Causas e tratamento de inchaço, pernas azuis em uma pessoa idosa

O corpo envelhece com a idade. Este é um processo natural quando o metabolismo é lento e prejudicado. Um problema comum é o inchaço das pernas, do qual os idosos se queixam. Às vezes, junto com o edema, observa-se sua sombra cianótica. Este é um sinal de distúrbios circulatórios nas pernas. Se as pernas de uma pessoa idosa incharem e ficarem azuis, uma visita ao médico é inevitável.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Causas de azulação e inchaço das pernas

O inchaço é causado pela estagnação do líquido nas pernas na velhice. Os motivos podem ser bastante simples e não requerem tratamento, por exemplo, carga estática prolongada. Muitas vezes, com inchaço, as pernas ficam azuis.

O que torna as pernas azuis nos idosos? Com a idade, o fluxo sanguíneo diminui, a estagnação ocorre e a cianose ou azul da pele se desenvolve em paralelo. Sangue oxigenado insuficiente causa veias escuras e os membros parecem cianóticos. Por que as pernas dos idosos ficam azuis: a razão para ficar azul está em uma variedade de doenças.

Aterosclerose ou a aparência nos vasos das placas de colesterol. Além disso, nos locais de sua formação, ocorre um estreitamento dos vasos. Isso pode causar doença cardíaca coronária, cujo sintoma é uma acentuada deterioração do suprimento sanguíneo na velhice.

O edema associado à doença cardiovascular começa à noite e desaparece pela manhã. Violação dos processos de suprimento sanguíneo associados a problemas vasculares. A trombose se desenvolve devido ao fluxo sanguíneo fraco e sangue "espesso". Os vasos das pernas nos idosos perdem sua elasticidade.

Sintomas semelhantes são observados com uma lesão na perna ou luxação do pé, após uma fratura, quando ocorre hemorragia subcutânea. Muitas vezes há edema com queimaduras e ulcerações, com osteocondrose em idosos.

Na insuficiência renal, quando o líquido e o sal não são excretados, mas o inchaço das pernas estagna no corpo, esse é um fenômeno inevitável. Outras doenças renais também podem causar esse sintoma. Às vezes, a causa de tal patologia é doença hepática, quando a homeostase é perturbada na velhice. Existem outras causas dessa patologia que são características dos idosos.

Sintomas de inchaço e membros azuis

O inchaço das pernas em idosos é acompanhado pelas seguintes manifestações:

  • sensação de peso e fadiga nas pernas;
  • sentindo que os membros incham e aumentam de tamanho;
  • padrão vascular;
  • perda de sensação.

Os sintomas e o tratamento de uma doença dependem de sua natureza e curso, da idade de uma pessoa idosa e, portanto, outros sintomas associados a distúrbios neurológicos e mentais são possíveis. A ocorrência de edema nas pernas em idosos nos estágios iniciais causa um leve desconforto. Gradualmente, o inconveniente temporário das propriedades físicas e cosméticas se transforma em uma condição dolorosa que requer intervenção médica, que não pode ser dispensada na velhice.

Nanovein  Cirurgia de varizes nas pernas

Tratamento de varizes

Em caso de problemas com edema e pés azuis, uma pessoa idosa precisa consultar um flebologista. É impossível determinar o problema e encontrar maneiras de resolvê-lo sem a ajuda de um especialista. A doença mais comum com esses sintomas é varizes.

Os problemas de saúde das pernas ocorrem com mais freqüência na velhice, porque a proporção de duas proteínas: colágeno e elastina muda nas paredes venosas. O colágeno confere rigidez e força às paredes dos vasos sanguíneos, e a elastina os torna macios e flexíveis, capazes de se esticar. Nas pessoas mais velhas, a quantidade de elastina é reduzida e esses problemas graves ocorrem nos membros.

Flebectomia

Esta é uma operação cirúrgica recomendada para varizes, edema em idosos. A veia safena com uma estrutura danificada é enfaixada no local onde flui para um vaso maior e é removida usando uma sonda especial. As desvantagens incluem invasividade e recuperação prolongada. São possíveis complicações pós-operatórias, que não são incomuns em idosos.

Nota: A cirurgia é sempre deixada como último recurso. Quando a patologia é grave e coágulos sanguíneos se formam em vasos profundamente localizados, recomenda-se flebectomia.

Coagulação a laser

Permite "soldar" grandes embarcações. O procedimento é realizado sob anestesia local. Uma fibra é inserida na veia, que produz radiação laser. As células sanguíneas esquentam, grudam e batem no vaso. Gradualmente, o lacre no local da colagem se dissolve e o vaso começa a cumprir suas funções anteriores, embora isso não seja fácil nos idosos.

Escleroterapia

O procedimento permite remover as "veias da aranha" colando pequenos vasos. No lugar do dano, coloque uma injeção, o que ajuda a restaurar as paredes dos vasos sanguíneos. Depois de um tempo, eles retornam ao normal e o local da injeção é resolvido. O médico prescreve o método da escleroterpia, é simples e leva de 5 a 15 minutos. realizada sem anestesia. Bem tolerado pelos idosos.

Medidas terapêuticas

Se as pernas da pessoa idosa ficarem azuis, é impossível resolver o problema com a ajuda da terapia conservadora. Graças aos medicamentos, o desenvolvimento de varizes pode ser interrompido, mas não tratado. Não existem "pílulas mágicas" que permitam retornar os vasos sanguíneos ao seu estado original, especialmente na velhice

Medicamentos

As drogas flebotrópicas são compostos químicos que tonificam a parede vascular, tentando restaurar um estado elástico e sólido. Os medicamentos para o tratamento de varizes em idosos são divididos em três grupos:

  • flebotônicos que fortalecem as paredes dos vasos sanguíneos, reduzem a fragilidade e aumentam o tônus: Detralex, Antistax, Phlebodia;
  • anticoagulantes projetados para afinar o sangue e prevenir coágulos sanguíneos: aspirina, fraxiparina, clexano;
  • antioxidantes projetados para remover compostos tóxicos e purificar o sangue: preparações à base de extrato de ginkgo, complexos multivitamínicos.

Se as pernas incharem fortemente, são prescritos pomadas e géis que podem aliviar esse sintoma desagradável, reduzir a dor e a gravidade.

Nota: Há uma predisposição genética para varizes, portanto, varizes aparecem nas gerações subsequentes. Na Rússia, até 30 milhões de pessoas são afetadas. 50% deles são idosos.

Receitas folclóricas

A terapia alternativa oferece muitas receitas diferentes, testadas pelo tempo. Eles não eliminam a causa raiz, mas ajudam a melhorar a condição das pernas por um tempo. No fitoterapeuta, é prescrita a preparação de compostos úteis que aliviarão a tensão e a dor nos membros na velhice.

As receitas baseiam-se na decocção do lúpulo, na infusão de maçãs Antonovka, na infusão de urtigas, no alho ralado com mel líquido: são tomadas por via oral. As compressas são preparadas a partir de vinagre de maçã, tomate verde, leite azedo com absinto, batata crua, triturada em pasta, são usadas como compressas, aplicadas no local do edema em uma pessoa idosa.

Nota: Você não pode minimizar o risco de edema azul. A compactação ocorre sob a pele, pois o fluxo sanguíneo venoso é prejudicado. Devido à hipóxia (fluxo sanguíneo insuficiente), a pele fica gelada, às vezes ocorrem úlceras ou úlceras tróficas, que se manifestam nos idosos.

Procedimentos fisioterapêuticos

Para que os tecidos e vasos sanguíneos nas pernas não alterem sua estrutura e a condição do paciente se estabilize, são utilizados métodos de fisioterapia:

  • terapia com laser magnético;
  • pneumocompressão intermitente;
  • darsonvalização;
  • banheiras.
Nanovein  Pomada varicosa em casa

O número de procedimentos, sua duração é prescrita por um flebologista. Somente ele resolve a questão da necessidade deles pelos idosos.

Massagem

Com esta doença, a saúde dos pés deve ser tratada com auto-massagem. Mas na velhice, os casos de edema com muito trabalho são bastante comuns. Passe a auto-massagem, use batendo, formigando, esfregando. O procedimento é simples, mas elimina a estase sanguínea, restaurando a circulação e aliviando o edema em idosos.

Exercícios para aliviar o inchaço e as pernas azuis

O exercício mais comumente usado é o Mikulin: você precisa ficar na ponta dos pés e depois cair sobre os calcanhares com um pequeno golpe. Repita 30-50 vezes usando o exercício 2-3 vezes ao dia. Existem outros exercícios para aliviar o edema do complexo de terapia por exercícios, que são usados ​​para problemas semelhantes em idosos.

Nota: Nos estágios iniciais das varizes, é útil caminhar mais, praticar natação e corrida. Após uma corrida matinal, tome um banho de contraste, enquanto a última porção da água deve estar fria. Isso endurece e tonifica os vasos úteis para os idosos.

Dieta para inchaço e pernas azuis

Se o edema ocorrer na velhice, você precisará revisar o menu diário, incluindo os produtos:

  • rico em vitamina C;
  • frutos do mar;
  • com fibras vegetais na composição;
  • diminuindo a coagulação do sangue.

A dieta não resolverá completamente o problema, mas aliviará a condição de uma pessoa idosa, especialmente com excesso de peso, quando as pernas assumirem a carga principal.

Modo de beber

Excesso ou falta de líquido também podem causar edema nas pernas. O corpo humano é 80% de água – isso é conhecido por todos. Para tornar o sangue mais líquido, circular bem e não estagnar, é necessária a recarga da água.

É necessário manter um equilíbrio de fluido nos tecidos para garantir o turgor (estado elástico) das células. Em um dia, -1,5-2 litros de água é o mínimo, pois o líquido vem com os alimentos. Ao tratar o inchaço das pernas em idosos, é importante controlar o regime de bebida.

Dormir e descansar

O sono é um processo natural de descanso.Você precisa dormir em uma posição confortável e relaxada. Sob as pernas, é desejável colocar um rolo para que os membros fiquem acima do nível do coração. Este procedimento ajuda não apenas na velhice.

Uma causa comum de congestionamento é o sono. Durante esse período, o coração se contrai lentamente e o sangue é distribuído gradualmente. O corpo repousa e o excesso de líquido é redistribuído por todo o corpo, acumulando-se nos membros de uma pessoa idosa. O mesmo processo ocorre com um estilo de vida sedentário.

Conclusão

Com inchaço e pernas azuis em idosos, muito depende de seu comportamento e estilo de vida. Você pode apenas gemer, mas é mais útil começar a se mover, tomar um banho de contraste, comer direito e fazer massagens. O problema não desaparecerá, mas suas manifestações não serão tão pronunciadas e “uma ferida” ficará menor.

Escrevo artigos em várias áreas que, em um grau ou outro, afetam uma doença como edema.

Lagranmasade Portugal