Apresenta recuperação após a cirurgia para varizes das extremidades inferiores

As varizes nas pernas não são apenas uma falha cosmética na forma de montes inchados, mas uma doença grave. Se você não tomar medidas terapêuticas, o paciente enfrenta complicações na forma de trombose e tromboflebite (inflamação da veia afetada).

Além disso, com varizes, uma pessoa sente dor e peso nas pernas, sensação de queimação, fadiga rápida. Distúrbios tróficos na forma de afinamento da pele, junção de pigmentação. Úlceras podem aparecer nessas áreas, sua localização favorita é o terço inferior das pernas.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Métodos de tratamento

Um tratamento radical para varizes nas pernas é a remoção cirúrgica de um vaso alterado – flebectomia. A operação pode ser realizada de acordo com o método clássico; quando é realizada uma incisão no tecido, as veias afetadas são ligadas. Uma pessoa deve estar ciente de que uma recaída da doença e várias complicações são possíveis.

Microflebectomia – a remoção do vaso é realizada através de pequenas perfurações na pele. A veia afetada é removida por crochê. A ligação vascular não é necessária e o local da punção é selado com um curativo.

Métodos menos traumáticos para remover varizes são a ablação a laser e a obliteração por radiofreqüência. No entanto, após eles, a reabilitação também é necessária após a operação de varizes nas extremidades inferiores. O cumprimento de todas as recomendações do médico é essencial para evitar recaídas.

Independentemente da técnica de retirada do vaso, após a cirurgia é utilizada:

  • tratamento medicamentoso;
  • exercício terapêutico;
  • meias de compressão;
  • fisioterapia.

Medicamentos

O objetivo da prescrição de medicamentos é:

  • alívio da dor;
  • melhora da circulação sanguínea;
  • profilaxia para trombose;
  • eliminação de hematomas pós-operatórios, vedações.

São utilizados venotônicos – Phlebodia, Venarus, Detralex, por um período de 14 dias ou mais. Os medicamentos flebotrópicos melhoram a elasticidade da parede venosa, restauram a microcirculação, reduzem a permeabilidade dos vasos sanguíneos e têm um efeito anti-inflamatório.

Anticoagulantes e agentes antiplaquetários são usados ​​para prevenir coágulos sanguíneos. Os anticoagulantes impedem a adesão plaquetária, afinam o sangue, tornam-no mais fluido, dilatam os vasos sanguíneos e melhoram a microcirculação. São usados ​​medicamentos à base de pentoxifilina (Radomin, Agapurin, Trental) e aspirina.

Uma combinação eficaz de agentes antiplaquetários com pentoxifilina e flebotônicos. Vitaminas, antioxidantes, preparações enzimáticas e anti-inflamatórios são usados ​​como terapia adicional.

Atividade motora

Imediatamente após a intervenção, um curativo elástico é colocado na perna e o membro é colocado em um estado elevado no rolo.

Nanovein  Meias-calças para varizes

No entanto, a posição supina prolongada não é recomendada. Saia da cama e ande pela enfermaria algumas horas após a intervenção minimamente invasiva. Se uma flebectomia foi realizada, o movimento é permitido no dia seguinte.

A fisioterapia é iniciada quase imediatamente após a remoção do vaso, a fim de evitar estagnação nos membros. Exercícios leves podem ser feitos na cama. No futuro, recomenda-se ao paciente caminhar, nadar, comer de bicicleta. Para evitar a fadiga, a atividade física deve ser distribuída uniformemente ao longo do dia.

Exercícios úteis

  • diferentes tipos de caminhada (nos calcanhares e dedos dos pés);
  • movimentos nas articulações das pernas – flexão, extensão, rotação;
  • exercício "bicicleta";
  • cruzando as pernas no ar.

Na primeira vez em que você precisa se mover constantemente, não pode ficar sentado por mais de duas horas. Se você tiver que ficar em uma posição estática por um longo tempo, deve organizar periodicamente exercícios físicos – mova os pés em direções diferentes, "role" as pernas do dedo do pé ao calcanhar.

Se você viajar de carro, em um avião, periodicamente, saia da cadeira, ande um pouco para evitar a estagnação do sangue. Após uma caminhada, é útil levantar as pernas um pouco acima do tronco.

Produtos de compressão

A restauração da circulação sanguínea é realizada com um pneu e bandagens elásticas, que impedem o aparecimento de hematomas e reduzem o risco de sangramento. As bandagens elásticas são aplicadas na direção de baixo (do pé) para cima (até o nível do joelho). Nos primeiros dias, eles devem estar de pé o tempo todo. No futuro, eles mudam para malhas – meias até o joelho, meias, calças justas. Eles são usados ​​todos os dias pela manhã sem sair da cama.

Geralmente, o médico faz recomendações sobre a aquisição de produtos de compressão antes da operação.

Estilo de vida após remoção vascular

Os pacientes após a cirurgia para remover o vaso devem lembrar que há vários meses há formação de cicatrizes, por isso é importante seguir algumas regras. Imediatamente após a intervenção, considere as seguintes recomendações:

  1. Você não pode realizar procedimentos térmicos – vá ao banheiro, sauna, deite-se em um banho quente.
  2. Você pode lavar alguns dias após remover a costura com um pano macio. Nesse caso, você não pode esfregar a área danificada da pele. É limpo com movimentos cuidadosos com a mão ensaboada. A temperatura da água deve ser confortável para os seres humanos, mas não quente.
  3. Se houver crostas na cicatriz, é proibido removê-las. Espere um pouco e eles cairão por conta própria.
  4. Não lave qualquer verde ou iodo restante que cubra a sutura pós-operatória. Se aparecer coceira na área da ferida, lubrifique novamente com uma solução anti-séptica.
  5. Se você notar vermelhidão da cicatriz ou pedaços de material de sutura, visite um cirurgião em um futuro próximo para removê-los.

Após um mês, eles gradualmente retornam ao seu estilo de vida anterior. Se o trabalho envolve a transferência de cargas pesadas, ocorre em condições de alta umidade e temperatura, envolve sentado ou em pé prolongado, você deve pensar em mudar o tipo de atividade.

Nanovein  Características da operação para remover miomas uterinos

Dieta

No pós-operatório, anticoagulantes estão incluídos no menu. Estes incluem:

  • gorduras saudáveis ​​- linhaça e azeite, peixe oleoso;
  • bagas contendo substâncias como aspirina (framboesas, groselhas, cerejas, cranberries);
  • frutas cítricas;
  • tomates e suco deles;
  • chocolate amargo;
  • sementes de girassol;
  • beterraba.

Também é benéfico adicionar alimentos que contêm magnésio à sua dieta. Isso é aveia, gengibre. Magnésio impede a formação de coágulos sanguíneos. É importante monitorar o regime de bebida para evitar a coagulação do sangue.

Remédios populares

Para a prevenção de trombose, são utilizadas decocções de plantas que impedem a colagem de placas de sangue:

  • salgueiro branco;
  • avelã comum;
  • castanha de cavalo;
  • absinto.

As partes superiores das cenouras são picadas, preparadas com água fervente e bebidas durante o dia, em vez de chá e café. Essas plantas são eficazes na expansão de veias em outras partes do corpo e são usadas para prevenir a recaída da doença.

fisioterapia

Com alterações tróficas da pele, são prescritas sessões de irradiação da pele de quartzo, UHF. Para aliviar o edema, recomenda-se a magnetoterapia e a massagem de drenagem linfática (se não houver linforréia).

O paciente pode realizar a auto-massagem em casa, acariciando suavemente o membro operado na direção de baixo para cima. A manipulação ajuda a prevenir a formação de coágulos sanguíneos, mas antes é necessário obter o consentimento do médico assistente.

Efeitos da operação

Depois de remover varizes nas pernas, ocorrem complicações:

  1. Perturbações temporárias resultantes de uma intervenção e passam rapidamente. Estes são hematomas, dormência das pernas, inflamação, sangramento e linforréia (fluxo linfático).
  2. Erros durante a operação são danos nos nervos, perfuração vascular, queimaduras, infecção na ferida.
  3. Trombose, como resultado de um estilo de vida fixo e da tendência do paciente de formar coágulos no leito vascular.

Um momento desagradável da intervenção é a dor ao longo da veia, a formação de extensos hematomas e densificações sob a pele, focos de hiperpigmentação. As vedações amolecem e se dissolvem com o tempo, mas a ferida deve ser cuidadosamente cuidada – para se vestir, tratar com anti-sépticos, trocar as bandagens com o tempo. Alguns pacientes se queixam de inchaço nas pernas e dor ao caminhar, mas esses fenômenos estão associados a dificuldades no pós-operatório.

Se os sintomas persistirem por um longo período, deve ser realizado um exame ultrassonográfico dos vasos. Ele determinará se há ou não distúrbios venosos. O médico desenvolverá táticas adicionais e decidirá quais dos métodos modernos são melhores para eliminá-los (laser, escleroterapia).

Se após algum tempo um novo nó venoso aparecer próximo à cicatriz, isso indica uma recaída da doença. Quando a vasculatura dilatada aparece em outras partes do corpo, a patologia provavelmente progride.

Em conclusão

As varizes podem ser afetadas de várias maneiras – conservadoras e cirúrgicas. Você não deve confiar apenas em medicamentos; é importante fazer exercícios de ginástica, seguir uma dieta e usar malhas elásticas.

Lagranmasade Portugal