Aprenda a tratar varizes em – mulheres – em casa

Saudações a todos os meus leitores! Hoje vamos falar sobre esse problema – como tratar varizes em mulheres. Hoje, esse tópico é bastante relevante e atual, pois afeta nossas pernas maravilhosas. As varizes podem ocorrer durante a gravidez e após o parto.

Deixando o problema das varizes que apareceram durante a gravidez por gravidade, muitas meninas correm o risco de dar à luz não apenas para se despedir de suas saias curtas favoritas, mas também para obter um monte de problemas de saúde.

As varizes podem começar com a manifestação de redes vasculares nos tornozelos, pequenas inflamações e terminar com trombose ou feridas mal cicatrizadas. Os casos graves podem ser complicados por sangramento, tromboflebite e úlceras tróficas, que podem comprometer a vida não apenas da mãe, mas também do feto.

Não se desespere com antecedência: hoje existem muitos medicamentos, métodos de tratamento, modernas tecnologias médicas que ajudarão a eliminar permanentemente as varizes. Portanto, para começar, tentaremos resolver em ordem as causas, sintomas da doença, seu curso, métodos de tratamento.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Sintomas da manifestação da doença e grupo de risco

As varizes são um "companheiro" frequente da gravidez. O que acontece neste momento com o corpo feminino? A reestruturação hormonal está em andamento com a inclusão de recursos adicionais para suporte à vida e desenvolvimento do feto, o volume de sangue está aumentando, sua consistência está mudando.

A transformação do corpo da futura mãe com um aumento do peso do útero pressiona as veias profundas internas da pequena pélvis. Isso contribui para um aumento da carga no sistema venoso, que é acompanhado por:

  • Deformidade da veia;
  • Refinamento patológico de suas paredes;
  • Válvulas internas modificadas;
  • Diminuição do fluxo sanguíneo nas extremidades inferiores.

Não assustarei as futuras mães com esses termos médicos, porque um corpo saudável após o término da gravidez é completamente autocurativo; portanto, você não deve pensar que a gravidez necessariamente termina com a aquisição de varizes.

No entanto, quero alertar todas as mulheres se elas correm risco de desenvolver varizes. Fatores agravantes incluem:

  1. Predisposição genética;
  2. Trabalho físico duro (ou trabalho em pé);
  3. A presença de redes capilares ou doenças intestinais crônicas;
  4. Excesso de peso;
  5. Estilo de vida sedentário.
Nanovein  Escleroterapia (escleroterapia) de veias em Smolensk

Com o aparecimento de fadiga, coceira, sensação de peso e inchaço nas pernas, dores agudas na área do problema na veia da perna, formação de um aperto na área dolorosa com febre ou feridas iniciais, entre em contato imediatamente com um flebologista.

Somente um exame minucioso por um médico, amostras funcionais de sangue, flebografia, diagnóstico termográfico ou de ultrassom determinará o grau de perturbação do estado das veias e de seus aparelhos valvares.

Como tratar varizes em mulheres durante a gravidez

Como você sabe, durante a gravidez e a lactação, os médicos são limitados em suas consultas, para não prejudicar o bebê. Portanto, nas primeiras manifestações de sintomas, é necessário proceder imediatamente ao tratamento preventivo para não complicar a situação durante o parto ou no período subsequente.

Para isso, uma mulher grávida precisa:

  • Tome multivitaminas onde a vitamina C e a ascorutina estão disponíveis;
  • Durante o sono ou o descanso, é preciso levantar as pernas – para esse fim, você pode usar um rolo especial feito de ervas medicinais bem embaladas ou um pequeno travesseiro;
  • Use sapatos confortáveis ​​de salto baixo. A propósito, no verão, andar descalço ao longo da costa do mar ou no parque ao longo de grama fresca lavada com orvalho é muito útil;
  • Não super-esfrie ou superaqueça as pernas;
  • Mais frequentemente suba as escadas;
  • Não suba os pés;
  • Envolver-se em fisioterapia;
  • À noite, faça banhos frios para os pés com a adição de decocções de ervas: sálvia, folhas de bétula, erva-cidreira, camomila, urtiga, urtiga, casca de carvalho, orégano;
  • Bastante eficaz é o uso de uma ferramenta tão interessante quanto o uso de sanguessugas. No entanto, nem cada um de nós será capaz de anexar esse animal ao seu corpo;
  • Excluir da dieta alimentos salgados e defumados que engrossam o sangue, dificulta o fluxo venoso.

Para fortalecer as paredes venosas, aumentar a elasticidade dos vasos da mulher grávida, é aconselhável enriquecer sua mesa com alface, cenoura, frutas cítricas, ervas, legumes, frutas, mudas de trigo.

Características do parto com varizes nas pernas

Até o momento, o problema da expansão das veias durante a gravidez não é particularmente perigoso. A principal coisa que é necessária para uma futura mãe é uma atitude atenta à sua saúde.

Além de medidas preventivas, a medicina moderna oferece medidas suaves para combater esta doença.

Antes de dar à luz, os médicos, é claro, precisam tomar uma decisão sobre como conduzir o processo obstétrico: por meio de cesariana ou por meios naturais.

De qualquer forma, a futura mãe não deve se preocupar, antes do nascimento, um conselho de médicos será organizado, composto por ginecologistas, flebologistas e especialistas de ponta para monitorar a situação.

Tratamento conservador no período pós-parto

Depois que o bebê nasce, a jovem mãe se rende completamente a ele, colocando seus problemas de saúde em segundo plano, esquecendo as varizes. Às vezes, não a incomoda e desaparece por si só, e às vezes o curso da doença pode assumir uma forma crônica. Sua sintomatologia é sempre quase a mesma:

  1. Tensão na veia;
  2. Ternura à palpação;
  3. Vermelhidão da pele na área afetada;
  4. Aumento de temperatura.
Nanovein  O que fazer com varizes 2 graus

Nesta situação, o tratamento é necessário em um hospital, e não em casa. No hospital, os médicos prescrevem descanso para doentes e usam o protocolo de tratamento complexo individualmente, de acordo com a situação. Considere suas principais áreas.

Tratamento medicamentoso de varizes

Ao usar formas de dosagem, a maioria dos médicos prescreve no tratamento:

  • Medicamentos anti-inflamatórios como butadiona ou escusan;
  • Antibióticos;
  • Preparações de sulfanilamida;
  • Analgésicos.

Alivia bem os principais sintomas e não causa reações adversas ao Detralex. Além da terapia, Trental, Agapurin, Ascorutin são usados. Como ambulância, os médicos podem usar coagulantes para afinar o sangue, mas não antes de três dias após o nascimento, a fim de evitar sangramento uterino.

Pomadas, cremes, géis

Funciona perfeitamente em terapia complexa e em esfregar preparações especiais de pomadas que reduzem o inchaço, aliviam a inflamação e a fadiga, melhoram a microcirculação sanguínea e aumentam o tônus ​​vascular. Para esfregar a canela afetada, use pomada de heparina, Lyoton-gel, essaven-gel.

Especialmente para seus belos leitores, encontrei um creme de varizes Mama Comfort. Inclui complexos especiais de fortalecimento capilar e venotônicos que ajudam a prevenir e interromper o desenvolvimento de varizes das pernas durante a gravidez e o período pós-parto.

Os últimos avanços modernos no tratamento de varizes são apresentados por novos desenvolvimentos farmacêuticos.

fisioterapia

Os procedimentos fisioterapêuticos provaram melhorar a microcirculação linfática, reabsorção de focos de inflamação, redução da estase venosa e normalização do tônus ​​muscular. Estes incluem:

  1. Darsonval;
  2. Laser
  3. Magnetoterapia;
  4. Toki Bernard;
  5. Terapia de Compressão

Terminando a história, quero observar que as varizes durante a gravidez e após o parto não são uma sentença. A medicina moderna garante à mulher uma recuperação completa, sujeita a todas as prescrições médicas, um estilo de vida saudável e boa nutrição.

Quero falar um pouco mais sobre sanguessugas. Aqui estão os monstros! Por acaso fui tratado de alguma forma com sanguessugas. Não sobre varizes, mas por uma razão completamente diferente. Quando a colocaram pela primeira vez na clínica, ela pensou que eu morreria de medo. Lembro-me, o médico disse mais tarde: "Bem, agora você compra mais alguns e coloca em casa". O que? Próprio. Todos os dias eu estava pronto para correr com ele duas vezes, só para não tocá-los com as mãos!

Mas o médico era implacável – SAMA. Ok – ela mesma, ela mesma. Comprei, trouxe para casa em uma jarra … Não vou entrar em detalhes. Só posso dizer que as sanguessugas não são tão assustadoras se você se acostumar com elas. E o mais importante – eles realmente ajudam, se tudo for feito corretamente).

Tentei fornecer informações detalhadas sobre varizes, métodos de tratamento que permitirão à jovem mãe recuperar rapidamente sua saúde, esquecer problemas, curtir o bebê e encantar seu marido com suas pernas incríveis. Não hesite – você terá sucesso!

Por fim, veja o KVN STEM do ano “Esposa e seus sapatos” (Igor e Lena):

Volte sempre no meu blog, assine atualizações, compartilhe informações com amigos nas redes sociais. Boa saúde, boa sorte e tudo de bom!

Lagranmasade Portugal