As consequências das varizes e quais são os perigosos

Segundo as estatísticas, nos países desenvolvidos, veias varicosas (VFC) são encontradas em cada 4ª mulher e em cada 10 homens. Infelizmente, a maioria considera esta doença apenas como um defeito cosmético, na forma de veias azuis inchadas, para que as pessoas não tenham pressa de consultar um médico e iniciar o tratamento. Mas poucas pessoas pensam sobre o que é uma atitude tão indiferente ao estado dos vasos sanguíneos, quais podem ser as conseqüências das varizes e o que elas podem levar.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O que acontecerá se não for tratado?

As varizes são uma doença bastante insidiosa. A princípio, desenvolve-se lentamente e não apresenta manifestações externas especiais; portanto, não presta atenção a isso há muito tempo, embora já estejam ocorrendo sérias alterações patológicas no interior do corpo.

O primeiro sintoma observado pelos pacientes com varizes são os vasos subcutâneos azuis salientes nos quadris e pernas. Mas, de fato, esse fenômeno já atesta o pleno florescimento da doença, e se nesta fase você não for ao médico que selecionará as instruções para o tratamento da doença, então sérias consequências aguardam a pessoa, às vezes até ameaçando a vida do paciente. A que pode levar a falta de tratamento ou automedicação ineficaz?

Trombose

Esta doença é o processo de formação de coágulos sanguíneos ou coágulos sanguíneos no lúmen de uma veia. Esse coágulo pode aumentar gradualmente de tamanho, o que complica o movimento normal do sangue através dos vasos.

Às vezes, um coágulo sanguíneo pode atingir um tamanho tal que existe um bloqueio completo do vaso. E, em alguns casos, um coágulo de sangue se afasta da parede do vaso e entra na corrente sanguínea geral.

Movendo-se com o fluxo sanguíneo através do corpo, ele pode entrar nos pulmões ou no coração, o que é repleto de ocorrência de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco ou tromboembolismo. Isso é descrito em mais detalhes no vídeo deste artigo.

Importante: acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e tromboembolismo são as consequências mais perigosas – a VFC, nesse caso, pode levar à morte ou paralisia.

Flebite

Flebite é chamada inflamação da parede venosa. A causa do desenvolvimento da flebite no contexto de varizes é uma violação da nutrição das estruturas celulares devido à estagnação do sangue e ao acúmulo de toxinas.

Nanovein  Causas de trombose da veia porta em uma idade jovem

A flebite se manifesta por sintomas como:

  • escurecimento e aperto da pele acima da superfície do vaso inflamado, como mostra a foto;
  • aumento da temperatura local;
  • inchaço e dor na área de inflamação.

A inflamação pode ser aguda ou entrar em forma crônica. A flebite raramente ocorre isoladamente, geralmente leva gradualmente à formação de um trombo e passa à tromboflebite.

Tromboflebite

Essa doença combina os sinais de trombose e flebite, ou seja, é um processo no qual coágulos sanguíneos se formam nas paredes inflamadas dos vasos venosos. Varizes – cujas conseqüências se manifestam dessa maneira são especialmente perigosas.

Sinais de tromboflebite são sempre pronunciados e causam muito desconforto, o paciente é constantemente acompanhado por inchaço e dor.

A doença passa por várias etapas, que podem ser visualizadas na forma de uma tabela:

Estágio Sintomas
I Falta ou parece, em pequena medida, na forma de dor leve.
II Dor periódica, vermelhidão da pele sobre a área afetada da veia, dormência.
III Dores constantes, inchaço, condensação sob a pele, veias azuis inchadas começam a aparecer sobre sua superfície.
IV Dor intensa, veias incham e escurecem bastante, possivelmente um aumento local da temperatura.
V Dor intensa, veias salientes, inchaço, escurecimento e dormência da pele sobre as veias, a temperatura de todo o corpo aumenta.

Com os primeiros sintomas de tromboflebite, você deve entrar em contato imediatamente com um flebologista, pois o atraso pode custar uma vida.

Sangramento

Quando as varizes são observadas por algum tempo, as consequências podem se manifestar como sangramento dos vasos afetados.

Qual o motivo disso?

O desenvolvimento gradual da VFC é acompanhado pela expansão e extensão das paredes elásticas dos vasos sanguíneos sob a influência de sangue estagnado. Como resultado disso, a parede do vaso venoso se torna mais fina e muito vulnerável, de modo que até o menor dano leva à sua ruptura e sangramento intenso.

O que deve ser feito com esse sangramento:

  1. Aplique um curativo de gaze estéril.
  2. Atadura firmemente com uma atadura elástica.
  3. Aplique frio por 10-15 minutos.
  4. Tome uma posição horizontal, levante as pernas acima da cabeça.

Nesse caso, é necessário chamar uma equipe de ambulância, pois o sangramento com varizes, embora seja uma complicação bastante rara, é muito grave.

Úlceras tróficas

Nos casos mais avançados, no contexto da patologia, surgem doenças graves da pele, como é o preço da inação ou do tratamento inadequado. As úlceras se manifestam como feridas chorosas, não cicatrizantes, às vezes purulentas.

O processo de sua formação, na ausência de tratamento, ocorre em várias etapas:

  1. Vermelhidão e inchaço da pele sobre varizes.
  2. A pele morre, são expostas manchas brancas, das quais se destacam pus e muco.
  3. A úlcera cresce de tamanho e cresce profundamente nos tecidos, podendo afetar os tendões e os ossos.
  4. Extinção gradual de um membro.

Nos primeiros sintomas das úlceras, é muito importante não adiar a visita ao hospital, o médico deve examinar imediatamente a ferida e prescrever o tratamento.

Importante: Se você não iniciar o tratamento oportuno das úlceras tróficas, pode ser necessária a amputação do membro afetado.

Pós-operatório

Nem sempre, tendo operado varizes, você pode se proteger das conseqüências desta doença. A recuperação após a remoção dos vasos afetados pode ser acompanhada de efeitos residuais e, às vezes, complicações podem começar a aparecer após a cirurgia.

Nanovein  Como tratar varizes uterinas (2)

Ao longo da veia distante, o paciente geralmente sente dor, hematomas e até sangramentos podem se formar devido ao fluxo sanguíneo venoso abundante. Em alguns casos, podem formar-se nódulos dolorosos, geralmente acompanhados de inflamação e vermelhidão. Há também a probabilidade de trombose venosa profunda devido à atividade locomotora reduzida após a cirurgia.

Para evitar que esses fenômenos ocorram, é importante observar várias regras após a remoção de varizes:

  • usar meias de compressão;
  • tomar anticoagulantes
  • participar de exercícios de fisioterapia;
  • coma direito.

Seguindo essas regras simples, você pode se recuperar rapidamente após a cirurgia e reduzir o risco de desenvolver os efeitos das varizes e seu reaparecimento.

Varizes e gravidez

Como você sabe, a gravidez é um dos principais fatores no desenvolvimento de varizes e suas consequências nas mulheres.

As principais razões pelas quais isso acontece, resumem-se a dois processos principais que ocorrem no corpo durante a gravidez:

  1. Uma mudança no plano hormonal, especialmente no final da gravidez, visa relaxar os músculos, para facilitar a passagem do bebê pelo canal de parto. O lado negativo desse processo é o relaxamento das paredes musculares dos vasos sanguíneos, o que contribui para o desenvolvimento de estase sanguínea.
  2. Mudança no sistema circulatório, novos vasos aparecem, para garantir a vida do feto. Isso provoca uma carga aumentada nos vasos das extremidades inferiores, e eles nem sempre lidam com ela, de modo que as varizes se desenvolvem após o parto.

O principal problema que complica o tratamento da doença é que, para as mulheres grávidas, existe uma lista muito limitada de medicamentos aprovados que são seguros para a saúde do feto. É por isso que as consequências das varizes costumam surgir após o parto.

Algumas mulheres até consideram manifestações de patologia durante a gravidez como um fenômeno temporário completamente normal. Portanto, eles não consideram necessário consultar um médico e iniciar o tratamento.

Mas a varicosidade passa após o parto sozinha? Os casos são diferentes e, às vezes, as manifestações realmente visíveis da HBP podem desaparecer algum tempo após o nascimento, sem o uso de qualquer meio.

Mas isso acontece e vice-versa, em vez da recuperação esperada, as varizes após o parto podem continuar seu desenvolvimento e afetar as veias profundas. Portanto, você não deve esperar que as tristes conseqüências das varizes apareçam, mas é melhor começar o tratamento com os primeiros sintomas. Além disso, não se esqueça da prevenção da doença, porque é sempre mais fácil prevenir do que tratar por um longo tempo.

Lagranmasade Portugal