Causas e tratamento de eczema na pele das pernas

O eczema nas pernas é um tipo de dermatite, caracterizada por um curso crônico e uma natureza ondulatória de exacerbações. Erupções cutâneas podem aparecer em qualquer parte da pele das extremidades inferiores. Na maioria das vezes, isso ocorre no período de entressafra e no inverno, quando sob a influência da pele fria, mais rapidamente perde a umidade e precisa de proteção especial. Esta doença não tem restrições de idade e sexo – homens adultos, mulheres e crianças de todas as idades são igualmente afetadas.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tipos, causas e sintomas de eczema nas pernas

Na maioria das vezes, o eczema ocorre nas pernas sob a influência de um alérgeno específico, no contexto de doenças crônicas de órgãos internos e imunidade enfraquecida. Sob a influência de fatores adversos externos (clima frio, vento), as propriedades protetoras da pele caem, das quais primeiro aparece secura, depois descamação e rachaduras.

Mesmo com toques leves nas áreas afetadas da pele da perna, ocorrem sensações dolorosas desagradáveis. Além de erupções cutâneas, o paciente é frequentemente perturbado por uma dor de cabeça, torna-se difícil adormecer, a irritabilidade é manifestada.

Com o tempo, a doença se torna crônica, a cada nova exacerbação dos sintomas, mais acentuada. Entre as variedades da doença, destacam-se as seguintes, com características próprias nos sintomas e nos métodos de tratamento.

Verdadeiro

Muitas vezes, o processo patológico é desencadeado por alérgenos, então esse eczema também é conhecido como alérgico. Mas esta não é a única causa de verdadeiro eczema nas pernas. O desenvolvimento da doença pode provocar uma interrupção no funcionamento dos órgãos internos, o sistema nervoso.

Existem formas secas e chorosas de eczema. No primeiro caso, a pele da perna (geralmente nos pés, calcanhares e áreas adjacentes) fica tão seca que os cremes nutritivos convencionais não conseguem mais lidar com sua tarefa. A pele da perna continua a secar, grosseira, irrompe gradualmente e fica coberta de rachaduras.

Depois que o eczema passa para o estágio úmido do desenvolvimento, pequenas formações semelhantes à acne são preenchidas com exsudato opaco na perna. Alguns dias depois eles explodiram. Após a abertura, as bolhas secam gradualmente, em seu lugar uma crosta densa de uma coloração amarelada suja, às vezes esverdeada.

Microbial

O desenvolvimento desta forma é provocado por micróbios que afetam várias partes da pele das pernas. O eczema infeccioso pode ocorrer no contexto de:

  • doenças de pele por fungos;
  • veias varicosas;
  • linfedema;
  • úlceras tróficas;
  • lesões nas pernas com danos extensos na pele;
  • feridas pós-operatórias;
  • formação de fístula.

Nas áreas problemáticas das pernas, há uma forte sensação de queimação. As propriedades protetoras da pele nesses locais são marcadamente reduzidas, o que facilita a tarefa dos agentes microbianos. Com eczema microbiano, as erupções cutâneas são grandes, têm bordas irregulares e geralmente se fundem em um local grande. Em sua superfície, várias crostas purulentas se formam. As bordas da pele são secas e escamosas.

Mycotic

É um tipo de eczema microbiano. A infecção fúngica que viola a integridade da pele da perna (pequenas feridas, rachaduras, abrasões) penetra e começa a se multiplicar ativamente. Os estágios do curso da variedade micótica nas pernas são aproximadamente os mesmos da verdadeira.

Nas áreas da pele das pernas, originalmente afetadas pelo fungo, formam-se pequenas erupções cutâneas sujas e brancas, cheias de exsudato. À medida que se desenvolvem, eles explodem e crostas aparecem em seu lugar.

Profissional

O eczema ocupacional dos pés é alérgico. As erupções cutâneas aparecem, aumentam de tamanho com contato constante com o estímulo. No quadro clínico, esse eczema é semelhante ao verdadeiro. Os alérgenos no local de trabalho (na sala de produção) podem ser:

  • ar seco e úmido;
  • poeira
  • compostos químicos utilizados durante o trabalho;
  • microtrauma.

As áreas afetadas das pernas ficam vermelhas, há hiperemia (excesso de sangue nos vasos), inchaço, múltiplas pequenas cavidades aquosas (vesículas) se formam na superfície.

Nanovein  Irritação nos pés coça do que tratar, como remover vermelhidão e coceira

Tesão

O eczema com tesão ou tilótico no pé (também ocorre na superfície das mãos) manifesta-se na forma de vermelhidão na pele, a formação de pequenas formações que eventualmente explodem e formam uma superfície úmida. Nas áreas afetadas do pé, a pele:

  • condensa, formando calos;
  • com o desenvolvimento da patologia, explode com a formação de rachaduras dolorosas;
  • coceira intensa.

As principais razões para o desenvolvimento de eczema no pé com tesão estão associadas a interrupções hormonais causadas por distúrbios do sistema endócrino. As doenças dão origem a fatores relacionados:

  • distúrbios metabólicos;
  • situação estressante grave;
  • foco de infecção crônica no corpo;
  • doença crônica de um dos órgãos internos.

Aumento do risco de desenvolver eczema com tesão no pé, aumento da transpiração e roupas (calças justas, calças, jeans, meias).

Varicosa

Outra variedade de eczema microbiano, que é caracterizada por danos à pele dos bezerros das extremidades inferiores. O eczema varicoso se desenvolve violando a saída de sangue venoso na perna. A patologia é sempre acompanhada pelo aparecimento de edema.

Nos estágios finais das varizes na área problemática, os vasos sanguíneos transmitidos começam a inchar e a nutrição dos tecidos circundantes é perturbada. O peeling ocorre na pele, começa a ficar avermelhado e comichão. À medida que a doença progride, as úlceras tróficas se formam nas pernas.

Localização e possíveis consequências

Nos pés com eczema, as erupções cutâneas costumam ser localizadas:

  • Na pele da perna – característica do eczema varicoso, ignorar os sintomas é repleto de formação de formações escleróticas.
  • Nos pés – geralmente com eczema com tesão, formam-se selos na pele da planta, transformando-se em calos com bordas inflamadas e doloridas. Se o tempo não começar a se curar, o problema entrará no plano ortopédico. Eczema especialmente doloroso nos calcanhares.
  • Na parte interna da coxa – numular ou em forma de moeda, difícil de tratar, incomum para pacientes com dermatite atópica.
  • Nos joelhos, ou melhor, na superfície de flexão no interior, o chamado eczema sob os joelhos.
  • O eczema entre os dedos do pé é freqüentemente causado por atividade profissional. A patologia no dedo do pé (disidrótica) é provocada por alterações patológicas no plástico das unhas e na pele ao seu redor.

De quais doenças o eczema deve ser diferenciado?

É importante consultar um dermatologista ou alergista experiente para pacientes com eczema, porque a doença em alguns casos pode ser confundida com outros tipos de dermatoses. Na maioria das vezes, pode ocorrer confusão no diagnóstico se ocorrerem sintomas semelhantes à psoríase.

O terreno comum para ambas as doenças – facilmente entrar no estágio crônico, são semelhantes em locais de localização, a pele das pernas é muito escamosa. As principais diferenças de eczema são as seguintes:

  • afeta mais frequentemente a pele macia (por exemplo, não no joelho, como na psoríase, mas por baixo da prega);
  • possui áreas "molhadas" devido a erupções cutâneas;
    queima e prurido pronunciados;
  • as bordas das erupções cutâneas são "irregulares", não têm formas claras.

Como tratar o eczema nas pernas

Como parte do tratamento, são utilizados métodos de medicação (sistêmica e local) e fisioterapêuticos. É importante que o paciente ajuste a dieta e o estilo de vida.

Medicamentos

Com o eczema verdadeiro, a terapia dessensibilizante ajuda a remover rapidamente sintomas desagradáveis. Anti-histamínicos e sorventes são utilizados, além de glicocorticóides. Os medicamentos (assim como sua forma – comprimidos, soluções injetáveis, infusão) são selecionados individualmente pelo médico assistente.

Se você suspeitar de eczema, em nenhum caso adie a viagem ao médico. Isso pode estar cheio de complicações sérias.

A composição da terapia complexa também inclui:

  • antibióticos (aminopenicilinas, cefalosporinas);
  • imunomoduladores;
  • complexos vitamínicos;
  • medicamentos para o tratamento de doenças crônicas dos órgãos internos, se houver.

Além disso, será necessário o uso de uma pomada (bórico, salicílico, hidrocortisona, Wilkinson). Na ausência de contra-indicações (patologias endócrinas, em particular, hiper-, hipotireoidismo), pomadas hormonais podem ser prescritas. Aerossóis e pastas contendo enxofre também são usados.

fisioterapia

Métodos fisioterapêuticos, se eles não são capazes de curar completamente o eczema nas pernas, mas reduzem significativamente a gravidade da doença e reduzem a manifestação dos sintomas:

  • aliviar a dor e coceira;
  • reduzir a escala do processo inflamatório;
    fortalecer o sistema imunológico;
  • estimular e normalizar o sistema endócrino.

A escolha do método fisioterapêutico depende da forma do eczema. Em casos agudos:

  • eletroforese de anti-histamínicos;
  • exposição ao ultra-som;
  • estimulação elétrica transcraniana.

No caso da forma subaguda, recomenda-se magnetoterapia e ultra-terapia.

Tratamento de sanatório

Recomendado na forma crônica. O curso do tratamento pode durar até três semanas. Na maioria das vezes, é planejado durante a estação do veludo, quando não há sol escaldante, o clima fica mais agradável, propício para caminhadas ao ar livre. O curso do tratamento pode incluir:

  • massagem;
  • banhos de lama;
  • banhos de rádon;
  • águas de sulfeto de hidrogênio;
  • banhos de parafina;
  • radiação ultravioleta.
Nanovein  Aterosclerose - o que é, causas, sinais, sintomas, complicações, tratamento e prevenção

Como tratar o eczema nas pernas com remédios populares

O tratamento do eczema nas pernas com remédios populares envolve o uso de pomadas prontas à base de solidol com ingredientes à base de plantas e minerais, que podem ser adquiridas na farmácia. No terceiro dia desde o início do uso, a coceira não vai mais incomodar, a pele da perna ficará mais macia e a casca será menor.

Para obter um efeito duradouro, o curso do tratamento com essas pomadas é continuado por três meses. Qual pomada (que não é o componente principal, mas apenas parte do tratamento complexo!) Deve ser preferida, só deve ser decidida após consulta com seu médico.

Entre outros remédios populares eficazes para o tratamento de eczema:

  • celandine;
  • aloe;
  • tomilho;
  • Camomila;
  • flores de calêndula;
  • rabo de cavalo;
  • casca de carvalho.

Para o tratamento, é usado o suco da planta, bem como decocções e infusões preparadas com base. De decocções de ervas fazer banhos para os pés, aplique na forma de compressas. O curso do tratamento com qualquer uma das plantas medicinais é prescrito individualmente, dependendo do estágio, da forma do eczema e das características individuais do corpo do paciente.

A nutrição adequada

A dieta deve ser baseada em alimentos saudáveis ​​- pratos simples de um componente ou no máximo dois ou três ingredientes, cozidos no vapor, cozidos ou assados ​​no forno. Quando o eczema deve ser evitado:

  • conservantes;
  • uma abundância de especiarias;
  • muita gordura, não apenas animal, mas também vegetais saudáveis;
  • marinadas e carnes defumadas.

A principal tarefa de ajustar a nutrição no eczema é excluir alérgenos do menu. Para esse fim, antes de compilar uma dieta individual, eles passam por um exame completo e identificam quais produtos e substâncias contidas neles no corpo ocorre uma reação alérgica.

Em nenhum caso os pacientes com eczema devem experimentar independentemente os complexos multivitamínicos. Vitaminas de acordo com os resultados do exame e as recomendações de um nutricionista serão prescritas pelo médico assistente.

Higiene

Com o eczema, os procedimentos de água devem ser realizados regularmente e, mais importante, corretamente:

  • elimine água muito fria e quente;
  • não use panos grosseiros; em princípio, evite usá-los para a pele da perna na área problemática;
  • use sabonete para bebê ou um gel de banho macio (é melhor por recomendação do seu médico);
  • limpe com uma toalha macia de tecido natural, idealmente lisa, sem desenhos e bordados;
  • siga claramente as recomendações do médico em relação ao uso de cremes terapêuticos e emolientes em relação aos métodos de aplicação (na pele úmida ou seca) e na frequência de uso.

Se o eczema aparecer nos pés de uma criança

Dermatite em crianças tem suas próprias características. É importante não perder os primeiros sintomas. A reação do corpo da criança pode ser a mais imprevisível, especialmente se uma infecção secundária conseguiu se juntar à patologia da pele.

Uma complicação de dermatoses crônicas nas pernas em bebês pode ser o eczema de Kaposi (se desenvolve quando a infecção por herpesvírus é ativada). Tal complicação é perigosamente fatal. Portanto, se, além das erupções na pele dos pés da criança, outros sintomas estiverem presentes, é extremamente importante consultar um médico imediatamente.

Com qualquer manifestação de dermatose em uma criança, os pais devem alertar:

  • linfonodos aumentados;
  • aumento da temperatura corporal;
  • em áreas de lesões de pele, a erosão começou a se formar com a liberação de sangue.

Primeiro de tudo, crianças com dermatite atópica estão em risco. Além disso, estão em risco bebês com vários tipos de dermatoses crônicas.

Prognóstico do tratamento e prevenção de exacerbações

É importante que o paciente adquira novos bons hábitos:

  • sono normal – vá para a cama e acorde ao mesmo tempo;
  • forneça atividade física suficiente, geralmente ande ao ar livre;
  • domine métodos simples de relaxamento e use-os em situações estressantes;
  • durante exacerbações, não abuse dos procedimentos da água;
  • minimizar o contato com produtos de limpeza doméstica (faça a limpeza apenas com luvas de proteção);
  • excluir produtos alérgenos da dieta.

Como curar o eczema para sempre? Para responder a essa pergunta, dois pontos devem ser levados em consideração. O primeiro e principal é a forma da doença. Se falamos de aguda, com o tratamento adequado, será possível remover completamente todos os sintomas antes dos 90 dias seguintes. As chances de resultados bem-sucedidos do tratamento são muito altas quando se trata da forma subaguda de eczema nos pés.

Se os sinais de patologia da pele foram ignorados por um longo período e esta é uma forma crônica, não é necessário dizer que o eczema das pernas é tratável. Para esses pacientes, a questão de controlar o curso da doença é mais relevante. A terapia adequada pode efetivamente inibir seu desenvolvimento e sintomas desagradáveis.

Lagranmasade Portugal