As razões pelas quais as pernas doem do joelho aos pés

A dor dolorosa nas pernas é familiar a todas as pessoas: após um dia de trabalho duro ou descanso ativo com amigos, os pés e panturrilhas começam a doer ou inchar.

As razões pelas quais as pernas doem do joelho aos pés são muito diversas.

Portanto, se a dor se manifesta apenas ocasionalmente e você sabe exatamente as causas de sua ocorrência, não há com que se preocupar: basta descansar bem as pernas, tomar um banho relaxante e a dor diminui. Mas acontece que sensações desconfortáveis ​​de dor assombram uma pessoa constantemente. Nesse caso, os sintomas são um sinal de uma doença grave que precisa ser diagnosticada o mais rápido possível para iniciar um tratamento abrangente oportuno.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Características da estrutura anatômica e causas da dor

A área da perna abaixo do joelho é chamada de canela. Essa parte do membro inferior inclui uma estrutura óssea, muitos músculos e ligamentos, além de vasos sanguíneos e plexos nervosos.

Portanto, as razões pelas quais as pernas abaixo do joelho doem podem ser causadas por mau funcionamento de qualquer componente do membro.

Para facilitar o diagnóstico da doença, os médicos dividiram condicionalmente a perna em duas seções:

  • A seção anterior, localizada na frente do joelho inferior, é preenchida com tecido muscular;
  • A seção traseira, na qual existem ligamentos, fibras nervosas e vasos sanguíneos.

Existem 5 razões principais pelas quais as pernas abaixo dos joelhos doem:

  1. Esforço físico excessivo ou lesão na perna que ocorreu mais cedo.Se o dano for menor, eles não causarão dor intensa. No entanto, suas conseqüências, combinadas com cargas excessivas de força, causam inflamação, que se manifesta no edema da perna anterior.
  2. Doenças causadas por alterações patológicas na coluna vertebral, nas quais a raiz nervosa é comprimida. A síndrome da dor se manifesta nas costas durante as voltas do corpo ou da palpação.
  3. Bursite é uma inflamação da patela. Ocorre após artrose da articulação do joelho ou trauma do menisco. No processo da doença, as estruturas da cartilagem sofrem alterações, o líquido inflamatório se acumula nelas. O edema pronunciado começa.
  4. Veias varicosas. Uma das doenças mais perigosas e insidiosas, em processo de desenvolvimento em que a perna abaixo do joelho dói. O sangue que circula mal nos vasos estagna neles, formando coágulos sanguíneos. Nesse caso, a perna dói constantemente, enquanto a síndrome piora à noite.
  5. Trombose vascular. Uma doença perigosa tem dois quadros clínicos de desenvolvimento: arterial e venoso. Com trombose venosa, a dor nos membros aumenta dentro de 3-5 dias. Os pés ficam quentes ao toque, primeiro adquira um bordô e depois azul. A trombose arterial se manifesta rapidamente. Em 3-4 horas, uma forte dor nas pernas aparece, os membros ficam pálidos e dormentes. No caso de falha na prestação de cuidados médicos, os tecidos morrem.
Nanovein  Como usar iodo para varizes

Outros fatores desencadeantes

Existem outras razões para a manifestação de dor na perna. Eles estão em tais doenças:

No processo de desenvolvimento de isquemia do tecido muscular, ocorre obstrução arterial. Ou seja, a intensidade do fluxo sanguíneo e do lúmen nos vasos das artérias é significativamente reduzida – a perna começa a doer. As sensações de dor se intensificam após a atividade física. Para parar a dor, é necessário descansar as pernas.

Na ausência de tratamento, a doença se torna patológica: o prazo para a manifestação da síndrome da dor aumenta, a pele das pernas se desprende e as úlceras aparecem nelas. Nesse caso, apenas a intervenção cirúrgica pode salvar a vida do paciente.

  • Esforço físico no tecido muscular.

Ocorre devido a esforço físico desigual e excessivo. Manifesta-se com mais frequência em pessoas com sobrepeso, pois a carga sobre o aparelho muscular e ósseo da perna aumenta.

A inflamação no aparelho ligamentar causa miosite, que se manifesta devido à hipotermia. As pernas doem na parte de trás da perna e são uniformes e permanentes.

A dor na perna abaixo do joelho se manifesta com falta de cálcio, magnésio e potássio. Está localizado na parte de trás da perna e é acompanhado por convulsões. Na maioria das vezes, essas manifestações de dor são diagnosticadas em mulheres que aderem a dietas rigorosas por um longo tempo. Nesse caso, uma dieta desequilibrada leva ao fato de que os minerais necessários são mal absorvidos e excretados a uma taxa acelerada.

Essas doenças afetam as articulações, mas a dor pode ser localizada na parte inferior da perna. Uma característica específica dessas doenças é a reação das extremidades para mudar o clima: dói e torce as articulações.

A doença ocorre devido à falta de cálcio no organismo. Devido à quantidade insuficiente desse elemento necessário, os ossos se tornam frágeis, propensos a fraturas frequentes. Com osteoporose, os ossos da perna doem. A doença geralmente afeta as mulheres no momento da menopausa.

Esta doença é uma conseqüência de complicações do diabetes. A síndrome da dor é aguda e constante, independente da atividade física. O paciente experimenta frieza e dormência dos membros.

Uma doença infecciosa que afeta o tecido ósseo. A dor é forte, periódica. A doença requer tratamento rápido e qualificado.

Existem várias outras razões pelas quais a perna dói na perna:

  • Ingestão prolongada ou descontrolada de medicamentos potentes;
  • Doença arterial;
  • Doenças causadas por reumatismo;
  • Processos tumorais de várias localizações;
  • Doença de Paget;
  • Uma hérnia da coluna lombar.

Sintomas e manifestações associadas de doenças

Se suas pernas abaixo dos joelhos doem regularmente e são acompanhadas pelos sintomas listados abaixo, você precisa procurar urgentemente ajuda médica:

  • Dificuldades surgem quando as pernas são estendidas e dobradas;
  • Há desconforto durante o movimento, uma sensação de rigidez;
  • A manifestação de inchaço, quaisquer alterações na cor da pele, hematoma, o aparecimento de secreção purulenta;
  • O aparecimento de dor nos músculos das pernas abaixo do joelho no momento da subida ou descida ao longo das etapas;
  • Dor intensa no momento em que há apoio na perna;
  • A síndrome da dor é aguda, cortante, permanente.

Se as pernas abaixo dos joelhos doem devido a doenças graves, o quadro clínico é complementado por sintomas concomitantes:

  • Aumento da temperatura corporal;
  • Localização ampla da dor: de 10 a 15 cm. Quanto maior a localização, maior a área da perna afetada;
  • Durante o período de atividade física, a dor se intensifica, no momento do descanso recua;
  • Nos fumantes, os sintomas são mais pronunciados, pois seus distúrbios circulatórios são mais pronunciados;
  • Com osteomielite, corrimento purulento aparece;
  • Mobilidade limitada das articulações e pés.
Nanovein  Flebectomia - remoção cirúrgica de varizes dos membros inferiores

Metodologia de medidas terapêuticas

O processo de tratamento e seus métodos dependem do motivo pelo qual as pernas estão doendo, ou seja, de uma doença específica. A duração da terapia e a escolha dos medicamentos são determinadas individualmente, levando em consideração os sintomas concomitantes e a presença ou ausência de doenças crônicas.

Além disso, dada a estrutura anatômica da perna, na qual várias estruturas estão envolvidas, é aconselhável realizar medidas terapêuticas de forma complexa, combinando fisioterapia, ginástica terapêutica e massagem. Em alguns casos, a intervenção cirúrgica é indicada.

O tratamento medicamentoso geralmente visa eliminar a dor e a inflamação de uma perna dolorida.

Sem falhar, os pacientes recebem um complexo vitamínico-mineral para manter o equilíbrio necessário no corpo.

Além disso, os seguintes grupos de medicamentos podem ser prescritos pelos médicos:

  • Medicamentos que aliviam o inchaço;
  • Medicamentos que reduzem o tônus ​​muscular;
  • Meios para melhorar a circulação sanguínea;
  • Drogas hormonais e citostáticos;
  • Anticoagulantes são usados ​​para tratar trombose;
  • A insulina é usada no tratamento da diabetes.

A fisioterapia ajuda a aliviar a tensão dos membros, elimina parcialmente a dor e a inflamação, melhora a circulação sanguínea.

Para eliminar os sintomas na perna, é utilizado o tratamento com os seguintes procedimentos:

  • Ultraphonoforese;
  • Brilho a laser;
  • Magnetoterapia;
  • Terapia por ondas;
  • Terapia de lama;
  • Terapia com parafina;
  • Tratamento de água mineral.

Ginástica terapêutica e massagem são usadas apenas de acordo com o testemunho do médico, uma vez que em algumas doenças, durante as quais a perna pode doer, a exposição desnecessária à perna piora a condição do paciente.

A cirurgia é recorrida se a terapia anterior não aliviar a condição ou se a doença estiver em um estágio em que outro tratamento será malsucedido.

As varizes requerem tratamento a longo prazo, durante o qual elas necessariamente usam uma fixação firme da perna com um curativo, além de pomadas projetadas para fortalecer as paredes das veias.

No tratamento da aterosclerose, os medicamentos são prescritos apenas por um médico!

Os médicos recomendam que os pacientes, em combinação com a terapia medicamentosa, mudem gradualmente seu estilo de vida: movam-se o máximo possível e mudem a dieta. É necessário abandonar alimentos defumados e gordurosos, salsichas, ovos. É importante manter uma dieta equilibrada, reduzindo gradualmente a ingestão de alimentos que contêm colesterol. O óleo vegetal nessa dieta deve ser um produto essencial, pois seu uso ajuda a dissolver as placas ateroscleróticas já formadas.

Métodos de prevenção

Muitas razões pelas quais as pernas doem na região da perna fazem você pensar na prevenção de doenças que causam sintomas tão desagradáveis.

Algumas regras simples ajudarão a manter as pernas saudáveis:

  • Tente usar sapatos confortáveis ​​feitos de material natural com salto baixo;
  • Sentado no trabalho ou em casa, não jogue pé sobre pé, esta posição leva à constrição dos vasos sanguíneos;
  • Assista seu peso;
  • Iniciar tratamento pés chatos em suas primeiras manifestações;
  • Descansando deitado, muitas vezes levante as pernas;
  • Ande descalço com mais frequência.

Banhos relaxantes para os pés à noite e massagem nos pés ajudarão a aliviar a tensão e garantir um sono saudável.

Lagranmasade Portugal