A mais perigosa das doenças comuns das veias

Os circuitos sanguíneos no corpo humano são as maneiras pelas quais o sangue enriquecido com oxigênio e componentes úteis é entregue a todos os órgãos e sistemas. No entanto, substâncias não necessárias e elementos francamente prejudiciais podem ser entregues com sangue.

Devido à falta de controle adequado sobre o trabalho das linhas sanguíneas, surgem patologias que fluem para doenças das veias. Na maioria das vezes, os sintomas dessas doenças são encontrados nas pernas. Mas na classificação internacional de doenças do sistema circulatório também existem essas doenças, cujos sintomas são detectados em várias partes do corpo.

A disseminação dessas doenças é bastante extensa – são encontradas doenças nas veias, mesmo em crianças menores de 12 anos. Aproximadamente uma em cada dez crianças dessa idade enfrenta problemas no sistema circulatório.

Até 40% das gestantes também sofrem com a violação da fisiologia dos capilares, veias e artérias e são forçadas a receber tratamento, apesar de sua posição.

Eles sofrem danos aos vasos sanguíneos, geralmente em pé, e às pessoas que enfrentam um aumento da atividade física, funcionários de instituições onde a possibilidade de mudar a posição estática do corpo durante o processo de trabalho não é fornecida.

As varizes são facilmente eliminadas sem cirurgia! Para isso, muitos europeus usam Nanovein. Segundo os flebologistas, este é o método mais rápido e eficaz para eliminar varizes!

Nanovein é um gel peptídico para o tratamento de varizes. É absolutamente eficaz em qualquer estágio da manifestação de varizes. A composição do gel inclui 25 componentes curativos exclusivamente naturais. Em apenas 30 dias de uso deste medicamento, você pode se livrar não apenas dos sintomas das varizes, mas também de eliminar as conseqüências e a causa de sua ocorrência, além de impedir o re-desenvolvimento da patologia.

Você pode comprar Nanovein no site do fabricante.

O processo de formação de doenças nas veias

Em todo o sistema circulatório, o sangue empurra o coração, com cada uma de suas contrações empurrando todo o sangue do sistema. Nessa direção, o sangue geralmente se move sem impedimentos sob a poderosa influência das válvulas cardíacas.

No entanto, sua jornada de retorno após executar suas funções de transporte se torna mais difícil. Estilo de vida irracional, baixa atividade física e falta de mobilidade, má nutrição e ingestão de um grande número de produtos com aditivos químicos, além de outros fatores, causam a formação de colesterol e placas ateroscleróticas nos vasos sanguíneos.

Como resultado, o lúmen dos vasos sanguíneos está entupido, pelo que o sangue não pode pulsar livremente. Ao mesmo tempo, acumula-se em grande quantidade nas pernas, causando a formação de coágulos sanguíneos, o que agrava ainda mais a situação.

Para complicar essas circunstâncias, o sangue empurra o coração em apenas uma direção e, para que o sangue concentrado nas pernas possa fluir de volta ao coração, o corpo tem:

  1. Rede de vasos sanguíneos plantares – enquanto caminham ou correm, esses vasos sofrem pressão do solo e empurram o sangue de baixo para cima sob a influência dessa pressão.
  2. As válvulas venosas são elementos anatômicos que, quando contraídos, também empurram o sangue das pernas de volta ao coração.
  3. Tecido muscular que promove a contração e executa funções de bombeamento.

Mas uma vez que pelo menos um desses elementos estruturais perde pelo menos parcialmente sua funcionalidade, as doenças das veias se desenvolvem imediatamente no corpo.

Nanovein  Creme contra varizes

Causas de patologias nas veias

Embora cada uma das doenças do sistema circulatório tenha etiologia, tratamento e sintomas próprios, a maioria é caracterizada por causas comuns.

Na maioria das vezes, essas patologias se revelam devido ao fato de uma pessoa levar um estilo de vida sedentário. Os efeitos do trabalho sedentário no escritório são especialmente agudos – nos vasos sanguíneos com permanência prolongada em uma posição, formas de estase sanguínea, causando doenças venosas.

Outra causa comum da formação dessas doenças é a violação da dieta e o não cumprimento das recomendações alimentares. Alimentos muito gordurosos e picantes, alimentos saturados com proteínas, carboidratos e aditivos aromatizantes e aromáticos deixam sua marca negativa no corpo na forma de placas de colesterol. Seu acúmulo contribui para má circulação sanguínea, aumento da carga nas válvulas venosas e na rede plantar. E causa doenças nas veias nas pernas e outras partes do corpo.

Obesidade, ganho de peso descontrolado é outra razão para patologias venosas. Isso pode ser devido a uma violação das condições nutricionais. Porém, mais frequentemente, esses problemas são causados ​​por distúrbios no sistema endócrino.

Todos esses fatores na maioria dos casos podem ser controlados e até eliminados em tempo hábil. No entanto, há outra categoria de causas de doenças dos vasos sanguíneos que estão fora de controle. Esta é uma predisposição genética. Mesmo com todas as medidas preventivas, a doença pode se manifestar em qualquer estágio e em qualquer circunstância – com maior esforço físico, durante a gravidez nas mulheres. E o tratamento de doenças causadas por hereditariedade patológica é mais difícil.

Sinais de doença das veias das pernas

Fisiologicamente, os sinais característicos de todas as doenças venosas nas pernas são expressos como uma violação do sistema circulatório. Como resultado, o fluxo sanguíneo piora, ocorre insuficiência venosa e a eficiência nutricional de todos os órgãos, tecidos e sistemas corporais diminui.

Dependendo da intensidade e do curso da doença, faça uma distinção entre a forma aguda e crônica de insuficiência venosa. Consequentemente, cada uma das doenças também pode ocorrer na forma aguda ou crônica. O paciente começa a sentir desconforto, dor, fadiga acentuada.

Além disso, com todas as formas e tipos de doenças vasculares nas pernas, são observados vários sintomas característicos:

  • cianose das membranas mucosas visíveis e cianose da pele;
  • dor aguda intensa;
  • a formação de locais necróticos;
  • a formação de focos do processo inflamatório;
  • inchaço das extremidades inferiores.

A pele nos locais da lesão espessa visivelmente, em casos graves forma-se ulceração. Ao mesmo tempo, o processo de movimento é complicado. Anatomicamente, os sinais se manifestam pela expansão de veias e capilares, aumento de volumes e protrusão sob a pele.

Classificação das doenças das veias das pernas

Cada uma das patologias dos vasos sanguíneos é perigosa para todo o organismo, é capaz de causar complicações imprevisíveis e, em casos avançados, um resultado fatal.

A classificação dessas doenças inclui várias doenças comuns:

  • veias varicosas das extremidades inferiores;
  • insuficiência venosa;
  • varicocele;
  • trombose de vasos sanguíneos;
  • hemorróidas;
  • a formação de úlceras tróficas;
  • tromboflebite;
  • flebopatia.

O tratamento de cada uma dessas patologias é obrigatório, uma vez que todas essas doenças são propensas a progressão intensiva.

Veias varicosas

Uma das doenças mais frequentes e mais perigosas. As varizes são caracterizadas por um aumento de veias nas pernas em volume e sua expansão.

A doença pode ser acompanhada de inchaço, dor, desconforto ao caminhar. O tratamento desta doença é manter a funcionalidade das válvulas venosas através do uso de pomadas e cremes. Também é recomendável aderir a uma dieta saudável, um estilo de vida ativo.

Nanovein  Sintomas, tratamento e causas de bloqueio das veias das pernas

Vestindo efetivamente roupas íntimas de compressão. Esses métodos são eficazes no primeiro e no segundo estágio da doença. O tratamento cirúrgico é utilizado quando os sintomas das varizes indicam a progressão e o desenvolvimento do terceiro e quarto estágios.

Tromboflebite

Esta doença se desenvolve como resultado de danos mecânicos, injeções intravenosas prolongadas, processos inflamatórios adjacentes às veias dos tecidos.

A tromboflebite é caracterizada pela formação de coágulos sanguíneos no lúmen dos vasos sanguíneos, geralmente na região dos espaços próximos à parede das válvulas venosas. A progressão da tromboflebite é influenciada por fatores como aterosclerose, excesso de peso, aumento da coagulação sanguínea, enfraquecimento do fluxo sanguíneo. A tromboflebite também pode se desenvolver como uma doença secundária contra varizes.

Sintomas da doença – pele seca das extremidades inferiores, circulação sanguínea prejudicada, sensação de dor nas veias. O paciente sente frio na área de coágulos sanguíneos; a claudicação começa a se desenvolver se a tromboflebite progredir nas pernas.

Para curar essa doença, o flebologista atribui anticoagulantes, anti-inflamatórios e angioprotetores. Com progressão intensiva da doença, a cirurgia é realizada.

Varicocele

Esta doença é mais característica dos homens – afeta até 15% de toda a população masculina. A varicocele se manifesta pela estagnação do sangue nos órgãos pélvicos. Na maioria das vezes, as veias se expandem na área do cordão espermático. A progressão da varicocele pode levar à infertilidade.

Uma causa comum de varicocele é considerada patologia anatômica ou ausência de válvulas venosas nos vasos dos órgãos reprodutivos. Os sintomas típicos da varicocele são: peso no escroto, dor, diminuição do tamanho do testículo. O diagnóstico da doença envolve um exame de ultrassom, bem como um exame laboratorial de sangue e esperma.

O tratamento com varicocele é possível apenas por um método operatório. O tratamento conservador é ineficaz, mas pode ter um efeito auxiliar.

Flebopatia

Uma das doenças venosas mais insidiosas, na qual muitas vezes não há sintomas pronunciados. O quadro clínico é acompanhado pelo aparecimento de capilares dilatados quase imperceptíveis e veias pequenas, formando padrões na pele com uma tonalidade azulada.

O paciente se sente cansado nas pernas, peso enquanto caminha. À noite, podem ocorrer convulsões e, com uma longa permanência na posição vertical – há sinais de inchaço.

O tratamento da flebopatia envolve um aumento da atividade física, banhos terapêuticos para as pernas e roupas íntimas de compressão. Um método eficaz é tomar um banho de contraste.

Insuficiência venosa

A insuficiência venosa é chamada de estado fisiológico deteriorado das válvulas venosas, no qual elas não são capazes de satisfazer sua carga funcional. A insuficiência venosa é de dois tipos – congênita e adquirida.

As causas dessa patologia podem ser um dos fatores:

  • varizes progressivas;
  • excesso de peso;
  • predisposição genética;
  • gravidez patológica em mulheres;
  • traumatismo.

Além dos sinais gerais, os sintomas de insuficiência venosa são manifestados por convulsões no campo de jogos e parte inferior das pernas. Movimentos graves e dor de puxar também são observados.

O tratamento eficaz da insuficiência venosa envolve procedimentos fisioterapêuticos, terapia medicamentosa: cremes e pomadas. Ao mesmo tempo, o paciente deve se concentrar em aumentar a atividade física e manter um estilo de vida saudável.

Para todas as doenças venosas, você não deve tentar se tratar. Com base nos sintomas, um médico qualificado – um flebologista prescreverá um curso de tratamento eficaz.

Lagranmasade Portugal