Ajuda a curar as veias das pernas

Muitos aconteceram ao voltar para casa do trabalho, como se costuma dizer, "sem pernas". E esse sentimento é familiar não apenas para quem tem um emprego permanente. Mesmo aqueles que ficam no escritório o dia todo, às vezes à noite, seus pés doem e incham como se passassem o dia todo em pé. Para os moradores urbanos modernos, edema diário e cãibras à noite estão se tornando comuns. Você não deve ignorar essas coisas, porque é com sintomas tão pequenos que uma doença grave começa – varizes. E, para não levar o assunto à cirurgia, é necessário começar a tratar varizes já no estágio precursor, quando nem veias dilatadas nem aranhas são visíveis, mas “apenas” ficam cansadas, com dores e pernas inchadas à noite. Esta é a única maneira de impedir o desenvolvimento da doença.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

Tratamento de veias: por onde começar?

A maioria das pessoas que experimentam manifestações de varizes nas pernas não leva a sério os "sinos" que surgiram. Falha cosmética, nada mais. Ou apenas fadiga, que por si só passará após uma noite inteira de descanso. Talvez, mesmo com a celulite, as mulheres lutem mais ativamente do que, por exemplo, com "aranhas" de veias rastejadas. As estatísticas médicas dizem: em nosso país, apenas 18% das pessoas que sofrem de varizes sabem que isso é uma doença e apenas 8% ao menos de alguma forma tentam combatê-la.

. Enquanto isso, se nada for feito, a doença varicosa flui suavemente para insuficiência venosa crônica (IVC), que, por sua vez, envolve sérios problemas:

  • úlceras tróficas;
  • trombose venosa aguda e tromboflebite.

Apesar de a predisposição para varizes ser estabelecida geneticamente (se ambos os pais da família sofrem desta doença, a probabilidade de ocorrência na prole chega a 90%

), a doença se desenvolve sob a influência de fatores externos que contribuem para o aumento da pressão dentro da veia. Entre eles estão:

  • Cargas estáticas

    – trabalhar sentado ou em pé. Mas caminhar, pelo contrário, lança uma “bomba muscular”, que estimula a saída de sangue pelas veias.

  • Sobrepeso

    – a violação do metabolismo lipídico provoca uma série de doenças vasculares, incluindo varizes.

  • Gravidez e parto

    – todos os sistemas vitais do corpo feminino, incluindo o sistema cardiovascular, funcionam durante a gravidez e o parto com aumento do estresse.

  • Saltos altos

    – limita o trabalho do músculo da panturrilha, portanto, reduz a atividade da bomba muscular.

  • Constipação crônica

    – aumentar a pressão intra-abdominal e, portanto, a pressão nas veias das extremidades inferiores.

As válvulas venosas, que normalmente devem fornecer fluxo sanguíneo em apenas uma direção, de baixo para cima, não podem suportar uma carga alta. A válvula começa a passar sangue na direção oposta (de cima para baixo) e, na área limitada a ela, a pressão dentro da veia aumenta significativamente: o vaso se expande, um nó varicoso aparece. As válvulas nesta área finalmente deixam de cumprir sua função, a pressão venosa se torna ainda mais alta – o círculo vicioso se fecha e as mudanças começam a se espalhar pelas áreas vizinhas.

Mais cedo ou mais tarde, a insuficiência venosa crônica se desenvolve – uma condição causada pela constante estagnação do sangue nas veias alteradas.

A inflamação crônica ocorre nas paredes dos vasos sanguíneos. A parede venosa se torna mais permeável e o conteúdo da veia, incluindo as células sanguíneas, entra no espaço circundante, causando inchaço. Os glóbulos vermelhos, quebrando, deixam a hemoglobina sob a pele, causando hiperpigmentação. E os macrófagos – células projetadas para remover proteínas estranhas e tecidos danificados do corpo – começam a literalmente devorar tudo ao redor, formando uma úlcera trófica (ou, na terminologia moderna, uma úlcera varicosa), já que os tecidos ao redor da veia também são danificados pela inflamação .

Úlceras tróficas aparecem em 18% dos pacientes com varizes

. Além disso, apenas metade das úlceras varicosas cicatriza em 4 meses, um quinto não fecha em 2 anos e 8% cria um problema sério por mais 5 anos

No entanto, os flebologistas acreditam que a doença varicosa em si não é tão terrível quanto a trombose venosa que aparece em seu contexto. A inflamação crônica em combinação com a diminuição da velocidade do fluxo sanguíneo aumenta a coagulação sanguínea. Pode ocorrer tromboflebite – inflamação da parede da veia com a formação de um trombo nela. De 30 a 60% das mortes súbitas causadas por trombose venosa profunda ocorreram no fundo da tromboflebite não tratada, o que complicou as varizes

. A veia torna-se dolorosa e densa, transformando-se em um cordão avermelhado inchado. O próprio membro afetado incha e fica azul. Esta condição é mortal e requer tratamento imediato.

Se não apenas as veias subcutâneas, mas também profundas estiverem envolvidas no processo, a síndrome pós-tromboflebítica pode ocorrer após a trombose. Um trombo de veia coagulada recanaliza gradualmente – dissolve-se parcialmente, abrindo a corrente sanguínea, mas, como o lúmen não está totalmente restaurado, os sinais de circulação sanguínea prejudicada – dor, inchaço, cianose das extremidades, aparecimento de úlceras tróficas – permanecem.

Em uma palavra, varizes avançadas não são apenas pernas feias, mas também problemas sérios. Mas o mais desagradável é que, depois que a veia se expande, não há uma única maneira eficaz de restaurar seu estado anterior. Você só pode remover o vaso inteiro ou entupi-lo de alguma forma – introduzindo uma substância esclerosante ou usando um raio laser.

É por isso que é necessário iniciar o tratamento de veias das extremidades inferiores com os primeiros sintomas – precursores de varizes, e isto:

  • peso nas pernas, que aparece no final do dia;
  • dor no final do dia que desaparece após uma caminhada ou se você mantiver as pernas em uma posição elevada;
  • inchaço à noite;
  • parestesia – sensação de arrepios, desconforto, sensibilidade prejudicada;
  • sensação de queimação nos músculos;
  • síndrome das pernas inquietas – o desconforto nas pernas impede que você adormeça, forçando-o a se mexer em busca de uma posição confortável;
  • cãibras noturnas.

É nesta fase, quando parece não haver manifestações externas graves, você deve entrar em contato imediatamente com um especialista – um flebologista.

diagnósticos

Primeiro de tudo, o médico perguntará sobre as queixas e examinará cuidadosamente o paciente. Às vezes, o exame termina com isso – se o diagnóstico não estiver em dúvida e o tratamento cirúrgico não estiver planejado. Ou estudos instrumentais podem ser prescritos.

Digitalização duplex (angioscanning por ultrassom)

permite visualizar o vaso e examinar o estado do fluxo sanguíneo e da função da válvula, determinar o refluxo (fluxo sanguíneo reverso). Esse é o principal método para diagnosticar varizes das extremidades inferiores e, geralmente, é suficiente para fazer um diagnóstico preciso. Na prática médica moderna, uma ecografia de veias é realizada pelo próprio flebologista, que coordenará o tratamento no futuro, e não por especialistas em ultrassom.

Se houver suspeita de obstrução de veias superficiais ou profundas e o tratamento cirúrgico estiver planejado, use

flebografia radiopaca

na qual uma substância especial é previamente introduzida na corrente sanguínea que é impermeável aos raios-x (contraste).

No mesmo caso, é usado

tomografia computadorizada com contraste

ou

ressonância magnética

.

A tendência ao aumento da trombose é determinada usando um método especial

exames de sangue complexos

:

  • hemograma geral com contagem de células;
  • coagulograma;
  • homocisteína plasmática;
  • polimorfismo do gene do fator V (mutação de Leiden);
  • polimorfismo 20210 no gene da protrombina;
  • resistência à proteína C ativada (resistência à APS);
  • atividade da proteína C;
  • nível de antígeno livre de proteína S
  • atividade da proteína S;
  • atividade antitrombina III;
  • Anticorpos IgG e IgM anti-cardiolipina;
  • anticorpos para p2;
  • Anticorpos IgG e IgM para glicoproteína-1;
  • anticoagulante lúpico;
  • atividade dos fatores VIII, IX, XI.

Somente o médico pode recomendar todo o complexo de forma completa ou seletiva, além de interpretar os resultados. De acordo com os resultados do exame, também são prescritos tratamentos.

Terapia de patologias venosas

Os métodos de tratamento dependerão de quão longe o processo foi.


    Venotônicos (fleboprotetores).

    São substâncias medicinais para administração oral (na forma de comprimidos) ou prescritas topicamente (na forma de pomadas e géis). Eles são especialmente eficazes nos estágios iniciais do processo (quando ainda não apareceram alterações visíveis na parede venosa), pois ajudam a prevenir o desenvolvimento da doença. Eficácia comprovada no tratamento de varizes e insuficiência venosa crônica são fundos baseados em bioflavonóides purificados (extratos vegetais) e extrato de castanha da Índia

. A terapia medicamentosa com medicamentos baseados nesses ingredientes ativos é o componente mais importante no tratamento de varizes. As preparações orais destinam-se a tratar as causas das varizes – para restaurar o funcionamento das válvulas e aumentar o tônus ​​da parede vascular. São necessários preparações tópicas para aliviar os sintomas da doença o mais rápido possível: geralmente, eles têm um efeito calmante e refrescante. Além disso, de acordo com os padrões básicos para o tratamento de varizes

, a nomeação de venotônicos deve necessariamente ser acompanhada pela nomeação de medicamentos com efeito antiplaquetário: para melhorar a circulação sanguínea, reduzir a viscosidade do sangue e evitar coágulos sanguíneos. Portanto, será ideal escolher um único venotônico, que possua todo o complexo de ações necessárias para o tratamento de varizes: venotônico, angioprotetor e antiagregante.

  • Terapia de Compressão

    Esta é uma malha médica especial com diferentes graus de compressão, que é vendida mediante receita médica. Ele é selecionado pelo médico, com base em quanto a parede venosa é alterada e se há um fluxo sanguíneo reverso. Se você começar a usar essas meias, meias ou meias em tempo hábil e fizer isso constantemente (em combinação com terapia medicamentosa), poderá impedir o desenvolvimento de varizes.

  • Existe apenas uma maneira de curar completamente as varizes nos estágios posteriores –

    eliminando a veia alterada.

    Poderia ser cirurgia

    flebectomia

    ou cirurgia minimamente invasiva –

    escleroterapia

    ,

    coagulação endovasal a laser das veias (EVLO, EVLK)

    . Infelizmente, nenhum desses métodos garante que as varizes não apareçam nas outras veias safenas das pernas (a chamada falsa recaída, pois as varizes não podem reaparecer no mesmo local devido à ausência de veias).

  • Quanto às conseqüências desagradáveis ​​das varizes, como úlceras tróficas venosas, elas são tratadas e

    localmente,

    usando revestimentos especiais para vestir, e

    sistemicamente

    prescrição de antibióticos, anti-histamínicos e anti-inflamatórios. Além disso, a intervenção cirúrgica, incluindo minimamente invasiva, é considerada um método com eficácia reconhecida, pois permite bloquear o fluxo sanguíneo em uma veia alterada, ou seja, eliminar a causa raiz de sua aparência.

    E, é claro, é necessário eliminar os fatores que provocam o desenvolvimento de varizes: se o trabalho for sedentário, adicione pelo menos uma hora a pé à rotina diária, abandone os saltos deslumbrantes ou uma sola completamente plana e, se possível, reduza o peso.

    A doença varicosa é uma doença em constante evolução, cujas complicações podem ser fatais, porque o "ritmo" do fluxo sanguíneo muda em todo o sistema circulatório. O tratamento de veias sem cirurgia é possível, mas é necessário iniciá-lo nos estágios iniciais, assim que aparecerem os precursores de varizes – fadiga e dor, inchaço à noite, fadiga das pernas. Somente então os meios que aumentam o tônus ​​venoso e fortalecem os vasos serão eficazes e ajudarão a manter a beleza e a saúde das pernas por um longo tempo.

    Se veias azuis aparecerem nas pernas, o tratamento com remédios populares pode ajudar apenas no primeiro estágio da doença. Nesse caso, você deve definitivamente consultar um médico, pois as receitas do curandeiro ajudam a remover apenas os sintomas da doença, mas não combatem a causa das varizes.

    Por que as pessoas recorrem à medicina tradicional?

    A medicina tradicional há dezenas de gerações tem sido o principal método de tratamento de todas as doenças. Hoje existem muitas opções alternativas, mas, no entanto, as receitas dos curandeiros continuam populares e respeitadas entre os pacientes. Em princípio, isso não é estranho, porque métodos de tratamento alternativos, diferentemente dos medicamentos sintéticos comprados em uma farmácia, não têm contra-indicações e consequências do uso prolongado. Eles não são viciantes e, mais importante, estão disponíveis para absolutamente todos. A natureza cuidou das pessoas de tal maneira que pudéssemos tirar tudo o necessário para uma vida plena diretamente de seus dons, por que ignorá-la?

    Um dos maiores problemas da sociedade moderna, que está constantemente com pressa e esquece o resto, são as varizes. A doença é caracterizada pelo afinamento das paredes dos vasos sanguíneos, diminuição do tônus ​​e diminuição do lúmen, como resultado do qual o sangue começa a circular mal. Patologia refere-se às partes do corpo humano que constantemente apresentam a maior carga, geralmente as pernas.

    Inicialmente, tudo parece um simples excesso de trabalho – inchaço, dor leve e uma sensação de peso, mas uma pessoa não tem tempo para recuperar os sentidos, pois as pernas já estão cobertas por uma rede vascular e os cones varicosos são visíveis. Devido a essa negligência em sua saúde, a maioria das pessoas inicia o tratamento quando varizes nas pernas entram no estágio ativo.

    Hoje, existe um grande número de medicamentos que podem resolver o problema, mas se você não tiver a oportunidade de visitar um médico ou simplesmente não confiar em drogas sintéticas, poderá tentar se curar com remédios populares.

    Remédios populares para o tratamento de varizes: tomate verde, folha de couve, alecrim e alho – use loções e compressas

    Meios para uso interno

    A pessoa recebe microelementos e vitaminas úteis junto com os alimentos, respectivamente, é necessário prestar atenção aos fundos para uso interno, que entram rapidamente na corrente sanguínea. Com varizes das extremidades inferiores, vários tipos de tinturas e decocções de ervas medicinais podem ser preparadas. Eles melhoram a formação sanguínea, aliviam sintomas adicionais, como dor e inchaço, e reduzem a aparência das veias azuis através da pele. Entre as receitas folclóricas mais eficazes:

    1. Noz-moscada em sua composição tem óleos essenciais que melhoram a composição do sangue e eliminam o congestionamento nas pernas. Você precisa cortar nozes inteiras em um ralador ou em um moedor de café e despeje 1 colher de chá. o pó resultante com um copo de água fervente. O produto é coberto com uma tampa e deixado esfriar completamente. Você pode adicionar uma colher de mel fresco para melhorar o sabor da bebida. Eles bebem um remédio tão popular de uma só vez, com o estômago vazio uma vez por dia. É importante preparar sempre uma bebida fresca, porque após algumas horas perde suas propriedades benéficas – os óleos essenciais são corroídos.
    2. O caldo de rosa mosqueta é uma excelente ferramenta para limpar os vasos sanguíneos e fortalecer suas paredes. Beber chá à base de roseira é muito útil, pois não apenas melhora o funcionamento do sistema cardiovascular, mas também tem um efeito positivo nas forças imunológicas humanas. Com cautela, é necessário usar uma decocção para pessoas que sofrem de pressão alta, pois esta planta é capaz de aumentá-la ainda mais.
    3. O leite com alho pode parecer uma maneira estranha e popular de tratar varizes, mas, no entanto, o resultado é perceptível após uma semana. A cabeça de alho é esmagada para um estado piegas, adicione 2 colheres de sopa. eu mel e 0,5 litros de leite. O produto é fervido, resfriado e filtrado. 50 g bebem o líquido resultante 5 vezes ao dia.
    4. O gengibre ajuda a remover as veias dilatadas nas pernas e intestinos. Você pode usá-lo para fazer chá e para compressas na área afetada. Um pequeno pedaço da raiz é cortado e insistiu em água fervente por 15 minutos. Em seguida, adicione mel e beba 2 vezes ao dia. Esta bebida é eficaz em qualquer fase das varizes. É adequado para a prevenção de resfriados e será um bom auxiliar para pessoas que sofrem de obesidade – normaliza o metabolismo.
    5. Kalina também é um ingrediente bastante eficaz nas receitas folclóricas, especialmente quando se trata de vasos sanguíneos. O suco de Berry é misturado com mel e consumido em 2 colheres de sopa antes de cada refeição. Kalina melhora a contagem sanguínea e normaliza os processos de circulação sanguínea. A única desvantagem desta ferramenta é seu cheiro pungente. O viburno tem um aroma característico que causa reflexo de vômito em algumas pessoas. Se você se dominar, certifique-se de obter o benefício desta planta medicinal.
    6. Uma das principais causas de varizes é a obesidade, razão pela qual os pacientes precisam usar medicamentos que normalizam o metabolismo. Bem comprovado nesta matéria, óleo de peixe. De acordo com 1 colher de sopa. eu é tomado por via oral duas vezes por dia antes das refeições.
    7. Sementes de limão e cominho preto afetam perfeitamente o estado dos vasos sanguíneos, pois aumentam o tom e eliminam as placas ateroscleróticas. As sementes de cominho são moídas em um moedor de café e misturadas com suco de limão. Em seguida, este remédio popular é derramado com um copo de água fervente e mantido em uma garrafa térmica por 1 hora. Beba de uma só vez, repita o procedimento 2 vezes ao dia. A duração do tratamento não é limitada.
    8. O espinheiro impede a formação de coágulos sanguíneos nos vasos sanguíneos, por isso é amplamente utilizado no combate à aterosclerose e à integridade vascular prejudicada. Prepare uma ferramenta na forma de chá comum.
    9. As folhas de aloe são esmagadas e espremidas usando gaze. A ferramenta deve ser usada imediatamente, se estiver, então não haverá efeito do medicamento. O suco de aloe é misturado com uma pequena quantidade de múmia e consumido 2 vezes ao dia. Cálculo – por 100 g de suco 5 g de múmia.

    Antes de usar este ou aquele remédio popular, é importante lembrar se você tem intolerância pessoal a uma planta medicinal ou a um produto que faz parte dela. Caso contrário, você pode ter uma reação alérgica e agravar o curso da doença. Você não deve se deixar levar pelas decocções e tinturas; se elas não produzirem resultados por duas semanas ou se tiver sintomas adicionais, será necessário procurar ajuda médica qualificada o mais rápido possível.

    Tinturas de álcool

    Nas pernas, os remédios populares podem tratar veias azuis com tinturas, cujo principal componente é vodka ou álcool. Melhor do que outros, mostrou-se tintura à base de consolda e acácia. Ingredientes em pó despeje 0,5 litros de álcool e incubados por pelo menos uma semana. O produto resultante é pingado em uma colher de chá de açúcar, 30 gotas cada e é bebido 2 vezes ao dia antes das refeições. A duração do tratamento é de uma semana. Em seguida, faça uma pausa por 3 dias e repita o curso.

    A própolis é um dos produtos de apicultura mais famosos, usado na medicina popular para a expansão de veias. Suas propriedades úteis são surpreendentes, porque quase toda a tabela periódica e vitaminas conhecidas pela humanidade estão incluídas na composição. A própolis também demonstrou ser eficaz no tratamento de veias azuis nas pernas. Para preparar a tintura, você precisará de 20 g de produto e 0,5 l de álcool. Insista o medicamento 2 semanas em um local escuro. Beba 50 g duas vezes por dia durante 7 dias.

    Outro produto da apicultura usado no tratamento de varizes é o leite drone. É menos conhecido que seu equivalente, a geléia real, mas mostra alta eficácia no combate a distúrbios circulatórios e vasoespasmo. Um medicamento é preparado a partir de leite drone da mesma maneira que a própolis.

    Uma característica das tinturas de álcool é que elas não só podem ser usadas no interior, mas também usadas para esfregar, afetando o problema tanto externa quanto internamente. Um bom resultado pode ser obtido preenchendo as folhas de avelã com álcool. As veias infundidas são esfregadas com essa matéria-prima 2 vezes ao dia e, antes das refeições, elas bebem 20 gotas de infusão de álcool, lavadas com água.

    Flores lilás não só têm um aroma inebriante, mas também têm uma composição única. Eles são servidos com vodka e mantidos por 2 semanas, então esse remédio popular é filtrado e esfregado 3 vezes ao dia. Este método de tratamento é muito bom para vasos em combinação com pomada de gordura de porco. Você precisa derreter a gordura e adicionar algumas flores lilás.

    Para quaisquer fins médicos, as tinturas de álcool são usadas, o álcool continua sendo álcool. Em doses elevadas e com uso prolongado, pode causar turvação da consciência, alucinações, sonolência e coordenação prejudicada dos movimentos. Se você usar tinturas de álcool, é melhor recusar dirigir um carro e realizar trabalhos que exijam extremo cuidado.

    Se você tem uma doença crônica e é forçado a tomar remédios, não deve beber tinturas de álcool em paralelo. Há vários casos em que o álcool reage com os componentes da droga e isso causa sérias complicações. É melhor consultar um médico antes de iniciar o tratamento com métodos alternativos.

    Pomadas de óleo vegetal

    Se você tem veias dilatadas na perna, o tratamento com remédios populares pode ser realizado com pomadas e loções de ação local. Medicamentos à base de óleo vegetal mostraram-se muito bem. Para sua fabricação, você pode usar uma das seguintes plantas:

    Ervas ou casca são esmagadas e derramadas com óleo vegetal. Em seguida, um remédio popular é levado a ferver e deixado esfriar. A mistura resultante é aplicada em uma camada espessa nas veias afetadas nas pernas, principalmente antes de dormir. Para evitar que o produto se espalhe por cima, você pode aplicar um curativo não apertado.

    Compressa de folhas de tomate ou repolho verde

    Tomates verdes são usados ​​para tratar varizes há muito tempo. A técnica é bastante simples e direta. Você precisa cortar o vegetal em rodelas e deitar nas veias afetadas. Para manter os tomates melhores, envolva as pernas com filme plástico. Bastante 1 procedimento por dia. Mantenha uma compressa por pelo menos meia hora.

    Folha de couve ajuda a remover nós varicosos e veias azuis. Anteriormente, é escaldado com água fervente e incubado por 20 minutos. Em seguida, a folha é colocada em um saco plástico e o dia é mantido na geladeira. Depois disso, a folha do repolho é anexada à área de alterações patológicas e envolvida com um pano de algodão. Você pode usar uma compressa por um dia. Em seguida, lave a perna com água fria e repita o procedimento. De acordo com pessoas que testaram esse método, os inchaços são reduzidos em 2 semanas.

    Vinagre de maçã, sabão em pó e polpa de abóbora

    O vinagre de maçã, que pode ser encontrado em todas as casas, ajuda a eliminar varizes. Muitos podem ficar confusos com um método tão estranho, mas a composição do ácido acético inclui mais de 20 tipos de vitaminas e macronutrientes necessários para o pleno funcionamento dos vasos sanguíneos. No vinagre de maçã, o tecido natural é umedecido e aplicado em um local dolorido à noite.

    Uma vez em cada casa havia um sabão em pó, hoje é dada preferência a pós e vários tipos de misturas de lavagem. O sabão pode ser uma excelente prevenção de varizes. É esfregado em um ralador e aplicado nos membros afetados. Enrole a compressa com papel alumínio. Repita o procedimento por 7 noites. Desta vez, como regra, é suficiente para obter o efeito esperado.

    A abóbora pode ser não apenas um prato delicioso, mas também um excelente remédio para doenças vasculares. Para o tratamento, sua carne é usada. Anteriormente, a migalha precisava ser libertada das sementes e insistida na geladeira por um dia. A polpa fria é aplicada nas pernas e envolvida com um curativo. O frio ativa o fluxo sanguíneo nos membros e as substâncias benéficas que compõem o produto aliviam a inflamação nos vasos.

    Bicarbonato de sódio, cebola, alho e maçã

    Alivia a dor, inchaço e espasmo nos vasos de bicarbonato de sódio. Você pode realizar banhos de contraste com a participação de um remédio, adicionando um pacote de refrigerante a 30 litros de água ou fazer compressas a partir dele.

    Cebola e alho não são apenas condimentos picantes que certamente serão úteis na cozinha, mas também excelentes preparativos para o tratamento de trombose venosa e varizes. As cebolas são descascadas e colocadas no forno por 15 minutos. Em seguida, retire as pétalas e, ainda quente, aplique-as nas áreas afetadas das pernas.

    Em relação ao alho, ele é preparado a partir de uma ferramenta muito eficaz, mas possui várias contra-indicações, principalmente para pessoas com hipersensibilidade à pele. O alho é esmagado até ficar mingau e uma pequena quantidade de leite é adicionada. Depois, colocam no fogo e definham por meia hora. Arrefecendo à temperatura ambiente, faça uma compressa durante a noite. Normalmente, é permitido um leve formigamento, mas se você sentir uma forte sensação de queimação e notar um avermelhamento da pele, a compressa será removida e a pele será lavada com água fria.

    Nossas bisavós também eliminaram varizes com maçãs, mas os frutos devem necessariamente ser variedades Antonovka. Juntamente com a casca, eles são esmagados e derramados com água fervente. Em seguida, as maçãs são esmagadas até que um estado piegas seja obtido e esfregadas nos pés doloridos. Os movimentos da massagem melhoram o fluxo sanguíneo e o suco de maçã fortalece as paredes dos vasos sanguíneos e restaura o tom.

    Banhos de coníferas, tintura de castanha e alho com óleo ajudarão a aliviar a inflamação das veias com varizes. Às vezes, recorra à hirudoterapia (tratamento com sanguessugas).

    Pomada de Aveia e Pepino

    A aveia pode não apenas se beneficiar no processo de perda de peso, mas também elimina perfeitamente as cãibras à noite, o que causa veias dilatadas com varizes. Você precisa cozinhar aveia na água e aplicá-lo em uma camada densa nas veias afetadas. Enrole uma compressa por cima com filme plástico e deixe por meia hora. Esse tratamento é realizado uma vez por dia durante 2 semanas.

    Na primavera, você pode preparar uma pomada muito eficaz à base de pepino. Um desses vegetais é deixado no jardim para que ele se sobreponha e atinja um tom acastanhado. O pepino é cuidadosamente lavado e esmagado até ficar mole. Despeje o mingau em uma jarra de 0,5 l e despeje querosene no topo. Este frasco é enterrado na areia ou no solo por 10 dias. Em seguida, eles removem apenas o filme formado na parte superior e esfregam manchas doloridas. Esta receita elimina a distensão de varizes já em 3 aplicações, fornece excelente prevenção de tromboflebite.

    A maneira mais antiga de eliminar o inchaço nas pernas e reduzir a aparência das veias é o mingau de batata. As batatas comuns são descascadas e esfregadas em um ralador. Em seguida, o mingau é aplicado nas veias inchadas e mantido até as batatas escurecerem, leva cerca de 20 minutos. Repita o procedimento duas vezes por dia durante 3 semanas. O resultado será necessário, mas não imediatamente, portanto, seja paciente.

    Banhos de coníferas, sal e hirudoterapia

    Banhos de pés coníferos e salgados têm um efeito positivo nas veias. Uma vez por semana, é muito bom tomá-los com uma decocção de pinheiro ou abeto. Isso melhora o tecido trófico e normaliza a condição de pequenos vasos sanguíneos. Procedimentos semelhantes rolam positivamente sobre o estado das veias e as forças imunes de uma pessoa. Demora pelo menos 20 minutos para permanecer no banho, caso contrário não haverá benefício. Depois disso, você pode aplicar um dos fundos externos acima.

    Como alternativa ao tratamento tradicional e popular, você pode oferecer tratamento com sanguessugas – hirudoterapia. Na saliva desses pequenos "curandeiros" existe uma substância especial que dilui o sangue e evita a formação de coágulos sanguíneos. A hirudoterapia há muito se estabeleceu como uma excelente maneira de tratar patologias vasculares, mas, infelizmente, poucos decidem sobre isso.

    Entre em contato com um flebologista

    Como tratar as veias das pernas provocadas por varizes, o médico Phlebologist lhe dirá em detalhes. Observe sua dieta, passe mais tempo ao ar livre e limite a atividade física. Assim, você pode evitar as veias azuis e inchadas nas pernas, que causam desconforto físico e mental.

    Não espere que todos os sintomas e patologias que se desenvolveram em seu corpo por anos desapareçam após algumas compressas e um litro de decocção da grama. A terapia alternativa não é uma panacéia, mas apenas uma das opções de tratamento possíveis que o ajudarão se você se esforçar.

    O melhor efeito pode ser obtido se você combinar receitas folclóricas, medicamentos tradicionais e alimentos dietéticos. Juntos, esses métodos de terapia reforçam as ações uns dos outros e ajudam a curar patologias mais rapidamente. Qual dos métodos de terapia acima você não escolheria, lembre-se de que, ignorando deliberadamente os sintomas, você provoca o desenvolvimento de uma forma crônica da doença que é incurável.

    Lagranmasade Portugal