Alterações na pele das pernas com varizes

Saratov State Medical University em homenagem a V.I. Razumovsky (SSMU, mídia)

Nível de ensino – Especialista

1990 – Instituto Médico Ryazan em homenagem ao acadêmico I.P. Pavlova

Alterações patológicas nas veias das extremidades inferiores são consideradas comuns, principalmente entre atletas e idosos. Se o suprimento de sangue para uma determinada área da pele for perturbado, a pressão venosa aumenta e ocorrem varizes. As varizes tornam-se muito visíveis, os vasos sanguíneos aparecem, ocorrem alterações no processo de nutrição celular (trofismo). Quando a doença não é tratada há muito tempo, ocorrem alterações tróficas na pele com varizes, que são acompanhadas por danos à pele. Na área afetada, há um aumento significativo na pigmentação da pele, dermatite, eczema e úlceras tróficas.

No tratamento de alterações tróficas da pele com métodos populares em combinação com terapia medicamentosa, o paciente tem mais chances de uma rápida recuperação.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

causas de

Os fatores predisponentes da inflamação da pele nas pernas são bastante semelhantes às causas das varizes:

  • carregando pesos;
  • excesso de peso;
  • diabetes mellitus;
  • gravidez e parto;
  • predisposição genética;
  • lesões nos membros inferiores;
  • infecções crônicas;
  • diminuição das defesas do corpo;
  • distúrbio metabólico (processo metabólico) e microcirculação;
  • interrupções na atividade do sistema cardiovascular;
  • insuficiência venosa;
  • inchaço dos tecidos.

Sintomas

Com distúrbios tróficos, a pele fica fina, seca e facilmente ferida. Outros problemas com a pele e o estado das pernas também ocorrem:

  • inchaço e inchaço;
  • queimação e dor na área da área afetada, a pele fica muito quente;
  • peso nos membros;
  • necrose da epiderme;
  • o aparecimento de manchas vermelhas que coçam, que eventualmente adquirem uma tonalidade azul;
  • a pele fica lisa e brilhante;
  • pequenas bolhas aparecem que se rompem e se formam erosão;
  • o líquido começa a penetrar na pele.

As úlceras tróficas se desenvolvem na camada superior da pele e podem penetrar profundamente na ferida. Nesse caso, uma pessoa sente fortes dores nas panturrilhas ou tendões das pernas, um alto risco de osteomielite (inflamação infecciosa de todas as partes do tecido ósseo). Uma pessoa fica irritada e inquieta, são observados distúrbios do sono.

Nanovein  O que é argila azul e como aplicá-la

Variedades de alterações tróficas na pele das pernas

No contexto do fluxo venoso prejudicado nas extremidades inferiores, ocorrem alterações tróficas da pele, caracterizadas por um curso crônico. E mesmo após o sucesso do tratamento cirúrgico da doença, os sinais externos de úlceras e eczema não desaparecem em lugar algum. Os distúrbios tróficos dos tecidos moles incluem:

  • lipodermosclerose;
  • гиперпигментация;
  • eczema microbiano;
  • atrofia da pele (exaustão, perda de vitalidade);
  • úlceras tróficas.

Lipodermosclerose

O processo de nutrição celular é perturbado durante um período de edema constante. Como resultado de uma violação do fluxo venoso, a pressão começa a aumentar nos vasos. Os componentes do sangue (plasma e células) passam através das paredes dos capilares, localizados na camada de gordura subcutânea e na pele. Aqui, ocorre a destruição de todos os componentes, inicia o curso crônico do processo inflamatório, que posteriormente leva ao trofismo.

Hiperpigmentação

As alterações tróficas, por via de regra, ocorrem na parte inferior da perna e na região do tornozelo interno. A sensibilidade da pele diminui, torna-se densa, escurece, adquire uma tonalidade marrom.

Eczema microbiano

Quando ocorre congestão venosa, torna-se difícil para a imunidade local lidar com a microflora patogênica presente na pele. Portanto, no local da inflamação, vários patógenos da infecção (estreptococos) ou fungos começam a se multiplicar ativamente. O sistema imunológico do corpo responde a um irritante com uma reação alérgica, ocorre eczema microbiano venoso. Na fase de exacerbação do eczema, o paciente reclama de prurido cutâneo nos locais das varizes e em todo o corpo. A pele começa a se separar em pequenos filmes, pequenas feridas, como abrasões, surgem, em conexão com a qual a qualidade de vida e o bem-estar moral do paciente são reduzidos.

Atrofia da pele

A pele pigmentada no local da ocorrência de lipodermatosclerose ilumina com o tempo, mas isso não é um indicador de que tudo voltou ao normal. Pelo contrário, o último estágio da perturbação no processo de nutrição celular ocorre – atrofia branca. A pele fica mais densa, áreas recuadas aparecem na forma de fossas. A perna no local da lesão pode diminuir de volume, como se tivesse sido puxada por um manguito.

Úlceras tróficas

Eles têm um curso crônico, não curam por muito tempo, mas apenas aumentam de tamanho. A ferida é curada periodicamente, mas depois de um tempo se abre novamente. Ao pentear uma ferida, uma infecção se junta. Os preparativos locais, apenas em casos raros, ajudam a curar, e curativos especiais não se justificam. Nesse caso, é necessária uma consulta urgente com um flebologista e um exame diagnóstico.

Nanovein  Banhos de refrigerante para varizes (4)

tratamento

Os pacientes com eczema varicoso precisam de uma abordagem de tratamento integrada: terapia medicamentosa e local, dieta balanceada, estilo de vida saudável, distribuição de trabalho e descanso. Com úlceras tróficas, a cirurgia é indicada. Depois disso, as úlceras curam rapidamente. Mas o escurecimento e a condensação na pele permanecem para sempre. Recomenda-se que roupa íntima de compressão seja usada por todos, sem exceção.

Terapia Local

Este tipo de tratamento envolve o uso de cremes especiais, pomadas, loções e banhos. Eles são especialmente eficazes nos estágios iniciais de inflamação da pele com varizes. As preparações locais hidratam, amaciam e desinfetam a área afetada da pele. Também é necessário monitorar a higiene das áreas problemáticas da pele. Lave a pele com sabão neutro, seque com toalhetes estéreis ou algodão e trate com soluções de agentes anti-sépticos e antimicrobianos. O uso de drogas hormonais ajuda a aliviar a inflamação e reduzir a coceira.

medicação

A terapia local em combinação com medicamentos orais afeta efetivamente o problema. A medicação consiste nos seguintes medicamentos:

  • anti-histamínicos;
  • antibióticos;
  • sedativos;
  • drogas venotônicas e vasculares.

Intervenção operativa

As indicações para intervenção cirúrgica são formas avançadas de alterações da pele que não são passíveis de terapia conservadora. O paciente é submetido à remoção de veias, cirurgia minimamente invasiva (cirurgia através de punção pontual dos tecidos) ou usa métodos de tratamento a laser, escleroterapia.

Medicina tradicional

Para começar a tratar os processos inflamatórios da pele com a medicina tradicional, você deve primeiro consultar um médico. Se o paciente tiver lesões e úlceras profundas, os remédios populares só podem agravar a situação. A terapia alternativa oferece o uso de ingredientes naturais, óleos vegetais, tinturas de ervas medicinais, sucos de plantas. Como regra, as decocções são preparadas a partir de um extrato de castanheiro, folhas de uva, flores de camomila e calêndula, casca de carvalho, que possuem propriedades desinfetantes, anti-inflamatórias e também curam feridas. Os óleos vegetais de amêndoas, coco ou gérmen de trigo hidratam a pele problemática após procedimentos higiênicos.

Medidas preventivas

De grande importância são as medidas preventivas de uma complicação da patologia das veias com risco de vida. Atividade física moderada: caminhar, correr, nadar ajuda a aumentar perfeitamente o tônus ​​muscular e as veias das pernas. Também serão úteis massagens, um banho de contraste e um banho de água fria. Não sente ou deite constantemente, pois o movimento melhora a microcirculação e promove a cicatrização de feridas. Use sapatos confortáveis, adequados ao tamanho dos seus pés; escolha roupas exclusivamente de tecidos naturais, especialmente para eczema e úlceras.

A inflamação da pele das pernas com varizes é crônica, dura anos e leva a alterações irreparáveis ​​na pele. Se mudanças na pele forem notadas com o tempo, o médico realizará terapia competente e correta, o que interromperá o processo inflamatório e até eliminará pequenas úlceras tróficas.

Lagranmasade Portugal