As varizes afetam a potência masculina

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

As varizes podem levar à impotência

Os primeiros problemas com a ocorrência de uma ereção são vivenciados por todos os homens, especialmente os jovens, de maneira muito acentuada, pois isso afeta seriamente seu estado psicológico, porque o princípio masculino como um todo é questionado. Uma resposta lógica é a busca pelas causas do problema, e se as varizes são diagnosticadas, muitos a consideram um provocador de violações na vida sexual.

Para entender se as varizes afetam a potência, é necessário conhecer o mecanismo da ocorrência de uma ereção nos homens. No cérebro, é gerada uma resposta ao estímulo, que forma um sinal transmitido pela medula espinhal ao pênis. Ao mesmo tempo, um fluxo de sangue flui para ele através dos vasos arteriais, que é mantido nos corpos cavernosos, criando pressão, o que leva a um aumento no tamanho do pênis e seu endurecimento.

A única variedade de varizes, que pode estar pelo menos de alguma forma relacionada à potência, é a varicocele.

Essa é a expansão das veias dos testículos e do cordão espermático nos homens, o que ocorre na maioria dos casos na adolescência durante a puberdade. A varicocele pode acompanhar o paciente por toda a vida e não apresentar sintomas, e já pode se tornar ativa na idade adulta e começar a se desenvolver.

No entanto, mesmo no caso da varicocele, a probabilidade de impotência é duvidosa se considerarmos essa possibilidade do lado da fisiologia. Nas varizes testiculares do cordão espermático, que se conectam à veia renal, são afetadas e não estão diretamente conectadas às artérias do pênis. Assim, o efeito direto da varicocele na função sexual masculina está ausente.

Poderia haver razões indiretas

Nenhuma doença afeta apenas um órgão específico, uma vez que todos os sistemas do corpo e os processos que ocorrem nele estão interconectados. No caso da varicocele, também não se pode afirmar inequivocamente que a doença não poderia indiretamente provocar uma deterioração da potência em um homem.

A impotência pode ser dos seguintes tipos:

  1. Orgânico Um homem é sexualmente atraído, mas uma ereção não ocorre.
  2. Psychogenic. Um homem não é atraído sexualmente.
  3. Misto. Isso ocorre porque a impotência orgânica e psicogênica pode contribuir para o surgimento um do outro.

No primeiro caso, a ausência de uma ereção precisamente com varicocele pode ocorrer nos estágios finais da doença, complicada por uma diminuição nos níveis de testosterona. Este é um hormônio sexual masculino produzido nos testículos e responsável pela manifestação de características sexuais secundárias e função sexual, ou seja, potência direta.

Nos estágios finais do desenvolvimento de varizes do cordão espermático, as veias dilatadas podem atingir tamanho que interferem na termorregulação nos testículos. Só podem produzir esperma e testosterona se a temperatura no escroto for vários graus mais baixa que a temperatura corporal e, com um aumento patológico, a síntese diminua ou pare completamente. Assim, a varicocele, acompanhada de uma diminuição nos níveis de testosterona, pode afetar indiretamente a potência.

As variedades psicogênicas de impotência incluem os sentimentos de um homem sobre a aparência não estética dos órgãos genitais externos. Isso também ocorre nos estágios finais do desenvolvimento de varizes do cordão espermático, especialmente quando apenas um testículo é afetado, o que ocorre na grande maioria dos casos. Ao mesmo tempo, aumenta significativamente de tamanho em comparação com outro, e as veias excessivamente dilatadas aumentam visivelmente, parecem um cacho de uvas. Isso pode causar desconforto psicológico para alguns homens, especialmente se eles não tiverem um parceiro regular que possa explicar as características de sua doença.

Uma forma mista de potência pode ocorrer devido aos sintomas claramente manifestos da varicocele, que geralmente também ocorrem apenas nos estágios finais da doença. Primeiro de tudo, é uma dor intensa e dolorosa. Pode ocorrer com a excitação sexual ou diretamente com o sexo. Muitas vezes, intensifica-se precisamente durante a relação sexual, uma vez que a carga nos órgãos masculinos aumenta.

Assim, o paciente gradualmente começa a temer a intimidade no nível psicológico, porque sabe que não será capaz de lidar com a dor. O próprio corpo também resiste a sensações desagradáveis, e uma ereção não ocorre.

Além disso, as varizes podem provocar um enfraquecimento da imunidade do corpo, como resultado das doenças que antes não se faziam sentir são ativadas. Pode ser patologias do sistema endócrino, distúrbios neurológicos, doenças cardíacas, danos graves no fígado, etc. Além disso, o vício em álcool e fumo pode afetar a potência. Para descobrir o que exatamente causou os problemas na vida sexual de um homem, você precisa analisar todas as opções possíveis.

Os problemas de potência são resolvidos com a ajuda de um urologista ou andrologista, que ajudará a identificar a verdadeira causa da disfunção sexual e fará recomendações para sua restauração.

A operação para remover a varicocele afeta a potência

Além do fato de que a varicosidade testicular pode afetar indiretamente a potência, muitos temem que, após uma operação para dilatar as veias dilatadas, a função sexual possa ser irreversivelmente quebrada. Tais medos surgem em muitos homens, por isso eles não decidem por uma operação por um longo tempo, até que haja complicações realmente visíveis, incluindo infertilidade.

Nanovein  Flebologista em Simferopol as melhores clínicas, médicos, preços e opiniões de pacientes

Nos estágios finais da doença, a função testicular é prejudicada e a qualidade do esperma é prejudicada. Se a operação não for realizada a tempo, o homem pode perder a capacidade de conceber uma criança mesmo após a cirurgia.

Até o momento, a única maneira de curar uma varicocele é fazer uma cirurgia.

Teoricamente, a intervenção cirúrgica pode causar potência se as terminações nervosas forem afetadas por engano. No entanto, os cirurgiões durante a operação afetam apenas veias patológicas, abordando-as através de uma pequena incisão na região ilíaca.

Mesmo os métodos atualmente considerados obsoletos e praticamente não estão sendo realizados, sendo substituídos por outros mais progressivos, não representam o risco de um erro que acarreta impotência.

O único risco pode ser uma reação individual do corpo à anestesia geral se os métodos de Ivanissevich ou Palomo forem usados ​​para remover a varicocele. Todos os outros procedimentos modernos para puxar ou extirpar veias patologicamente dilatadas nos testículos podem ser realizados sob anestesia local, o que reduz significativamente a probabilidade de complicações.

Após a operação, o homem não perde sua função sexual, uma violação de potência só pode ser observada durante o período de reabilitação, quando o corpo se recupera do estresse. A duração deste processo depende diretamente do próprio paciente – sua idade, reação à anestesia e outras características, bem como o grau de negligência da doença antes da cirurgia.

Normalmente, o médico permite que você retome a atividade sexual três semanas após a cirurgia. Teoricamente, a intimidade é possível antes deste período, quando as suturas já foram removidas e a ferida cicatrizada, mas isso pode causar dor ou pode haver uma falta temporária de ereção.

Assim, a questão de saber se a varicosidade afeta a potência em um homem pode ser respondida que isso acontece em casos extremamente raros, enquanto esse relacionamento é indireto e a violação é geralmente temporária. Reduzir a função sexual de um homem com varicocele é mais uma exceção à regra; portanto, você não deve ter medo de operações, porque elas permitem que você se proteja antecipadamente do desenvolvimento de complicações.

Como a varicocele afeta a potência

Varicocele e potência – esses dois conceitos estão inter-relacionados, uma vez que as varizes do cordão espermático afetam o trabalho dos órgãos reprodutivos dos homens. Se a doença for iniciada, poderão surgir problemas muito sérios, e não apenas com potência.

O que é uma varicocele?

As varizes do cordão espermático são uma doença que se desenvolve nos homens e é caracterizada por congestão nos testículos.

Os principais sinais da varicocele incluem:

  1. Dor decorrente do contato sexual.
  2. Escroto azul e aumentado (principalmente por um lado).
  3. O aparecimento de veias inchadas na região da virilha, etc.

Ajuda! Na maioria das vezes, uma condição patológica ocorre no contexto de uma predisposição hereditária, transmitida de pai para filho. A doença tem vários estágios de desenvolvimento, sintomas específicos.

Diagnosticar um homem com varizes testiculares não é tão difícil, o perigo é que a doença não seja tratada com métodos conservadores. Com a ajuda de medicamentos, você pode interromper o seu desenvolvimento, para evitar consequências graves. Mas apenas a cirurgia pode ajudar a se livrar completamente da varicocele.

Leia em nossos artigos sobre operações de acordo com o método Ivanissevich, cirurgia endoscópica e cirurgia de Marmara.

A doença progride lentamente e nos estágios iniciais do desenvolvimento seus sintomas são mal expressos. A situação muda quando as varizes do cordão espermático passam para 3, o estágio final.

A varicocele é perigosa porque causa alterações irreversíveis e, na ausência de terapia adequada, leva à atrofia testicular.

O efeito da doença no processo de ereção

O efeito da varicocele na potência é abstrato por natureza. Alguns médicos afirmam que a doença não afeta a potência. Outros dizem que as varizes testiculares são um caminho para a infertilidade e a impotência.

Os médicos invariavelmente concordam que a varicocele afeta a ereção.

Atenção! Ereção – um processo natural no corpo de um homem. Durante um período em que o fluxo de sangue, nutrientes e oxigênio aumenta para o órgão genital.

As varizes do cordão espermático podem atrapalhar o processo natural, afetar não apenas a ereção, mas também a espermatogênese.

A expansão da rede vascular afeta o trabalho dos órgãos pélvicos não da melhor maneira. O fluxo sanguíneo é perturbado, aparece estagnação. Os testículos simplesmente não têm oxigênio e nutrientes suficientes, e as veias dilatadas não lidam totalmente com sua tarefa. Como resultado, um homem pode aparecer:

  • dor durante o ato;
  • problemas com a função erétil (relação sexual reduzida);
  • impotência e infertilidade.

Dor e desconforto durante o contato sexual levam mais provavelmente a problemas psicológicos. Com medo de encontrar desconforto novamente, o homem não tem pressa para entrar em relações íntimas com seu parceiro. Se a síndrome da dor for pronunciada, nesse caso, há um alto risco de desenvolver impotência que surgiu no contexto do estado psicológico do homem.

A varicocele interrompe o fluxo sanguíneo para os órgãos do sistema reprodutivo. Como resultado, os tecidos começam a apresentar hipóxia – falta de oxigênio e nutrientes. Se a hipóxia é aguda, leva ao desenvolvimento de necrose – a morte do testículo.

Mas na maioria dos casos, os pacientes se queixam de problemas com ereção e redução na duração da relação sexual.

Impotência e infertilidade com varicocele raramente ocorrem. Somente se, além das varizes do testículo, o paciente tiver outras doenças: prostatite, orquite, etc. Eles podem agravar a situação e levar ao desenvolvimento de várias complicações.

A varicocele afeta não apenas a potência, mas também o processo de espermatogênese. Quando os testículos não têm oxigênio e nutrientes, a temperatura aumenta neles.

O sistema reprodutivo responde a isso da seguinte maneira:

  1. A quantidade de esperma produzido é reduzida.
  2. Sua qualidade está caindo.
  3. A estrutura das células espermáticas está mudando.
Nanovein  Dermatite varicosa

Alterações levam ao desenvolvimento de infertilidade e impotência. Se os processos necróticos se desenvolvem no contexto da varicocele e eles "afetam" ambos os testículos, então os processos são considerados irreversíveis. Nesse caso, o esperma não pode ser detectado no ejaculado.

Importante! Nos homens com varicocele, a motilidade espermática é significativamente reduzida, um espermograma ajudará a verificar isso.

Alguns pacientes na ejaculação não têm espermatozóides; nesse caso, mesmo a cirurgia não ajudará a corrigir a situação.

Como aumentar a potência com varicocele?

As varizes do testículo têm vários estágios de desenvolvimento.

Além dos sintomas distintivos, a doença é caracterizada por vários efeitos no funcionamento dos órgãos pélvicos.

Então, como a varicocele afeta a potência em diferentes estágios do desenvolvimento da doença:

  1. No estágio inicial, quando não há sinais da doença e o paciente não sente desconforto, alterações no estado das veias podem ser consideradas insignificantes. Mesmo ao realizar espermogramas e outras análises no trabalho dos órgãos do sistema reprodutivo, violações graves não podem ser detectadas. Nesta fase, a doença não afeta a função erétil de um homem e sua fertilidade.
  2. No segundo estágio, são observados leves sinais de varizes. Nesse caso, o paciente pode apresentar sintomas desagradáveis, como dor durante a relação sexual, diminuição da atividade espermática. A rede vascular na superfície do testículo é claramente visível, o que indica falta de oxigênio, aumento da temperatura no interior do testículo e violação do processo de espermatogênese.
  3. No estágio final 3, o testículo fica azul, cai um pouco mais, um selo aparece no escroto. Os tecidos são catastroficamente carentes de oxigênio e nutrientes, o que leva à sua necrose. A dor ocorre durante a relação sexual, sua duração é significativamente reduzida, além disso, a qualidade do esperma também diminui. Em circunstâncias adversas, a impotência se desenvolve.

Ajuda! Se varizes do cordão espermático são observadas de 2 lados. Isso pode levar a consequências irreversíveis.

Restaure a potência e, ao mesmo tempo, uma ereção das seguintes maneiras:

  1. Se a doença estiver em um estágio inicial de desenvolvimento, a condição do homem não exige ajustes especiais. Basta apenas usar drogas que ajudem a parar o desenvolvimento de uma condição patológica. Na maioria dos casos, os médicos prescrevem venotônicos.
  2. Na 2ª etapa do desenvolvimento da doença, é realizado um tratamento complexo. Se houver evidência – intervenção cirúrgica.
  3. O estágio 3 requer cirurgia imediata. O procedimento é realizado em caráter de emergência e consiste na amputação do testículo.

Atenção! O tratamento de varizes testiculares com loções, aplicações e outros métodos não convencionais não tem eficácia.

Varicocele e testosterona

A expansão das veias do testículo faz certas mudanças no trabalho do órgão. Eles estão associados à produção do hormônio testosterona.

Ajuda! A testosterona é um hormônio sexual androgênico produzido nos testículos e é responsável pelo trabalho do corpo, formação do corpo (tecido muscular) e fertilidade.

95% da testosterona é produzida pelos testículos, com uma diminuição em sua eficiência, o nível do hormônio no sangue cai. Como resultado, a qualidade e a motilidade do esperma são reduzidas.

A falta de testosterona afeta a aparência de um homem, e a obesidade geralmente se desenvolve no contexto do desequilíbrio hormonal.

Mas durante a cirurgia, a função dos testículos é totalmente restaurada. Isso ajuda a se livrar dos problemas hormonais e a normalizar o nível de testosterona no sangue.

Conclusão

A varicocele é uma doença que pode ser lenta e não se desenvolver por muitos anos. Em alguns meninos, a doença é diagnosticada no primeiro ano de vida. Se você monitorar a condição, siga as recomendações do médico, nunca poderá encontrar problemas de potência que surgiram no contexto de varizes do cordão espermático.

Varizes e potência – o que você precisa saber?

Homens odeiam ser tratados e até mesmo visitar instalações médicas. Para motivar adequadamente um ente querido a cuidar de sua saúde, vejamos como conceitos como varizes e potência estão interconectados. A doença está realmente causando sérios problemas à saúde dos homens ou é apenas uma fantasia?

Muitas vezes, em homens jovens e até adolescentes, existe uma variedade de varizes como a varicocele, expressa pela expansão das veias do cordão espermático, localizadas no escroto. Nos estágios iniciais, a doença prossegue sem sinais visíveis e só pode ser detectada em um exame de rotina, o que permitirá escolher um tratamento oportuno e evitar complicações desagradáveis.

Varizes e potência: realidade e ficção

1. A maioria dos representantes do sexo forte tem medo de que uma diminuição na potência esteja diretamente relacionada à presença de varicocele. Os médicos têm certeza de que essa afirmação não tem nada a ver com a realidade. Se esse problema existir, procure outra causa ou fator predisponente:

  • abuso de álcool;
  • exposição a estresse frequente, fadiga crônica;
  • obesidade, hipertensão, distúrbios hormonais, cardiopatia isquêmica;
  • doenças do aparelho geniturinário, origem infecciosa.

É impossível determinar o motivo real sem a participação de um especialista. Não há necessidade de adiar, você deve entrar em contato com um andrologista que identificará o inimigo real e o ajudará a escolher uma maneira eficaz de se livrar dele.

A única coisa que pode reduzir a potência das varizes é uma síndrome de dor pronunciada.

2. Se você deseja ter filhos, deve estar ciente do real perigo que pode surgir como resultado da varicocele. Isso é uma violação da espermatogênese e, como conseqüência, a ocorrência de infertilidade masculina. O mecanismo da aparência da patologia não é totalmente compreendido. Existe uma teoria de que, devido à doença, o regime de temperatura é violado. As glândulas sexuais superaquecem, o que impede a formação de espermatozóides.

3. A única maneira de tratar essa patologia é a cirurgia. Os homens estão assustados com a possibilidade de perder a capacidade de desempenhar uma função sexual como resultado de uma cirurgia. Não se preocupe. O risco de adquirir disfunção erétil é zero. O único inconveniente é um requisito obrigatório para deixar de fazer sexo por um mês, associado à necessidade de garantir o processo de regeneração do órgão operado.

Lagranmasade Portugal