Características do desenvolvimento e tratamento de varizes internas

As varizes internas são uma doença na qual o fluxo sanguíneo é perturbado nas veias das extremidades inferiores e dos órgãos pélvicos. Ao contrário das varizes com danos aos vasos superficiais, a aparência da pele não muda.

Como defeitos estéticos, hematomas e veias da aranha não aparecem, os pacientes diminuem as dores nos músculos das pernas por fadiga. O médico é consultado quando a dor se torna insuportável. É difícil evitar o tratamento cirúrgico com deformidade severa dos vasos internos localizados profundamente na camada muscular.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

razões

As causas de deformações patológicas das veias internas profundas:

  • predisposição hereditária. A fraqueza congênita das paredes vasculares internas e o subdesenvolvimento das válvulas de retenção levam à estagnação;
  • alterações hormonais. Os fatores provocadores são: puberdade, gravidez, trabalho de parto, transição para a menopausa;
  • perturbação do sistema endócrino. Com a disfunção tireoidiana, a produção de hormônios sexuais diminui;
  • atividades profissionais associadas a uma longa permanência em pé. Com o aumento da carga, a maior parte do sangue circulante está abaixo do nível do coração, a dinâmica da circulação é perturbada;
  • sessão prolongada enquanto incapaz de mudar a pose. As grandes veias internas são comprimidas, que ficam nos músculos das coxas, causando estagnação;
  • doenças do sistema nervoso: os sinais do cérebro para os músculos responsáveis ​​pelo fluxo sanguíneo não passam;
  • intoxicação crônica do corpo com medicamentos, álcool, drogas contendo nicotina ou substâncias entorpecentes.

As veias varicosas das extremidades inferiores geralmente ocorrem após lesões ou operações, se o tecido cicatricial for formado para começar a comprimir os grandes vasos internos.

Sintomas

Os sintomas aumentam gradualmente:

  • arrepios aparecem que surgem na perna e sobem até os quadris. Mas como o padrão venoso não se projeta, os sintomas são atribuídos a manifestações somáticas;
  • a condição é agravada, as pernas já estão congelando constantemente. Os calafrios internos são sentidos como se o frio estivesse vindo do quadril e se espalhando para a perna. Este é o primeiro sinal de deformação das paredes internas dos vasos sanguíneos e distúrbios circulatórios;
  • primeiro, a dor e as pernas ocorrem após treinamento intenso ou longas caminhadas ou uso de sapatos de salto alto desconfortáveis;
  • então o peso das pernas e uma sensação de pressão interna aparecem durante uma noite de descanso, no contexto de um relaxamento completo. Insônia se desenvolve;
  • há uma sensação de pulsação nos músculos profundos, especialmente após esforços intensos. Isso ocorre porque um aumento no tônus ​​aumenta o fluxo sanguíneo para as extremidades inferiores e a saída reversa é prejudicada. O sangue começa a pressionar as paredes internas dos vasos sanguíneos e eles são deformados – expandem e alongam;
  • a dor não depende do grau de carga, dores e dores musculares tornam-se familiares;
  • há dores nas articulações, pois elas não recebem nutrientes por completo.
Nanovein  Inchaço das pernas - causas e tratamento, incluindo remédios populares

No 2º estágio da doença, as pernas estão inchando constantemente. Os pacientes notam uma mudança na cor da pele – a pigmentação é aprimorada. As abrasões cicatrizam por um longo tempo, formando úlceras tróficas não cicatrizantes. Mesmo pequenas influências mecânicas causam hematomas.

Nos 3 estágios da doença, com movimentos descuidados, ocorrem cãibras e, ao caminhar – dor aguda. Cada passo causa dor. Os pacientes tentam reflexivamente limitar a carga nos membros inferiores. A estagnação é intensificada, o que leva à deterioração.

Tratamento para varizes latentes

O exame dos pacientes começa com eventos gerais. Eles recomendam fazer um exame de urina, exames de sangue gerais e bioquímicos. Em seguida, eles escrevem instruções para flebografia ou angiografia, para ultra-som sem contraste e com contraste. Exames específicos podem ser necessários. O diagnóstico de varizes das veias internas é baseado em exames laboratoriais e de hardware.

Remédios populares

A medicina tradicional oferece as seguintes receitas de tratamento:

  1. Banhos frios. 1 colher de sopa. eu sábio seco preparar um copo de água fervente. A água fria é puxada para o banho, tanto que chega aos tornozelos. Despeje o chá de sálvia resfriado. Eles andam ao longo da parte inferior da banheira por 1 minuto e depois secam os pés. Após esse procedimento, que é fácil de fazer em casa, as dores do cozimento desaparecem.
  2. Comprime da infusão de castanha da Índia. Em uma garrafa térmica despeje 2 colheres de sopa. eu pó de frutas secas, despeje 0,5 l de água e deixe por 1 h. Em seguida, com infusão quente, impregne a gaze, dobrada em várias camadas, aplique no local dolorido, cubra com papel celofane ou encerado. A compressa é isolada e fixada com um curativo. Remova assim que a camada interna de gaze secar.
  3. Pomada anti-inflamatória. Para a sua preparação, tome 1 parte de sálvia, 1 parte de camomila e 5 partes de pó de castanha da Índia. Derreta a gordura de frango e misture com as plantas para obter uma pomada espessa. Aplique no local das veias doentes por 40 minutos 1 vez por dia.

Métodos alternativos ajudam a eliminar a dor e têm um efeito anti-inflamatório.

O tratamento cirúrgico

Para eliminar varizes nos estágios 2-3, recomenda-se tratamento cirúrgico.

Tipos de intervenção cirúrgica:

  • a ecosclerose é um tipo de operação minimamente invasiva. Nenhum corte é necessário. Usando uma seringa com uma agulha longa e fina, um medicamento esclerosante é injetado na veia. A digitalização duplex é realizada ao mesmo tempo. Para eliminar a expansão interna de veias profundas, são necessários 2 a 10 procedimentos;
  • operações com laser: obliteração ou ablação por laser endovenoso, coagulação endovasal com laser. Um LED é introduzido em um grande vaso sanguíneo interno e um fluxo luminoso direcionado a alta temperatura é passado através dele, selando a área danificada;
  • A ligadura das veias profundas é realizada para evitar coágulos sanguíneos. Esta operação é chamada de crossectomia. A incisão é pequena, por dentro da virilha, de modo que a cicatriz é invisível. A constrição é realizada na junção da grande veia safena no femoral;
  • decapagem. Este é um tipo de flebectomia – um método no qual as áreas danificadas dos vasos sanguíneos são removidas usando uma sonda especial. A sonda é inserida através de uma incisão acima da área afetada. A remoção completa da área deformada danificada, juntamente com pequenos ramos vasculares, é denominada remoção total.
Nanovein  Remoção de varizes a laser

A decisão sobre a necessidade de intervenção cirúrgica é tomada pelo cirurgião-flebologista.

Medicamentos

A terapia medicamentosa ajuda a trazer a doença para um estado de remissão.

  1. Flebotônicos – elimine processos estagnados, normalize a circulação sanguínea aumentando o tônus ​​das paredes vasculares: Eskuzan, Detralex, Phlebodia 600.
  2. Agentes antiplaquetários – diluem o sangue e previnem coágulos sanguíneos: dipiridamol, aspirina, clopidogrel.
  3. Angioprotetores – eliminam a permeabilidade venosa e melhoram a condução vascular: pentoxifilina, vasonita, vazaprostan.

Para interromper a síndrome da dor, são usados ​​medicamentos não esteróides: ibuprofeno, xefocam, meloxicam. Seu efeito adicional é que eles impedem a adesão plaquetária.

Malhas de compressão

Se o paciente começar a usar meias ou meias de compressão quando os primeiros sintomas da doença aparecerem, as alterações patológicas podem ser interrompidas. Roupa íntima apertada suporta as veias internas, aumento da pressão é criado em locais com pressão arterial máxima.

Graças à roupa íntima de compressão, o fluxo sanguíneo é normalizado e redirecionado para o coração.

Como a estagnação não ocorre, a deformação das veias internas é impedida. Roupa íntima com efeito de compressão deve ser prescrita após a cirurgia.

Prevenção

Medidas para prevenir varizes com danos nas veias internas profundas:

  • aumento da atividade física devido à caminhada e atividade física viável. A natação é especialmente útil;
  • em posição sentada, não cruze as pernas;
  • Recomenda-se evitar o superaquecimento: recusar férias na praia, visitar um solário, banho ou sauna.

Sapatos com sola plana, salto alto e dedos pontiagudos não podem ser usados. A altura ideal do salto é de 3-5 cm.

O que é perigoso

A doença varicosa com danos nas veias internas profundas é um perigo para a saúde e a vida.

  • As veias internas sobem para a pele, ficam inflamadas. Em locais de inflamação, aparecem úlceras tróficas que não cicatrizam por muito tempo.
  • O processo inflamatório constante cria condições favoráveis ​​à infecção secundária.
  • A flora patogênica entra no corpo e é transportada pela corrente sanguínea. A probabilidade de exacerbação dos processos inflamatórios internos e o desenvolvimento de doenças infecciosas perigosas, como sepse bacteriana, aumentam.
  • No lúmen interno das veias deformadas, formam-se coágulos sanguíneos que, a qualquer momento, podem sair e entrar no cérebro ou nas artérias coronárias. Com um trombo na artéria coronária, a probabilidade de um resultado fatal aumenta.

Quanto mais cedo for possível identificar a doença, mais chances de interromper o processo patológico por métodos conservadores e restaurar a qualidade de vida.

Lagranmasade Portugal