas não sobrecarregar as pernas. Pratique esportes leves, faça caminhadas regulares, se precisar sentar-se bastante no trabalho, faça um aquecimento a cada hora. Também é muito importante eliminar maus hábitos, parar de fumar e limitar o consumo de álcool, tanto quanto possível.

Terapia de medicação

Sem o uso de certos medicamentos, um tratamento completo é impossível; portanto, ao entrar em contato com um flebologista, um especialista pode prescrever medicamentos nos seguintes grupos:

  • Anticoagulantes – alteram a composição do sangue, reduzindo sua viscosidade, o que melhora a circulação sanguínea e evita a formação de estagnação do sangue e da linfa.
  • Venotonics – como o nome indica, os medicamentos desse grupo melhoram o tônus ​​vascular. Por sua vez, isso também contribui para melhorar a circulação sanguínea, mas outro princípio de ação está no centro.
  • Como tratamento sintomático, são prescritas pomadas da categoria AINE, que reduzem a dor e interrompem o processo inflamatório, além de prescrever pomadas especiais para varizes que eliminam edema e outros sintomas.
  • Além disso, como parte do tratamento conservador, o uso de roupas íntimas de compressão é obrigatório, impede a progressão das varizes e melhora a condição do paciente em geral.

Tratamentos cirúrgicos

Se o tratamento conservador não der resultados adequados ou a doença progredir demais, tomar uma decisão sobre a cirurgia, neste caso, um dos tipos de operações é selecionado:

Tratamento para varizes masculinas: escleroterapia

  • Escleroterapia – uma substância (geralmente na forma de espuma) é injetada na veia, que gruda as paredes do vaso, excluindo-o da circulação sanguínea. Com o tempo, esse vaso se elimina, é substituído pelo tecido conjuntivo.
  • A flebectomia é uma operação de pleno direito, durante a qual a anastomose da veia é comprimida e a subsequente excisão de sua área afetada é realizada. Este método é o mais eficaz e ao mesmo tempo radical, pois envolve uma incisão, colocação de palavras e um longo período de reabilitação.
  • Miniflebectomy é uma variação da flebectomia, que é realizada principalmente em pequenos vasos. É feita uma punção na pele, através da qual parte da veia é retirada usando um instrumento cirúrgico especial para posterior dissecção. A operação é indolor, a punção cura rapidamente, a reabilitação não é necessária.
  • Coagulação a laser – um método semelhante à escleroterapia, mas em vez de introduzir uma composição especial no lúmen do vaso, é imerso um cateter fino equipado com laser. Por ação térmica, é criado um efeito esclerosante, devido ao qual o vaso também se adere.
Lagranmasade Portugal