Causas de varizes reticulares, sintomas, diagnóstico, métodos de tratamento

As varizes são uma doença à qual todos os anos a humanidade está se tornando mais predisposta. Isso é causado por muitos fatores, mas o fato permanece, segundo as estatísticas, já agora, em certa medida, que varizes são diagnosticadas em cerca de 19% da população e esse número está crescendo. Além disso, as mulheres são propensas a desenvolver patologistas duas vezes mais fortes que os homens.

As varizes são geralmente divididas em formas, tipos e estágios. A forma mais comum são as varizes reticulares. Que esse tipo de processo patológico, quais são as causas de seu desenvolvimento, sintomas e métodos de tratamento, será discutido neste artigo.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O que são varizes reticulares

Mesmo os flebologistas especializados no tratamento de varizes, com um alongamento, chamam as varizes reticulares de uma doença completa. O fato é que, neste caso, estamos falando da forma mais branda do processo patológico, na qual as veias localizadas na reticular, ou seja, a camada reticular da pele são afetadas.

Em outras palavras, nas varizes reticulares, os vasos venosos extremamente pequenos, bem como os ramos vasculares ainda menores da camada subcutânea, intradérmica e papilar da pele, sofrem deformidades. A principal característica do curso desse tipo de patologia não são sintomas graves que agravam a vida de uma pessoa, mas principalmente manifestações visuais de natureza cosmética.

Devido ao fato de as varizes reticulares serem mais frequentemente manifestadas nas mulheres, a característica de aparência, caracterizada por redes venosas azuis visivelmente visíveis e vasos separados na superfície da pele, deixa o belo sexo bastante nervoso. Além disso, às vezes a doença é acompanhada de sintomas ainda menos atraentes, a formação de telangiectasias, em termos simples – “veias da aranha”. Devido a essas características do curso, as varizes reticulares também são chamadas de "cosméticas".

No entanto, além dos distúrbios descritos de natureza estética, em alguns casos, as varizes reticulares também são acompanhadas por sintomas mais graves relacionados a distúrbios funcionais que causam desconforto real e requerem tratamento. Além disso, existe uma opinião de que o processo patológico, na ausência de terapia preventiva, tende a se desenvolver em formas mais graves de expansão de veias, afetando vasos maiores, causando estagnação do sangue e outras complicações inerentes às varizes.

No entanto, vale ressaltar que ainda há um debate na comunidade científica sobre a relação das varizes reticulares com o desenvolvimento de varizes.

Segundo uma versão, a expansão reticular do secador de cabelo é considerada o estágio inicial das varizes dos vasos principais. Ainda assim, a maioria dos médicos está convencida de que as varizes reticulares são uma forma completamente isolada de patologia das veias.

Nanovein  As mulheres grávidas podem voar em um avião

Varizes reticulares nas pernas

Razões e fatores de desenvolvimento

Se falamos sobre as causas específicas do desenvolvimento de varizes reticulares, a maioria dos médicos concorda que essa é uma predisposição hereditária. Não se trata do fato de as varizes serem herdadas, mas de uma predisposição genética causada por distúrbios do plano vascular. Basicamente, está implícita a fraqueza ou depleção de válvulas vasculares, que desempenham um papel fundamental no processo de transporte de sangue ao longo do leito venoso.

Levando em consideração esse fato, é habitual não falar sobre os motivos, mas destacar os fatores que contribuem para o desenvolvimento de varizes reticulares e outras formas de varizes:

  • A sistemática permanece em pé por longos períodos, principalmente devido ao emprego profissional. Por esse motivo, as varizes se desenvolvem em cabeleireiros, vendedores, cozinheiros, etc.
  • Um estilo de vida sedentário e sedentário afeta a condição das veias nas pernas não menos negativamente; isso inclui trabalhadores de escritório, motoristas e pessoas de outras especialidades que precisam ficar sentadas por um longo tempo.
  • Esforço físico excessivo nas pernas causado por trabalho físico pesado, esportes pesados, incluindo certas formas de obesidade.
  • Muitas vezes, as varizes se desenvolvem nas mulheres durante ou após a gravidez, devido a alterações hormonais, bem como a um aumento da carga na região pélvica e nas pernas devido ao crescimento fetal.
  • As varizes também ocorrem devido a interrupções hormonais causadas pela menopausa ou ao uso de drogas hormonais potentes.
  • Um dos fatores mais comuns para o desenvolvimento de varizes reticulares é o uso de sapatos desconfortáveis ​​e, ainda mais frequentemente, o desenvolvimento da doença leva ao uso de sapatos de salto alto.
  • Também fatores predisponentes incluem maus hábitos na forma de tabagismo e abuso de álcool.

Sintomas da doença

Como mencionado anteriormente, as varizes reticulares são caracterizadas principalmente por manifestações externas ou visuais. Estamos falando de emergir para a superfície da pele e de um padrão vascular claramente visível. Redes venosas aparecem nas pernas dos pacientes, veias separadas são visíveis e “veias-aranha” são formadas. Também é importante notar que a visualização se deve precisamente à expansão de veias pequenas, com o desenvolvimento da patologia, elas atingem um tamanho de 1 a 3 milímetros de diâmetro.

No entanto, as varizes reticulares são muito diferentes das varizes e não se trata apenas da diferença na lesão de pequenos e grandes vasos principais. As varizes levam à estagnação do sangue, que é subsequentemente acompanhada pela formação de sinais clínicos mais graves, o aparecimento de úlceras tróficas, hematomas, o risco de coágulos sanguíneos e o desenvolvimento de tromboflebite.

Quanto aos sinais clínicos das varizes reticulares, eles são muito escassos. Os pacientes não se queixam de dor e outras manifestações características das varizes. O defeito é puramente estético, com redes vasculares mais prováveis ​​tornando-se músculos visíveis da panturrilha, sob os joelhos e também nas costas ou na parte interna da coxa.

Tratamento de varizes reticulares

No entanto, em casos raros, ainda existem pacientes que experimentam certos inconvenientes e queixam-se das seguintes sensações desagradáveis:

  • Maior fadiga nas pernas.
  • Sentimentos de peso e plenitude no final do dia.
  • Ligeiro inchaço das pernas.
  • Aumento das convulsões, que geralmente cobrem o músculo da panturrilha, e isso acontece à noite.
  • Um pouco mais frequentemente, pacientes com varizes reticulares estão preocupados com a sensação de coceira no campo da imagem vascular.
Nanovein  É possível curar varizes local ru

Métodos Diagnósticos

As varizes reticulares são diagnosticadas de maneira bastante simples, porque o principal sinal de sua ocorrência é visível a olho nu. No entanto, é muito importante consultar um flebologista e passar por uma série de medidas de diagnóstico para entender a extensão do desenvolvimento da patologia, bem como a exclusão de varizes de vasos profundos. O diagnóstico implica:

  • Histórico e escuta das queixas dos pacientes.
  • Exame inicial com palpação de áreas problemáticas.
  • Exame ultrassonográfico para avaliar a condição dos vasos das extremidades inferiores.
  • Em alguns casos, a dopplerografia também pode ser necessária.

Como tratar varizes reticulares

O tratamento de varizes reticulares também requer o envolvimento de um médico. Muitas vezes, devido à falta de queixas graves, essa forma da doença é tratada com quimioterapia, o que exclui a progressão da patologia. Os seguintes medicamentos são usados ​​para isso:

  • Venotônicos e flebotônicos – melhoram a circulação sanguínea, eliminando cãibras, inchaço e prevenindo a dor.
  • Rutosídeos – os fármacos deste grupo, devido à sua composição química, contribuem para o fortalecimento das paredes vasculares, impedindo sua deformação adicional.
  • Cremes e pomadas anti-varicosas especiais.

No entanto, como mostra a prática, é impossível lidar completamente com o processo patológico e eliminar o efeito visual das veias emergentes por meio de terapia medicamentosa. Portanto, para uma solução radical para o problema, recomenda-se a intervenção cirúrgica, principalmente porque as operações modernas são realizadas sem dor, o período de reabilitação é mínimo e, depois delas, não há cicatrizes na pele.

Métodos cirúrgicos

Para maior clareza, considere os métodos mais comuns de tratamento de varizes reticulares através de cirurgia:

Tratamento de varizes reticulares: escleroterapia

  1. Microflebectomia – o procedimento pode ser considerado cosmético, é completamente indolor devido à anestesia local e também não requer reabilitação. Durante a operação, usando um equipamento microcirúrgico, faz uma perfuração na pele através da qual o vaso afetado é removido para posterior excisão.
  2. A escleroterapia é outro método de eliminação indolor do problema, que não deixa marcas na pele. O princípio é a administração intravenosa de uma substância esclerosante especial, devido à qual as paredes do vaso são coladas e, posteriormente, a última se resolve gradualmente, sendo substituída por tecidos conjuntivos. O único inconveniente é que, em alguns casos, um curativo é aplicado na região das pernas, que deve ser usada por até 10 dias.
  3. Coagulação a laser – um pequeno cateter descartável é inserido no lúmen do vaso afetado, no qual o emissor de laser está localizado. O método baseia-se na exposição térmica, devido à qual as paredes da embarcação também são coladas e posteriormente absorvidas.

Prevenção de doenças

É sempre melhor prevenir o desenvolvimento da doença, depois lutar com suas manifestações por uma semana. Para a prevenção de varizes reticulares, basta seguir recomendações bastante simples:

  • Elimine maus hábitos.
  • Conduza um estilo de vida móvel, pratique esportes leves.
  • Se você suspeitar de uma doença, comece a usar roupas íntimas de compressão.
  • Tente comer direito, o corpo deve receber todas as vitaminas, minerais e oligoelementos necessários.
Lagranmasade Portugal