Características do diagnóstico e tratamento da tromboflebite aguda

No passado, médicos e enfermeiros acreditavam que a tromboflebite aguda das veias superficiais das extremidades inferiores é apenas um desvio que causa dor e desconforto, mas não tem nenhum risco para a vida do paciente. Infelizmente, vários estudos médicos e científicos provaram que não é assim. Mesmo pequenos coágulos nas veias superficiais podem desencadear uma embolia pulmonar muito grave. Portanto, os métodos antigos de diagnóstico após apenas um exame externo, bem como o tratamento da exacerbação da tromboflebite com uma aspirina (ou pior, antibióticos) devem ser revistos.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

História médica: tromboflebite aguda

A tromboflebite aguda profunda ocorre apenas após uma intervenção grosseira no sistema venoso. Por exemplo, tromboflebite aguda de veias superficiais geralmente ocorre após lesões e golpes fortes nos membros. Em um estágio inicial, a tromboflebite aguda das veias safenas pode ser reconhecida por pequenas equimoses aparentes, que indicam extravasamento de sangue. A progressão da inflamação será acompanhada pelo aparecimento de pigmentação avermelhada na veia afetada. Além disso, a tromboflebite aguda das veias superficiais geralmente ocorre exatamente no local do cateter ou conta-gotas. Esta é de longe a causa mais comum da doença. Por via de regra, a tromboflebite aguda após a injeção nos estágios iniciais se manifesta como um ligeiro avermelhamento da pele e dor no local da punção. Mas sintomas graves podem aparecer após a remoção do cateter.

Nanovein  Laser a serviço de um flebologista que trata veias sem cirurgia

Uma das doenças mais perigosas – a tromboflebite venosa aguda séptica aguda geralmente ocorre após a administração intravenosa de longo prazo de medicamentos, violando as regras de higiene. A tromboflebite ascendente aguda da veia safena magna é caracterizada por tromboses repetidas que se desenvolvem em diferentes partes das veias. A inflamação ocorre inicialmente no membro inferior e sobe gradualmente para a veia femoral. E, embora no estágio inicial, a tromboflebite ascendente aguda não tenha sintomas distintos, é muito importante diagnosticar e interromper a tempo.

Tromboflebite aguda das veias das extremidades inferiores: características diagnósticas

Varizes – a terrível "praga do século XXI". 57% dos pacientes morrem dentro de 10 anos.

Infelizmente, apesar do fato de a tromboflebite aguda das extremidades inferiores frequentemente resultar em morte, não existe um algoritmo claro para o diagnóstico de inflamação nos estágios iniciais. Portanto, na maioria dos casos, o diagnóstico de tromboflebite aguda é feito por um médico experiente "a olho" para sintomas externos. O ultra-som é prescrito apenas para confirmar as preocupações do flebologista. A tromboflebite aguda em uma foto de uma máquina de ultrassom pode ser notada por um terapeuta experiente. A veia trombosada e inflamada na imagem parecerá mais espessa. Além disso, o diagnosticador pode inserir um sensor ultrassônico especial diretamente na veia, o que indicará o grau de compressão da veia.

A tromboflebite subaguda também é visível na imagem; a veia dilatada com áreas hiperecóicas dentro do lúmen deve estar em guarda. Um cirurgião vascular experiente deve avaliar a localização exata do trombo e o grau de inflamação da parede da veia, bem como a proximidade da área afetada à anastomose safeno-femoral. Após o tratamento inicial, um ultra-som duplex pode ser realizado para excluir uma exacerbação repetida da tromboflebite das extremidades inferiores. A ausência de coágulos sanguíneos e paredes venosas espessadas na imagem indica a conclusão bem-sucedida da terapia, mas um aumento no número de coágulos sanguíneos deve ser o ímpeto para a nomeação de um tratamento mais agressivo.

Características do tratamento da tromboflebite aguda

Apesar de a tromboflebite aguda ainda não estar incluída na classificação internacional de doenças (CID) em 2016, representantes da Organização Mundial da Saúde desenvolveram diretrizes para o diagnóstico e tratamento rápidos de uma condição tão perigosa. Regras simples ajudam os médicos a fazer rapidamente o diagnóstico correto e prescrever a terapia necessária. Portanto, a primeira coisa a fazer após o aparecimento de vermelhidão ou inchaço é realizar um exame de emergência e um ultrassom. O instantâneo permitirá:

  • descobrir se uma pessoa sofre de trombose venosa profunda (isso é especialmente importante se o paciente tiver sido internado em uma ambulância e não tiver um cartão médico em suas mãos);
  • verifique a posição do trombo e o grau de inflamação.
Nanovein  Partições da noz

De qualquer forma, o tratamento só pode ser prescrito por ultrassom. Se for identificada trombose venosa profunda ou flebite crônica, é óbvio que o paciente precisa de terapia anticoagulante urgente. A administração intravenosa do medicamento não é recomendada, exceto nos casos em que haja uma ameaça real à vida do paciente. Se não foram encontradas doenças crônicas, mas o grande trombo inflamado (especialmente não ligado à parede venosa) for claramente visível na imagem, recomenda-se nomear uma operação cirúrgica urgente com o objetivo de remover um coágulo sanguíneo perigoso.

Se a tromboflebite aguda das extremidades inferiores na foto com ultra-som afeta apenas veias superficiais, a cirurgia pode ser evitada. É o suficiente para realizar um curso de injeções de heparina por várias semanas. Se um exame de ultra-som também mostrou que existem vários focos de inflamação nas veias, então são prescritos anti-inflamatórios não esteróides. Além disso, em quase todos os casos, os membros do paciente devem ser envolvidos com bandagens elásticas. A cueca de compressão, como alternativa às bandagens elásticas, ajudará o paciente a se livrar de sensações dolorosas e também reduzirá significativamente o risco de embolia e a propagação de coágulos sanguíneos nas veias.

Mas, às vezes, apenas imagens de ultrassom mostram apenas inflamação e a completa ausência de coágulos sanguíneos. Isso indica que o diagnóstico foi feito incorretamente e a nomeação de terapia anticoagulante pode levar a consequências irreversíveis. Muitas vezes, uma infecção local pode ser a causa da inflamação venosa.

Ksenia Strizhenko: “Como eu me livrei de varizes nas pernas em uma semana? Esta ferramenta barata faz maravilhas, é normal. "

Lagranmasade Portugal